Archive for the ‘Maria, mãe de Jesus’ Category

Visitação de Maria chama Viva de Amor

sexta-feira, maio 31st, 2013

Apressadamente Maria partiu para a região montanhosa da Judéia, a um lugarejo chamado Ain Karim, mais ou menos dois dias de caminhada de Jerusalém para estar com sua prima Isabel, que estava grávida. O que fazia Maria também grávida se lançar numa aventura pelas montanhas desérticas a não ser o Amor, Ela é aquela que está grávida do Amor. Deixar Deus agir é a suprema humildade e grandeza de Maria: “Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua vontade”. Maria representa o povo humilde e humilhado de Israel, aqueles que creem agora estão sendo carregados por Maria, na esperança da visita de Deus, para como Isabel ficar cheios do Espírito Santo e profetizar com a vida, pois Deus nos transforma a partir de dentro. És a maior de todas as rainhas, porque fostes a maior de todas as servas. Clique AQUI e leia mais sobre a Festa da Visitação de Maria a Isabel

Ao chegar à casa de Isabel sua saudação, sua voz faz a criança estremecer no ventre e fez Isabel rejubilar de alegria, “como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar?!” Alguém cheia de Amor poderia esquecer-se de si, de suas dificuldades, pois estava grávida e não poderia explicar como se deu isso, mas o Amor tem dessas coisas. Jesus com certeza aprendeu muito com sua mãe, pois na cruz demonstrou supremo amor dando a sua vida em sacrifício, e lá estava Maria a oferecer-se no Filho, pelo mesmo Amor que a tomou no dia da visita do Anjo. O canto de Maria poderia dizer que é o verdadeiro canto dos remidos, de sua boca surge o perfeito louvor a Deus, um resumo da história da salvação, cheio de significado, retalhado da Palavra e consciente do seu humilde e grande papel, quando no seu sim, Deus pode mudar a humanidade.

Só uma pessoa tomada do verdadeiro espírito de humildade poderia cantar com tanta propriedade como ela cantou. Neste canto está a minha voz, a sua voz, a voz da humanidade inteira, por isso cantemos com Maria: “A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito exulta em deus meu Salvador, porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me proclamarão bendita, porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é Santo, e sua misericórdia se estende de geração a geração, a todos o que o temem…”. A presença de Maria trouxe a Isabel, Jesus e o Espírito Santo, ela é a cheia de graça, e enche de graça aqueles que se acercam de sua companhia. Por isso, lembro-me da frase do Papa Bento XVI no discurso no terço em Aparecida no dia 13 de maio de 2007: “Entremos na escola de Maria!”.

Preciosa escola de humildade, de oração e de serviço, onde ela é a mestra de vida cristã, de santidade e de amor a Deus e aos irmãos. Na escola de Maria nunca serei reprovado, pois Jesus seu filho foi o seu primeiro aluno, do Mestre ela foi mestra. Hoje na minha oração fiz um pedido a Deus, que sua Mãe visitasse a mim, os meus familiares e todas as pessoas que se encontravam tristes, abatidas e fechadas como Isabel. Que a Virgem cheia de graça, do amor, da alegria nos enchesse do Espírito Santo, renovasse o nosso animo, curasse os nossos corações de todas as espécies de doenças, físicas e espirituais, nos inflamasse do Amor que ela traz em si. Por isso, peçamos que a Virgem da Visitação venha a nós hoje, seus filhos, e nos traga Jesus nosso Salvador, e o Espírito Santo para nos socorrer em todas as nossas necessidades.

Oração: Neste dia Maria visita a minha casa, o meu coração e me coloque em seu colo materno, faça de minha vida sua escola, sua morada e nunca mais vá embora. Maria permanece comigo, pois com a tua presença sinto-me mais seguro, mais firme e tenho a certeza de nunca errar o caminho. Primeira cristã, mestra de Jesus, exemplo sublime de serva, quero ser como tu, uma verdadeira chama de amor, para levar a todas as pessoas que eu visitar, o Espírito Santo e Jesus. No final deste texto, você já percebeu que Maria te visitou?

Louve com a Palavra junto com Maria, quando encontrou Santa Isabel:

Ave Maria cheia de graça…

Deixe em nossos comentários a sua experiência com Maria e seus pedidos de orações.

Com Maria minha benção fraterna.

Padre Luizinho, Com. Canção Nova.
twitter.com/padreluizinho

Maria conhece todas as nossas dores!

segunda-feira, maio 27th, 2013

Estava sua mãe junto à Cruz: Jesus viu a mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava. Então disse à mãe: “Mulher, eis aí o seu filho.” Depois disse ao discípulo: “Eis aí a sua mãe.” E dessa hora em diante, o discípulo a recebeu em sua casa. (cf. Jo 19, 25-27).

