Para entender A INQUISIÇÃO

A Inquisição é o tema mais usado para se acusar a Igreja Católica, mas poucos a conhecem com profundidade. É um tribunal que nunca se encerra porque rende dividendos aos que desejam atacar a Igreja, escondendo do público muitas outras terríveis “Inquisições”. Quase sempre ela é mal analisada e mal interpretada, julgada fora do contexto social, cultural e religioso em que se realizou. Nada mais errado em termos de se fazer História. Para os adversários da fé católica ela é a “marca” do obscurantismo dessa época cristã. Mas, analisado-a “dentro do contexto da época”, tudo muda de figura.
Foi a Igreja quem construiu a Civilização Ocidental(Thomas Wood, 2005).

Vários segmentos da humanidade montaram uma forte propaganda contra a Igreja, e isso atravessou os séculos. De modo especial os iluministas do século XVIII, anticlericais e inimigos da Igreja, com Voltaire a frente, fizeram da Inquisição a sua principal arma de ataque a Igreja com o propósito de destruí-la, como se isso fosse possível a uma força humana. E isso continua até hoje.

Nesse livro você poderá conhecer o que dizem os mais renomados historiadores modernos sobre esse polêmico assunto. A realidade é bem diferente do que se propaga em muitos círculos acadêmicos e literários.

Ficha Técnica
ISBN: 978-85-88158-56-6
Ano: 2009
Edição: 1
Número de páginas: 304
Idioma: Português BR
Acabamento: Brochura
Formato: 16×23 cm

18 Comentários

  1. Parabéns Prof. Felipe por mais esta obra que também vai figurar na minha biblioteca ao lado de Sereis uma Só Carne, Uma História que Não é Contada e outras de sua autoria.

    Mais uma vez resta destacada a importância de uma regra básica de interpretação ignorada por tantos: a CONTEXTUALIZAÇÃO.

    Um grande abraço.
    Patrick.

  2. Muito bem, professor!
    Este livro estava sendo pedido há muito tempo por nós, católicos, a fim que retrucar a maior das acusações contra a Igreja.

    Parabéns e que faça muito sucesso!

  3. Andrea Horto Martins

    Como é importante estudarmos a fundo os fatos históricos, principalmente buscar a veracidaqde dos fatos. Acusar sem conhecer é fácil, não é verdade ? Mas e o que vivemos hoje ? Sinceramente, vivemos uma inquisição em nossa fé, que a cada dia é atacada sem ao menos se ter conhecimento de causa, vemos seitas apagando a cultura, a memória das pessoas, sem o menor respeito e tolerância com seu próximo ! Parabéns ao Professor Felipe, que nos traz lições de sabedoria ! Que todas as bênçãos sejam derramadas sobre ele e que a cada dia nossa fé seja esclarecida e mostrada a todos ! Pro Catholica Societate !

  4. Leonardo Augusto Lucas

    Tenho 17 anos e acabei de sair do ensino médio, portanto posso testemunhar as muitas vezes em que a inquisição era mostrada como uma coisa abominável, terrível, que só trouxe prejuízos a humanidade durante o tempo em que durou. A professora de história, católica, até tentava amenizar. Lembro-me quando ela dizia que “a Igreja acreditava que queimando-se o corpo nas fogueiras da inquisição, a alma seria purificada, como a água quando é fervida”, e completava dizendo que “era o pensamento da época”. Porém, mesmo a professora falando mais cuidadosamente sobre o tema, os livros didáticos não perdoavam, e falavam muito mal da Igreja, infelizmente. Eu sabia que era um enorme exagero, mas mesmo assim aquilo que era mostrado me deixava muito mal. Lembro-me também que muitos colegas criticavam a Igreja quando a matéria era lida. E eu, como não entendia quase nada, só podia dizer que havia uma razão para que tudo aquilo acontecesse, mas não era nada concreto que satisfizesse os colegas em suas dúvidas.

    Agora, com este importantíssimo livro do prof. Felipe, poderemos entender melhor e assim ajudar os jovens que se depararem com a mesma situação que, no meu caso, vivi nos últimos três anos aprendendo história, para que a fé deles não seja enfraquecida pela confusão que muitas vezes é feita.

