“Desapareça do meio de vós, todo amargor e exaltação…”

Paulo nos ensina de maneira bem prática como deve ser o nosso comportamento, qual deve ser a direção da nossa conversão verdadeira e sincera, à partir do coração, a fim de que a vida nova que Cristo nos conquistou seja uma realidade para nós. Há muito a ser feito, muito a ser mudado, mas a nosso favor está o Espírito Santo, que não deve ser impedido de agir… Na alegria das crianças, a sinceridade do coração.

Ef 4, 17-24


Ordens

Ef 4, 25-32
“Portanto, tendo vós todos rompido com a mentira, cada um diga a verdade ao seu próximo, pois somos membros uns dos outros. Podeis irar-vos, contanto que não pequeis. Não se ponha o sol sobre a vossa ira, não deis nenhuma chance ao diabo. O que roubava não roube mas; pelo contrário, que se afadigue num trabalho manual honesto, de maneira que sempre tenha alguma coisa para dar aos necessitados. De vossa boca não saia nenhuma palavra maliciosa, somente palavras boas, capazes de edificar e fazer bem aos ouvintes. Não entristeçais o Espírito Santo de Deus, com o qual fostes marcados por um sinal, para o dia da redenção.
Desapareça do meio de vós todo amargor e exaltação, toda ira e gritaria, ultrajes e toda espécie de maldade. Pelo contrário, sede bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-vos mutuamente, como Deus vos perdoou em Cristo.”

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?
Falar bem, pensar bem, querer bem, fazer o bem… esta é a regra à luz do ensinamento do Evangelho de Cristo.

Como posso pôr isso em prática?
Já conheço o caminho, agora é seguir decididamente. Não apenas pensar bem, mas falar sempre que houver chance. Não só falar, mas fazer o bem sempre que houver oportunidade. Sem esquecer de perdoar e pedir perdão.

Comments closed.