Diante da Virgem Maria aos pés da Cruz, tanta dor e tanto sofrimento, mas tanta fortaleza e fé, que neste momento Jesus Crucificado não poderia dar maior presente aos seus discípulos e a toda humanidade, representada ali por João o discípulo amado, senão a Sua santíssima Mãe. Maria conhece as dores do nosso coração, por isso, depositemos em seu coração transpassado os nossos pedidos e suplicas confiantes que tudo que pedirmos a Mãe o Filho atende. Os santos e a Tradição da Igreja nos ensinaram a amar e venerar Maria seja na alegria ou nas suas dores.

Somos convidados, hoje, a meditar os episódios mais importantes que os Evangelhos nos apresentam sobre a participação de Maria na paixão, morte e ressurreição de Jesus, todos eles descritos na Sagrada Escritura: a profecia do velho Simeão (Lucas 2,33ss.); a fuga para o Egito (Mateus 2,13ss.); a perda de Jesus aos doze anos, em Jerusalém (Lucas 2,41ss.); o caminho de Jesus para o Calvário (João 19,12ss.); a crucificação (João 19,17ss.); a deposição da cruz e o sepultamento (Lucas 23,50ss.).

Assim nasceu a Devoção das Sete Dores de Maria, por isso, ela como seu Filho Jesus conhece todas as dores da humanidade, mesmo sem ter cometido o pecado, fonte e raiz de todos os males humanos.

Vejamos o que nos diz São Bernardo, um santo profundamente Mariano.

O martírio da Virgem é mencionado tanto na profecia de Simeão quanto no relato da paixão do Senhor. Este foi posto, diz o santo ancião sobre o menino, como um sinal de contradição, e a Maria: e uma espada transpassará tua alma (cf. Lc 2,34-35).

Verdadeiramente, ó santa Mãe, uma espada transpassou tua alma. Aliás, somente transpassando-a, penetraria na carne do Filho. De fato, visto que o teu Jesus – de todos certamente, mas especialmente teu – a lança cruel, abrindo-lhe o lado sem poupar um morto, não atingiu a alma dele, mas ela transpassou a tua lama. A alma dele já ali não estava, a tua, porém, não podia ser arrancada dali. Por isso a violência da dor penetrou em tua alma e nós te proclamamos, com justiça, mais do que mártir, porque a compaixão ultrapassou a dor da paixão corporal.

E pior que a espada, transpassando a lama, não foi aquela palavra que atingiu até a divisão entre alma e o espírito: Mulher, eis aí teu filho? (Jo 19,26). Oh! Que troca incrível! João, Mãe, te é entregue em vez de Jesus, o servo em lugar do Senhor, o discípulo pelo Mestre, o filho de Zebedeu pelo Filho de Deus, o puro homem, em vez do Deus verdadeiro. Como ouvir isso deixaria de transpassar tua alma tão afetuosa, se até a sua lembrança nos corta os corações, tão de pedra, tão de ferro.

Não vos admireis, irmãos, que se diga ter Maria sido mártir na alma. Poderia espantar-se quem não se recordasse do que Paulo afirmou que entre os maiores crimes dos gentios estava o de serem sem afeição. Muito longe do coração de Maria tudo isto; esteja também longe de seus servos.

Talvez haja quem pergunte: “Mas não sabia ela de antemão que iria ele morrer?” sem dúvida alguma. “E não esperava que logo ressuscitaria?” Com toda a confiança. “E mesmo assim sofreu com o crucificado?” Com toda a veemência. Aliás, tu quem és ou donde tua sabedoria, para te admirares mais de Maria que compadecia, do que do Filho de Maria a padecer? Ele pôde morrer no corpo; não podia ela morrer juntamente no coração? É obra da caridade: ninguém a teve maior! Obra de caridade também isto: depois dela nunca houve igual.

Dos sermões de São Bernardo, abade.

O martírio que Cristo sofreu no corpo, Maria sofreu na alma. O nó que pelo não e pela desobediência de Eva foi dado entre o Homem e Deus foi desfeito pelo sim e pela obediência da Virgem das Dores. Por este “sacrifício” Ela conhece as nossas dores. Tendo diante de nós tão grande testemunho de fidelidade e grandeza de alma, eu pergunto para você: como anda a sua espiritualidade Mariana, sua devoção a Virgem Maria mãe de Jesus e nossa?

Escreva em nossos comentários, quais são as suas dores, que você deseja entregar à intercessão de Maria.

Oração de São Bernardo:

Lembrai-vos, ó piedosíssima Virgem Maria,
que jamais se ouviu dizer que algum daqueles
que têm recorrido à vossa proteção
implorado vosso socorro
E invocado vosso auxílio,
fosse por vós desamparado.
Animado, pois, com igual confiança,
a vós, ó Virgem entre todas singular,
como minha Mãe recorro; de vós me valho
e gemendo sob o peso dos meus pecados,
prostro-me as vossos pés.
Não desprezeis as minhas súplicas,
ó Mãe do Filho de Deus humanado,
mas dignai-vos de ouvi-las propícia
e de me alcançar o que vos rogo. Amém.

