O ano de 1985, foi marcado com um calor muito intenso, as águas do mar da Galiléia precisou ser usado para irrigar as plantações da região.

Dois irmãos pescadores moradores do Kibutz, aproveitaram que o nível de água estava baixo e a noroeste do mar foram procurar objetos escondidos.

A grande descoberta foi marcada em fevereiro de 1986, em primeiro lugar encontraram moedas, pregos e depois um grande contorno oval coberto por lama. Quem poderia imaginar, por baixo desta lama havia um barco do século I.

O seu casco estava bem preservado, graças a esta lama e aos micro-organismos.

Não podemos afirmar que Jesus sentou neste barco, pois não foi encontrado o seu nome, mas afirmasse que Jesus tenha avistado este barco e que ele é do mesmo século que Jesus.

É evidente que os seus quatro remos encontrados no barco, indicam que o mesmo transportava cinco pessoas e um timoneiro. Podendo ser carregados o dobro de pessoas.

Apesar de sua construção ter sido com um madeiramento forte, o barco já não estava nestas condições, precisaria ter todo o cuidado possível para tirá-lo do mar.

Todo cuidado era pouco, foram usadas vários processos para escavação, seria muito triste vê-lo desfazer-se, após dois mil anos.

Foi usada uma espuma de poliuretano em todo o barco para que ele endurecesse e pudesse após dois mil anos flutuar novamente no mar da Galiléia.

Passando pelo processo de restauração, o barco ficou por em baixo d’agua durante 14. Depois foi trabalhado no processo de secagem, colocado-o em uma estrutura de ferro pudesse sustentá-lo.

O barco foi construído com doze tipos de madeira e passou por várias reformas naquela época, provavelmente porque o proprietário era pobre ou pela dificuldade de se conseguir madeira.

Pelo clima de calor intenso da região e por seus escassos recursos hídricos para armazenar água em abundância, até mesmo pela irrigação das plantações, as árvores são mais baixas, e seus frutos menores e mais adocicados.

Encontramos o barco no Museu Yigal Allon, na Galiléia.

Quer realizar uma peregrinação à Terra Santa e conhecer este grande tesouro?

Entre em contato conosco!

 

Exterior da Basílica

Quando chegamos a Terra Santa, ouvimos falar muitas vezes do nome de Antonio Barluzzi.

Ele foi um frade franciscano, arquiteto e restaurador de muitas igrejas da Terra Santa.

A Basílica da Transfiguração que fica no Monte Tabor, foi uma das melhores igrejas que Antonio Barluzzi construiu.

Em 1918, Antonio conhece o Pe Ferdinando Diotallevi da Custódia Franciscana, onde o nomeia para projetar a igreja no Tabor.

O Monte Tabor fica a 600 metros acima da planície de Jezreel. A Basílica foi construída de 1919 a 1924.

Do lado de fora da Basílica, encontramos paredes muito simples e dentro encontramos o centro semicircular decorados com duas fileiras de pequenas colunas.

 

Mosaico com imagem de Jesus transfigurado

Todas as janelas são de vidro com alabastro e acima encontramos mosaicos. Na nave central existem dois níveis. O superior é dedicado a natureza divina de Cristo e no inferior encontramos um mosaico com diferentes manifestações da humanidade de Jesus. Este mural em torno do altar descreve Jesus, em sua natividade, na Eucaristia, em sua morte e ressurreição.

 

Altar da nave central

Atrás do altar da nave central da Basílica, encontramos uma janela com pavões no vitral. O pavão é um símbolo comum que lembra a imortalidade de Jesus.

Vitral com pavões

Dentro da Basílica foram construídas duas capelas, dedicadas a Elias e Moisés. Na capela dedicada a Moisés ele segura as tábuas da lei em sua mão esquerda e por trás está o Sinai e uma rocha da onde a água flui (Ex 17,6).

