Pecados e fraquezas precisam ser constantemente combatidos!

“Mantém o teu coração firme e sê constante, inclina teu ouvido e acolhe as palavras inteligentes, e não te afobes no tempo da contrariedade.” (Eclo 2,2)

Você saberia dizer agora mesmo qual é o pecado que tem predominado em sua vida?

Você saberia dizer também que defeito tem predominado em você?

Tenho aprendido nestes últimos tempos que é muito importante que eu e que você tenhamos as respostas para estas perguntas acima. Ter estas respostas podem nos ajudar e muito em nosso caminho pessoal de conversão para Deus; e ainda nos ajudar a livrar os nossos pés de caminhos que querem nos tirar de Deus!

Existem pecados em nossas vidas que predominam, que insistem em voltar, e que ainda que confessemos os mesmos; acabamos caindo uma hora ou outra….
Nesta experiência de não conseguir vencer determinado pecado, você precisa aprender algumas lições muito importantes:

Primeira Lição:

A primeira e importante lição é que você mesmo, por suas forças não conseguirá vencer nenhum pecado e nenhuma limitação… Você precisará lembrar-se constantemente que vencer um pecado ou uma situação de pecado é sempre uma ação da graça de Deus em você. Isso parece ser muito simples de ser entendido. Mas …Continue lendo…

“É a Deus que você deve recorrer face aos assaltos do demônio.” (Padre Pio)

O caminho da Tentação!

Quero em primeiro lugar dizer que se você esta lendo este artigo neste exato momento, saiba que não foi somente uma coincidência você encontrar este Blog. Talvez você estivesse procurando por algum assunto relacionado ao Blog, ou coisas do tipo, e de repente o site de pesquisa te indicou este Blog e aqui você esta! …Continue lendo…

“Sede sóbrios e vigiai.” ( I Pd 5, 8 )

O Leão está a rugir...Ficai atento!Aqui está uma ordem do Apóstolo Pedro acerca de duas atitudes que precisamos ter: SobriedadeVigilância.

E por que precisamos ser sóbrios e vigilantes?

O próprio Apóstolo nos responde neste mesmo versículo 8: ” Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar.
E aqui Pedro está desmascarando o demônio e sua artimanha em relação à nós, filhos de Deus. O demônio anda ao redor de nós como um leão que ruge!
Esta é a primeira verdade que Pedro revela à nós: a verdade de que não estamos sós; verdade de que somos “observados” por alguém que como um leão quer nos devorar ao primeiro vacilo que dermos. …Continue lendo…

Saiba quais são os distúrbios Diabólicos mais vistos pelos Exorcistas…

Exorcista explica a diferença entre os distúrbios DiabólicosOs distúrbios Diabólicos mais conhecidos são:

  • A Tentação;
  • A Vexação Diabólica;
  • A Obsessão Diabólica;
  • A Infestação Diabólica;
  • A Possessão Diabólica,

Saiba o que é cada uma delas e seus sintomas em geral.

Antes de assistir ao vídeo, quero lhe pedir uma ajuda: Se inscreva em nosso canal do Youtube e fique sempre atualizado sobre os novos conteúdos. Continue lendo…

Adão falhou em sua missão…

Quero pedir ao Espírito Santo que ilumine a sua mente e o seu coração para que você possa mais do que ler este artigo; você possa viver realmente uma experiência com Deus!
Faça a experiência de ler esta artigo calmamente e ir trazendo à sua mente todas as situações descritas…

 

Expulsos do Paraíso

Imaginemos como seria a intimidade de Deus e Adão no paraíso…Você já parou para pensar nisso? Já imaginou como era o relacionamento entre eles? Como eram suas conversas, seus planos? Como eram suas caminhadas por aquele imenso Jardim, como contemplavam tudo aquilo que havia sido criado?

E assim também foi com Eva! Eva caminhava junto á Deus com Adão. Deus por muitas vezes passeou com eles …Continue lendo…

08. abril 2015 · Comentários desativados em Tipos de ações diabólicas · Categories: Libertação · Tags: , , , , , , ,

Como o Demônio age!

Padre Gabriele Amorth nos ensina que existem dois tipos de ações do demônio sobre a vida do homem: A ação ordinária e a ação extraordinária.

Como ação ordinária, podemos dizer da tentação; onde todos nós somos atingidos por ela e por vezes vítima da mesma. Lembremo – nos que até mesmo Jesus sofreu tentações em Sua vida.