Rogai por nós Santa Mae de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Padre Luizinho, Comunidade Canção Nova.
Diretor espiritual e formador no Pré-discípulado.
twitter.com/padreluizinho

Espiritualidade: Resposta de Vossa Mãe Santíssima Maria Auxiliadora

sexta-feira, maio 24th, 2013

Neste dia 24  de Maio no dia da Festa de Nossa Senhora da Auxiliadora eu trago para você e mais de 500 internautas  que participaram e escreveram a sua carta e deixaram no Correio de Nossa Senhora a resposta da Virgem Maria. Ela hoje quer falar especialmente para você. A inspiração foi gravar em voz feminina, para que experimentemos o alento das Palavras da Mãe. A voz é de Tânia Sabino formadora na casa de pré-discipulado da Canção Nova. O Papa Bento XVI falando aos bispos alemães lembrou uma encíclica do Papa Pio XII “cada fiel que dedica à Mãe de Deus uma devoção especial estabelece uma aliança para não viver em pecado e para, com toda a força – sob a proteção de Maria – santificar o próximo e alcançar a salvação eterna”.

Maria fala para você hoje:

“Queridos filhos! Neste ano tão especial em vossas vidas, quero vos refazer, torná-los homens e mulheres de fé, um homem novo, pois meu Filho Jesus e a Santa Mãe Igreja precisam de vossa juventude e renovada disposição, numa vida de conversão e entrega total ao anuncio do Evangelho em busca da santidade.

Deixa-me cuidar te ti, deixa-me te amar não resistas mais. Deixa-me tocar em ti deixa-me curar e te libertar.

Minha oração hoje é por todos vocês que procuram à Graça da conversão. Vocês batem na porta do Meu Coração, mas sem esperança e sem prece, em pecado, e sem o Sacramento da Reconciliação com DEUS. Deixem o pecado e decidam-se, filhinhos, pela santidade. Somente desta maneira, EU posso ajudá-los, ouvir suas preces e interceder diante do ALTÍSSIMO.

Eu sou a vossa Mãe e quero conduzir-vos ao Meu Filho Jesus, muito me agrada as vossas correspondências e estou atenta a tudo que vos acontece, mesmo quando parece que demoro de vos atender, há um tempo para cada coisa debaixo do céu e Eu só faço aquilo que o Meu Filho deseja. Abri vossos corações ao amor e sereis transformados. Sede mansos e humildes de coração aprendei a esperar e a confiar unicamente na misericórdia de Deus através da oração e de uma vida digna.

Não percais a vossa esperança. Quando sentirdes o peso da cruz, chamai por Jesus. Ele virá a vós e sereis vitoriosos. A humanidade tornou-se pobre espiritualmente porque os homens se afastaram de Deus. Sofro por causa daqueles que caminham como cegos a guiar outros cegos. Voltai-vos Àquele que é o vosso bem absoluto e conhece cada um de vós pelo nome. Peço-vos que façais o bem a todos e que em tudo procureis imitar Meu Filho Jesus, perdoando a todos e fazendo em tudo a vontade do Pai. No triunfo definitivo do Meu Imaculado Coração os Meus filhos receberão a recompensa dos justos. Não recueis. Ficai com a verdade. Sede defensores do Evangelho do Meu Jesus.

Portanto, filhinhos, no amor pelo Meu Imaculado Coração, amem a Deus acima de tudo e vivam Seus Mandamentos. Desta maneira, sua vida terá significado e a paz reinará em seus corações. Eu estarei ao vosso lado. Coragem. Obrigada por terem respondido ao Meu Apelo. Eu vos abençoou. Ficai em paz.

Oração: Neste dia Maria Auxiliadora dos Cristãos visita a minha casa, o meu coração e me coloque em seu colo materno, faça de minha vida sua escola, sua morada e nunca mais vá embora. Maria permanece comigo, pois com a tua presença sinto-me mais seguro, mais firme e tenho a certeza de nunca errar o caminho. Primeira cristã, mestra de Jesus, exemplo sublime de serva, quero ser como tu, uma verdadeira chama de amor, para levar a todas as pessoas que eu visitar, o Espírito Santo e Jesus.

Deixe em comentários seu louvor a Deus por Maria e seus pedidos de orações.

Nossa Senhora canta essa música pra você na voz da Tânia Sabino:

Deixa-me cuidar te ti, deixa-me te amar não resistas mais
Deixa-me tocar em ti deixa-me curar e te libertar
Deixa-me cuidar te ti, deixa-me te amar não resistas mais
Deixa-me tocar em ti deixa-me curar e te libertar

Oração de Consagração

Santíssima Virgem Maria a quem Deus constituiu Auxiliadora dos Cristãos,
nós vos escolhemos como Senhora e Protetora desta casa.
Dignai-vos mostrar aqui Vosso auxílio poderoso.

