Programa sobre: O AMOR ACREDITA EM MIM

acreditou

Confira nesse programa um bate-papo com o palestrante, coach e escritor Alberto Carneiro sobre O AMOR DE DEUS. A cantora Olívia Ferreira animou a noite! Adriano Gonçalves e Fernanda Soares esperam por você! #OAmorAcreditaEmMim

1º Bloco

2º Bloco

3º Bloco

Pecado X Vontade de Deus. O que escolho?

pecado vontade de Deus

Você sabe o que é pecado? Será que o jovem cristão tem se acomodado em não cometer os pecados mortais e não tem vivido a radicalidade contra os pecados veniais? E você, quer combater um bom combate e alcançar a santidade?

O programa nessa quinta-feira, dia 16 de abril, ás 22h30 AO VIVO pela TV Canção Nova será sobre o pecado e a vontade de Deus, o que você escolhe? A luta contra o pecado é diária e constante. A proposta do programa é conduzir os jovens e adultos a redescobrirem o gosto pela luta contra o pecado e não contra o pecador. Todos estamos nessa batalha e por isso convidamos pessoas que nos ajudarão a compreender melhor a profundidade e as raízes dos pecados.

ÍndiceO cantor da noite será o Cosme.

Homem de Deus, nascido no Rio de Janeiro, que é testemunha do que o Senhor pode fazer em nossa história.

Seu trabalho como cantor e animador tem levado muitos jovens para mais perto de Deus. Ele tem 4 cds gravados.

Mas não é somente o Cosme que fará parte do programa!

Você vai conhecer a história de superação de uma jovem de 25 anos, natural de Curitiba, PR, missionária da Canção Nova e apresentadora do programa Bem da Hora.

10338823_709646982411943_868625358463100243_nA convidada é  Dhyne Eliz.

Aos seus 13 anos, se deixou levar pelas amizades, e entrou em um caminho errado, começando a beber, fumar cigarro, até maconha. Ela usou a primeira vez por curiosidade, pois suas amigas falavam que era muito bom e que relaxava, depois  ela começou a gostar, e foi usando diariamente e assim foi entrando neste mundo de ilusões e  prazeres.

Se você enfrenta vícios semelhantes ao de Dhyne se liga no programa e saiba como se libertar do pecado e escolher a vontade de Deus.

padreTeremos o Padre Anderson Marçal que ajudará o telespectador compreender o que é pecado, como vencer as tentações e outras dúvidas que você tiver e enviar em nossas redes sociais! @revolucaojesus

Confira também 6 dicas de como COMBATER A TENTAÇÃO!

Durante os 3 blocos do programa Adriano Gonçalves e Fernanda Soares darão as dicas embasadas no Tratado da Castidade de Santo Afonso de Ligório.

Aguardamos a sua participação!

Maria, mulher segundo o coração de Deus

mariamulher

Maria é o modelo de mulher segundo o coração de Deus porque ela soube corresponder ao projeto dEle em sua vida. A princípio era uma loucura contar com a ajuda de uma jovem para salvar a humanidade porque naquela época as mulheres não tinham voz e viviam à margem dos homens e sob uma opressão radical. Mas, Deus quis devolver a dignidade da mulher através de Maria.

Em cada chamado que o Senhor faz Ele espera uma resposta, somos livres para dizermos sim ou não. Maria escolheu dizer sim e então se deu início ao projeto salvífico e o mundo nunca mais foi o mesmo, pois existe um a.C. (antes de Cristo) e um d.C. (depois de Cristo). Deus também tem um chamado para você e espera uma resposta. Esse chamado pode ser uma vocação matrimonial, missionária e talvez ser uma mulher atuante na sociedade e no governo. Qual é o seu chamado? Pergunte para Deus e escute sua resposta. Depois de descobrir o chamado, qual é a sua resposta?

Ser uma mulher segundo o coração de Deus é encontrar em Maria o exemplo. São Luiz Grignon de Montfort, dizia que “Deus reuniu todas as águas e deu nome de mar, reuniu todas as graças e deu o nome de Maria”. Assim como o mar é a plenitude das águas do planeta, Maria é a plenitude das graças de Deus.”

