FALAM MAL DE MIM! O QUE EU FAÇO?

Considerar essa experiência uma desgraça é a maior das tentações!
Por causa do desconforto que isso provoca, queremos nos livrar de tudo o que ameaça as comodidades que fomos de alguma forma conquistando!
Outra e nova atitude é a de valer-se de tudo para ser melhor, e isso quem pode escolher – ou não – é você, e ninguém mais! Escolha sempre crescer; é direito seu! Não importa a situação!
Algumas dicas para quem quer crescer com esta experiência promissora, mas muito exigente: treine-se a escutar sem resistir, pois o que é mentira passa e o tempo nos ajuda a fortalecer a verdade sobre nós. Quando dói muito o que dizem sobre nós, é sinal de que possui alguma verdade; neste caso, exercite a humildade que nos convida a reconhecer e – imediatamente – peça ajuda a alguém que pode escutá-lo. Revelar uma fraqueza é coisa de gente forte!
Jogue fora o que não presta e não admita fazer do seu coração uma lixeira; não “rumine” a maldade crua que não lhe oferece saídas e amarra seu crescimento! Defina metas (as suas metas!) e siga – apesar de tudo, com tudo isso, apesar das pessoas, assim mesmo – com seu próprio “motor e combustível”. São as nossas pernas que nos fazem seguir em frente!
Por fim, muita humildade; sem ela é impossível ter paz!

25 Responses Subscribe to comments


  1. andrea

    para as pessoas que falam mal de mim, só posso dar essa resposta, ser sempre eu, pedir forças a Deus, para pecar menos e ir em frente.

    jun 08, 2007 @ 13:26


  2. lise

    Eu gosto de vc mas…. faz um favor manda um big bju
    pra Elina Sa eu amo ela e sua simpatia….

    jun 08, 2007 @ 20:00


  3. Timothee

    Padre,

    Eu sou franco-canadense, do Quebec, e moro no Rio de Janeiro. Recentemente eu descobri o seu movimento catolico e gostaria saber se tiver um grupo aqui no Rio que eu posso encontrar. Tambem, estou buscando livros em portugues pra evangelisar os protestantes. Ja tenho muitos em ingles ou frances (que vou ter que traduzir). Que Deus abencoe a Cancao Nova!!

    TIMOTHEE

    jun 09, 2007 @ 10:52


  4. Renao Fontoura Nogueira da Cruz

    Parabéns amigo Ricardo!