Preservai esta casa de todo perigo: do incêndio, da inundação, do raio, das tempestades,
dos ladrões, dos malfeitores, da guerra e de todas as outras calamidades que conheceis.

Abençoai, protegei, defendei, guardai como coisa vossa as pessoas que vivem nesta casa.

Sobretudo concedei-lhes a graça mais importante, a de viverem sempre na amizade de Deus, evitando o pecado.

Dai-lhes a fé que tivestes na Palavra de Deus, e o amor que nutristes para com Vosso Filho Jesus e para com todos aqueles pelos quais Ele morreu na cruz.

Maria, Auxílio dos Cristãos, rogai por todos que moram nesta casa que Vos foi consagrada. Amém.

Ouça na integra o Podcast:

Unidos sempre pela oração, minha benção fraterna.

Padre Luizinho, Com. Canção Nova.
Diretor Espiritual e Formador no Pré-discípulado.
http://twitter.com/padreluizinho

Olhar para Jesus através da Santíssima Virgem Maria

segunda-feira, maio 20th, 2013

Maria, “Santuário de toda a Sagrada Escritura”

- Acredito, tenho fé de que, quem tem maior probabilidade de ter acesso a chave para descobrir as grandes verdades da Bíblia são, sobretudo os de coração humilde. Justifico o que digo da seguinte forma:

E o Verbo se fez carne (Jo 1,14), a Palavra do Pai se manifestou aos homens através da Santíssima Virgem Maria. Deus sendo onipotente poderia se manifestar aos homens de infinitas maneiras, mas quis manifestar-se através da Santíssima Virgem (Gl 4,4-5).

Temos uma riqueza de informação muito grande nesse “comportamento” Divino. Ao se revelar aos homens e principalmente no que diz respeito aos grandes mistérios, o querer Divino tem uma particularidade: Maria!  São Luis Maria Grignon de Montfort († 1716) frisa bem isso:

“Digo, entretanto, que, supostas as coisas como são, já que Deus quis começar e acabar suas maiores obras por meio da Santíssima Virgem, depois que a formou, é de crer que não mudará de conduta nos séculos dos séculos, pois é Deus, imutável em sua conduta e em seus sentimentos” (Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, pg. 25).

Se o Pai assim age é de supor que o Espírito Santo ao utilizar dos homens para escrever os Evangelhos, principalmente no que se refere aos mistérios deixa registrado essa “tendência”, essa “forma” esse “estilo”, ou seja: utiliza-se de Maria para manifestar aos homens! Ela é a chave que abre as portas dos mistérios que os doutores não conseguem compreender. A razão é simples. Essa “chave” só possui os que tem o coração humilde. A condição para aproximar da Santíssima Virgem Maria é antes de tudo ter um coração humilde. Motivo pelo qual, a exemplo de seu Filho, Nossa Senhora em suas aparições, reconhecidas pela Igreja, não procurou os doutores e os grandes da Terra.

Pois bem, a Trindade na pessoa do Filho assim disse: “Eu te louvo, oh Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultastes estas coisas aos sábios e doutores e as revelastes aos pequeninos”. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado. … E aquele a quem o Filho o quiser revelar. (Mt 11, 25-27).

E aqui voltamos a dizer: somente o coração humilde tem a chave para abrir, adentrar nos mistérios Divinos, pois supostas as coisas como são a Trindade na pessoa do Pai do Filho e do Espírito Santo queremdesejam se revelar através da pessoa mais humilde que existe: Maria! Ela é o vitral por onde passa a Luz Divina que é Cristo.

O homem foi feito para olhar a luz, mas não consegue olhar o sol fonte da luz. A inteligência humana foi feita para compreender a verdade Divina, mas não pode compreender a verdade Divina que ofusca a inteligência, como a luz do sol cega e ofusca os nossos olhos. Por isso inventou-se o vitral que com a luz do sol nós podemos olhar para ele sem que ofusquem nossos olhos. Então, o sol passa pelo vitral e tudo fica colorido. O vitral é a Virgem Maria. A luz de Deus é Cristo e veio até nós passando pela virgem Maria. Ela pela sua humildade é capaz de captar as verdades Divinas e o mais bonito, não as retém,  as reflete.

Significativo, mas pouco evidenciado é o texto de Lc 11, 27-28, onde alude ao louvor e bênção que uma mulher do povo faz da maternidade de Maria. Jesus, então por sua vez exalta a uma maternidade à luz da obediência à Palavra de Deus. A passagem bíblica é direcionado ao tema do «Coração, como Sede de Sabedoria», onde Maria guardava, experimentava e participava dos acontecimentos da vida de Jesus (cf. Lc 2,19.51), é a testemunha palpável de escuta e prática obediente a Palavra de Deus. Na Idade Média o abade beneditino, Ruperto de Deutz († 1130), utilizando Lc 11, 27-28, na sua obra Commentaria in Cantica Canticorum põe em evidência alguns elementos significativos: a alegria e exultação na Maternidade divina de Maria. É bem-aventurada porque “escutou e guardou a Palavra de Deus”. Os dons que Maria recebeu de Deus Pai, na ação do Espírito Santo, por causa da gestação do Filho divino fazem com que, Ela se torne um «Santuário de toda a Sagrada Escritura». Ruperto dá a Virgem Maria por duas vezes tal título, exaltando assim sua intensa intimidade com a Palavra de Deus (cf.Commentaria in Cantica Canticorum 4 [4, 12-15], in CCMM 26, 206-207, p. 90).

Portanto, acredito que temos que ler a Bíblia através da Santíssima Virgem Maria, com olhos marianos. Olhar para Jesus através desse magnífico vitral a Santíssima Virgem Maria.

Por Evaldo Silva Giulianetti
RECIFE, 17 de Maio de 2013 (Zenit.org)

Evaldo Silva Giulianetti é autor de um ensaio mariológico: «A Menina dos Olhos de Deus», Editora Santuário, Aparecida 2010, 215 pág.; aluno do «Curso Básico de Mariologia».

Oração pelas mães com a Mãe de Jesus

segunda-feira, maio 6th, 2013

Deus Pai em seu plano de infinito amor, “enviou o seu Filho único para que todo aquele que nele cresse fosse salvo” (Cf. Jo 3,16). E o grande plano de salvação do Pai foi mandar seu Filho como homem, em tudo igual a nós, menos no pecado. Em nossa natureza humana, para que Deus experimentasse toda realidade humana e a salvasse, Jesus teve um pai e uma mãe. No episodio em que Jesus aos 12 anos some na caravana, que voltava para Nazaré da visita ao templo em Jerusalém, seus pais o procuram e encontram-no no Templo ensinando os doutores da Lei e a Palavra diz: “Em seguida, desceu com eles a Nazaré e lhes era submisso. Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração” (cf. Lc 2,51).

Na cruz Cristo em sua entrega total, quando lhe restaram apenas o discípulo amado, Maria, mulher de Cléofas e Maria Madalena.  Lá estava também Sua mãe, Maria Co-Redentora, fiel e de pé sofrendo e entregando no coração e na alma a sua vida pela salvação de toda humanidade. Jesus olhando para o discípulo que Ele amava disse a sua ame: “Mulher eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa (João 19, 25-27). Todos nós temos mãe, quero levar você a todos estes dias fazer uma intercessão, uma oração por aquele, que como com Jesus deu-lhe a vida:

Uma gruta próxima a Basílica da Natividade é considerada, segundo a tradição, o local onde a Sagrada Família parou, enquanto fugia para o Egito e onde, também, Nossa Senhora amamentou o Menino Jesus. A Tradição afirma ainda que durante a amamentação uma gota de leite caiu sobre a rocha da gruta que tornou-se branca. E assim ficou conhecido como Gruta do Leite.

Tanto os cristãos como os islâmicos acreditam que o pó branco da gruta ajudam a estimular a produção do leite materno e intensificar a fertilidade. No lado externo da gruta é possível encontrar uma sala reservada para testemunhos de diversos países sobre histórias de mulheres que encontravam-se com dificuldades de fertilidade e que após ingerirem o pó conseguiram engravidar.

Novena pelas Mães

Senhor Jesus que experimentaste a alegria e o conforto de ter um colo de Mãe aqui na Terra e no momento da cruz no-la deu por mãe a cada um de nós. Obrigado Senhor por tão grande dádiva.

Clamamos à Sua Mãe nesse momento para que abençoe a todas as mães…

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, nós queremos oferecer-lhe nossas mães e consagrá-las, por isso, receba-as no Seu manto materno…

(Diga o nome da sua mãe)…

Que as mães biológicas, uma vez tendo gerado a vida, se empenhem em gerar para a graça. Que as mães do coração possam compreender aceitar e educar os filhos na fé de Deus e da Igreja. Pedimos também Mãe, pelas mulheres que desejam a gravidez e o dom da maternidade. Dai-lhes a graça do dom da vida.

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, fazei com que as mães a tomem como exemplo de dedicação, amor e zelo na educação dos filhos.

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, abençoai e santificai as mães aqui na Terra trazendo saúde, paz, serenidade na tribulação, discernimento nos ensinamentos e testemunhos de fé.

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, para aquelas que já partiram pedimos, através de Seu filho, por elas: que tenham o descanso eterno e a luz perpétua. Amém (Legionários de Cristo).

Uma das Orações mais antigas à Virgem Maria

À Vossa proteção recorremos, ó Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre, de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Senhora nossa, Medianeira nossa, Advogada nossa, com Vosso Filho nos reconciliai, ao Vosso Filho nos recomendai, ao Vosso Filho nos apresentai.

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus! Para que Sejamos dignos das promessas de Cristo.