No grande mosaico, estão os discípulos impressionados com a transfiguração de Jesus, acompanhados por Moisés e Elias.

O rosto de Jesus demonstra muita doçura e paz, suas vestes brancas com raios dourados.

Enfim, ficamos impressionados com a beleza desta Basílica, onde fazemos a mesma experiência dos discípulos.

Deus abençoe!

Maria de Magdala

Na companhia de Pe Sóstenes da comunidade Canção Nova, conheça Magdala. Cidade em que Maria Madalena ou de Magdala nasceu.

Ela foi uma das seguidoras de Jesus deixando sua vida velha para tornar-se testemunha de Misericórdia.

Magdala, uma novidade para aqueles que querem fazer uma peregrinação à Terra Santa.

A seguir o vídeo realizado em Magdala – Israel.

Esta é a subida para a casa do encontro, para a Igreja da Visitação.
Foi por estas ruas que Maria caminhou ao encontro de Isabel.

“Naqueles dias, Maria se levantou e foi às pressas às montanhas, a uma cidade de Judá. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulhers e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor? Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio. Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor teforam ditas!” Lc 1, 39 – 45

Subindo para a Casa do Encontro

Subindo para a Casa do Encontro

Este é o lugar da visitação, onde Isabel e Maria se encontram. Maria já com o menino Jesus em seu ventre e Isabel esperando João Batista.

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós…” Com Isabel também nós nos admiramos: “Donde me vem que a mãe de meu Senhor me visite?” (Lc 1,43). Porque nos dá Jesus, seu filho, Maria é Mãe de Deus e nossa Mãe; podemos lhe confiar todos os nossos cuidados e pedidos: ela reza por nós como rezou por si mesma: “Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38). Confiando-nos à sua oração, abandonamo-nos com ela à vontade de Deus: “Seja feita a vossa vontade”.

Fonte CIC 2677

Visita da Virgem Maria a sua prima Isabel

Visita da Virgem Maria a sua prima Isabel

Venha realizar uma experiência de fé e amor com Nossa Senhora, caminhando por lugares onde ela manifestou a Santa Bernadete. Convido você a fazer a meditação do santo rosário, pois é este o pedido de nossa mãe.

Procissão Luminosa realizada em Lourdes – França

A procissão luminosa é feita com a oração do santo rosário, e é realizada a noite. Todos os fiéis rezam o santo rosário com Nossa Senhora.

Santuário de Nossa Senhora de Lourdes – França

O Santuário foi construído em torno da gruta de Nossa Senhora de Lourdes. É onde acontecem as atividades devocionais.

Gruta Massabielle Loudes – França

Esta é a gruta onde Nossa Senhora de Lourdes apareceu a Santa Bernadete.

Gruta Massabielle

Nossa Senhora apareceu a Santa Bernadette em uma gruta chamada Massabielle. Muitos devotos se emocionam ao tocar na gruta.

É emocionante encontrar os peregrinos e ver a grande devoção de fé e amor a Nossa Senhora.

Procissão Luminosa

As torneiras da gruta jorram água benta e muitos enfermos mergulham nas piscinas em busca de cura.

Na área do Santuário existem 22 lugares a serem visitados e celebrações da santa missa acontecem de hora em hora.

Igreja Nossa Senhora de Lourdes – França

Todos os peregrinos se organizam para participar de um grande evento, a Procissão das velas que ocorrem todos os dias dos meses de abril a outubro.

Grande multidão se reúne em frente a gruta, às 21h para participar da procissão.

Multidão participando da Procissão das velas

A imagem de Nossa Senhora vai a frente e o santo rosário é meditado pelos peregrinos que vão andando com suas velas acesas.

Peregrinos em frente ao Santuário de Lourdes – França

Depois da última ceia Jesus retirou-se para um lugar chamado Getsêmani, os discípulos que o acompanharam foram os mesmos que estavam na Transfiguração, no Monte Tabor.

