mar 272015
 

Sacrifício para Deus, é um espírito contrito; não desprezas um coração contrito e humilhado” (Salmo 51, 19)

Através da Palavra do Senhor, a Igreja ensina o verdadeiro sentido da penitência quaresmal. Se a penitência não conduzir ao esforço interior que elimina o pecado e a prática das virtudes, não pode ser agradável a Deus, que quer ser servido com o coração humilde, puro e sincero.

jejum

Por isso, quando os hebreus se privaram do alimento e se vestiram de saco e cinza mas continuavam a maltratar o seu próximo, foram severamente recriminados pelo Senhor e os seus atos penitenciais foram desprezados. Pouco ou nada vale sujeitar-se a privações corporais ou renunciar aos interesses próprios para respeitar e favorecer o próximo, de deixar de lado a sua maneira de ser para seguir a dos outros, se não procura viver pacificamente com todos e suportar com paciência as contrariedades que nos acontecem. A Sagrada Escritura indica, com extraordinária precisão que é a caridade que torna agradáveis os atos de penitência: “O jejum que me interessa, diz o Senhor é também repartires o pão com o faminto, dares pousada aos pobres sem abrigo, levares roupa a quem vistes andar despido e não voltar as costas ao teu semelhante. Então a tua luz despontará como a aurora e as tuas chagas não tardarão a sarar” (Isaías 58, 6-8).

Assim, a luz da boa consciência resplandecerá diante de Deus e dos homens e, a ferida do pecado será curada por um verdadeiro amor a Deus e aos irmãos. Que nesse final de Quaresma não nos faltem oportunidades por um contínuo exercício do amor doação em nosso meio, e o Sol da Justiça resplandecerá sobre nós!

Com carinho e orações!
Maria Rosângela, membro da Comunidade Canção Nova

fev 032015
 

1 só ♥, 1 só alma

Grandes organizadores de eventos usam inúmeras estratégias de marketing, publicidade e persuasão para que seus projetos tenham repercussão. Com Cristo é diferente: Ele mesmo atrai os que chamou e Ele apenas se aproveita de ambientes e oportunidades para manifestar Seu Amor por seus filhos; por você e por mim.

Na noite de 2 de fevereiro, como acontece a cada ano, os missionários da Comunidade Canção Nova renovaram seu Compromisso de doar-se inteiramente a Deus e ao seu serviço.

MissionariosCNCuritiba

Segundo relatos, nosso Santo Papa João Paulo II saudava seus amigos dizendo: “Um só coração, uma só alma”, baseado em Atos 4,33.

A beleza da Missa de Compromisso da Canção Nova em Curitiba, que foi presidida pelo padre Eder Brito, também foi reflexo da unidade. A vida que transborda de um ambiente cheio de unidade, paz e compromisso é contagiante.

Antes, durante e após a celebração, o ambiente foi preenchido por esses frutos do Espírito Santo, que são sinais de uma comunidade feita de pessoas que lutam pela reconciliação, fidelidade, dependência de Deus, esforço. De pessoas que, mesmo em suas fragilidade, dão o máximo de si por causa do irmão e da missão.

Toda beleza dessa noite foi fruto da unidade, que é consequência de uma vida doada a Deus.

Nossa alegria também foi viver essa celebração com você, que faz parte dessa família!

Deus nos abençoe,

Fernando Fantini
Formação – CN Curitiba

set 162014
 

“Até aqui o Senhor me ajudou” I Samuel 7,12

O que Deus constrói em nós não é para ficar largado de lado como acontecem com essas construções despedradas e pichadas que costumamos ver aqui ou ali.

Ele investiu em nossas bases, estruturas, alicerces; Deus usou concreto e tijolo para levantar paredes que nos deram uma forma, uma proteção. Deus “nos cobriu e pintou, nos deu portas e janelas”, nada disso é em vão.

Não é agora que vamos deixar de lado e desprezar a construção que Ele fez em nós, não! O que Deus constrói em nós não pode ser palco de destruição.
Normalmente prédios abandonados são cenários de prostituição, drogadição, abusos, tráfico, depressão, miséria, vícios, violência e revolta. Não somos assim.

