Print Friendly

Confissão: O que você prefere ser absolvido ou absorvido?

padre confessando jovemQuem é que nunca ouviu alguém dizer: “Eu não vou me confessar… Imagina com um homem? Pecador? Jamais“! Além desses existem outros que não se confessam por vergonha, outros porque acham que não precisam…

Enfim, os motivos são muitos, mas de todos os motivos o mais grave, ou talvez que também faça parte de todos os outros é falta de conhecimento. O que acha de conhecer a real importância da Confissão?

Todo ser humano tem necessidade de compartilhar com “um outro” sobre algo que está vivendo sobretudo se isso é uma coisa difícil, um erro, por exemplo. Já percebeu que quando você faz alguma coisa de errado, sempre tem alguém (ás vezes é própria pessoa que praticou o erro com você), que você procura e pede: “não conta pra ninguém”.

E daí você vai e fala tudo pra essa pessoa? Não é verdade que muitas vezes depois de dizer parece que já está um pouco mais leve? É mais ou menos assim que acontece com a Confissão, mas com algumas vantagens a mais.

A primeira vantagem é que você não precisa pedir a pessoa sigilo… O padre não pode falar isso pra ninguém, não importa o que aconteça, segundo quando você fala pra uma pessoa qualquer você ainda continua com uma grande culpa pesando sobre você, mas quando você confessa para o padre, que na verdade você estará confessando pra Jesus, porque o sacerdote naquele momento faz como quando alguém está doente e não pode ir a um banco ou resolver situações jurídicas e então ele faz uma procuração, a pessoa que tem a procuração, pode agir civilmente em nome de um outro.

Assim é o sacerdote, não importa se a pessoa que está com a procuração tem dinheiro no banco, o que importa mesmo é se quem fez a procuração tem dinheiro no banco e para nós quem fez a procuração foi Jesus e este é riquíssimo em santidade e misericórdia, portanto pecado confessado com arrependimento no coração é pecado perdoado. Além do mais Ele mesmo disse pra procurarmos os padres e a Igreja para nos confessarmos (conf. Jo 20, 23).

Como dizia o nosso saudoso Pe. Léo: “quem confessa é absolvido e quem não confessa é absorvido”. Não seja mais absorvido pelo mal, pelo passado, pelos pecados; não espere a santidade do padre para confessar-se, pois por mais santo que ele pudesse ser nunca poderia ter o poder por ele mesmo para te perdoar, ele é constituído e querido por Deus o “Procurador”, aquele quem tem a procuração da Misericórdia de Deus, procure-o, não tenha vergonha ou medo, a confissão é o lugar onde você se acusa, mas não é acusado, se expõe, mas não é exposto, pelas palavras condena, mas não é condenado… Entra como réu confesso e sai absolvido pelo Procurador da Misericórdia de Deus.

Deus abençoe

Pe. Sóstenes Vieira

Esse vídeo vai te ajudar a preparar-se bem para um boa Confissão:

Exame de consciência: Eto ajuda na preparação para confissão


18 Comentários

  1. É verdade padre eu não vejo a hora de mim confessar e me sentir mais leve mais eu acho que ainda não posso pois eu estou mim preparando para receber a comunhão e a crisma juntos e nunca me confessei antes então acho que ainda não estou preparada mais parece que este ano eu vou poder me confessar para receber a 1 ° comunhão então preciso aguardar mais um pouco e jogar minha Tímidez para bem longe.. Padre eu enviei um texto para o senhor se o senhor puder me responder ficarei muito agradecida preciso muito de seus conselhos e Quédate con Dios Sempreeeeeee… grande abraço
    Sua filha Naiara

    • padresostenes

      Certo… eu penso que deve fazer isso mesmo…
      mas quantos anos vc tem?
      legal que assim vc pode se preparar melhor…
      Deus abençoe

  2. Oi padre eu tenho 18 anos e estou fazendo a crisma para receber os 2 sacramentos e nunca me confessei por isso preciso esperar e enquanto isso tenho desabafado com o senhor as minhas angustias e muito obrigado por mim acolher neste momento tão dificil para mim um grande abraço
    Amém..

  3. Padre, gostaria de lhe falar sobre o quanto estou FELIZ…o Marcos disse que quer sua ajuda, (já intendeu o motivo da FELICIDADE né?, rs) que quer mudança espiritual, mas não sabe por onde começar, e falei exatamente pra ele que o primeiro passo é CONFISSÃO. Conto com o srº.
    Deus abençoe!

    • padresostenes

      paz
      que coisa maravilhosa!! Por favor agora… vc já sabe!!!
      Bem atender a confissão eu não posso fazer, estou muito longe, mas ele pode procurar o Pe. Márcio em Palmas ele é um ótimo padre com certeza vai ajudá-lo, lembrei agora eles se conhecem… o “Márcio” era pregador do grupo Jovem Canção nova…
      mas fale pra ele me mandar um e-mail sim…
      Deus abençoe

  4. Padre Sóstenes que reflexão mais interessante, mudou meu conceito me confesso algumas vezes no ano, mas não nunca tinha pensando na confissão nesse sentido na próxima semana irei procurar um sacerdote para fazer a minha confissão!
    Que Deus o abençoe

    • padresostenes

      Sério?
      que legal…
      fico muito feliz por saber…
      pouco a pouco vão surgindo novos textos e poderemos falar mais sobre a confissão e os outros sacramentos também
      existe uma riqueza muito grande em todos eles.
      Deus abençoe

  5. Débora Valeria

    Paidre.

