04. julho 2015 · Comentários desativados em Monsenhor Jonas é homenageado nos 40 anos da RCC no Ceará · Categories: Arquidiocese Fortaleza, Notícias · Tags: ,

Na tarde de sexta-feira, 3 de julho, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, aconteceu uma solene homenagem aos 40 anos da Renovação Carismática Católica.

Na cerimônia estava presente os principais representantes do movimento no Ceará, sacerdotes, leigos que que fazem parte da história no movimento em Fortaleza/CE e a participação das Novas Comunidades e seus respectivos representantes.

Foram homenageados de maneira especial e receberam uma placa comemorativa: Francisco de Sousa Ferreira – Timá (presidente do Conselho Estadual da RCC Ceará), Maria Emmir Oquendo Nogueira (Ex-coordenadora da RCC Ceará), Monsenhor Jonas Abib (Fundador da comunidade Canção Nova, representado pela missionária Estela Ferreira), Moisés Louro de Azevedo Filho (fundador e Moderador da Comunidade Shalom) e Padre Eduardo Dougherty (Fundador da Associação do Senhor Jesus – ASJ) e outros leigos que tiveram influência na difusão da RCC no estado.

Leia a mensagem que o monsenhor Jonas Abib enviou para esta cerimonia:

“Eu tenho a alegria de ter estado várias vezes em Fortaleza para os grandes encontros que fizemos no Estado, participei e me alegro!

E digo que realmente a graça do Batismo no Espírito Santo que vem sendo distribuída durante esses 40 anos seja mais forte ainda, que os dons do Espirito Santo que foram dados e usados nesses 40 anos, sejam assumidos muito mais ainda agora quando se completa os 40 anos.

40 anos é uma data bíblica, então Renovação Carismática, renova. Renovação em Fortaleza, renova. Renovação no Ceará, renova. Por que esta é a vontade de Deus!”

A cerimônia foi concluída com a bênção especial de Dom Edmilson Cruz, bispo emérito.

 Veja as fotos:

sessao-solene

 

22. setembro 2014 · Comentários desativados em Simpósio da Esperança · Categories: Arquidiocese Fortaleza

Nos dias 20 e 21 de setembro, aconteceu o Simpósio da Esperança na Arquidiocese de Fortaleza/CE.

O encontro foi realizado no Ginásio do Piamarta no Montese na cidade de Fortaleza/CE e contou com presença de centena de fiéis de diversas cidades e movimentos que compõem a Arquidiocese Fortaleza.

O simpósio teve como tema a Esperança, segunda virtude teologal, em preparação ao primeiro centenário da arquidiocese que acontecerá  no ano de 2015. More »

29. agosto 2014 · Comentários desativados em A Arquidiocese de Fortaleza está em festa! · Categories: Arquidiocese Fortaleza, Artigos, Notícias

No dia 28 de agosto, na Catedral Metropolitana, aconteceu a Ordenação Epsicopal de Mons. Fernando Barbosa dos Santos CM. Nomeado pelo Papa Francisco como bispo da Aprimazia de Tefé/AM.
A Ordenação Epsiscolpal foi presidida pelo Dom José Aparecido Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza e co-ordenantes: Dom Vicente Joaquim Zico, CM – Arcebispo Emérito de Belém/PA – Dom Sérgio Eduardo Castriani, CSSp – arcebispo de Manaus/AM e demais bispos presentes.

A celebração contou com a presença de 16 bispos de diversos estados do país além de um grande número de sacerdotes, diáconos, religiosos, seminaristas e muitos fiéis. More »

Na manhã de quinta-feira, 17 de abril, na Catedral Metropolitana de Fortaleza,Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza, capital do Ceará, presidiu a Missa dos Santos Óleos e da unidade.

A Celebração contou com a presença de bispos auxiliares, padres de toda a arquidiocese, membros de diversas comunidades e movimentos pastorais.

Em sua homilia, Dom José Antônio destacou: “Nesta missa cantamos com toda a Igreja as maravilhas do Senhor como diz o salmista “Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor” (Salmo 88). Assim precisamos viver: cantando as maravilhas de Deus na alegria, porque Deus nos ama e esse imenso amor nos garante a vida eterna!”