Rezar Pai Nosso / Ave Maria / Glória ao Pai

Matéria relacionada: Escreva uma carta para Nossa Senhora

Feliz e abençoado dia das mães.

Padre Luizinho, Comunidade Canção Nova.
twitter.com/padreluizinho

Espiritualidade: Escreva uma carta para Nossa Senhora

quinta-feira, maio 2nd, 2013

O mês de maio é abençoado e rico da espiritualidade Mariana. Lembramos que a devoção do mês de Maio nos pode levar a vivermos mais intensamente a dignidade de homens e mulheres ressuscitados com Cristo durante o tempo pascal. Com Maria nos prepararemos para receber a força do Espírito em Pentecostes, que deseja formar em nós a imagem de Jesus Cristo, como Ele a realizou em Maria. Quero trazer para vocês uma dinâmica espiritual que Dom Bosco fazia nos oratórios para aproximar as crianças e os jovens de Maria mãe de Jesus, que nós da Canção Nova gostamos muito de fazer: O Correio de Nossa Senhora. É muito simples, mas encantador a resposta que obtemos através de Nossa Senhora. Era com essa simplicidade e pedagogia que Dom Bosco conquistava o coração da juventude para Deus.

No dia 24 de maio dia de Nossa Senhora Auxiliadora era uma grande festa no oratório de Dom Bosco, para promover a espiritualidade deste dia o dinamismo e inteligência do Santo amigo dos jovens criaram o Correio de Nossa Senhora, que se fundamenta numa carta que vou escrever para Nossa Senhora. Nela vou escrever o que eu quiser dizer para a mãe de Jesus e minha também, sobre minha vida, saúde, trabalho, pedidos e súplicas, vou abrir meu coração certo de que obterei a resposta. Confecciona-se uma caixa enfeitada com uma estampa da Virgem Maria com uma abertura encima para depositar as correspondências.

No dia de Nossa Senhora Auxiliadora no Oratório festivo celebrava-se a festa e queimavam-se todas as cartas, ninguém lia somente a Mãe do Senhor. Todos recebiam depois das mãos de Dom Bosco a Carta resposta de Maria preparada por ele para cada criança, enrolada como um pequeno diploma. Todas elas recebiam respostas claras e confortantes a respeito de seus pedidos e situações que relataram em suas cartas. É uma verdadeira experiência do amor de Deus manifestado na Pessoa de Sua mãe, não deixava de ser também um grande momento de ternura, cura e libertação pela intercessão de Maria.

Estamos no mês de maio e todos precisamos muito do colo da Mãe, de seus cuidados e de sua intercessão e quem não gostaria de conversar com a Mãe como os videntes de Fátima ou como Dom Bosco? Por isso, quero convidar você a realizarmos aqui no blog o Correio de Nossa Senhora. A caixa do correio será o Comentário do Blog, onde você fará seus pedidos e confidências à mãe de Jesus, com uma diferença, não será somente a Virgem Maria a ler a sua carta, terá uma rede de intercessores que lerão juntos comigo e rezarão por você, são mais de 45.000 comentários de irmãos que vão entrar nesta rede on-line. Será uma experiência linda de oração com Maria e com os irmãos do nosso blog e Podcast, que já são uma grande família. Você topa fazer comigo essa experiência?

Então vamos nos preparar:

– Reze ao Divino Espírito Santo e escreva a sua carta, abra o seu coração a Virgem Maria sobre tudo que você quiser;
– Deposite as correspondências na caixa que será os comentários do nosso blog;
– Com confiança converse com Maria todos os dias e espere a sua resposta.

No próximo dia 31 de maio dia da festa da Visitação de Maria a Isabel, veja neste blog e no Podcast a resposta de Nossa Senhora para você e uma consagração poderosa das famílias para que rezemos e consagremos o nosso lar a Maria, nossa mestra e nossa mãe. Com muito carinho nestes dias que antecedem a festa vou rezar e colher de Deus e do Coração Imaculado da mãe a resposta para você. Com certeza será surpreendente, resposta de Deus as suas aflições e pedidos, um balsamo para sua espiritualidade. É receita de Dom Bosco, simples e eficaz.

Oração de são Bernardo:

Lembrai-vos, ó piedosíssima Virgem Maria,
que jamais se ouviu dizer que algum daqueles
que têm recorrido à vossa proteção
implorado vosso socorro
E invocado vosso auxílio,
fosse por vós desamparado.
Animado, pois, com igual confiança,
a vós, ó Virgem entre todas singular,
como minha Mãe recorro; de vós me valho
e gemendo sob o peso dos meus pecados,
prostro-me as vossos pés.
Não desprezeis as minhas súplicas,
ó Mãe do Filho de Deus humanado,
mas dignai-vos de ouvi-las propícia
e de me alcançar o que vos rogo. Amém.

Ouça o Podcast deste conteúdo:

Não esqueça, deixe sua carta aqui em Comentários no final da página do blog e seus pedidos de orações.