Mas existe também a ação extraordinária do demônio na qual Padre Gabriele Amorth irá nos explicar de forma tão clara. Estas explicações ele nos dá em seu livro “Novos Relatos de um Exorcista”:

Padre Gabriele Amorth - Livres de todo Mal

Padre Gabriele Amorth

1 – Distúrbios Externos: Indicamos assim aqueles sofrimentos unicamente físicos ( pancadas, flagelações, empurrões com várias sequências, quedas de objetos, etc.) que encontramos na vida de certos santos: O Santo Cura d’Ars, São Paulo da Cruz, Padre Pio…e que são menos raros do que poderia parecer. A impressão é a de que o demônio age  permanecendo do lado de fora da pessoa; se por acaso, fosse encontrada uma ação a partir de dentro, tratar – se – ia de uma presença somente provisória, limitada à duração daquelas perturbações.

2 – Possessões diabólicas: É a forma mais grave e comporta a presença permanente do demônio num corpo humano, embora a ação maléfica não seja contínua: as crises alternam com momentos de repouso. Implica em manifestações temporárias e de bloqueio mental, intelectivo e volitivo. Continue Lendo…

Reflexão do dia…

Fizemos uma série de breve reflexões sobre o Livro de Provérbios, que nos ajudarão sempre em nosso Caminho de Cura e Libertação…

Deus abençoe você e que o próprio Deus nos ajude a sermos LIVRES DE TODO MAL…

Provérbios 5:

“As próprias iniquidades enredarão o ímpio, que será preso pelos laços de seus próprios pecados. Ele morrerá, porque não observou a disciplina, iludido por sua imensa estupidez.” (Prov. 5, 22-23)

No dia de hoje o Senhor esta sendo muito firme com cada um de nós! É um texto muito rico este de todo o capitulo 5 de Provérbios. Valeria a pena você ler e relê – lo e deixar que o Senhor lhe fale ao coração.
O demônio tem afligido os filhos de Deus no que diz respeito a sexualidade. Cada vez mais escuto de pessoas pedindo ajuda pois envolveram com o adultério, com a prostituição, com a pornografia, enveredaram numa sexualidade totalmente desregrada.
Para mim se torna nítido que isso faz parte de uma estratégia do demônio para ferir os filhos de Deus, e por vezes os levar por caminhos que não terá volta.

A pornografia e o desregramento na sexualidade e afetividade das pessoas por consequência da internet tem crescido de maneira assustadora, e acaba …Continue lendo…

A força do demônio é e sempre será limitada pela ordem de Deus!

Quem nos responde esta pergunta  é o Padre Jose Fortea. Ele é um padre com o Ministério de Exorcismo em sua diocese em Mari, Espanha! Também é o responsável por estar acompanhando um dos casos mais graves de possessão diabólica da Espanha.

Padre José Fortea estará em nosso próximo Acampamento de Cura e Libertação de 27 a 29 de Abril, aqui em Cachoeira Paulista.
Confira nosso vídeo no final do nosso Artigo!

Vamos então a resposta:

“O poder do demônio sobre nós depende somente da permissão de Deus e da nossa fraqueza. Deus pode não permitir que alguém seja tentado, ou que alguém não seja tentado além de suas forças. Por outro lado, quanto mais fraca for uma pessoa, mais poder e influencias tem a tentação sobre ela.

Mas estes esclarecimentos devem deixar claro que a hora do dia, a data e o lugar são indiferentes! Eles constituem somente o ambiente da tentação, sem que estes influenciem em nada.

Embora seja verdade que se peque mais a noite já por estar mais cansados e por não ter a mente ocupado com os nossos trabalhos. Continue lendo…

Precisamos estar atentos aos nossos Pensamentos!

É preciso que estejamos atentos à maneira como o demônio se aproxima de nós, e qual o meio que ele tem se utilizado para nos tentar e fazer – nos cair em pecado.

Nos dias de hoje e pelo contato que tenho tido com as pessoas que vem em busca de ajuda, tenho percebido que de maneira especial o demônio tem se utilizado para fazer-nos cair a nossa própria carne, e atacando de maneira direta a nossa pureza!

O meio que ele tem encontrado para atacar a nossa carne e a nossa pureza são: Os nossos pensamentos, os nossos olhos e o nosso coração!

Quero neste artigo partilhar um pouco mais o que tenho aprendido e experimentado a respeito dos nossos pensamentos! Terei que dividi – lo em algumas partes por se tratar de um assunto delicado e que exige antes de tudo alguns pontos a serem um pouco mais detalhados.

Como é grande por vezes a luta em que travamos contra nossa carne por causa dos nossos pensamentos! Por vezes não é nem mesmo nossa intenção pensar em algo que vem a nossa mente, mas ele surge, às vezes com tamanha força e intensidade que não conseguimos lutar contra eles e nos deixamos arrastar para aquilo que estes pensamentos nos sugerem!