Somos templo do Espírito Santo e não palco de vandalismo.

Obra pública


Não é por que já estamos a um certo tempo na caminhada com Deus que podemos relaxar e deixar as coisas acontecerem conforme o mundo quer. A nossa construção tem um dono, e um senhor zeloso: Deus.

Atenção: se acontece com você, como aconteceu comigo, de deixar a construção de Deus em você desleixada, é hora de tomar as rédeas novamente e iniciar uma reforma, dure o tempo que durar.

Reconquiste o que é seu!
Deus quer santidade, harmonia e beleza para sua vida.
O Criador não abandona a criação.
Volte-se para ELE!

Com carinho
Fernando Fantini

 Posted by at 08:00  Tagged with:
ago 052014
 

Certa vez minha mãe disse que o que ouvimos e sentimos pode doer mais do que uma surra. Comprovei mais uma vez que isso realmente é verdade.

Diante das notícias, acontecimentos, aprovações e reprovações que recebemos, surgem sentimentos que oprimem tanto!

AA034249

Já cheguei sentir doer minha alma como se estivesse apanhando, levando uma surra. Não era por que a situação exterior era delicada e nem por culpa de ninguém, eram os meus sentimentos de inferioridade, rejeição e sensação de me tratarem com indiferença e desprezo que começaram a gritar em mim e me agredir de tal forma que não conseguia reagir.

Aconteceu mais uma vez o que padre jonas sempre nos alertou: “os sentimentos nos traem“.

Márcia Louzada, uma irmã de comunidade, sabiamente me disse: “o que você sente não é um fato isolado, tem raízes em situações que você viveu e que deixaram marcas”.

A Divina Providência se responsabilizou em revelar a mim, em um momento forte de oração comunitária essas feridas, mas até então, apanhei muito de mim mesmo, de minhas fantasias, imaginações e sentimentos. Que batalha!

Pedro, mesmo estando na barca com Jesus, quando a tempestade se aproximou, deixou-se abalar. Foi como se por um instante ele tivesse perdido a fé. O mesmo, ou semelhante, acontece comigo e pode acontecer com você, mas é importante saber: Jesus pode parecer dormir, mas está atento ao que você vive. Fique calmo! Depois da tempestade, ou da surra, virá a bonança.

Aproveito para convidar você para uma noite de CURA INTERIOR dia 25 de agosto – evento que faz parte da programação dos 10 anos da Canção Nova em Curitiba.

Seu irmão,
Fernando Fantini

 Posted by at 11:00
jul 302014
 

Aprendemos com o padre Jonas Abib que na Canção Nova a expressão concreta da pobreza é o nosso trabalho assíduo, criativo e responsável.

Para cada missionário da Comunidade e também nossos amigos engajados e voluntários da obra CN aqui em Curitiba, a proposta é essa: gastar-se pela evangelização.

Entregamo-nos nas atividades de evangelização, nos doarmos por inteiro, damos tudo de nós, nosso tempo, talentos, saúde, dons. O que temos de mais preciso: nossa vida se consome para que outras pessoas também experimentem a vida nova em Cristo.

Isso nos realiza: nossa dedicação pela causa do Evangelho.

Nessa grande empreitada por um mundo novo, cada um tem seu papel. Para nos ajudar na manutenção, gastos e estrutura dessa missão, contamos com todo tipo de ajuda. Não temos receio de assumir que somos pobres e precisamos de você também!

Tudo o que recebemos de doação se transforma em fundos para sustentar essa obra. Roupas, calçados, alimentos, objetos de decoração, móveis, utilidades domésticas. O que não é mais útil para você, pode ajudar a outros no nosso bazar e feirão.

 Doações CNCuritiba

Para fazer sua doação entre em contato pelo telefone (41) 3091-1370

ou pelo e-mail clubecuritiba@cancaonova.com

Você também pode trazer aqui na nossa Casa de Evangelização a qualquer hora do dia ou da noite.

