Mês de Agosto a Canção Nova celebra 19 anos de missão aqui na cidade de Vitória da Conquista, na Bahia. Muitas pessoas fazem parte dessa história! Deus se manifesta por meio dos nossos eventos, grupos de oração, no próprio contato com os missionários da comunidade, através das nossas músicas… E tem um casal que tem a Canção Nova, especialmente, como integrante da história deles, e nos conta por meio de um belo testemunho de fé quem é a Canção Nova na vida deles, mas conta-nos ainda o mais importante: a ação de um Deus que é especialista em causas impossíveis aos olhos humanos.

****************************************************************************************************

Depois de um longo período de luta venho contemplar a vitória!


IMG-20160810-WA0003Meu nome é Cristiane, sou casada com o Luiz. Nós nos casamos em 2009, e desde, então, vínhamos nos preparando para sermos pais mas para isso eu precisava passar por uma cirurgia no abdômen e tórax devido a uma alteração congênita.

Em setembro de 2014, fomos em Aparecida e Canção Nova em Cachoeira Paulista entregar e consagrar tudo a Nossa Senhora. Na CN recebi oração na Casa de Maria e lá o Senhor me revelou que as coisas não aconteceriam conforme eu havia planejado, mas conforme o tempo e vontade dEle e que eu não deveria me entristecer. Guardei tudo aquilo no meu coração e retornei para casa.

Finalmente em novembro de 2014, tomei a decisão de fazer a cirurgia e, por providência divina, fui internada no dia de Nossa Senhora das Graças, como era uma cirurgia muito arriscada optei por fazer em São Paulo, mal sabia eu que essa seria a porta de entrada para conhecer pessoas e médicos que meses depois me ajudariam muito para o tratamento do meu esposo.

Voltei para Vitória da Conquista em janeiro de 2015 após um período de internação em São Paulo e já estávamos na expectativa de aguardar o tempo necessário do pós cirúrgico e programar a gravidez, o filho tão esperado!

Porém, no dia 17 de março de 2015, vivi o momento mais doloroso e intenso da minha vida, estive perto de perder o meu amor, o esposo que Deus preparou para mim!

Acordei com a notícia de que ele havia passado mal, até então tudo bem, foi o esforço da trilha de mountain bike, tudo ficaria bem, cheguei no hospital e lá tive a notícia que jamais esperava ouvir: ele estava com uma hemorragia muito grande na cabeça, tinha sofrido um aneurisma cerebral e isso era muito grave! E assim começou nossa “Via Sacra!

Fiquei por um momento sem chão e a primeira coisa que pensei foi: Deus está no controle de tudo! Nesses momentos percebemos que tudo que temos pertence a Deus e o que nos basta é confiar!

Sendo assim, a primeira ligação que fiz no calor da emoção foi para a querida Marise, missionária e atual responsável pela missão Canção Nova, em Vitória da Conquista, que se prontificou, juntamente, com outras missionárias e meu amigo Marco Antônio a irem de imediato para o hospital onde estávamos. Pessoas as quais eu contava como grandes intercessoras desde aquele primeiro momento, e que se uniram com a minha família em oração.

Luiz imediatamente entrou em coma induzido e dois dias depois, dia 19 de março, dia de São José, ele fez uma grande cirurgia na cabeça para tentar conter a hemorragia, nesse dia optei por não ficar no hospital, mas ir para procissão e missa na Capela da comunidade de São José. Onde mais poderia eu estar senão colocando a vida do meu Luiz sob os cuidados do melhor exemplo de esposo e do Patrono das famílias?

Chegando ao hospital me deparo com a notícia de que os médicos haviam feito tudo o que podiam e que agora era com Deus, que Luiz tinha 90% de chance de morte.

Confira o testemunho do casal em vídeo:

Vi muita gente chorando, lamentando, mas não conseguia me entristecer, Deus me dava uma força sobrenatural, me agarrava tanto naqueles 10% que restavam! Pedi para os meus amigos e familiares que estavam no hospital para não se desesperarem mas confiarem, afinal a que Deus nós servíamos, senão o Deus do impossível? Fomos para porta do hospital e numa grande corrente de oração intercedemos pela vida do Luiz. Nessa oração o Senhor nos colocou a passagem sobre a ressurreição de Lazaro e nos deu a confiança de acreditar que para Ele nada é impossível!