Nesta gruta, encontramos um altar com as imagens dos discípulos dormindo. Local onde Pedro, Tiago e João ficaram para vigiar enquanto Jesus orava.

Altar da Capela do Getsemani, encontramos os discípulos dormindo enquanto esperavam Jesus.

Altar da Capela do Getsemani, encontramos os discípulos dormindo enquanto esperavam Jesus.

Deixando-os em uma gruta, diz aos seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar. (Mt 26,36-37)

 

Esta é a pedra onde Jesus suou sangue e rezou ao Pai

Jesus estava rezando em um lugar que hoje chamamos de Igreja da Agonia. A Pedra da Agonia que fica em frente o altar foi a mesma que Jesus suou sangue e rezou ao Pai entregando o seu espírito, os discípulos escolhidos dormiam numa gruta (Gruta Getsêmani) a baixo de onde Jesus estava.

 

Gruta do Getsêmani – Local onde os discípulos ficaram para vigiar

Jesus diz a Pedro: Então não pudestes vigiar uma hora comigo. (MT 26-40)

Getsêmani significa prensa de óleo, e nós não temos dúvidas que naquele momento Jesus estava triste e angustiado.

Ele ora ao Pai, prostrando se com a face por terra: Meu Pai se é possível, afasta de mim este cálice! Todavia não se faça o que eu quero, mas sim o que tu queres. (Mt 26,39)

Jesus tem um momento de profunda intimidade com o Pai, pois sabia que ia morrer.

Pela segunda vez ele ora: Meu Pai, se não é possível que este cálice passe sem que eu o beba, faça-se a tua vontade! (Mt 26,42)

Com estas palavras “faça-se a tua vontade” ele sai daquele lugar para enfrentar toda a situação que deveria viver.

Depois de um momento de oração, de intimidade com Deus, apresentando a sua vontade, a sua angustia, Jesus assume sobre ele a responsabilidade e quando vai ao encontro dos discípulos que estão dormindo, vai pronto para realizar a vontade do Pai.

Naquela atitude de acordar os seus discípulos, Jesus que dizer que está preparado, e espera Judas o beijar (Mt 26,48).

 

Altar da Igreja da Agonia

Ele nos mostra que diante das nossas dificuldades do dia a dia “Que a sua vontade seja feita!”, o que importa é o que Deus quer para a minha vida.

Diante dos sofrimentos que passamos em nossas vidas, servem para salvação das almas, é para oferecimento dos pecadores.

Mas Jesus só conseguiu realizar a vontade de Deus e entender o seu plano por que estava em oração, estava na intimidade de Deus.

Muitas vezes não conseguimos entender com a nossa cabeça, mas quando oramos Deus nos fala ao coração, onde ficamos em paz.


Venha peregrinar conosco, você é o nosso convidado!!

Escolha a sua peregrinação, entre em contato (12) 3186-2055.

Agenda de peregrinação 2015

Agenda de peregrinação 2016

Março

02/03 Terra Santa e Jordânia com passeio a Petra – Pe. Adriano Zandoná

12/03 Santuários Marianos – Pe. Clóvis, Dunga e Néia

28/03 Terra Santa – Pe. Egidio
agenda 2015

 

Abril

05/04 Terra Santa, Portugal e Itália – Angelus com Papa Francisco – Pe. João Marcos

05/04 Santuários Marianos com passeio a Barcelona e Zaragoza – Pe. Reginaldo Manzotti

10/04 Itália, Suíça, Alemanha e França – Pe. Roger Araujo

 

Maio

11/05 Santuários Marianos comemorando 13 de Maio em Fátima – Pe Xavier, Ricardo e Eliana Sá

11/05 Portugal, Itália e Medjugorje comemorando 13 de Maio em Fátima e Angelus com Papa Francisco – Pe. Reinaldo

 