    Imagino os estudantes de curso superior. Como diz o prof. Felipe em suas aulas, se no curso básico é tão vendida a imagem de uma Igreja perversa, no superior a Igreja deve ser duramente massacrada pela mentira dessas pessoas mal intencionadas.

    Deus abençoe muito o prof. Felipe em sua boa vontade em querer nos mostrar a verdade. Vi no programa o tamanho do livro que ele leu, escrito inclusive em diversas línguas, no desejo de nos dar uma formação quanto ao que, de fato, aconteceu durante o período da inquisição.

    Se hoje amo e confio na Igreja mais ainda, é porque vi o testemunho do professor e seu exemplo de amor e dedicação à Igreja e ao Papa. Deus abençoe muito o prof. Felipe e lhe dê saúde e alegria para continuar firme em seu trabalho que é tão valioso para nós!

    Sou um grande admirador do Professor Felipe Aquino, não perco seus programas e gosto muito dos seus livros, pois temos através deles a oportunidade de aprende a doutrina da Igreja de um jeito fácil e gostoso. Se hoje penso em entregar minha vida a Deus no sacerdócio, com o ingresso no Seminário a partir de 2010, a formação que recebi e recebo através dos programas do professor desde que os conheci, em 2006, ajudou-me infinitamente neste discernimento e aprofundamento na fé da Igreja, e despertou-me para o serviço a Deus e aos irmãos no Sacramento da Ordem, com o mesmo zelo e, principalmente, a humildade que o professor Felipe demonstra na sua maneira de desempenhar sua missão através da abençoada TV Canção Nova.

    Louvado seja Deus pela vida do prof. Felipe!

    Leonardo Augusto
    Caratinga-MG

  5. Giuseppi Di Marco

    Como faço para adquirir o livro “Para entender a inquisição”?

  6. Bom, sou uma daquelas católicas que estão se consolidando em sua fé. Considero muito importante ter um fé esclarecida, não ser católico porque meus pais são, mas porque eu verdadeiramente acredito na Santa Igreja.
    E posso afirmar que, este novo livro do professor Felipe Aquino é um ferramenta super importante para o crescimento e amadurecimento na crença na Igreja Católica. Também me revoltava com a Igreja pelo fato de ter realizado a Inquisição, porém quando se entende o contexto histórico, brilhantemente abordado pelo professor, há de se crer que se também vivessemos naqueles séculos estariamos do lado da Igreja.
    Ainda tenho muitos questionamentos sobre a igreja, mas após ler este livro começo a acreditar que estou com 90% de chance de estar errada.
    Vale a pena ler e relê-lo.
    Parabéns.

  7. Luis Fernando

    Negar a inquisição é a mesma coisa que negar o holocausto. Não há como defender uma coisa tão escabrosa, que matou 25 milhões de pessoas. Embora seja protestante, gosto muito da Igreja Católica e, principalmente, do trabalho do professor Felipe Aquino. Longe de mim atacar qualquer um por erros e pecados, pois somos todos miseráveis e carecemos da misericórdia de Deus. Porém, com certeza, os papas e demais responsáveis por aqueles atos abomináveis prestarão contas no dia do Senhor. Grande abraço a todos.

  8. Professor,

    No livro não citas em nenhum momento São Vicente Ferrer, que, na minha opinião, e até onde sei – foi Unificador da Igreja. Atuou no Grande Cisma com muita firmeza, e viveu examente em meados do séc XIV…

    Parabéns por este belo trabalho, que “facilita” a vida dos que precisam de argumentos sólidos para “conversar” sobre Nossa Santa Igreja…

  9. A Paz!
    Sou evangélico de nascença e faço minhas as palavras de Luis Fernando: “somos todos miseráveis e carecemos da glória de Deus”. Interessei-me muito pelo livro devido ao assunto abordado. Meu maior temor (o que me enche a cabeça na escolha de QUALQUER livro) é: Será que o autor limita-se a uma visão defensiva, inibindo, assim, qualquer opinião e argumentos contrários que pudessem enriquecer o texto, ou melhor, tornar a sua pesquisa mais autêntica (pergunta). Sei que o professor é católico e que o livro também é católico, mas tenho certeza que, como é feito por um homem, a obra é capaz de ter sua flexibilidade. E eu quero muito começar a entender esse assunto; pra mim é um bom começo ouvir a opinião dos defensores.
    A Paz!