E nesse tempo de luta, muitas foram as manifestações de amor e de carinho, várias orações na porta do hospital clamando pela vida do meu esposo, quantas pessoas rezaram por ele, familiares, amigos e tantas outras pessoas que mesmo sem conhecer o Luiz se compadeceram de nós. E a Canção Nova de Vit. da Conquista e a missão Jovens Sarados a qual fazemos parte, se uniram a nós nesse clamor! Só Deus para retribuir a cada um por toda oração que nos deram força e garra para continuar.

Um dia em oração, Deus me colocou o Salmo 117 o qual diz: “17.Não hei de morrer; viverei para narrar as obras do Senhor. 18.O Senhor castigou-me duramente, mas poupou-me à morte. 19.Abri-me as portas santas, a fim de que eu entre para agradecer ao Senhor”.

E esse Salmo foi a resposta de Deus para mim, pela intercessão da Virgem Maria, Ele nos daria a vitória!

Eu tinha um esposo sem reação, sem fala, sem movimentos, totalmente dependente para tudo, aquilo era o que meus olhos humanos poderiam ver mas, mesmo assim, todos os dias, procurava dar o melhor de mim, confiava, conversava, rezava e cantava para ele buscando um sinal de vida naquela apatia toda. Como sabia que ele gostava muito do Dunga (missionário da Canção Nova), todos os dias eu cantava a musica “Vou confiar” para ele, música que dizia muito daquele momento que estávamos vivendo “Eu sei, meus olhos não enxergam a vitória / Mas existe um Deus de amor/ Que me ensina a não perder a fé,/ Pois mesmo se a fé é pequena, milagres acontecerão, todos os dias cantava isso pra ele…

IMG-20160809-WA0002Um dia recebemos um carinho de Deus, os missionários da Canção Nova de Conquista levaram o Dunga para nos visitar no hospital. Momento que marcou para sempre nossas vidas, tanto que é a única recordação que Luiz tem do tempo que ficou hospitalizado.

Nessa ocasião o Dunga nos disse que cura são pequenas melhoras e que estávamos no meio do nosso milagre, que milagres tem começo meio e fim! E ali ele estava vendo um casal jovem que estava vivendo um nova forma de se amar, através do sofrimento dentro de um quarto de hospital. Guardamos essas verdades no coração…

Tivemos que decidir pela transferência dele para São Paulo devido a gravidade, decisão difícil, contamos com a providencia de Deus pois os custos seriam muito altos, nos desfazendo de tanta coisa, tantos bens materiais, para poder dar o melhor que pudéssemos para Luiz.

Aí vieram mais manifestações de amor, orações, carinhos, atenção de tantos amigos, familiares e até desconhecidos… amigos que se doaram em campanhas de ajuda financeira, rifas, apresentação musical em prol do Luiz, enfim todos de alguma maneira nos dizendo, conte comigo!

Além disso, Deus nos enviou enfermeiros anjos que rezavam conosco no leito do Luiz, sacerdotes que nos levaram Jesus Eucarístico para que nos alimentássemos também na alma. Tantos sinais de Deus!

Enfim, era o Senhor dizendo “Aguente firme, minha filha! Aguente firme, meu filho!” E como o Luiz aguentou firme! Meu valente guerreiro lutou bravamente pela vida, por nós!

Nesse cinco meses, quantas lutas, intercorrências, cirurgias (foram 11 no total) e decisões difíceis a tomar… mas finalmente em agosto de 2015 tivemos alta. Deus havia nos dado a vitória!

Agora estamos lutando pelos 100% na reabilitação. Luiz saiu do hospital numa cadeira de rodas e bastante debilitado. Depois desse tempo no hospital, nos internamos ainda, por duas vezes, em serviços de reabilitação para ele conseguir de volta os movimentos perdidos e, também, por outras dificuldades que ele ainda apresentava. Hoje, para honra e gloria de Deus, ele está bem recuperado e continuando sua caminhada com muita determinação e vontade!

Podemos dizer que, através do sofrimento nos tornamos mais fortes e mais confiantes, e que tudo que é nosso pertence ao Pai.

Uma vez ouvimos que uma pessoa que volta de um milagre nunca volta igual, que Deus realiza uma grande obra! Que sejamos sempre fiéis a essa nova oportunidade de vida que o Senhor nos deu!

Que nosso testemunho seja para muitos força nas tribulações pois o que vivemos foi verdadeiramente manifestação do amor de Deus! Deus nos mostrou que tudo é possível ao que crê!

IMG-20160811-WA0001

Equipe de gravação: Elias Andrade, Luiz Cestari, Cristiane Rocha, Tatiane Bastos, Vinícius Ribeiro

Hoje todos os dias antes de dormir olho para Luiz e agradeço a Deus por ter um milagre ao meu lado!

Sei agora o que é o verdadeiro amor. Posso dizer que o amor cura, o amor salva, o amor vence!

Agosto é mês do aniversário da Canção Nova mas também é o mês que comemoramos um ano de alta do hospital, por isso, junto com a Canção Nova (que se tornou parte da nossa família) celebramos com alegria a vida do Luiz mas também a vida de tantas pessoas que tiveram suas vidas resgatadas pelo amor de Deus através dessa linda obra que é a missão Canção Nova em Vitória da Conquista.

Parabéns pelos 19 anos! Nós também fazemos parte dessa história!

Cris Rocha e Luiz Cestari
Jovens Sarados | Vitória da Conquista/BA

>> Participe do evento “19 anos da Canção em Vitória da Conquista“, nos dias 20 e 21 de agosto no Ginásio Raul Ferraz.
Venha celebrar os feitos de Deus conosco!

letra

Quem acompanha a Canção Nova sabe que essa obra de Deus é mantida por doações de sócios evangelizadores e amigos que, fielmente, contribuem para que a evangelização continue acontecendo e chegando a vários lugares do Brasil e do mundo. 

Tornando-se um sócio evangelizador você abraça com toda a família Canção Nova o compromisso de levar a Boa Nova à pessoas e lares de todo o mundo. O sócio evangelizador é sinal concreto da Providência Divina. Imagine como se sente alguém que ajuda a ajudar inúmeras pessoas, por meio de uma pequena contribuição… Dona Naraí Leite sabe como é sentir esta alegria! Ela é sócia da Canção Nova desde quando a missão foi inaugurada aqui na cidade de Vitória da Conquista, há dezenove anos.

Dona Naraí Leite – sócia da Canção Nova

Dona Naraí é fiel; todo mês a contribuição dela está lá a serviço da salvação das almas e libertação dos que sofrem. Atualmente ela conta que passa o dia inteiro “na companhia” da Canção Nova, pois ouve a programação da nossa rádio pela manhã e à tarde assiste a TVCN. A iniciativa de se tornar uma sócia da Canção Nova surgiu após uma grande libertação que aconteceu em sua família. Dona Naraí conta que o filho dela bebia muito.

Um dia, escutando a rádio Canção Nova, ela prometeu a Deus que se seu filho parasse de beber ela se tornaria sócia. Assim aconteceu e ela cumpre a promessa. Em outro momento, ela também recebeu uma grande graça, numa missa presidida pelo padre Edmilson pela TVCN, onde ele proclamou: “Jesus está curando uma pessoa que tem uma tosse seca na garganta. Levante-se para receber a graça”.

Dona Naraí levantou-se, e o padre ainda disse: “Não é o padre Edmilson, é Jesus quem está te dizendo que você vai sarar; com poucos dias você sara essa tosse seca”. Após tomar posse daquela cura, ela sarou e viu que tudo o que o padre falou acontece.

 

 Faça parte da família Canção Nova. Torne-se um sócio do padre Jonas Abib e ajude essa obra de evangelização Canção Nova a levar muitas pessoas a terem um encontro com o Cristo!

 

 

:: Entre em contato conosco aqui na missão de Vitória da Conquista e saiba como se tornar um sócio.
Nosso telefone: 3201 9015/ Email:
 clubeconquista@cancaonova.com

 :: Conheça as nossas formas de contribuição

Olá, minha gente!

Paz ao seu coração!

É mês de maio, mês da Virgem Maria e nós, da missão Canção Nova de Vitória da Conquista, estamos preparando um Encontro Mariano para que você e sua família, amigos, conhecidos, vizinhos… possam participar conosco.

Será nos dias 28 e 29 de maio. Teremos a presença do padre  Euzébio Muniz, padre Paulinho, Thiago Tomé e Carlos Biajoni.

Estamos organizando tudo com muito carinho, do jeito de Nossa Senhora, para receber você!

Venha estar conosco! Estamos te esperando!

 

# O local será na Escola Irmã Barbosa (ao lado do Orfanato), mesmo lugar onde acontece o Grupo São Miguel Arcanjo todas as segundas-feiras.
Mais informações: (77) 32019115

 

encontro mariano

 

:: Confira nossos posts em nossa página no facebook.com/cnconquista

pagesemjozepagespftx casalultimso1317

Pelo Dia Internacional da mulher vamos contar o testemunho de mulheres de três gerações de uma família, que representam a virtude feminina na igreja!

 

Essas são Maria Inês, Rita e Dona Florinda IMG-20160304-WA0001

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Filha, mãe e avó. Três mulheres de fé, assíduas e fervorosas na igreja. Através da história delas, identificamos cinco virtudes que todas mulheres de fé têm aptidão para desenvolver. O mundo agradece, a família agradece e a Igreja Católica exulta!

“Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor em muito ultrapassa os das mais finas jóias.”

Provérbios: 31

1 – Colocar Deus no centro da família

Essas mulheres de fé assumiram o compromisso com Deus de colocá-lo no centro de suas vidas. “È Ele que norteia as nossas ações, a Ele entregamos as nossas dificuldades, planos e é Nele que nos fortalecemos através da comunhão. Somos muito agradecidas por todas as bênçãos que são derramadas sobre a nossa família e diante de momentos difíceis vemos a importância de perserveramos na fé, confiando e entendendo que tudo que nos acontece é vontade de Deus. Sentimos constantemente a presença dele que é o centro da família e a fonte verdadeira de paz e alegria”, explica Inês.

2- Inserir os filhos desde pequenos nos valores da Igreja

Rita conta que desde criança Dona Florinda a ensinou a procurar a igreja e participar. Rita cresceu participando da catequese, depois dos grupos de jovens e movimentos. “Foi muito bom pra mim e por isso eu passo hoje pra Maria Inês tudo o que eu aprendi porque Jesus é o nosso alimento, alimento da alma, sem Ele nada somos.”

2- Devoção à Nossa Senhora e aos santos:

A família de Rita é devota da Virgem Maria. O nome de Maria Inês é homenagem à mãe de Jesus. “Tive uma experiência muito forte com nossa Senhora na gravidez, então é uma homenagem”. Já o nome “Inês” veio da devoção a Santa Inês. Rita transmite aos filhos o que recebeu e este é o equilíbrio de sua família.

3- Manter viva a chama do Espírito Santo

É o que Dona Florinda, Rita e Maria Inês precisam para ser felizes: o Espírito Santo! “Aprendemos de Deus a importância de sermos fiéis a Ele e a não permitir que a chama do Espírito Santo se apague em nossa vida, pois é o que necessitamos para sermos felizes e virtuosas.”

4- Colocar as virtudes femininas a serviço de Deus

Inês afirma que ao ouvir a voz de Deus, ela, sua mãe e avó buscaram ser firmes na fé e pedem ao Senhor a graça da sabedoria e da humildade. Elas vêm na obediência da Virgem Maria um exemplo: “Por isso, nos esforçamos diariamente em pôr nossas virtudes a serviço de Deus para agradá-lo e consequentemente encher-nos de alegria”.

5- Ser sinal de Deus para a família e a sociedade

Maria Inês, Rita e Dona Florinda acreditam que a mulher cristã tem como talento especial o saber cultivar constantemente a presença de Cristo no lar, sendo também alimento espiritual para todos. Para elas, a mulher de fé tem grandes missões no dia a dia: “Demonstrar com a própria vida o amor a Deus e transmitir à geração futura a mensagem da fidelidade ao Pai na criação de seus filhos”.