    jun 09, 2007 @ 11:41


  5. Márcia Aurelia

    Olá Ricardo, a paz de Jesus e o amor de Maria.
    Legal de você escrever algo sobre o que falam de nós, claro que falam bem mas, também falam mal, é verdade. Sinto que tenho que partilhar algo que dói muito em mim. Sou a segunda filha de sete, meus pais se separaram com dezesseis anos de casados, na ocasião tinha treze anos, foi muito duro, uma separação bastante violenta, desde então assumi o papel de mãe, realmente foi difícil para todos. Levava as crianças menores para a creche, arrumava a casa, preparava comida, levava ao médico quando necessário, ia as reuniões da escola, enfim, fazia o que podia, via minha mãe sempre muito nervosa conosco e, quando comecei a trabalhar achei que deveriamos leva-la para a cidade natal dela, uma vez que era o seu desejo, fomos, vendi a casa que moravamos, em terreno de prefeitura, casa essa doada pela por uma senhora que quando soube que seríamos despejados, isto pelo período de separaçao dos mesus pais. Em Pernambuco-REcife, minha mãe com seus irmãos, pensei que tudo seria melhor, daí nos separamos definitivamente, ela saiu de casa, nos deixou e, quando voltamos para São Paulo, onze meses depois, soubemos que dois dias antes meu pai havia falecido numa situação bastante crítica. Retomamos à vida, descobrimos onde estava minha mãe que infelizmente, permanecia ela distante, mesmo morando na mesma cidade agora, por diversas vezes ela precisou dos filhos, mesmo sendo jovem, minha mãe hoje tem cinquenta e quatro anos, morando sozinha mas, sinto que ela não gosta de mim, dói muito admitir isso, os meus irmãos casaram, moro com apenas um irmão, este ainda solteiro, trabalhamos e estudamos, na igreja sou bastante ativa, faço parte de um ministério de musica, sou uma das colaboradoras do crisma e, ajudo na pastoral vicentina e é ai que o coração aperta, minha mãe me recrimina bastante, diz que vivo na igreja, falo e canto bonito mas, não vivo o que aparento, isto dói e agora sou eu que não quero mais me aproximar dela, sempre peço à Deus força para mudar esta situação, só que ela vem novamente com os seus “disses para um e para outro”. Ha dois meses atrás ela fez cirurgia das varizes e ficou aqui em casa, eu vinha do trabalho no horário do almoço para servir a ela o almoço quentinho e ela não precisar ficar de pé, procurava fazer o que ela gosta, dava livros e palestras da canção nova cuidava da higiene da casa de modo mais severo e, mesmo quando ela reclamava e algumas vezes chorando ficava quieta para não discutirmos, ela assim que se recuperou foi embora, não ligou até hoje e, já soube de coisas que ela fala a meu respeito, não diz nada a respeito dos dias que passou comigo, fala mal de mim, quando é a mãe que fala dói demais, só que ela não fala para mim. Todos os dias choro, sofro muito com tudo isso. No trabalho, me dou bem, as pessoas gostam demim, alguns se sentem incomodados, o numeros destes é bem pequeno, na igreja, os que tem contato comigo e não com minha mãe gostam de mim, os que nos conhecem, se dividem de forma radical. Não sei o que fazer, porque Deus permite que esta situação se estenda por um período tão longo? Me apresente ao Senhor, me ajude e, desde já agradeço a você e a todos da Canção Nova, gosto da programação, sempre que posso vou aos acampamentos, geralmente nas férias, não posso deixar as atividades da igreja que, pela misericórdia de Deus me ajudam bastante. Não sei se você pode responder ,mas já valeu pelo desabafo, tenho certeza que Deus está ao meu lado me confortando e me ensinando, me educando no contexto familiar.
    Beijos para todos.

    jun 09, 2007 @ 19:59


  6. Barbara Maria

    É…Ricardo Sá…vc tem razão…
    Gostei muito do que vc escreveu, é um estímulo a não esmorecermos diante de algumas situações que se mostram difíceis de lidarmos.
    Que Deus te abençõe sempre !!
    Abraços,
    Bárbara

    jun 09, 2007 @ 21:46


  7. isabel

    oi Ricardo, sou muito sua fã, moro em petrolina e tenho 17 anos, queria muito poder falar com vc, pedir conselhos, estou passando por momentos dificies,queria seu email para poder falar sobre mim e vc me aconcelhar. um grande abraço.Bel

    jun 10, 2007 @ 20:30


  8. christian

    PAZ E BEM !!!

    Olha só quem veio comigo !!!Ele quer te abençoar.

    ´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´
    ´´´´´´´1¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´
    ´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´
    ´´´´´o¶¶¶¶¶¶¶$´´´´´´´ø¶¶¶¶¶¶´´
    ´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´ø¶¶¶¶´
    ´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´o¶¶¶´
    ´´´¶¶¶¶¶¶¢´´´´´´´´´´´´´´´´$¶¶´
    ´´´¶¶¶¶¶ø´ø¶$¶¶¶ø´´´´´´´´´1¶¶1
    ´´o¶¶¶¶¶´1o¶¶¶¶¶´´´1¶¶ø¢o$´¶¶¶
    ´´¶¶¶¶¶´´´´´7o71´´´¶¶øø$1´¶¶¶ø
    ´$¶¶¶¶¶o´´´´´´´´´´´¶´¢¶¶¶o¶¶¶ø
    7¶¶¶¶¶1´´´´´´´´´´´´$´´´´´7¶¶¶ø
    ø¶¶¶¶¶7´´´´´´´´´1´´¶´´´´´¶¶¶¶ø
    ¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´¢¶¶¶¶7´´´´¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶1´´¶¶¶¶¶ø¶¶ø´o¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶$¶¶´´7117¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶o¶¶¶¶´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶7´¶¶¶¶¶oo7$¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶7´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶´´´´´ø¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶¶o´´´´´´´´´´´´´´´1¶¶¶¶¶¶¶
    ¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶

    jun 11, 2007 @ 00:49


  9. AMAnDA de DEUS

    A paz de Jesus Cristo e o amor de Maria!
    Eu gostei do seu texto e tem muito haver comigo, pois moro em um lugar pequeno onde todo mundo conhece todo mundo.
    Muitas vezes, ou melhor sempre sou vítima de fofocas e entrigas, pois como sou (graças a Deus) muito religiosa as pessoas me julgam quando erro em alguma coisa normal, já que sou humana.
    Porém, hoje tenho 16 anos e acraditando ou não já tenho experiências de como viver com pessoas assim.
    Acredito que não há nada melhor sinceramente, que o despreso ou até mesmo dizer que não fala da vida pessoal para p público, porque se tu te extressar é bem pior.
    Pra terminar, eu peço uma coisa a tu que tá lendo agora cuidado com teus amigos, porque só eles conhecem as tuas fraquessas e só eles são capazes de nos derrotar e nos deixarem lá pra baixo, pra falar a verdade com depressão mesmo.
    Falo isso por experincia própria.
    Beijos de Pernambuco.
    Amanda de Lira…
    Igarassu-PE

    jun 11, 2007 @ 10:45


  10. RAQUEL APARECIDA DA SILVA

    Oi, Ricardo! Paz e Bem!
    Estou visitando seu Blog e quero lhe dizer que aprendo muito com você e com suas mensagens que leio com freqüência no site da Canção Nova. Elas me ajudam a refletir sobre mim mesma e minha relação com Deus e com os outros. Tenho buscado aprofundar minha fé, principalmente, diante dos desafios do dia-a-dia.
    Quero aproveitar a oportunidade para dizer que tive a alegria de conhecê-lo pessoalmente em minha cidade (Contagem – MG)e ver o quanto você é acolhedor e simples, isso é Dom de Deus. Admiro muito também, a Eliana Sá, com ela tenho aprendido a confiar sempre mais na Divina Misericórdia.
    Grande abraço para você! Que Deus te fortaleça sempre mais em sua missão.
    Tenho muita alegria por ser sócia da Canção Nova!
    Sua irmã em Cristo,
    Raquel Aparecida da Silva – Contagem/MG

    jun 11, 2007 @ 20:14


  11. Fabiano

    Quero dizer que quem não viveu ou vive uma situação de Pedras, Jesus é a pessoa que mais sofreu, uma esperiencia de cruz, mesmo sendo justo, sofreu!
    As pessoas não tem paciência, quando entramos no caminho para servir a Deus principalmente achamos que as pessoas não precisa mudar nada ou pronto ele já é santo, então, quero dizer que assino em baixo em tudo, principalmente que devemos termos metas é assim que apreendemos suportar nós mesmo e os outros…
    Logico que a cura, a libertação acontece quando somos nós mesmos, não desistimos de caminhar, porque a santidade se faz caminhando rumo á Jesus Cristo que morreu na Cruz.

    jun 12, 2007 @ 00:22


  12. Darly

    Sei, mas é que as veses se torna um tanto dificil suportar saber que há pessoas que querem te agredir com palavras e boatos que mancham nossa imagem diante da sociedade…
    como foi dito “Quando dói muito o que dizem sobre nós, é sinal de que possui alguma verdade”, mas como não se sentir ofendido com o qe fazem com vc, sem saber o motivo?!?!?!?
    nesse momento passo por uma experiencia não tão agradavel, em um site de relacionamentos, o orkut, fizeram vários fakes meus ofendendo… isso realmente machuca, pois se passam por mim falando barbaridades.
    Ah, única coisa q me conforta e acalma é saber que meu senhor há de me ajudar a superar essa fase, e que Ele plante no coração dessa pessoa, que “tenta me fazer mal”, o amor ao seu irmão…

    jun 12, 2007 @ 00:38


  13. Sergio

    Seu CD Cantarei Vitória é sensacional! Um dos melhores da música católica de todos os tempos.

    Parabéns pelo seu blog

    Deus lhe abençoe!

