Arquivo

Arquivo de maio, 2010

É preciso suar nos treinos para sangrar menos nos campos de batalhas...

28, maio, 2010 1 comentário

A convite de meus irmãos Laura e Geraldo Fiuza para convivermos, fui a sua casa para um delicioso lanche e assitir um flime (The unit). Numa cena muito interessante o comandante diz para seus soldados “…é preciso suar nos treinos para sangrar menos nos campos de batalhas…” e logo o impacto da frase ecoou no meu coração a imagem do meu Pai Fundador Monsehor Jonas Abib dizendo: “ só vai aguentar quem Adorar.”

Para nós Igreja militante que a cada celebração suplicamos “Vinde Senhor Jesus” não podemos improvisar, é preciso treinar em todos os sentidos para que o Senhor nos encontre santos e irrepreenciveis, diante de seus olhos (Ef 1,4b)

Treinar significa tornar apto para determinada tarefa ou atividade; adestar. Por tanto nos treinos para vencermos as lutas contra o pecado e contra o tentador não vale a impovisação, vale os exercícios diários, os treinos com as armas que estão ao nosso alcançe… a Santa Missa onde comungamos do corpo e Sangue de Jesus, a Palavra de Deus que é o capacete da salvação e a espada do Espírito, o Rosário que a cada Ave Maria rezada faz tremer o inferno (Maria em quem vem habitar o proprio Senhor, é em pessoa a filha de Sião, a Arca da Aliança. CIC 490), a Confissão que mergulhamos na Misericordia do Pai que nos acolhe e somos perdoados e o Jejum que nos admoesta e nos ajuda no auto dominio, no controle de si mesmo.

Este treinamento eficaz nos fará crecermos muito mais para aguentarmos Seguir o Caminho , pois Aquele que seguirmos tem passos muito largos e precisamos acompanhá-los, correr atrás, vamos nessa…Seguidores do Caminho.

Oremos Juntos: “Eu vos amo Senhor minha força, derrama teu Espírito para que eu possa registir, lutar, treinar diariamente para que fortalecida em ti eu continue caminhando Contigo e para Ti.

Clique na página intercessão e deixe seu pedido de oração.

Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em vós.

Sua irmã Antonieta Sales

Categories: Formação Tags:

A pérola

26, maio, 2010 5 comentários

A Pérola

A pérola nasce de uma irritação na ostra causada por um corpo estranho, como um grão de areia, que entra na concha.

De tanto incomodar e machucar, o intruso é posto num canto de uma bolsa de carne. A partir daí, a ostra vai envolvendo o corpo com o nácar e, depois de três anos, surge a pérola.

Ela é a transformação do sofrimento em jóia”.

uma conha com perolaOlhando assim alguem pode pensar que é masoquismo, mas há uma grande diferença quando o sofrimento nos remente a redenção da nossa alma e da nossa família. Fui aprendendo na caminhada que as dificuldades, sofrimentos e tribulações em minha vida, incomodou e machucou bastante, mas Jesus foi o grande nácar que envolvendo-me abriu os meus olhos onde estou vendo as pérolas que estão surgindo…

(Ele tomou sobre si nossas enfermidades, e carregou os nossos sofrimentos. Is 53,4) Jesus sendo Deus, deixou que todas as minhas misérias pesassem sobre seus ombros,compadeceu-se de mim e não estou só.

Quero lembrar a todos os irmãos que podemos construir um belo colar de pérolas na união de coração, na partilha do sofrimento um sustentando o outro na oração e o fio que vamos usar para unir as pérolas será a nossa vida fraterna.

Estou rezando por você.

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Sua irmã Antonieta Sales

Deixe seu pedido de oração na pagina de intercessão