Rogai por nós santa mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo!

Minha benção fraterna.

Padre Luizinho, Com. Canção Nova.

Diretor Espiritual e Formador no Pré-discípulado.
http://twitter.com/padreluizinho

Obs.: Dia 24 de maio Quinta-feira, dia da Festa de Nossa Senhora Auxiliadora, a resposta de Nossa Senhora para você, aqui no blog.

Explicando A Medalha Milagrosa de Nossa Senhora das Graças

terça-feira, novembro 27th, 2012

Hoje a Igreja celebra uma Aparição de Nossa Senhora em Paris: Nossa Senhora das Graças. A Virgem Maria disse a Santa Catarina: “Este globo que vês representam o mundo inteiro e especialmente a França, e cada pessoa em particular. Os raios são os símbolos das Graças que derramo sobre as pessoas que me pedem”.

Enquanto Maria estava rodeada duma luz brilhante, o globo desaparece de suas mãos. Forma-se então um quadro de forma oval em que havia em letras de ouro as seguintes palavras:

Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!”

Então Nossa Senhora revelou: “Faze cunhar uma medalha conforme este modelo. As pessoas que a trouxerem ao pescoço receberão grandes graças. As graças serão abundantes para os que a trouxerem com inteira confiança”.

“A medalha milagrosa é a compilação gráfica das grandezas de Maria e de sua história no plano de Salvação de Deus.”

M:
A letra M que sustém uma Cruz sobre uma barra horizontal entrelaçada nos braços do M. Eme de Maria, Mãe de Deus, altar da encarnação divina e participante das dores de Jesus na cruz; Mãe de todos nós.

A Cruz sobre a barra:
Altar da redenção, sinal da Salvação.

Dois corações:
O de Jesus, coroado de espinhos; O de Maria atravessado por uma espada, pela sua participação ativa e eminente na obra da Redenção, junto de seu Filho.

Doze estrelas:
Recordam o texto do Apocalipse:(cf. Ap 12,1)  … e na sua cabeça uma coroa de doze estrelas Y, simbolizam as doze tribos de Israel, os doze apóstolos, os doze pilares da Fé.

Uma mulher Vestida de Luz:
Resplandecente, envolvida por luz e graças, significa a glória total.

A inscrição:
Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

Mãos abertas:
Derramados rios de Graças pelo mundo, maternidade solicitada e operante.

Raios:
É específico da Virgem Milagrosa “Os raios que vês são símbolo das Graças que derramo sobre quem, mas pede”. É a expressão da sua mediação eficaz, intercede e distribui.

Globo branco sobre os pés que pisam a serpente:
Maria e o pecado são opostos. Vitória de Maria sobre o pecado e sobre o auto do pecado.

Ó Maria Concebida sem pecado rogai por nós que recorremos a vós!

Clique em comentários e deixe os seus pedidos e testemunhos de orações.

Conheça e Reze com a Santa que viu Nossa Senhora das Graças

Obs.: Por favor, evite escrever nomes completos e situações pessoas aqui no blog, seja discreto e lembre-se que muitas pessoas lêem seus comentários. Muito obrigado pela compreensão.

Minha benção fraterna+

Padre Luizinho, Com. Canção Nova.
twitter.com/padreluizinho

A Devoção A Maria é Fonte de Vida Cristã Profunda

sexta-feira, outubro 12th, 2012

Iniciando O Ano da Fé, Maria é modelo de entrega e confiança à vontade de Deus e cumprimento de Sua Palavra. Podemos elogiar e nos espelhar na Virgem Maria: “Muito mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática”. Lembremos da Visita de Maria a sua prima Santa Isabel, esta diz para Maria: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre! Feliz aquela que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido!” (cf. Lc 1, 42-45). Maria tinha os ouvidos voltados para Jesus, ouvia, escutava e meditava no coração e praticava na vida, acompanhando seu filho em todos os passos do nascimento à Cruz.

“Viva a Mãe de Deus e nossa, sem pecado concebida!
Viva a Virgem Imaculada, a Senhora Aparecida!”

Desde que pus os pés em terra brasileira, nos vários pontos por onde passei, ouvi este cântico. Ele é, na ingenuidade e singeleza de suas palavras, um grito da alma, uma saudação, uma invocação cheia de filial devoção e confiança para com aquela que, sendo verdadeira Mãe de Deus, nos foi dada por seu Filho Jesus no momento extremo da sua vida para ser nossa Mãe. Sim, amados irmãos e filhos, Maria, a Mãe de Deus, é modelo para a Igreja, é Mãe para os remidos. Por sua adesão pronta e incondicional à vontade divina que lhe foi revelada, torna-se Mãe do Redentor, com uma participação íntima e toda especial na história da salvação. Pelos méritos de seu Filho, é Imaculada em sua Conceição, concebida sem a mancha original, preservada do pecado e cheia de graça.