Estamos na Avenida Marechal Floreano Peixoto, 4.809 – Vila Hauer

Na Canção Nova em Curitiba:
Bazar aberto de 2ª a 6ª das 13h30 às 16h30
Feirão de móveis e eletrodomésticos: toda 2ª terça-feira do mês às 8h30

Há maior alegria em dar do que em receber” Atos 20,35

Seu irmão,

Fernando Fantini

 

 Posted by at 15:56
jul 162014
 

O ciclo do ódio será vencido quando rezarmos.

Aqui no Paraná estamos há mais de 10.000 quilômetros de Israel, da Palestina, da Faixa de Gaza: clima, cultura, religiões, comportamentos extremamente diferentes dos nossos. Lá é Oriente, quem está em conflito são judeus e muçulmanos que por motivos políticos e religiosos vivem em constante campo minado. E nós, como ocidentais, patriotas que sediaram a copa e cheios de necessidades básicas na saúde, educação, moradia, trabalho e tantas outras urgências espirituais e sociais.

ORE

Corremos o risco de nos posicionarmos como quem não tem nada a ver com isso tudo… Vã seria nossa fé se em meio aos grandes e crescentes conflitos entre filhos de Deus como nós, ficássemos indiferentes e insensíveis. Em tempos de conflitos no Oriente Médio, o Santo Padre volta a pedir a paz e nos convida a rezarmos!

Invoquemos o dom da paz e escutemos o chamado para quebrar o ciclo do ódio e da violência”
Papa Francisco

Clique AQUI e confira mais.

Todas as quintas-feiras o Santíssimo fica exposto. Seguindo as direções do Papa, nessa semana, dia 17, rezaremos pela paz. Sendo assim, viveremos na missão da Canção Nova em Curitiba:

Quinta-feira Especial de Adoração

Dia: 17/07
Tema: Oração pela Paz.
8h30 às 14h00 – Oração com Santíssimo Exposto
14h00 – Tarde de Louvor (Animação e Pregação)
15h00 – Adoração e Benção do Santíssimo
16h00 – Santa Missa

Será uma oportunidade também para, em Nome de Jesus, destruirmos as guerras que criamos em nossas realidades interiores, pessoais e familiares por falta de reconciliação. A direção de Jesus é clara: perdoar 70 vezes 7; perdoe sempre!

Seu irmão,

Fernando Fantini
Comunidade Canção Nova

fev 072014
 

Mudança de Queluz para Curitiba: O que trago na mala? Missionário tem que estar sempre de malas prontas!

Na última quinta-feira, o missionário Fernando Fantini partilhou em sua pregação no grupo de oração, quais os frutos de crescimento ele trouxe na mala para sua nova missão em Curitiba. Vivi 2 anos como missionário em Queluz/SP trabalhando na formação dos jovens que ingressam na Comunidade Canção Nova. Nesse tempo, mais do que contribuir para a formação de outros, percebi Nossa Senhora e O Próprio Deus cuidando de mim. As oportunidades para meu crescimento e amadurecimento foram muitas e sempre acompanhadas de renúncias, sofrimentos e convites contínuos de Jesus: suba na cruz comigo.

deQueluzCuritiba

 Agora começou um tempo novo: Vim enviado para a Missão Canção Nova no Paraná, em Curitiba. De Queluz/SP trago na mala:
- os benefícios do silêncio, que amadurece o homem;
– uma 
dose de paciência, já que minha tendência é ser imediatista;
– o zelo e 
valor pelas pequenas coisas e pequenos gestos de amor, pois quem se descuida deles cai pouco a pouco;
– a decisão de 
lutar sempre por esvaziar-me para que Deus me tome por inteiro;
– a certeza de que 
Deus honra quem Ele quer, quando Ele quer e como Ele quer.

Tudo isso concretizou ainda mais o meu amor e comprometimento com a vocação Canção Nova, o sonho do Padre Jonas Abib e a sede de viver a missão de evangelizar; a gana por conquistar almas para Deus.

O que trago na mala!

O que trago na mala!

O que me aguarda? É a Providência de Deus Quem sabe!

Em tempos de Papa Francisco retorno as celebres palavras de Bento XVI: “Deus sabe trabalhar com instrumentos incapazes”. Conto também com suas orações para eu ser fiel.

Fernando Fantini
Missionário Canção Nova Curitiba

 Posted by at 14:55