  10. à Phillip Jonson,

    Minha modesta opinião, se me permite…

    …Quando li o livro, ou quando leio qualquer um, inclusive já li vários “acusadores” ( apenas completando a sua maneira de colocar: Católicos = defensores da Inquisição. Protestantes = acusadores por se considararem vítimas dela ) procuro não colocar minha maneira de ver e sim à do autor. E neste caso, tenho a mais absoluta certeza que se fizerdes o mesmo, com certeza verás que a Inquisição Católica, apesar de vários erros, contribui para que hoje existam pessoas que são cristãos como você…

    Duas “vertentes” que, aliás, foram inventadas pelo homem, o protestantismo e o comunismo, surgiram apenas para corrigir algumas falhas humanas e não falhas naturais do Catolicismo e do capitalismo, porque, então, estas não têm falhas naturais. E, apesar de não se ter nada no mundo que seja incontestável, essa é uma verdade difícil para protestantes e comunistas digerirem

    Agradeça à Igreja Católica por existir um motivo para vocês serem “evangélicos”…

  11. gil cesar

    este assunto é muito interessante, pode nos tirar muitas dúvidas. pergunto, houve uma inquisição protestante?

  12. parabens professor sou sua fã ,gosto muito das sus pregações me e de muita ajuda pois com o senhor eu estou aprendendo muito li o seu livro falsas doutrinas e atraves dele me despertou a vontade de ler cada vez mais e aprender a defender a minha fe catolicaassim que eu tenha a serteza que este seu livro vai fazer parte da minha coleçao sou uma pessoa que quer saber tudo sobre a igreja meu filho criticou que igreja e essa que mandava matar queimar bruxas e eu nao soube responder agora terei a resposta orem por nos um grande abraço fique na paz e que DEUS ilumine sua mente cada vez mis para nos trazer esclarecimento obrigado.

  13. você esta de parabéns, faço licenciatura em História na Faculdade de formação de Professores de Goiana-PE , e esse livro contribuiu muito para que eu entedesse melhor o contexto social da Idade Média.Muitos professores aqui na faculdade ja começaram à adotar essa sua obra como apoio didatico.
    Espere que num futuro bem próximo voce faça outros trabalhos a altura deste,obrigado.

  14. Prof. Felipe, Boa noite!
    Acabei de ouvir seu brilhante programa na Canção Nova.
    Que bom ouvi-lo nos seus belos e interessantes temas desenvolvidos no mais importante programa da televisão brasileira.
    Hoje, dia 06/05/2010, assisti a mais bela aula de Teologia da minha vida. Já ouvi muitas palestras de padres e bispos. Fiz curso de teologia para leigos, sou ministro da igreja, participo do Movimento de cursilhos, faço palestras, trabalho nos encontros de noivos há muitos anos e nunca vi e ouvi coisas tão bonitas e bem explicadas do que essa Aula Magna proferida por você nesta noite.
    Dentre os assuntos tratados me chamou a atenção “Para entender a Inquisição”, cujo livro mostrado quero adquirir.
    Queria dizer mais, mas acredito que os comentários acima já disseram bastante do que gostaria de dizer.
    Quero apenas parabenizá-lo, bem como a Canção Nova pelo brilhante programa.
    Parabens e que Deus o abençõe e o ilumine sempre em seu belo e produtivo trabalho que já prestou e está prestando a nossa Santa Mãe Igreja.
    Aceite meu graterno abraço.

  15. Eu vou hoje comprar este livro, acredito que vai ser muito esclarecedor para mim…
    um abraço.

  16. Prof. Felipe

    O comentário não foi dirigido unicamente ao senhor. Foi um comentário generalizado. Se eu fosse Católica, eu também defenderia meus pontos de vista. Assim como se eu fosse satanista, eu tentaria provar que satã está certo. Assim como se eu fosse budista, eu defenderia buda em tudo que diz respeito a ele.

