Os dez mandamentos do casal

Filed under: Diversos — at 12:32 pm on quarta-feira, abril 29, 2009

No Escola da fé do dia 23 de abril falamos sobre matrimônio. Os convidados Ricardo e Eliana Sá juntamente com o Professor Felipe Aquino abordaram o tema usando o novo livro do casal “Quando o casal reza…”como base.

O professor Felipe abordou os dez mandamentos dos casal:

 Elaborado por uma equipe de psicólogos e especialistas americanos, que trabalhava em terapia conjugal.

 

  1. Nunca irritar-se ao mesmo tempo.

 A todo custo evitar a explosão. Quanto mais a situação é complicada, mais a calma é necessária.

Há criaturas que são como a cana, mesmo postas na moenda, esmagadas de todo, reduzidas a bagaço, só sabem dar doçura…”

 

 2. Nunca gritar um com o outro.

A não ser que a casa esteja pegando fogo.

 Quem tem bons argumentos não precisa gritar. Quanto mais alguém grita, menos é ouvido. Gritar é próprio daquele que é fraco moralmente, e precisa impor pelos gritos aquilo que não consegue pelos argumentos e pela razão.

 

 3. Se alguém deve ganhar na discussão, deixar que seja o outro.

 Perder uma discussão pode ser um ato de inteligência e de amor. Dialogar jamais será discutir, pela simples razão de que a discussão pressupõe um vencedor e um derrotado, e no diálogo não.

A vitória na guerra deveria ser comemorada com um funeral”; dizia Lao Tsé.

 

4. Se for inevitável chamar a atenção, fazê-lo com amor.

 Só tem sentido a crítica que for construtiva; e essa é amorosa, sem acusações e condenações. Antes de apontarmos um defeito, é sempre aconselhável apresentar duas qualidades do outro.

  

5. Nunca jogar no rosto do outro os erros do passado.

 A pessoa é sempre maior que seus erros, e ninguém gosta de ser caracterizado por seus defeitos.

Toda vez que acusamos a pessoa por seus erros passados, estamos trazendo-os de volta e dificultando que ela se livre deles.

Papa Paulo VI : “a paz impõe-se somente com a paz, pela clemência, pela misericórdia, pela caridade”.

Thomás de Kemphis: “primeiro conserva-te em paz, depois poderás pacificar os outros”.

 

 6. A displicência com qualquer pessoa é tolerável, menos com o cônjuge.

 Na vida a dois tudo pode e deve ser importante, pois a felicidade nasce das pequenas coisas. A falta de atenção para com o cônjuge é triste na vida do casal e demonstra desprezo para com o outro.

 

7. Nunca ir dormir sem ter chegado a um acordo.

 Se isso não acontecer, no dia seguinte o problema poderá ser bem maior.

A atitude da avestruz, da fuga, é a pior que existe. Com paz e perseverança busquemos a solução.

 

8. Pelo menos uma vez ao dia, dizer ao outro uma palavra carinhosa.

 Muitos têm reservas enormes de ternura, mas esquecem de expressá-las em voz alta. Não basta amar o outro, é preciso dizer isto também com palavras. É um tônico que muda completamente o seu estado de ânimo, humor e bem estar. Muitos homens têm dificuldade neste ponto; alguns por problemas de educação, mas a maioria porque ainda não se deu conta da sua importância.

 

9. Cometendo um erro, saber admití-lo e pedir desculpas.

 Admitir um erro não é humilhação. A pessoa que admite o seu erro demonstra ser honesta, consigo mesma e com o outro. Quando erramos não temos duas alternativas honestas, apenas uma: reconhecer o erro, pedir perdão e procurar remediar o que fizemos de errado, com o propósito de não repeti-lo. Isto é ser humilde.

 

10. Quando um não quer, dois não brigam.

 Será preciso então que alguém tome a iniciativa de quebrar o ciclo pernicioso que leva à briga. Tomar esta iniciativa será sempre um gesto de grandeza, maturidade e amor. E a melhor maneira será “não por lenha na fogueira”, isto é, não alimentar a discussão. Muitas vezes é pelo silêncio de um que a calma retorna ao coração do outro. Outras vezes será por um abraço carinhoso, ou por uma palavra amiga.

  Papa João Paulo II disse algo marcante:

O homem não pode viver sem amor. Ele permanece para si próprio um ser incompreensível e a sua vida é destituída de sentido, se não lhe for revelado o amor, se ele não se encontra com o amor, se não o experimenta e se não o torna algo próprio, se nele não participa vivamente”. (RH,10)

  Cântico dos Cânticos:

“…o amor é forte como a morte…

Suas centelhas são centelhas de fogo, uma chama divina. As torrentes não poderiam extinguir o amor, nem os rios o poderiam submergir.” (Ct 8,6-7)

  Há alguns casais que dizem que vão se separar porque acabou o amor entre eles. Será verdade?

 Paul Claudel :

“O amor verdadeiro é dom recíproco que dois seres felizes fazem livremente de si próprios, de tudo o que são e têm. Isto pareceu a Deus algo de tão grande que Ele o tornou sacramento.”

