Você conhece aquelas pessoas que perdem a cabeça por pouca coisa ?! Um pequeno deslize, uma atitude repetitiva ou uma pequena insatisfação já podem ser o suficiente para algumas pessoas “explodirem”. Mas isso pode ser mais sério do que apenas falta de paciência, essas pessoas podem sofrer da chamada “Síndrome do Pavio Curto” e é preciso muito autocontrole e também ajuda de profissionais para que, tanto o paciente, quanto os familiares, aprendam a lidar com esse tempo temperamento. Confira a entrevista da Psicóloga e Coach Juliana Albuquerque e o testemunho do missionário Alex, que aprendeu a lidar com seu temperamento e a viver uma vida guiada pelo Espírito Santo:

Programa Manhã Viva, pela TV Canção Nova, exibido no dia 02 de julho de 2014.

sindrome do pavio curto

Nos dias frios não tem nada melhor do que aquela comida quentinha e saborosa, melhor ainda se for uma comidinha mineira. E é isso que o Manhã Viva especial de inverno nos ensinou, um delicioso prato, direto de Minas Gerais. É a Paella, prato feito pelo Chef Luis Ribeiro, responsável pela cozinha do Hotel Fazenda Vale da Mantiqueira, em Virgínia (MG). É de dar água na boca! Confira:

Sabe aquele Chazinho da Vovó que cura isso ou aquilo e alivia aquela dor ou mal estar ?!
Esses chás podem ser preciosos! E por isso o Manhã Viva resgatou as plantinhas da vovó e trouxe quem entende do assunto para nos explicar quais plantas podem ser usadas como chás medicinais. Tem chá para aliviar a cólica, a enxaqueca, a tosse e muito mais! E pras mamães que estão amamentando tem uma dica preciosa, deixada pela bióloga Iara Ribeiro, confira:

Programa Manhã Viva do dia 24 de junho de 2014, pela TV Canção Nova.

papa refeitorio

O Papa Francisco fez uma visita surpresa nesta sexta-feira ao refeitório localizado na zona industrial do Vaticano, onde almoçam funcionários da Santa Sé. Alguns já estavam à mesa, enquanto outros faziam fila no self-service, quando para surpresa de todos, por volta das 12h10min, entrou no recinto o inesperado hóspede.

O Santo Padre apresentou-se como um frequentador habitual, ocupando normalmente um lugar na fila, segurando uma bandeja e aguardando a sua vez. Serviu-se de massa, uma porção de merluza, verdura gratinada e um pouco de batata frita. “Não tive coragem de apresentar a conta a ele”, confidenciou emocionada Claudia Di Giacomo, que naquele momento fazia sérico de caixa.

Francisco, sorridente, estendeu a mão a muitos dos presentes. Na mesa, sentou-se ao lado de cinco funcionários uniformizados da Farmácia vaticana. “Descrevemos o nosso trabalho, em quantos somos e como se desenvolve. E ele nos falou das suas origens italianas”, explicou um dos comensais. Seus colegas logo completaram, dizendo que falaram de futebol, mas também de economia.

A cada instante alguém se aproximava para um selfie. Máquinas fotográficas, celulares, tablets e toda a tecnologia disponível na ocasião foi usada para registrar o inusitado momento. Mesmo com o verdadeiro “assédio tecnológico”, o Papa Francisco continuou a sorrir e a comer, continuando a conversa com seus interlocutores.

No final do almoço, por volta das 12h50min, o Pontífice se levantou e com alguns operários posou para a clássica fotografia-recordação, num clima de grande familiaridade. Após conceder sua bênção aos presentes, subiu no carro de seu ajudante de quarto, Sandro Mariottti – que o acompanhou -, e retornou à Santa Marta.

O inesperado almoço durou cerca de quarenta minutos. Um tempo breve, mas suficiente para conhecer outro ângulo do mundo vaticano e das pessoas que nele trabalham.

Em 9 de agosto de 2013, Francisco havia visitado a fábrica de São Pedro, ocasião em que encontrou marceneiros, soldadores, hidráulicos, eletricistas e funcionários do L’Osservatore Romano. (JE)

Fonte: Rádio Vaticano

No Manhã Viva especial de dia dos avós o que não faltou foi homenagem para nossos Vovôs e Vovós.

As netinhas e bisnetinhas da nossa convidada, Vovó Marilda, leram para ela o “Pai nosso dos avós”.

E nós colocamos o texto aqui no blog! Veja só que homenagem super fofa:

pai nosso dos avós