No centro de hemodiálise, comecei a dar-lhe apoio e palavras de esperança para ela não desistir

Semana passada, estava partilhando sobre o retorno de minha esposa à UTI após o parto prematuro de seis meses de nosso filho. Foi preciso retirá-lo devido ao flagelo da eclâmpsia que a Elisa passou.

Nesta semana, partilho como o quadro de saúde dela era grave, pois estava sofrendo muito devido à parada dos rins, a pressão elevada em demasia e o inchaço que a acometia.

1600x1200
Foto: sudok1 / iStock. by Getty Images

Num desses dias em que fui visitá-la, coincidiu de ela estar descendo do andar da UTI e sendo levada para a hemodiálise. Pedi para visitá-la ali. Fui liberado, mas minha sogra não pôde entrar. Eu a encontrei em um estado de inchaço cada vez pior. Os médicos estavam administrando altas dosagens de diuréticos para “ressuscitarem” seus rins. Por isso, em cada sessão de hemodiálise, era retirado de seu corpo mais de cinco litros de água!

Estou sofrendo muito e não quero mais viver

Entrei discretamente no local e fiquei ao lado dela. Depois de as enfermeiras terminarem os procedimentos para o início da sessão, ficamos só nós dois. Nesse momento, ela desabou e confidenciou-me: “Eu não estou aguentando mais, estou entregando os pontos, estou sofrendo muito e não quero mais viver!”. Eu me desesperei, e embora falando baixinho ao seu lado, dei-lhe palavras de ordem em meio a muitas lágrimas: “Você não tem o direito de fazer isso comigo! Estou, todos os dias, indo à UTI infantil e dizendo para nosso filho aguentar firme, pois a mamãe o está esperando! Como vou criá-lo sozinho? Você não pode desistir, tem que aguentar! Quando ficar muito difícil, lembre-se de nosso filho!”.

Leia os textos anteriores deste testemunho.

:: Deus não faz o milagre pela metade
:: Lutamos para nosso filho viver
:: Nasce nosso filho ao sexto mês de gestação
:: Minha esposa e meu filho entre a vida e a morte na UTI

Ela chorou um tanto! As enfermeiras vieram ver o que estava acontecendo e passaram, também elas, a dar-lhe palavras de esperança. Também a médica veio, disse que era assim mesmo, que ia dar tudo certo! Aos pouquinhos ela foi se acalmando. Continuamos ali com ela, dando-lhe apoio, a ponto de ela começar a concordar em não desistir.

Ainda bem que minha sogra não viu aquele momento!

Continuei falando do nosso filho para ela. Disse que ele estava aguentando firme. Já tinha ido visitá-lo e, embora ainda todo entubado, as médicas da UTI iam começar a administrar alimentos para ele na veia. Ele já havia parado de perder peso, mas tínhamos de ter paciência, pois o caminho dele era longo.

Fiquei pertinho dela até o término da hemodiálise. Depois, ela foi levada e não pude mais entrar na UTI, pois já havia acabado o horário de visitas há um bom tempo. Voltei ao local da hemodiálise para conversar com os médicos. Quis saber a realidade do estado dos rins da Elisa. Eles disseram que, até aquele momento, era aceitável que os rins não voltassem ainda. Levava um tempo devido o impacto da pressão alta.

Filtrei tudo o que havia passado naquele momento e falei com minha sogra, de modo que ela não se desesperasse como eu.

Nenhum procedimento nem medicamento dariam respostas precisas

Até aquele momento, nenhum médico, tanto os da minha esposa quanto os do meu filho, conseguiam ser muito convictos nas suas avaliações. Percebi que o mistério do qual a ciência não podia dar muita clareza era grande. Nenhum procedimento, nenhum medicamento daria respostas precisas.

Nessa hora, o que nos restava? A fé. Deus havia permitido que nos fosse tirado absolutamente tudo, até ali, a ponto de termos somente a fé na Sua Misericórdia para nos agarrar. Não havia nenhuma certeza médica, mas tão somente a de que Deus estava conosco e de que estava no controle de tudo. Sempre me intrigava o fato de que, na noite em que a Elisa passou mal, antes de tudo o que aconteceu, havíamos entregado, mais uma vez, a gestação nas mãos de Deus. Sentimo-nos ouvidos em nossas orações. Era a esse momento que eu estava agarrado.

Todos nós, homens e mulheres, somos pessoas que carregam dentro de si a força da fé. Somos crentes por natureza e não céticos. É impossível provar de que Deus não existe. Mas o contrário, provar na Sua existência, isso sim dá para fazer.

Para ver a fragilidade do conhecimento humano acumulado até aqui, basta você procurar um pouquinho, que vai perceber como é limitado o conhecimento na explicação do universo, na medicina, do cérebro humano, na evolução das espécies… tantas coisas são descobertas e definidas, e passado certo tempo, vem uma outra hipótese contrária e desmonta todas as teses anteriores! Estamos rodeados de mistérios! E ficamos assim, como que “correndo atrás da própria cauda”, enganando-nos uns aos outros com o crescimento científico que daqui a pouco será derrubado. Somos como crianças teimosas! Não queremos aceitar aquilo que já estava provado por gerações passadas: Deus existe, criou todas as coisas do nada, mantem tudo existindo e permanece conosco. E, para nós que cremos, sabemos que Ele é mais digno de confiança do que qualquer pessoa nesse mundo!