O dom da Castidade que como nos ensina o Catecismo no número 2337 é:  “A castidade significa a integração correta da sexualidade na pessoa e, com isso, a unidade interior do homem em seu ser corporal e espiritual.” É este o dom que nos ajudará a combater as tentações contra nossa pureza através dos maus pensamentos! A Castidade nos ajuda na maneira correta de utilizamos os nossos pensamentos, desejos e ações.

São Carlos Borromeu nos ensina que: “É impossível que te conserves casto, se não vigiares continuamente sobre ti mesmo, pois a negligência traz consigo mui facilmente a perda da castidade”.

Primeiro ponto importante então que devemos notar é que não conseguiremos ser castos, sermos puros em nossos pensamentos, se não estivermos atentos a nós mesmos, aos nossos impulsos, as nossas reações, e aqui em questão se não estivermos atentos aquilo que temos alimentado em nossos pensamentos! São Carlos Borromeu ainda diz que a negligência faz com que percamos a castidade. Negligência nada mais é do que a falta de cuidado ou de aplicação à uma determinada situação ou tarefa! Um sinônimo que cabe bem à negligência pode ser DESCUIDO!!

Se então é necessário cuidado aos nossos pensamentos, é necessário que os VIGIEMOS constantemente. A respeito dos pensamentos, Santo Afonso Maria de Ligório nos ensina em seu Tratado sobre a Castidade, que podemos cair em um duplo engano:

a) Almas que temem a Deus e não possuem o dom do discernimento e são inclinadas aos escrúpulos, pensam que todo mau pensamento que lhes sobrevêm é já um pecado. Elas estão enganadas, porque os maus pensamentos em si não são pecados, mas só e unicamente o consentimento neles. A malícia do pecado mortal consiste toda e só na má vontade, que se entrega ao pecado com claro conhecimento de sua maldade e plena deliberação de sua parte. E, por isto, Santo Agostinho ensina que não pode haver pecado onde falta o consentimento da vontade.

Por mais que sejamos atormentados pelas tentações, pela rebelião de nossos sentidos, pelas comoções ou sensações desregradas de nossa natureza corpórea, não existe pecado algum enquanto faltar o consentimento.  Como ensina também São Bernardo, dizendo: “O sentimento não causa dano algum, contanto que não sobrevenha o consentimento”.

Para consolar tais almas timoratas e escrupulosas, quero oferecer-lhes aqui uma regra prática, aceita por quase todos os teólogos: Quando uma alma que teme a Deus e detesta o pecado, duvida se consentiu ou não em um mau pensamento, não está obrigada a confessar-se disso, porque, em tal caso, se tivesse realmente cometido um pecado mortal, não estaria em dúvida a esse respeito, porque o pecado mortal, para uma alma que teme a Deus, é um monstro tão horrendo, que não poderá ter entrada em seu coração sem o perceber.

b) Outros, que possuem uma consciência mais relaxada e são mal instruídos, julgam, pelo contrário, que os maus pensamentos nunca são pecados, mesmo havendo consentimento neles, contanto que não se chegue a praticar. Este erro é muito mais pernicioso que o primeiro. O que se não pode fazer, não se pode também desejar; por isso, o mau pensamento em si contém toda a malícia do ato. Assim como as más obras nos separam de Deus, também os maus pensamentos nos afastam d’Ele e nos privam de Sua graça. “Pensamentos perversos nos separam de Deus” (Sab 1, 3). Como as más obras estão patentes aos olhos de Deus, também Sua vista alcança todos os nossos maus pensamentos para condená-los e puni-los, pois “um Deus de ciência é o Senhor, e diante d’Ele estão patentes todos os pensamentos”

Com isso começamos a entender duas coisas muito importantes nesta luta que devemos travar sobre os nossos maus pensamentos:

– Não podemos descuidar dos mesmos, ser negligentes! É preciso atenção aos pensamentos que surgirem em nossa mente, é preciso cuidado, zelo…

– E, nem todos os nossos pensamentos são pecados, e nem todos os que são pecados trazem em si o mesmo cunho de malícia, a mesma gravidade, o mesmo peso!

No próximo artigo trarei 3 coisas que precisamos considerar quando se trata de um pecado de pensamento!

Deus abençoe você!

Leia também:

1. Os Pecados dos nossos Pensamentos II

2. Bento XVI é muitíssimo temido por Satanás!

3. Quem é Padre José Fortea?

Danilo Gesualdo, é membro da Comunidade Canção Nova e atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em nossa sede em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail:
livresdetodomal@cancaonova.com

Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga – o no Twitter (danilogesualdo)

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com