Qual é a dificuldade que você enfrenta na sua personalidade? Você tende a ser uma mulher mandona, autoritária, controladora ou passiva, solitária e desmotivada? Vá diante de uma imagem de Nossa Senhora e converse com ela sobre as suas limitações. Verbalize as suas dificuldades e peça ajuda para você ser uma mulher livre, equilibrada, serena e santa. Apresente a Virgem as suas reais necessidades e permita com que ela te ajude a ser uma pessoa melhor.

Viver a castidade no namoro está difícil? O seu desejo de santidade é grande, mas você não consegue progredir na espiritualidade? Fale para a Virgem e escute a sua voz de mãe que orienta e forma. Nossa Senhora é simples, por isso não espere experiências extraordinárias para ser visitada por ela, queira encontrá-la na simplicidade do dia a dia.

Trecho do livro ‘A mulher segundo o coração de Deus‘ de Fernanda Soares

Deus e a Kriptonita

krip

Tem gente que confunde Deus com o super-homem! Zoeira? Nem um pouco. Tem um terremoto e já se perguntam: “onde estava Deus que não impediu?

Acontece alguma morte e a famosa frase “foi vontade de Deus…” surge de uma forma incrível. No mínimo escutamos uma dezena de vezes esta frase, que não consola em nada, pelo contrário cria uma nóia quanto a Deus e parece que Ele estava comendo um Mac lanche feliz na esquina e “resolveu” não agir e deixar o cara bater as botas.

Pense bem. Você se relaciona com Deus ou com o super-homem?

Hommer Simpson em um dos episódios do seu seriado, num momento de desespero olha para o céu estrelado e diz: “Eu sei que eu nunca fui um sujeito muito religioso, mas caso você exista, ME AJUDE SUPERMAN!”.

É isso, ele disse o que muita gente pensa e não diz.

Nossas atitudes muitas vezes são assim, como Hommer Simpson criamos um Deus super herói que ao nosso grito de desespero aparece nos pega nos braços e resolve todas as coisas.

Lembra do Chapolin Colorado? É quase a mesma coisa do Homer Simpson.

Oh, e agora, quem poderá me defender?“, ao que Chapolin entra em cena por meio de algum tipo de materialização repentina respondendo “Eu!

Assim tratamos muitas vezes Deus, nos achamos indefesos e em perigo e queremos que ele apareça como o Todo poderoso. Mas Deus não é Chapolin Colorado nem super-man.

Quantas vezes pedimos para Deus resolver isso ou aquilo, agir assim ou assado, fazer o que achávamos correto! Estávamos na verdade conversando com o super-homem e não sabíamos. Afinal, surgir e dar uma mãozinha fazendo “o bem” e desaparecer nos céus no mesmo instante, só o super-homem mesmo. Vida fácil, sem compromisso e comprometimento. Resposta rápida e sem envolvimento.

Por isso muita gente rompeu com o todo-poderoso. Se Ele é todo-poderoso, porque não faz a minha vontade e me deixa sozinho pra curtir depois? Porque nunca vimos ninguém convidar o super-homem para comer uma pizza depois de ser salvo por ele? Porque queremos usar os seus serviços e pronto… óbvio.

Pior é quando fazemos de Deus um vidente de quinta categoria?

“Senhor, vou me dar bem nesse emprego? Com quem eu devo fazer sociedade? Qual o numero da mega-sena? Caso ou compro uma bicicleta? É a pessoa certa para mim? Por que Deus não me responde?

Claro, não queremos ficar sem nosso direito de escolha, o famoso livre-arbítrio, mas queremos que Deus nos dê opções aceitáveis, suportáveis, vantajosas, aí a gente escolhe e Ele se encarrega de concretizar tudo. Se não faz, não é Deus coisíssima nenhuma. Talvez em outra religião tenha um Deus melhorzinho, mais “acessível”.

Um Deus feito em casa, um Deus que ao clique em meu controle remoto tudo acontece conforme o meu desejo. Queremos sempre ter o controle das coisas e até de Deus. Como acontece no filme Click, queremos controlar nosso tempo, queremos pular fatos ruins, queremos entrar em uma caixa do nada e ali permanecer. Enfim ditar as regras para Deus.

Literalmente queremos um Deus controle remoto!

Um Deus que só aparece quando precisamos dele e nada mais, afinal de contas sou um filho e mereço sempre do bom e melhor, não quero muitas complicações e quando elas surgirem, por favor, me sirva um Deus resolve tudo, por favor, com gelo e limão! No capricho

Taí a kriptonita de Deus! Como o super-homem é impotente contra a pedra de Kripton, Deus é impotente em corações de pedra! Bate, pede licença, mas só quebra a pedra se deixarmos… Só entra se for convidado. Espera um “pode se sentar” de nossa parte para fazer refeição.

Deus não viola, respeita. Fica na espera, só entra quando é chamado! Esta à porta e quer se relacionar, mas peraí…

Você está com Deus porque acha que ele pode quebrar os seus galhos? Ou está com ele porque ELE é Deus.

Está disposto a construir uma relação com Ele e ser dócil mesmo quando não lhe “convém”? Mesmo quando parece difícil acreditar ou suportar?

Relação é assim: eu falo, mas também escuto, dou minha opinião, mas nem sempre ela é aceita, estou junto, mas nem sempre “me dou bem”… Construir uma relação com Deus leva tempo e trabalho, bem ao contrário de utilizar os super-poderes do super-homem ou dar um grito ao Chapolin Colorado.

E você? Anda conversando com Deus ou com o super-homem?

Ao responder esta pergunta me vem à mente uma religião que vamos criando segundo nossos esquemas. Religião Self-service.

Texto extraído do livro: Nasci pra dar certo – Adriano Gonçalves

Beijo íntimo “de língua” é pecado?

beijo

Beijo íntimo “de língua” é pecado?

Absolutamente não! Não é pecado!
O beijo íntimo “de língua”, esse que é comum aos namorados, em si não é pecado.

Pecado tem por definição: “…uma falta ao amor verdadeiro para com Deus e para com o próximo, por causa de um apego perverso a certos bens… um ato ou um desejo contrários à lei eterna” (Catecismo Igreja Católica, art. nº 1849).

Contudo, devemos entender melhor o que realmente é inverso a lei de Deus e O ofende.

Nossos impulsos naturais, nossos desejos, inclusive os da afetividade e sexualidade – que aproximam o homem e a mulher – nos foram dados pelo próprio Senhor. Ele nos dotou da capacidade de amar verdadeiramente “também” através das vontades carnais.
Segundo a Teologia do Corpo de São João Paulo II – Quando São Paulo usa o termo “carne”, ele não diz somente do que é corpóreo no ser humano, mas a tudo o que lhe diz respeito – seu psíquico, seus pensamentos, intelecto, e físico. Essas dimensões fazem parte do ser em sua inteireza. “Deus contemplou a sua obra, e viu que tudo era muito bom” (Gn 1, 31).

Mas, daí você me questiona! “Quando beijo minha(meu) namorada(o) sinto vontade de ter uma relação sexual com ela(e). O ato de beijar me excita! E isso não é pecado?”
Ora, graças a Deus tudo em você, em seu corpo, está funcionando muito bem, não é?

Deus não vai tirar suas vontades, porque elas são presentes Dele. Você que deve orientá-las para o lugar e momento certo.

No início, quando escolhemos pela desobediência a Deus, nossa natureza tornou-se um tanto desordenada, então, aquilo que foi criado bom, pode nos inclinar para o mal.
O Catecismo da Igreja Católica, quando trata da concupiscência, pode nos explicar melhor.
A concupiscência é o transtorno “das faculdades morais do homem e, sem ser pecado em si mesma, inclina-o a cometê-lo”. (Catecismo Igreja Católica art. nº 2515);
Já no homem, tratando-se de um ser composto, espírito (alma imortal) e corpo (carne), existe certa tensão, desenrola-se certa luta de tendências entre o “espírito” e a “carne”.
Ainda, no art. 2516 fala que para o Apóstolo São Paulo “não se trata de discriminar e condenar o corpo que, juntamente com a alma espiritual, constitui a natureza do homem…Ele quis tratar sobretudo das obras, ou melhor, das disposições estáveis – virtudes e vícios – moralmente boas ou más, que são fruto da submissão (no primeiro caso) ou, pelo contrário, de resistência (no segundo caso) à ação salvífica do Espírito Santo.

Isso tudo significa que, a concupiscência = a vontade de pecar, não é pecado ainda, mas um desejo produzido através de uma dimensão natural e humana, que pode nos levar ao pecado se assim nós consentirmos.
Entretanto, é possível nos purificarmos contra a concupiscência, para isso será necessário cultivarmos o que em nós é bom: os dons e virtudes dados por Deus. E daquilo que trazemos de tendência má, o nosso egoísmo e impulsos contrários ao amor a Deus e ao próximo, podemos acalmá-los e canalizá-los para seu verdadeiro sentido e assim torná-los bons.

Pois bem, e onde o beijo “de língua” entra em tudo isso?

Cai mas venci!

acreditar

O programa dessa quinta-feira ás 22h30 na TV Canção Nova será sobre O AMOR DE DEUS!

Teremos a participação do missionário da comunidade aliança de misericórdia, Alberto Carneiro, escritor, palestrante profissional e coach! O som ficará por conta de Olívia Ferreira! Segue abaixo uma reflexão sobre o tema do nosso programa.

A vida é como andar de bicicleta. Para manter seu equilíbrio você deve continuar em movimento”, dizia Einstein. E ao aprender a andar de bicicleta você garante alguns tombos, hematomas e torções. Mas nada se compara aquele vento no rosto que sente só quem se arrisca na ladeira.

Volte um pouco comigo em sua vida, aquele tempo de engatinhar onde você arriscava ficar em pé sozinho. Com certeza caiu muito. Se você tivesse parado no primeiro tombo? Você com certeza não estaria aqui. A queda não foi capaz de parar você! Você caminhou!

Mesmo com “rodinhas” na bicicleta, você se arriscou.

O equilíbrio no andar que aparentemente era um obstáculo se tornou a vitória!

A todo instante a vida nos traz questões, hora abertas, hora de múltiplas escolhas. Mas quem dá a resposta é você! E o sentido da vida se encontra no significado que dá a cada pergunta!

Aprendi nesta manhã que a vida está cheia de obstáculos, porém quando invisto com perseverança nestes obstáculos, eles se tornam impulso para vitória.

Minha queda não tem o poder de impedir o movimento! O sentido está em não desistir!

Qual a dor que você enfrenta? Qual sofrimento? Qual angústia aperta seu coração? Se não há como mudar a situação, deixe que a situação mude você! Diga sim a vida! Diga sim a você! Diga sim a Deus.

Apesar das adversidades, das inevitáveis misérias somos capazes de responder à vida utilizando-se da capacidade de transformar criativamente os aspectos negativos em algo positivo, construtivo. Retirar do caos o melhor que puder, esse é o nosso dever. Este é o segredo da felicidade.

Não foram as quedas e os obstáculos que me impediram de caminhar, foram eles que me impulsionaram a vencer!

No cego que foi curado por Jesus, vejo minha vida. O manto da indigência não tem a ultima palavra, a margem não foi o lugar preparado para mim. As vozes querendo me calar não foram capazes de silenciar minha sede de felicidade! Eis o meu grito:

“Jesus Filho de Davi tem piedade de mim”.

Mesmo caído, não sou a queda, não sou o erro!

Hoje quero dizer a você, o obstáculo que enfrenta ou a multidão que te sufoca não são pontos finais em sua vida e sim pontos de interrogação. É a vida te perguntando: Vai parar aqui? E Deus coloca um ponto de exclamação e diz: “Você foi criado para ser feliz!”. O travessão que precisa dar é a resposta que a vida espera!

Você nasceu para ser feliz!

Espero seu comentário! Lógico começando com um travessão!

O meu comentário foi o primeiro!

Tamu junto

Adriano Gonçalves

Powered by WordPress | Designed by: WordPress Themes | Thanks to best wordpress themes, Find WordPress Themes and Themes Directory