E assim, com o exemplo dessas três gerações de fé, prestamos a todas as mulheres nossa homenagem, orando para que cada uma possa irradiar o amor de Deus, assim como fez nossa grande referência feminina, a Virgem Maria, serva obediente e humilde, exultemos com ela neste dia!

“A minha alma glorifica o Senhor.
Meu espirito se alegra em Deus, meu Salvador.
Porque pôs os olhos na humildade da sua serva.
Doravante todas as gerações me proclamarão Bem-aventurada.
Porque o Todo-poderoso fez em mim maravilhas.
Santo é o seu nome.
A sua misericórdia se estende de geração em geração
sobre aqueles que o temem.
Ele manifesta maravilhas com o seu braço:
Dispersa corações orgulhosos.
Derruba o trono dos poderosos,
e exalta os humildes.
Aos famintos ele enche de bens
despede os ricos de mãos vazias.
Socorre seu povo, seu servo,
lembrando sua própria misericórdia,
como havia prometido aos nossos Pais,
em favor de Abraão e de sua descendência
para sempre.”

                                            Magnificat

                                          Lucas 1: 46-55

Porque o grito? Porque levantamos a voz?

Certa vez ouvi o falecido Padre Léo, que por sinal foi um dos melhores pregadores que já conheci, explicar o porque as pessoas gritam, e quero falar um pouco sobre isso com você aqui no blog.

Ele dizia que normalmente se grita quando se está bem longe da pessoa com a qual estamos nos comunicando, porém no relacionamento de dia-a-dia, quando gritamos com quem temos por perto, quando elevamos a voz com as pessoas que temos tão próximas de nós, seja pai, mãe, irmão, irmã, namorado(a), marido ou esposa, enfim… quando nos exaltamos e acabamos falando alto com a pessoa que está ali tão perto de nós, tão pertinho que se sussurrarmos ela nos ouve, então este é o sinal de que o coração ficou bem distante, a distância não é física, mas sim uma distância grande do interior, do local onde guardamos cada pessoa dentro de nós.

Escolhi falar sobre isso para que você verifique qual tem sido o seu “tom de voz” com aqueles que se relaciona, se tem falado no tom normal, tem falado baixinho, tem gritado, ou então está vivendo tão bem com aqueles que te cercam que por vezes não tem nem mesmo a necessidade de dizer palavras para revelar aquilo que gostaria de dizer, numa simples expressão do rosto, num simples olhar já tem comunicado tudo o que gostaria de dizer.

As vezes se confunde a intimidade com a liberdade de se tratar quem é mais próximo de qualquer jeito, por isso se grita, se perde o respeito e nem se dá a devida atenção à quem é tão importante dentro de nós. Por isso, atenção! Toda vez que gritamos, que elevamos a voz, é o coração sinalizando lá de dentro que a pessoa ficou bem distante de dentro de nós!

Pense nisso….

Thiago Tomé – Com.  Canção Nova

Santa Edwiges, socorro dos pobre e endividados

Santa Edwiges, é a protetora dos pobres e endividados. Em todo o mundo, as pessoas sempre conseguem resolver seus problemas de ordem financeira, graças à intercessão de Santa Edwiges, junto a Jesus.

ORAÇÃO – Ó Santa Edwiges, vós que na terra fostes o amparo dos pobres, a ajuda dos desvalidos e o Socorro dos Endividados, e no Céu agora desfrutais do eterno prêmio da caridade que em vida praticastes, suplicante te peço que sejais a minha advogada, para que eu obtenha de Deus o auxílio de que urgentemente preciso: (fazer o pedido). Alcançai-me também a suprema graça da salvação eterna. Santa Edwiges, rogai por nós. Amém.

Santa Teresa D’ Ávila

Hoje, a igreja celebra a  vida de santidade daquela que mereceu ser proclamada “Doutora da Igreja”: Santa Teresa de Ávila, também conhecida como Santa Teresa de Jesus, deixou-nos várias obras grandiosas e pensamentos profundos sobre o Amor de Deus. Dentre eles: ” Nada te perturbe, nada te amedronte. Tudo passa, a paciência tudo alcança. A quem tem Deus nada falta. Só Deus basta! “

Santa Teresa D’ Ávila, rogai por nós!!!

