«

»

jun
30
2008

Mal de Alzheimer

mal.gifmal-2.jpgDefinição:

Alzheimer é uma doença degenerativa cerebral, que provoca perda de habilidades como pensar, memorizar, raciocinar. A doença é progressiva e se inicia mais freqüentemente após os 65 anos.

2) A causa é desconhecida.

3) Sintomas: a doença é lenta e insidiosa. Os sintomas vão aparecendo aos poucos.

Déficit de memória para fatos recentes.

A memória retrógrada é a última a desaparecer. Os fatos mais antigos são os que mais demoram a serem “apagados” da memória.

Dificuldade para executar tarefas rotineiras.

Problemas de expressão de linguagem.

Dificuldade com atividades intelectuais, como leitura, cálculos, etc.

Desorientação para tempo e lugar.

Julgamento prejudicado.

Incapacidade para o raciocínio abstrato. Por exemplo: “de grão em grão a galinha enche o papo”, para o paciente, significa que a galinha come um grão de milho de cada vez. Ele não consegue interpretar o sentido figurado desse provérbio.

Guardar coisas em lugares errados.

Não reconhece parentes próximos.

Alterações de humor ou de comportamento.

Fases de depressão, agitação, psicose, alucinações.

Mudanças de personalidade, por exemplo irritabilidade, apatia, labilidade de humor, desinibição sexual.

Diminuição de iniciativa e estado indiferente em que fica sentada, deitada, ou andando sem rumo pela casa.

Incapacidade para executar atos simples, como se vestir e tomar banho.

Incontinência urinária e fecal.

A doença pode evoluir entre 2 e 20 anos. Na maioria das vezes a causa da morte não tem relação com a Doença, mas sim com outros fatores ligados à idade avançada.

4) Diagnósticos diferenciais:

Existem algumas doenças que podem provocar sintomas semelhantes ao Mal de Alzheimer:.

Neurocisticercose (calcificações cerebrais provocadas pela Tênia, ou Solitária).

Tumores Cerebrais.

Hemorragias Cerebrais.

Arteriosclerose.

Intoxicações ou reações paradoxais a medicamentos.

Atrofia cerebral provocada por alcoolismo.

Síndrome de Korsakoff.

Deficiência grave de Vitamina B.

Hipotireoidismo e anemia grave.

Depressão em pacientes de muita idade. Uma Depressão pode imitar o Alzheimer (antigamente essa Depressão era chamada de Pseudo-demência).

Idem para Psicoses em pessoas de muita idade.

Traumatismos Cranianos e suas seqüelas.

5) Exames:

Nas fases iniciais todos os exames inclusive a Tomografia e a Ressonância Magnética podem ser normais. Mais tarde, poderá haver diminuição do volume cerebral, indicando a atrofia. Mesmo o Pet Scan e o SPECT, que medem a atividade metabólica cerebral nem sempre estão alterados.

6) Tratamento.

No começo é possível diminuir a velocidade da doença, obter melhora de memória e estabilidade do comportamento (que já teve um parente com Alzheimer sabe como isto é importante).

Atualmente os medicamentos mais eficazes são os Inibidores da Acetilcolinesterase. Vitaminas e Gingko Biloba podem ser úteis, desde que administrados com a medicação específica). Anti-inflamatórios e a Reposição Hormonal com estrógenos não são mais usados.

7) Para a família do portador de Alzheimer:

A Doença de Alzheimer não afeta apenas o paciente mas também suas pessoas próximas, que se desgastam grande em termos emocionais, físicos e financeiros.

Repetir muitas vezes os pedidos mais simples, ajudá-lo a se vestir, se lavar, se alimentar, é muito cansativo.

Mesmo cuidadores profissionais (empregadas bem treinadas, enfermeiras, acompanhantes) correm o risco de ficarem esgotados.

Organize bem os turnos, rodízios, feriados, férias. Não tem sentido todos os cuidadores ficarem cansados ao mesmo tempo.

2 comentários

  1. Ana Bella Vera disse:

    A doença se evoluiu muito hoje em dia eesa capacidade de afetar os idosos esta muito avanssada.A familia desses portadores de alzheimer els tem de dar muito carrinho para els se nao a doença pode avançar cada dia mais

  2. Vanessa Silveira disse:

    Oi, estou fazendo um seminário, e preciso saber mais sobre a demência, estou pedindo comentários, sugestões de como ir mais a fundo, se é possível sabermos o futuro, se temos chances de ter ou não esta doença, todo o tipo de comentário é bem-vindo, acessem meu blog, que acabei de fazer, estou arrumando ainda, ou melhor, me enviem emails, para: vavah_silveira@hotmail.com muito obrigada!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>