    Realmente a confissão é como um banho de chuveiro, vai te lavando e a sujeira vai descendo tudo pelo ralo.
    Graças a Deus depois de muito tempo, pu de experimentar, e continuo experimentando o sacramento da confissão.
    Porque vergonha não é cair, e ficar no chão, pque é isso que o pecado faz com a gente.
    XÉ, NÃO FICO SUJA NUNCA MAIS.
    Te amo.

    Sua filhaaaaaaa.

  6. Muito interessante sua explicação a respeito da confissão.Confesso que nunca tinha ouvido uma explicação tão boa quanto essa.Porém tenho uma dúvida: já ouvi dizer que pecados veniais não precisam ser confessados sempre pq tem o ato penitencial no ínicio da missa que vou todos os domingos ou outros dias da semana qdo possível. No nosso dia a dia, é ímpossível não cometermos algum erro.Acho que não é legal vc chegar pero do padre toda semana e contar as mesmas coisas sempre, como muitos fazem. Gostaria de saber se estou certa ao confessar ao menos uma vez por ano? E o que o senhor acha da confissão comunitária, tem o mesmo valor?Pq tem pessoas que conheço que só gosta de se confessar assim. Se puder me responder agradeço. A sua benção pe.!!

    • padresostenes

      paz
      sobre os pecados veniais, eles são perdoados todas as vezes que temos uma “contrição perfeita” onde quer que estejamos esses pecados são perdoados (podendo ser na missa ou não), quanto a confissão das faltas graves (a referência básica são os 10 mandamentos) é necessário buscar o sacerdote e fazer um confissão sacramental (pode conferir no Catecismo da Igreja N° 1385), vc tb pode ler o número 1424, vai mostrar a importância da confissão com um sacerdote, quanto a confissão comunitária ela só é válida em casos de risco de morte, exemplo em um avião que está caindo, o sacerdote pode dar um absolvição comunitária, ou casos que se aproximem de uma urgência pastoral, porém a confissão comunitária tem validade temporária, porque se as pessoas sobreviverem ou assim que puderem encontrar um sacerdote devem (sem demora) confessar suas faltas graves, compreende? Mesmo que tenha confessado mentalmente devem agora “falar” seus pecados, pois esse “falar” gera em nós uma certa “vergonha santificadora” e necessária para conversão.
      Deus abençoe

  7. Padre Sóstenes, que linda reflexão, simples mais cheio de informações que mudou o meu conseito de pensar sobre a confissão… quando for no confessionario, vou na certeza de encontrar um amigo. Que vai me acolher com a misericórdia de cristo.
    Obrigada! por nos monstrar um Deus Vivo e simples que se faz presente no meio de nós. Um grande abraço de sua filha espiritual…( risos ) Cláudia telefonista.

  8. sim , padre a confissão é algo muito importante em nossa vida nos sentimos mais leve , as vezes até menos culpados más padre o porque que mesmo me confessando tem coisas que ainda me culpo e culpo aguém que me ajudou ao pecado mesmo ter confessado já varias vezes sobre o determinado pecado ainda me sinto fraca diante do que fiz , ainda me pergunto o porque fiz isso , a onde estava com a cabeça olho para mim e me pergunto porque, fiz isso não consigo esquecer pe sempre quando estou diante de jesus eucaristico penso que eu não mereceria estar ali , pelo oque fiz , pe . eu não consigo esquecer oque o senhor acha disso , sua benção obrigada , padre gostaria muito de me confessar com o senhor antes de ir embora por favor se possível ficaria muito feliz …..

    • padresostenes

      Paz…
      quando nos confessamos não entramos em uma lavagem cerebral que apague as lembranças do pecado que cometemos, o que recebemos na confissão é o perdão da culpa, e quanto mais tenho consciência do significa essa graça em mim, mais sinto me livre das consequências do pecado que continuam agindo em mim, mesmo que tenha me confessado, a confissão não é necessariamente um antídoto mágico para não sermos tentados inclusive pelas lembranças do que cometemos, mas precisamos aprender a ver em cada tentação (mesmo que seja simplesmente pela culpa, que significa aqui a não aceitação ou assimilação da misericórdia de Deus derramada em minha vida), uma oportunidade de crescimento, de santificação e mais um momento para reafirmar a minha decisão em permanecer na vontade de Deus.
      Deus abençoe

  9. Gostei muito da sua explicação, tenho um amigo que é assim e confessou com o padre da nossa paróquia e foi se confessar em outra paróquia…
    Confissão Comunitária e individual é a mesma coisa?

    • padresostenes

      ok…
      obrigado…
      sobre a confissão comunitária e individual, tem um comentário logo abaixo, dá uma olhada, nele eu respondo essa questão… certo?
      Deus abençoe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>