” Comigo está o Senhor como poderoso soldado. “Jr 20,11

Esta é uma certeza que deve povoar o nosso coração. Eu não estou sozinho, você não está sozinho(a)… Comigo está o Senhor.
A luta que travamos é árdua e desumana. A expressão correta é esta mesma: desumana. ” Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal espalhadas nos ares.” Ef. 6,12. É por isso que, quando lutamos somente com as nossas próprias forças, caímos e caímos feio.
Portanto, se quisermos estar em condições de vencer as duras provas que a vida nos impõe, devemos nos fortalecer no Senhor.
Coragem meu irmão! Coragem minha irmã!Você não está sozinho(a). Contigo está o Senhor como poderoso soldado.
Vamos a luta, pois o Senhor é por nós.
Deus o(a) abençoe!
Unido em oração,
Natal cn – Com. Canção Nova

Vai e reconstrói a minha igreja!

Senhor, que queres que eu faça?

– Vai e reconstroi a minha igreja!

Esta frase, dita por Jesus na cruz do crucifixo da capelinha de São Damião e escutada por São Francisco de Assis, foi o inicio de todo o carisma franciscano na Igreja.

Não temas! O Senhor agirá!

Não temas! Mesmo que tudo conspire contra você
e pareça não ter solução, ainda assim creia!
O Senhor agirá!!! – É nisso que eu creio!

Unido em oração, Natal cn

Família abençoada

Uma família abençoada. Assim, poderíamos definir a família de Imaculada e Alejandro, casal espanhol, que se consideram agraciados por Deus pela vocação religiosa de suas filhas.

Acompanhe matéria.

Imaculada Sánchez e Alejandro Ripoll têm cinco filhas que abraçaram a vida consagrada como religiosas do novo instituto de vida contemplativa Iesu Communio. Estes pais espanhóis asseguram que receberam a consagração de suas filhas como uma verdadeira bênção.
“É como quando um filho se casa. Você quer tê-los ao seu redor, perto, mas cada um tem que levar seu estudo, igual quando um filho se casa e você não pode intervir em sua história, no caso, é em um convento, mas tem um segredo especial. E o segredo é que com cada uma e com cada consagração Deus derrama uns dons impressionantes à família, e portanto é uma bênção”, afirmou Alejandro.
Irmã Jordán, Irmã Amada de Jesus, Irmã Francesca, Irmã Ruth, e Irmã Nazaret, têm entre 20 e 28 anos de idade e são as cinco irmãs de sangue que compartilham sua vida dentro da Iesu Communio, a nova comunidade de clausura que surgiu das clarissas de Lerma na Espanha e que surpreendeu o mundo com uma explosão de vocações.
“Mas os primeiros surpresos somos nós e a própria Igreja. Que em uma família haja cinco vocações a um convento de clausura acredito que desde Teresa de Lisieux isso não aconteceu”, considerou Imaculada.
De um total de sete irmãos, as cinco jovens decidiram ingressar no mesmo instituto religioso, onde três já são consagradas e as outras duas são noviças.
Cada história de vocação foi algo pessoal e único, cada uma “teve uma história de muitos anos nos que se deram encontros com o Santo Padre desde João Paulo II. Cada uma foi um processo distinto, porque entre elas são muito diferentes”, explicou o pai ao grupo ACI.
A vocação de nossas filhas só pode ter uma explicação divina, “a própria Igreja está surpresa e esperando”, mas nisto “os primeiros assombrados somos nós. Explicação humana não tem”, acrescentou Imaculada.

Leia mais…

Fonte: ACIDIGITAL

Você já foi a missa hoje???

Santa Missa

” A celebração da Eucaristia não pode deixar de ser
o momento mais importante do dia,
o centro de sua vida. ”
João Paulo II

Testemunhar é evangelizar com a vida

O testemunho é a primeira e mais autêntica forma de evangelização.

Se não formos capazes de evangelizar com a própria vida, desacreditado

será o anúncio com palavras.

Pense nisso!!!

A melhor parte

Marta, Marta, porque te inquietas tanto?
Maria escolheu a melhor parte – estar aos pés do Mestre

Vai e faze o mesmo.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com

Network-wide options by YD - Freelance Wordpress Developer