O arcebispo falou sobre a importância da benção dos Santos óleos dizendo: “Estes óleos significam um sinal visível da unção e da força de Cristo que vence todo o mal.”

E ressaltou: “Hoje, dia da instituição da Eucaristia, nós sacerdotes renovamos o nosso sim a Deus por meio das palavras de Jesus: “Fazei isso em memória de mim”, celebramos a presença de Jesus pastor e mestre. Nós sacerdotes somos ungidos do Senhor e precisamos ser cheios do Espirito Santo e portadores da alegria missionária no mundo em que vivemos.”

Após a homilia, os padres renovaram as promessas sacerdotais feitas no dia de sua ordenação, professando a fidelidade e reafirmando o seu compromisso com a Igreja, bem como, Dom José Antônio, abençoou cada um dos Santos Óleos, consagrando-os e pedindo que Deus fortaleça os que forem ungidos por eles, para que sejam santificados e inseridos no mistério de Cristo.

Catedral de Fortaleza

Catedral de Fortaleza

 Veja mais fotos aqui.

10013024_686875701374832_2031612763_n                                   

VI Caminhada Penitencial 2014: “Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15)”

No próximo domingo, dia 23, com início às 7h, sairá a Caminhada Penitencial da Quaresma da Igreja Nossa Senhora da Saúde, Mucuripe, até a Catedral Metropolitana de Fortaleza.

“Esta caminhada quaresmal quer ser a expressão externa e a oportunidade para fazer um caminho mais profundo, a partir do coração de cada pessoa humana: ‘Convertei-vos e crede no Evangelho’ (Mc 1,15)”, afirma dom José Antonio na Carta Circular 002/2014 Arquidiocese de Fortaleza, enviada no dia 10 de fevereiro de 2014, a todos os fiéis da Arquidiocese de Fortaleza.

Durante a caminhada haverá um momento com uma cruz nos ombros dos fiéis para recordar como nosso Senhor Jesus Cristo tomou sobre si todos os pesos da humanidade para redimi-la. Ele disse ainda que os padres estarão lá para atender confissões das pessoas que desejarem.

Confira Caminhada Penitencial 2013

Para que o maior número possível de fiéis possa participar, o arcebispo solicitou aos padres que todas as celebrações do terceiro domingo da Quaresma aconteçam nas tardes e noites dos dias 22 e 23 de março, ficando reservada a manhã do dia 23 para esta grande manifestação de penitência da Igreja Arquidiocesana.

A caminhada passará pelas Avenidas Abolição, Almirante Barroso, Pessoa Anta e Alberto Nepomuceno, com chegada prevista para às 9h, na Catedral Metropolitana de Fortaleza.

Contatos: Pe. Ivan de Souza, responsável pela Liturgia, (85) 3227 5215 / (85) 99096875; Pe. Alderi Leite, pároco do Mucuripe (85) 3263 1538 / (85) 99883457; Pe. Clairton Alexandrino, pároco da Catedral (85) 3231 4196 / (85) 99881356; Padre Raphael Silva, Cerimonialista (85) 9956.7034.

Serviço:  VI Caminhada Penitencial 2014     Data: 23 de março de 2014     Horário: 7h

Percurso: Da Igreja Nossa Senhora da Saúde, Mucuripe à Catedral Metropolitana de Fortaleza.

Coberturas  Arquidiocese de Fortaleza.

Oracão

>”Qual é a verdadeira preparação para a festa da Páscoa? A verdadeira preparação e acolher na nossa vida o fruto da Páscoa, que e o Dom da vida de Jesus para o perdão dos pecados do mundo e para renovação da vida humana. Por isso nós somos chamados hoje à caminhada de quarenta dias, buscando a conversão à renovação.

Como Jesus diz no Evangelho isso não é questão de aparência, e questão de coração. Não é na aparência de um rosto triste que se agrada a Deus porque está jejuando, mas é naquela intenção interior do coração, que faz com que a pessoa jejue, com intenção clara, de desprender-se dos apegos e das inclinações, por fim as coisas matérias, para deixar-se preencher pelo bem que é verdadeiro que é infinito.