Pentecostes na Terra Santa

02/05 Portugal, Italia e Terra Santa

03/05 Terra Santa e Itália

09/05 Terra Santa

02/05 Terra Santa, Portugal e França

02/05 Espanha, Portugal e Terra Santa

09/05 Terra Santa e Turquia

Agenda 2014 Peregrinação

 

Junho

01/06 Santuários Franciscanos com Veneza e San Giovanni – Padre Fabiano, Marcio Mendes e Rosemary

06/06 Santuários Marianos visita em Santiago de Compostela e Paris – Pe. Bruno Franco, Nelsinho e Márcia Correa

11/06 Terra Santa, Portugal, Roma e audiência com Papa Francisco – Pe.Egidio

13/06 Turquia, Grécia e Romacom passeio às Ilhas Gregas – Pe Adriano Zandoná

20/06 México – Pe. Eder e Pitter

25/06 Terra Santa especial – Pe. Toninho e Cleto

 

agenda 2015

Julho

 

06/07 Terra Santa – Pe. Ademir

09/07 Santuários Marianos visitando na Alemanha a Mãe Rainha – Pe. Edmilson Dias

18/07 JMJ – França, Rep. Tcheca, Alemanha, Polonia, Hungria

25/07 França e Itália com Veneza, Cássia e Florenza – Pe. Paulinho

27/07 Medjugorje e Itália com San Giovanni e Mont’Angelo – Pe. José Junior, Ricardo e Eliana, Maria Salomé

 

Agosto

01/08 Terra Santa com visita ao Monte Carmelo – Pe. Euzebio

08/08 Russia e Leste Europeu – Pe. Reinaldo e Leticia Sauthier

17/08 Grécia e Turquia com visita a Capadócia – Pe. Marcio do Prado, Dunga e Neia

20/08 Portugal, Terra Santa e Itália com audiência papal – Pe. Roger Araujo e Rodrigo Luiz

23/08 Terra Santa, Itália especial visitando San Giovanni, Pompéia e Roma – Pe. José Augusto e Vanusia

 

2014 agenda peregrinacaoSetembro

01/09 Terra Santa – Pe. Julio

16/09 Terra Santa, Turquia e Éfeso – Pe. Evandro Lima

19/09 Itália, Suíça, Alemanha e França – Pe Paulinho, Diácono Nelsinho e Márcia

25/09 Santuários Marianos – Pe. Fabiano

26/09 Portugal e Itália visitando Roma, Assis, Cássia e Lanciano) – Padre Paulo Henrique e Thiago Tomé

29/09 Santuários Franciscanos com festividades em Assis – Pe. Carlos Vidal e Cleto
Santiago de Compostela - Obra de Maria Peregrinação

Outubro

08/10 Polônia e Itália com visita a San Giovanni Rotondo e Pompéia – Pe.João Marcos e Gabrielle Sanchotene

11/10 Santuários Marianos com Medjugorje – Especial Cura Física – Pe. Marlon Mulcio e Irmã Maria Eunice

12/10 Terra Santa – Pe. Fabio Camargos

18/10 Japão e China – Pe. Bruno Costa e Dunga

19/10 Portugal, Espanha, França, Suíça e Itália – Pe. Vagner Baia

20/10 Turquia, Grécia e Roma com visita a Corinto – Pe. Clovis

25/10 Terra Santa e Itália visitando Pádua e Veneza – Pe. Luizinho e Adriano Gonçalves

 

Novembro

03/11 Portugal, Itália e Terra Santa – Pe. Marcos Roberto e Maria Renata

10/11 Terra Santa – Pe. Xavier, Diácono Nelsinho e Márcia

21/11 Terra Santa e Jordânia visitando o Monte Nebo – Pe.Francisco

25/11 Santuários Marianos visitando Lourdes e Lisieux – Pe. Valdnei

28/11 Turquia, Grécia e Itália – Caminhos de SP com Pe. Pio – Pe. Wagner Ferreira

 

Agenda 2014 - México

Dezembro

09/12 México com Cancun com festividades em Guadalupe- Pe. Fernando Santamaria

13/12 Natal na Terra Santa e Turquia – Ricardo, Eliana Sá e Eduardo Neto

 

 

Você é o nosso convidado!