  “Sujeitai-vos uns aos outros no temor de Cristo. As mulheres sejam submissas a seus maridos, como ao Senhor, pois o marido é o chefe da mulher, como Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo do qual ele é o salvador. Maridos, amai as vossas mulheres como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela” (EF 5,25)

 Você tem vivido estes mandamentos no seu matrimônio? Deixe seu comentario!

Qual outro casal da comunidade você gostaria que viesse no nosso Programa falar sobre família?

 

 

9 Comentários »

19

Comment by Lilian

7 07UTC maio 07UTC 2009 @ 23:13

Olá!!

Prof Felipe, por favor, poste um download das orientações do missal para realização da missa. Nem sei se é assim que se diz, mas é sobre aquilo que o senhor falou do que pode e nao pode fazer na missa. Muito obrigada!!

20

Comment by nerly knopp

8 08UTC maio 08UTC 2009 @ 14:03

prof. muito o admiramos, acompanhamos o programa sempre e adquirimos sempre os livros, para nosso estudo. servimos em nossa paroquia com a preparaçao para o sacramento do matrimonio(encontro c noivos) onde a leitura dos dez mandamentos e feita de forma destacavel pois sabemos da importancia do mesmo.E parabens pelo programa ou seja nossa catequeze especial. nerly e paulo de sao joao de meriti rj (13 anos com esta preparaçao p os noivos) e temos 25 a de casados graças a Deus)

22

Comment by Andrea Horto

8 08UTC maio 08UTC 2009 @ 14:24

Que sábias orientações !!! Elas também deveriam ser utilizadas dentro dos relacionamentos em geral, seja casal, família, parentes, amigos !!! Lidar com as pessoas em geral requer sabedoria e muita !!! Parabéns pelo conteúdo !!!

24

Comment by Suely Sardou

9 09UTC maio 09UTC 2009 @ 11:24

Prof.Felipe, gostaria se possível que o senhor colocase a disposição as Instruções do Missal sobre como se deve celebrar a Santa Missa, ou indique-me onde poderei ter acesso.
Grata,
Suely

26

Comment by joselio avelino

10 10UTC maio 10UTC 2009 @ 14:13

Gostei das noticias do blog.
queria que o pro. Felipe me indicasse nomes de livros
de alguns santos como: Santo Agostinho, São joão da Cruz, Santa Tereza D`Avila e Santa terezinha do menino Jesus. Livros que me façam conhecer um pouco mais as histórias de vida deles e porque se tornaram Santos.
Desde já agradeço.
joselio Avelino

27

Comment by fernanda

10 10UTC maio 10UTC 2009 @ 21:06

olá eu gostaria muito que vcs me mandasse as orientações sobre o missal obrigada

31

Comment by Constancia Lima

18 18UTC maio 18UTC 2009 @ 17:58

Prof. Felipe Aquino,
saúde e paz,
Gostaria de saber se a Maria que acompanhou JESUS, até a CRUZ, é a mesma Maria Madalena, pega em adultério, ou se é Maria irmã de Lázaro. Professor, Sua sabedoria é mesmo Santa. Tenho 62 anos e não perco uma ESCOLA DA FÉ.Peço Suas orações para que jamais me falte a lucidez que preciso para acompanhar esse Santo programa. Vejo tambem no horário alternativo. DEUS o abençôe e a sua familia, com saúde e alegria.A Canção Nova é minha linha direta com DEUS, SEUS ANJOS e SANTOS. Obrigada.

41

Comment by Cintia

22 22UTC maio 22UTC 2009 @ 14:49

Profº felipe Aquino, mais uma vez estou adimirada com o seu trabalho. Este estudo é maravilhoso,quero lhe dá os parabéns e continue sempre assim evangelizando a todos. Os seus livros e o seu programa, são bençãos de Deus para todos nós.

Felicidades! Paz e bem!

Gostaria muito que o senhor postasse aqui sobre a parte do Missal Romano em que diz o que um Padre pode, ou não pode em uma Celebração da Santa Missa. Sou uma Acólita não Instituída e sempre quiz ler essa parte do Missal Romano para que meus conhecimentos sejam ampliados e assim podendo servir melhor o Altar e ao Cristo, nosso Senhor de maneira cada vez mais correta.Mas é claro que nunca pude traze-lo para minha casa, então peço a sua ajuda.
Desde já lhe agradeço a atenção.

Paz e bem!!

599

Comment by Mirley Aparecida Inácio de Araujo

18 18UTC dezembro 18UTC 2009 @ 10:10

Gosto de assistir este programas todas as quintas junto com meu esposo, estamos crescendo muito espiritualmente.Fazemos parte do Encontro de Casais com Cristo da Paroquia São Paulo da Cruz.Moramos na cidade de Crucilândia-MG. gostaria que voces enviasem o documento do vaticano com as noticias sobre os casais em segunda união, para discutir-mos em nossas reflexoes.Parabens o programa e exelente.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>