E assim, amar a Deus amando o próximo, partilhando, sendo solidário. Em uma sociedade que vive no meio da busca do acumular e no competir para ter mais que os outros, precisamos ser mais fraternos partilhando todos os dom da criação o dom de Deus.

Jesus nos chama a atenção que a verdadeira oração que deve marcar esse tempo em preparação para Páscoa: a vivência dos dons da Páscoa, a renovação da nossa vida em Cristo, e uma oração que não deve se de aparência, mais aquela que convida no interior no nosso quarto e não nas esquinas das praças. Não é para aparecer que rezamos, mas é diante de Deus, que nós nos colocamos na intimidade verdadeira com Ele, para que essa oração nos faça ouvir-lo e orientar nossa vida.

Por isso Jesus fala da verdadeira esmola, uma esmola que não simplifica em dar coisas, mas expressar o amor aos irmãos. Não é só dar os bens para os pobres que agrada a Deus, mas o bem feito com caridade e a caridade é o amor Divino em nossos corações. Fazer por amor de Deus, por amor aos irmãos, à caridade que enche nossos corações. Mais do que uma preparação é uma graça da vivência, que é uma graça Pascal de Jesus que recebemos no nosso Batismo.

Para nos dar mais ênfase à vivência da Quaresma a Igreja do Brasil se propõe no meio da sociedade a Campanha da Fraternidade, que é a fraternidade humana onde ela está sendo ferida, onde ela não está sendo vivida, para nos chamar a atenção como as palavras de Jesus nesse tempo Quaresmal ” Convertei-vos e crede no Evangelho’’.

Como é que nós nos convertemos? Quando cremos no Evangelho e vivemos a fraternidade, uma fraternidade universal, a fraternidade que é reconhecimento do próximo como a si mesmos é o reconhecimento da pessoa humana e o mais próxima.

Cada ano a Campanha da Fraternidade toca no ponto da fraternidade ferida e neste ano, o tráfico de pessoas humanas. Um assunto muito sério,  que nós teremos esses dias da Quaresma, para entende sobre ele. Nós somos chamados a saber que pessoas humanas não são mercadoria, pessoas humanas são imagem e semelhança de Deus, e por nenhum motivo a pessoa humana não pode se vendida, ser  comprada, nem utilizada e manipulada por interesse.

Isso tem forma de crime organizado, mas ele começa no pequeno da vida nossa de cada dia. Quando as pessoas por dinheiro ou emocionalmente manipulam outros elas começam a escravizar-las. Pode escravizar as pessoa por dinheiro, se pode escravizar as pessoas pelo poder da autoridade, e se pode escravizar as pessoas pela sensualidade.

Esse tráfico humano de escravização que este ano nós somos chamados a ouvir, ter um olhar sensível e honesto diante da sociedade, buscando viver os valores do Evangelho para erradicarmos essa urgência gravíssima, contra as pessoas humanas que destroem a sociedade.

 Por que a sociedade e feita de convivência, respeitosa entre as pessoas.  Quando essa convivência, não é sadia, a sociedade se torna doente, com todas as consequências dessas doenças, que nós conhecemos todas as formas de violência e de destruição.

Nós temos como motivação na nossa Arquidiocese para viver a Quaresma e no a Campanha da Fraternidade o Ano da esperança, ‘ a esperança é aquela que não engana, é o fundamento da nossa fé’.

A nossa esperança verdadeira é Jesus Cristo é Dele que nós podemos esperar futuro, podemos esperar como diz a própria Palavra de Deus, ‘’novos céus e uma nova terra’’. Esperança de construir um mundo mais unido, mais fraterno, esperança de paz, esperança de harmonia, esperança de compreensão de solidariedade de valores humanos e cristão para a realização humana verdadeira.”

Dom José Antônio Tosi – Arcebispo de Fortaleza

Homilia da Missa de Quarta-feira de Cinzas

Ano da esperança

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com