 

Peregrinação a Rússia e Leste Europeu na companhia de Pe Bruno Costa.

Sairemos dia 10/11 com o grupo e seus diretores espirituais.

Rússia e Leste Europeu

Praça Vermelha

Moscou

Em Moscou conheceremos a Catedral de São Miguel. A Catedral é toda dedicada ao patrono do exército russo, São Miguel.

E a Catedral de São Basílio. Uma Catedral ortodoxa belíssima, onde no seu interior encontramos paredes com motivos florais e uma diversidade de ícones.

 

Budapeste

Em Budapeste na Catedral de São Matias, oficialmente chamada de Nossa Senhora destaca pelo seu elegante telhado colorido por azulejos.

Nome que homenageia o Rei Matias e é um espaço sagrado para eleições, coroações e casamentos reais.

Na Basílica de Santo Estevão, decorada com mosaicos de santos húngaros encontramos uma estátua de mármore do Santo no altar principal.

O nome é uma homenagem ao primeiro rei húngaro, que se tornou santo após sua morte.

A mão mumificada do rei Estevão é encontrada no interior da Igreja, um dos tesouros mais importantes do país.

Peregrinação Rússia e Leste Europeu I

Catedral de São Basílio em Moscou

 

Praga

A Catedral de São Vito é a sede do arcebispado de Praga.

Neste prédio em que visitamos estão os túmulos de São Venceslau e Santo Adalberto, os santos patronos da Bohemia.

Ainda em Praga, visitamos a Igreja Nossa Senhora da Vitória. Uma Igreja Carmelita onde encontramos a imagem do Menino Jesus de Praga.

Atrás do altar principal encontra-se o museu do Menino Jesus de Praga. Este museu é composto com mais de cem vestidos preciosos.

É na Torre da Prefeitura que encontramos o relógio astronômico. Na parede da Prefeitura Municipal, de Praga na Praça da Cidade Velha representa detalhes da posição do sol e da lua. O mostrador da parte inferior indica o dia da semana, mês e ano.

 

Peregrinação Rússia e Leste Europeu

A Rússia e o Leste Europeu é um local belíssimo de ser visitado. Uma cultura muito interessante e sofrida com histórias da nossa igreja com presenças de santos marcantes.

 

Peregrine conosco!

Contato (12) 3186-2055

Mais que viagens, encontros com Deus.

 

 

Interior da Basílica da Transfiguração

Interior da Basílica da Transfiguração

 

O Monte Tabor dá característica a cidade da Galileia. Ele também traduz aos cristãos o episódio da transfiguração de Jesus.

O cume do Tabor é dividido. À esquerda há uma propriedade grego-ortodoxa e à direita encontramos a Custódia da Terra Santa.

É possível ver o Monte Hermon que marcou a fronteira norte da terra prometida.

A Basílica da Transfiguração foi edificada pelo arquiteto Antônio Barluzzi em 1924.

As duas torres frontais são capelas dedicadas a Elias e a Moisés.

Foto do altar da Basílica do Monte Tabor

Foto do altar da Basílica do Monte Tabor com os mosaicos que representam o nascimento, a eucaristia, a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus.

O altar foi encontrado nas escavações e o mosaico representa o nascimento, a eucaristia, a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus. Sobre a cripta há um altar maior com o mosaico da transfiguração.

Subindo ao Monte Tabor vemos ao longo da estrada ladeada de pinheiros a Basílica da Transfiguração.

É a Basílica que faz memória da recomendação de Jesus para as três testemunhas que desciam do monte, Jesus ordenou-lhes não diga a ninguém sobre essa visão até que o Filho do Homem tenha ressuscitado dos mortos.