    As pessoas defendem pontos de vista aos quais elas consideram correto. Isso é normal. Mas postei meu comentário porque discordo totalmente de qualquer coisa referente à Ig. Católica, se com tudo que eles fizeram as pessoas ainda não enxergaram que não existe e nunca existiu Deus nenhum por detrás dos homens que comandam essa religião… se depois de td que essa Igreja fez as pessoas ainda não enxergaram isso, então elas não enxergarão nunca mais!!

    Continuem seguindo a Ig. Católica mesmo! É isso mesmo que eles querem: mataram, torturaram, cometeram injustiças, se aliaram indiretamente ao Nazismo, e no final ainda possuem seguidores fiéis!

    Uma coisa preciso admitir = quem está por detrás da Igreja Católica é inteligentíssimo mesmo! Pq tem que ser mto inteligente pra conseguir alienar milhares de pessoas igual a I.C. alineou, mesmo existindo provas históricas de que essa religião não presta!

    O diabo é mto inteligente mesmo! Por isso Deus tem tanto trabalho com ele. Agora tá + que explicado!!

  17. Ricardino Lassadier Rodrigues de sousa

    O Livro PARA ENTENDER A INQUISIÇÃO, em minha modesta opinião realia algo que, lamentavelmente, muitos professores de história não conseguem fazer: Estudar um acontecimento histórico sem cair no anacronismo. De modo geral muitos professores de história condenam o anacronismo, e isso é correto. Porém, estes mesmos professores – especialmente os de cursinhos – quando vão falar da Igreja caem naquilo que condenam. Eles ao falarem das falhas dos filhos da Igreja com os valores e a mentalidade de nossos dias, produzem um profundo anacronismo. Isso torna praticamente impossível um entendimento adequado daquilo que esta sendo estudado.
    Sou católico e professor (filosofia e teologia) e quando debato com os colegas da História faço-lhes observar seus cacoetes anacrônicos que resultam em preconceitos contra a Igreja. O livro PARA ENTENDER A INQUISIÇÃO vem, de certo modo, alertar que precisamos lêr o que aconteceu, mas sem perder de vista o contexto, a mentalidade da época. Ora, isso, de modo algum apaga o acontecido, no entanto nos faz compreender o “cenário” cultural em que foi realizado.Parabéns pelo livro!
    Duas sugestões: a)Visto que o povo católico (especialmente o brasileiro)lê pouco seria interessate que o professor Felipe podesse apresentar sugestões de leituras, b)Seria interessante que o programa Escola da Fé realiasse, de ve em quando, visitas a bibliótecas de católicos e apresentasse seus livros; creiso que isso poderia insentivar a leitura. Lembro aqui uma frase do Pe. einho: “Não é obrigatórios que todo católico seja doutor, mas é necessário que todo católico se torne leitor”.

  18. Prof.Felipe,em primeiro lugar,desejo que a paz de Jesus esteja com o Sr.Comecei à assistir ao seu programa,enquanto esperava o programa Direção Espiritual.Desde aquele dia,nunca mais perdi um só programa seu.
    Tenho aprendido muito com a Escola da Fé,e hoje sou evangelizadora Porta a Porta;também faço o possível para ir à CN,pelo menos nos acampamentos Hosana Brasil.Já fui ao Hosana Brasil nos anos de :2008,2009 e 2010.
    Como evangelizadora,tive a idéia de doar alguns de seus livros para a paróquia São José do Calafate,aqui em Belo Horizonte,à qual frequento.Como eu não fiz o estudo Bíblico,e não tenho o dom da palavra,quero ajudar a minha pároquia a aumentar o acervo de livros que possam ensinar aos jovens e adultos a se voltarem mais para Deus,através dos ensinamentos que o sr.nos passa,por meio de seus livros e palestras.Alguns de seus livros estão em falta no DAVI.Já fiz um pedido nesse mês,e assim que puder farei outro,tentando ter todos os seus livros,para doar à igreja.
    Gostaria que o senhor me enviasse um e-mail,para que eu pudesse manter contato,ok? Sou prima do secretário da Arquidiocese de São Luiz do Maranhão,Dom Belisário,e estou descobrindo como ele,o carisma franciscano em mim.
    Que Deus o abençoe!

    Abraços fraternos, de sua irmã em Cristo,

    Virgínia.

  19. Pingback: VOCE SABIA IGREJA

  20. Pingback: Daniel Mascarenhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>