    Sergio

    jun 12, 2007 @ 10:41


  14. Dulciney

    Querido amigo e irmão em Cristo que bom saber que embora não me conheça esteja spe ajudando a fortalecer minhas novas pernas. Obrigada, Du.

    jun 12, 2007 @ 14:31


  15. elizabeth farias araujo

    Boa tarde Ricardo ,
    sou fa nº1 da Cançao Nova, socia contribuinte deste 2002, nao saberia mas viver sem a Cançao Nova, Amo todos voces, para mim voces sao minha familia , tenho seu CD , do padre jonas enfim .., sou devota de Santa Terezinha do Menino Jesus.

    abraço a todos

    jun 15, 2007 @ 16:24


  16. Dany

    Ola!

    Obrigada pela mensagem tao real e que me propoe atitutes tao ousadas, mas necessarias e principalmente cristã.

    “Escutar sem resistir… São as nossas pernas que nos fazem seguir em frente.”

    Abracos

    jun 16, 2007 @ 13:00


  17. Paulo Novais

    Concordo com você Ricardo as críticas feitas a nosso respeito devem acima de tudo, levar-nos a rever-nos, ver em que precisamos crescer, melhorar e se dentre os comentários algo não for verdade por si só acabará.

    jun 17, 2007 @ 12:12


  18. regiane fernandes

    ricardo que jesus te abencoe voce é realmente um homen de deus parabens pela sua perseverança.

    jun 19, 2007 @ 20:56


  19. LUCIVÂNIA DE ANDRADE FALQUETO

    Oi Ricardo, tudo bem?

    Me senti agraciada pelo o tema abordado. Tenho me sentido muito mal ultimamente com minha profissão, que é muito digna, sou diretora escolar. Tenho 28 anos, um ano neste ofício, e por várias vezes já pensei em deixar esta missão de semear o bem através da educação por não conseguir agradar a todos, tem sempre alguém criticando, falando mal, insatisfeito, por mais que eu faça ou me esforce em fazer o bem.
    Mas hoje lendo sua mensagem resolvi a não pensar em desistir, e sim crescer com tudo isso. MUITO OBRIGADA!

    jun 20, 2007 @ 10:07


  20. Chris

    Oi! paz de Cristo.

    Andei passando por maus mocados, tentam de todas as maneiras me prejudicar, mas ao mesmo tempo tenho vivido o amor intenso de Deus Pai por mim isso é muito maravilhoso… Peço oração por mim e irmaos em Cristo. Um grande abraço fique com Deus gosto muito de vcs.Muito obrigada.

    jul 15, 2007 @ 18:29


  21. arev

    Peço oração por mim e por todos da minha familia.Peço que pela oração eu tenha forças para superar todas as tribulaçoes que eu tenho passado.Saúde para minha mãe

    nov 28, 2007 @ 07:37


  22. Everton Pinaffi

    Olá Ricardo Sá e familia Canção Nova..

    Gostaria d dar parabéns pelo trablho quem vcs vem
    fazendo é de muito valia….
    Eu gostaria de pedir uma coisa ..
    uma sugestão de entrevistacom
    uma Banda chamada Banda Taus.
    escutei o cds deles e gostei do trabalho
    mais não sei se ela existe ainda
    pois algumas paginas na intenet diz que a banda
    ja não existe mais.
    Será que é verdade mesmo???
    poderiam informar se é verdade mesmo pois vcs estao mais proximos de tanatas bandas católicas fica até mais facil.

    Abraço..

    Everton pinaffi

    abr 30, 2008 @ 15:26


  23. Moises Pacheco

    Dica >>> http://blog.cancaonova.com/ricardosa/2007/06/10/falam-mal-de-mim-o-que-eu-faco/ <<<

    mai 20, 2010 @ 00:38


  24. Daniele

    Na minha escola tem um menino que só fica falando mal de mim ,agora eu não sei o que eu faço mas,não suporto mas olhar para a cara dele ,o que e que eu tenho que fazer ?

    out 06, 2010 @ 17:01


  25. André

    Muito bom mesmo!

    jul 10, 2011 @ 09:24

Reply