Ao confessar-se serva do Senhor (Lc 1, 38) e ao pronunciar o seu sim, acolhendo “em seu coração e em seu seio” o mistério de Cristo Redentor, Maria não foi instrumento meramente passivo nas mãos de Deus, mas cooperou na salvação dos homens com fé livre e inteira obediência. Sem nada tirar ou diminuir e nada a acrescentar à ação daquele que é o único Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, Maria nos aponta as vias da salvação, vias que convergem todas para Cristo, seu Filho, e para a sua obra redentora. Maria nos leva a Cristo, como afirma com precisão o Concílio Vaticano II: “A função maternal de Maria, em relação os homens, de modo algum ofusca ou diminui esta única mediação de Cristo: antes, manifesta a sua eficácia. E de nenhum modo impede o contato imediato dos fiéis com Cristo, antes o favorece”.

Mãe da Igreja, a Virgem Santíssima tem uma presença singular na vida e na ação desta mesma Igreja. Por isso mesmo, a Igreja tem os olhos sempre voltados para aquela que, permanecendo virgem, gerou, por obra do Espírito Santo, o Verbo feito carne. Qual é a missão da Igreja senão a de fazer nascer o Cristo no coração dos fiéis, pela ação do mesmo Espírito Santo, através da evangelização? Assim, a “Estrela da Evangelização”, como a chamou meu predecessor Paulo VI, aponta e ilumina os caminhos do anúncio do Evangelho. Este anúncio do Cristo Redentor, de sua mensagem de salvação, não pode ser reduzido a um mero projeto humano de bem-estar e felicidade temporal. Tem certamente incidências na história humana coletiva e individual, mas é fundamentalmente um anúncio de libertação do pecado para a comunhão com Deus, em Jesus Cristo. De resto, esta comunhão dos homens uns com os outros, pois os que se convertem a Cristo, autor da salvação e princípio de unidade são chamados a congregar-se em Igreja, sacramento visível desta unidade humana salvífica.

Por tudo isto, nós todos, os que formamos a geração hodierna dos discípulos de Cristo, com total aderência à tradição antiga e com pleno respeito e amor pelos membros de todas as comunidades cristãs, desejamos unir-nos a Maria, impelidos por uma profunda necessidade da fé, da esperança e da caridade. Discípulos de Jesus Cristo neste momento crucial da história humana, em plena adesão à ininterrupta Tradição e ao sentimento constante da Igreja, impelidos por um íntimo imperativo de fé, esperança e caridade, nós desejamos unir-nos a Maria. E queremos fazê-lo através das expressões da piedade mariana da Igreja de todos os tempos.

A devoção a Maria é fonte de vida cristã profunda, é fonte de compromisso com Deus e com os irmãos. Permanecei na escola de Maria, escutai a sua voz, segui os seus exemplos. Como ouvimos no Evangelho, ela nos orienta para Jesus: Fazei o que ele vos disser (Jo 2, 5). E, como outrora em Caná da Galiléia, encaminha ao Filho as dificuldades dos homens, obtendo dele as graças desejadas. Rezemos com Maria e por Maria: ela é sempre a “Mãe de Deus e nossa”.

Da Homilia na Dedicação da Basílica Nacional de Aparecida
do Papa João Paulo II

O Papa Bento XVI quando esteve no Brasil em 2006 disse no terço que rezou no Santuário de Nossa Senhora Aparecida: “Entrai na escola de Maria!”. Referindo-se a espiritualidade mariana como uma verdadeira escola de discipulado. Maria é tudo que o cristão precisa ser, por isso, devemos aprender com Maria a ser discípulos e missionários de Jesus Cristo seu filho. Acompanhe o video com Salette Ferreira: A Mãe intercede por você:

Consagração a Nossa Senhora Aparecida

Ó Maria Santíssima, que em vossa querida imagem de Aparecida espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil, eu, embora indigno de pertencer ao número dos vossos filhos e filhas, mas cheio do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos meu entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis.Consagro-vos minha língua, para que sempre vos louve e propague vossa devoção.Consagro-vos meu coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas.
Recebei-me, ó Rainha incomparável, no ditoso número de vossos filhos e filhas.Acolhei-me debaixo de vossa proteção. Socorrei-me em todas as minhas necessidades espirituais e temporais e, sobretudo, na hora de minha morte.Abençoai-me, ó Mãe Celestial, e com vossa poderosa intercessão fortalecei-me em minha fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possa louvar-vos, amar-vos e dar-vos graças no céu, por toda a eternidade.
Assim seja!

Clique em comentários e deixe os seus pedidos de orações aos pés de Nossa Senhora.

VIVA NOSSA SENHORA APARECIDA!!!

Adquira o Devocionário a Nossa Senhora Aparecida:Shopping.cancaonova.com

Padre. Luizinho, Comunidade Canção Nova.
twitter.com/padreluizinho