No outro dia, a fim de dar um ânimo para minha esposa, combinamos dela ir ver nosso filho na UTI. Mas não foi possível porque sua pressão subiu mais, um pouco antes dela ir para a visita. Ao ligar para a médica da Elisa na manhã seguinte, soube que ela havia tido duas convulsões naquela noite; por essa razão, a médica acreditava que minha esposa poderia ter tido algum comprometimento cerebral. Mais uma vez, perdi o chão sob meus pés!

Até semana que vem.
Roger de Carvalho

Próximo texto.


Roger de Carvalho, é membro da Canção Nova desde o ano 2000. Ingressou na comunidade aos 19 anos de idade.

 

12 Comentários

  1. Denise Lobato Villela Claro

    Como assim até semana que vemmmm??? rsrsrs Só não fico doida aqui porque conheço vcs e sei que foi final feliz!!!! Meu irmão, estou amando suas partilhas e a cada dia sendo mais admirador de vcs como família! Obrigada por partilhar comigo e com tantos sua historia… com certeza fortalecendo a muitos! Grande abraço! Denise Claro (beijo no olho! rsrrs)

  2. To be continue, deixa o povo doidinho… foi muito forte mesmo.

  3. tenho acompanhado e confesso que a cada semana vai aumentando minha curiosidade quanto ao desfecho rsrsrsrsr.sei que DEUSé bom o tempo todo..

  4. Nossa, Chorei…..me senti pequena….vou colocá-los no meu rosário!

  5. Maria aparecida carvalho

    O relogio de Deus esta controle😄😄

  6. Deus com sua infinita misericordia vai cura-la, o nosso Deus é maravilhoso, ele cura e ele salva. Amém

  7. me emocionei com esse seu testemunho.mas sua Fé foi maior q tudo.Deus no comando da vida de sua esposa e seu filho. Ja estou rezando por vcs.

  8. Deus está no controle. Entregue e confie.

  9. Roger,bom dia,tenha fé e esperança,pois,tudo vai dar certo,Deus agirá tenha a certeza de que ele estará bem perto de vocês.

  10. Roger de Carvalho

    Gente, eu agradeço de coração pelas palavras de apoio! Mas esse texto acima, faz parte de um testemunho de vida de minha família por situações vividas em 2009. É o testemunho de um milagre alcançado, aliás, vários milagres!

    Para nos conhecer um pouquinho melhor, visitem a página http://blog.cancaonova.com/rogercarvalho/o-blog/

    Muito obrigado pelo carinho e palavras de esperança!
    Roger Carvalho.

  11. Nessa hora, o que nos restava? A fé. Deus nos tinha tirado absolutamente tudo, até ali, a ponto de termos somente a fé para nos agarrar. Não havia nenhuma certeza, a não ser a de que Deus estava conosco, de que estava no controle de tudo, e a certeza do Seu amor. Sempre me intrigava o fato de que, na noite em que a Elisa passou mal, antes de tudo o que aconteceu, havíamos entregado, mais uma vez, a gestação nas mãos de Deus. Sentimo-nos ouvidos em nossas orações. Era a esse momento que eu estava agarrado.

    Querido Roger&Elisa…que nome escolhestes para vosso filho?Têm que ser nome de Santo,pois desde muito pequenino já lutando…mas essa semana nosso Padre Célio Antônio de Almeida em sua homília disse “que passamos pouco tempo na terra,porque somos mais de DEUS!Nunca tinha pensado nisso depois deste dia passei a entender melhor…Mas o que quero dizer amigo é que você está lutando juntamente com os seus amados..esposa e filho…e a vitória está próxima sabe porquê? Em suas palavras acima me chamou a atenção e gostaria de compartilhar o que senti…e porque estou escrevendo para vocês…coisa que não tenho costume de responder ou comentar tudo que leio…vamos lá

    Você disse:-Deus nos tinha tirado tudo…”Amigos me entenda…Deus não tirou nada!Ele simplesmente “Se”acrescentou convosco,porque Ele tudo sabe e sabia que passaria por uma grande turbulência…Deus,,,é Amor…não quer que seus filhos sofra jamais,mas lhes é permitido…porque Ele preparou algo de bom pra vocês!!!Então a cada dia vocês verão o milagre de Deus acontecendo a conta gotas e esse é o melhor pois vocês mesmos verão e terão tempo de testemunhar dia após dia…terão tempo de escrever e dar testemunho de vida pra muitos que perderam a fé!Pois a fé estás entre as que subsistem a fé a esperança e o amor…sendo a maior delas o Amor…tendo esse o AMOR…vocês têm todas as chances do mundo!DEUS ilumine vossos dias!Também estou orando por vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *