Arquivo

Arquivo de setembro, 2010

Santa Terezinha do menino Jesus padroeira das missões

30, setembro, 2010 12 comentários

“Quando se quer atingir um fim, deve-se procurar os seus meios. Jesus me fez compreender que era pela cruz que Ele queria me dar almas e minha atração pelo sofrimento cresceu na medida em que o sofrimento aumentou”. (MA 69v)

 

“Não quero ser Santa pela metade, escolho tudo”.

O mais profundo desejo do coração de Terezinha era ter sido missionária “desde a criação do mundo, até a consumação dos séculos”.

E como intercessora dos missionários sacerdotes e pecadores que não conheciam Jesus, continua ainda hoje, vivendo o Céu, fazendo o bem aos da terra.
Proclamada principal padroeira das missões em 1927, e Doutora da Igreja, que nos ensina o caminho da santidade pela humildade em 1997.

 Santa Terezinha é um exemplo de docilidade diante das dificuldades no caminho de santidade, e nos ensina que nas pequenas coisas que fazemos como amor e dedicação estamos contribuindo com Jesus e seu reino.

  Oração pelos missionários

Ó Santa Teresinha, sois exemplo de simplicidade e de humildade e sempre vos colocastes nas mãos do Pai.

Intercedei junto a Deus para que os homens compreendam o vosso caminho, que leva ao Céu,para que vencendo o egoísmo e o orgulho,possam construir um mundo melhor e conquistem os povos para o Reino de Cristo pelo amor, justiça e paz.

Fazei com que os homens compreendam a mensagem do Evangelho sejam atraídos a viverem o ideal cristão do amor pelo espírito de desapego e doação.

Santa Teresinha do Menino Jesus, padroeira das missões, rogai por nós e protegei os missionários.

Amem.

Valei-me São Miguel, Gabriel e Rafael...

28, setembro, 2010 Sem comentários

Oração a São Miguel Arcanjo
“Pequeno Exorcismo de Leão XIII” 

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas.

Meu amigo Padre Pio

23, setembro, 2010 Sem comentários

O Papa Pio XII perguntou ao bispo de Manfredonia, durante a visita ad limina em abril de 1947.

– “Que faz o Padre Pio?”.

– “Sua Santidade! Ele remove os pecados do mundo”.

Assim mostrou bem qual era a principal atividade apostólica do frei estigmatizado. Aquela revelação de 1903 prenunciou a grandiosíssima Missão a que estava reservado ao jovem Francesco, na época, ingressante no convento.

Ordenado sacerdote em 1910. Demorou três anos antes de obter permissão para confessar; ao que normalmente é concedido logo após a ordenação. O superior provincial temia por sua saúde física e também era duvidoso que Padre Pio tivesse o conhecimento necessário de teologia moral, pois havia estudado com irregularidades devido aos seus problemas de saúde.

Após a permissão, viveu no confessionário até a manhã de sua morte, a maior parte do seu tempo. Para se ter uma idéia, em 16 de novembro de 1919 escreveu a seu pai espiritual: “Foram mais de 19 horas de trabalho que vou sustentando, sem um pouco de descanso. Enquanto escrevo, já passa um minuto da meia-noite”.

Viveu bravamente, lutando para todos e por todos, contra Satanás, para salvar as almas. Tanto que há muitos escritos sobre o método de confessar de Padre (se é que pode chamar de método), contando histórias incríveis de conversões, de soluções dadas mais tarde ou de tudo negado.

Para Padre Pio, confessar era uma fadiga imensa; não só pela aversão que sentia contra os pecados que ofendiam a Deus, mas também por sua luta interior que não o havia mais deixado. Por toda a sua vida sentiu-se um grande pecador e havia um “prego perfurando-lhe a cabeça e o coração”: o medo de não estar na Graça de Deus.

Como era firme para guiar a alma, ao mesmo era inseguro e temeroso. Mas ele também, homem como todos os outros, sofria pelo peso de suas fraquezas, o que lhe rendia histórias. Um caso típico que contou ao padre Benedetto em 1917, quando um dia lhe aconteceu que, cansado da fadiga: “sem que eu queira, me transformo em uma pessoa sem paciência. Este é um espinho que traspassa meu coração”.

Quando Padre Pio deixava o altar, parecia que saía do Calvário; quando entrava no confessionário, também sofria muitíssimo pela sua indignação, pelo temor de sua incapacidade. Não o tempo todo, mas próprio dos períodos de confissão, sobretudo ali, que o Senhor lhe concedia um grandioso carisma, aquele de escutar a consciência, de ver interior (dos penitentes).

Nesse longo tempo o Padre Pio iniciava seus dias despertando-se a noite, muito antes da aurora, se dedicava a oração e com grande fervor aproveitando a solidão e silêncio da noite. Visitava diariamente por longas horas a Jesus Sacramentado, preparando-se à Santa Missa, e daí sempre tirou as forças necessárias, para seu grande Missão com as almas, levando-as até Deus no Sacramento da Confissão.

São Padre Pio, rogai por nós!

Oração da Santa Cruz

14, setembro, 2010 Sem comentários

Deus te salve, Santa Cruz, onde Cristo foi crucificado
e onde me penitencio da minha vida de pecados,
benzendo-me com o sinal da cruz (fazer o sinal da cruz).

Santa e Sagrada Cruz onde Cristo foi crucificado,
ampara-me e salva-me dos pecados mortais,
das presas dos bichos, das flechas dos índios,
dos naufrágios e das febres,
do poder do demônio, do inferno,
das chamas do purgatório
e do poder dos meus inimigos materiais e espirituais.

Livra-me Santa Cruz das guerras e da morte violenta,
das pestes, das dores e das humilhações,
dos acidentes e dos suplícios,
dos sofrimentos físicos e espirituais,
de todas as doenças e das aflições e tormentos,
em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo
(fazer de novo o sinal da cruz).

Guarda-me, Santa Cruz,
na hóstia santa e consagrada,
no cálice bento,
no manto da virgem e no sudário de Cristo
para que nenhum raio ou veneno me atinjam,
nenhum instrumento ou animal me ofendam,
nenhum olho me afete ou faça mal,
nenhum ferro ou aço, ou bala me corte as carnes.

Santa Cruz, onde Cristo foi crucificado
e onde escorreu seu santo sangue,
pela última lágrima de Seu corpo,
pelo último suspiro do seu corpo,
que todos os meus pecados e crimes
sejam perdoados e que nenhum braço me tolha,
nem laço me prenda, nem ferro me detenha.

Toda a chaga em meu corpo
será curada pelo poder do sangue de Cristo,
escorrido em ti, Santa Cruz.
Todo o mal que se aproximar de mim será crucificado em ti,
como Cristo o foi.
Toda maldade contra mim será enterrada a seus pés.

Encanta-me, Santa Cruz,
pelo poder de Jesus Cristo,
para que eu seja protegido
contra todo poder.

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

O Senhor enxuga nossas lágrimas.

6, setembro, 2010 2 comentários

 Até os adolescentes podem esgotar-se, e jovens robustos podem cambalear, mas aqueles que contam com o Senhor renovam suas forças: e dá-lhes asas de águia. Correm sem se cansar, vão para a frente sem se fatigar.” Is. 40,30-31

Muitas vezes neste mundo tão corrido, tudo parece nos pressionar. E quem pode dizer que nunca ficou tão cansado ao ponto de querer desistir de tudo e de todos? E o cansaço não é só físico. É cansaço espiritual, mental, psiquico e emocional, e quando vem as lágrimas choramos…as lágrimas são as orações da alma. Cada gota de nossas lágrimas tem valor, o próprio Senhor diz que enxugará toda lágrima de seus olhos…(Apc 21,4)

Nesta hora não podemos negar nossa verdade dainte de Deus, apresentemos nosso coração a Ele com todas as dores e sofrimentos que o consolo vem do alto. Quando uma criança está chorando, a mãe faz sinais para a criança olhar pra cima, e quando ela olha as lágrimas param e a crainça sorrir. É assim que Deus quer fazer conosco, olhemos para cima que o nosso socorro vem do Senhor que fez o céu e a Terra.

Categories: Diversos Tags:

Jesus faz a diferença na família

4, setembro, 2010 2 comentários

 

O capítulo 2 do evangelho de São João descreve uma festa de casamento onde Jesus foi convidado. O texo é claro quando narra que sua mãe vai dizer-lhe que não tem mais vinho. Jesus mesmo sabendo que a sua hora ainda não tinha chegado, ouvindo a sua mãe intervem e realiza o primeiro milagre. Porque Jesus manifestou sua divindade realizando o milagre numa festa de casamento?

Jesus faz a diferança na família. O texto bíblico diz que Jesus ordenna: “Enchei as talhas de água.” Eles encheram-nas até em cima. “Tirai agora, disse-lhes Jesus, e levai ao chefe dos serventes…”

Jesus faz a diferença na família…

  • Jesus manda encher as talhas… é preciso orar pela família e com a família. Sabemos das grandes dificuldades que existem hoje nas famílias, e pedir para orar em família parece ser impossível, mas não é. É preciso começar por alguem, começe pedindo o Espírito Santo pra sua família, pedindo que a talha que é a sua casa fique cheia da Água do Espírito Santo de Deus. O próprio Espírito Santo vai realizar o milagre, o nosso papel é só rezar e pedir pra nossa família “Vinde Espírito Santo!”
  • Jesus manda tirar a água (que agora se transformou em vinho)… o Catecismo da Igreja Católica diz que a família cristã é uma comunhão de pessoas, vestígio e imagem da comunhão do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Quando a família ora ou quando se ora pela família sai tudo o que é ruim e a transformação acontece, é preciso tirar a desesperança da família pela oração, e a família com Jesus precisa ser vista pelo mundo que vale a pena lutar pela família.
  • Jesus manda levar… O Papa João paulo II afirmava que o futuro da humanidade passa pela família. Por isso que precisamos entrar em combate pela família para assim levar-mos o melhor que é a família e garantir uma humanidade nova cheia do Espírito de Deus, pois quando Jesus intervem o melhor vem depois. 

A interveção de Nossa Senhora, a sua intercessão de mãe vem nos ensinar, principalmente para as mulhres a sermos como Nossa Senhora, atenta a todos os detalhes… Nossa Senhora nos ensina a buscar a pessoa certa para resolver os probelmas, ela buscou a Jesus.

O segredo não é uma família sem problemas, porque não vamos encontrar, mas buscar levar os problemas a Jesus. Jesus é a resposta para as famílias. O milagre da trasformação aconte quando disposmo a crer. É preciso que na sua família alguem começe a orar…começe por voce e o milagre acontecerá.

Estou orando por você.

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

 

Categories: Mulher Tags:

A Eucaristia Deleita...parte IV

2, setembro, 2010 Sem comentários

Tambem se o chama gozo a este deleite que produz a Eucaristia, porque provem da percepção atual do bem que se possui – nada menos que Crsito! – para o qual não deve haver distração na recepção – sacramental ou espiritual – da Eucaristia. Muitas almas perdem o deleite da Eucarsitia… porque estão distraídas na Missa ou na Adoração!

Deixa de lado as distrações! “Amigos, comei, bebei, inebriai-vos caríssimos” (Cant 5,1)

Dizia Urbano IV da Eucaristia: “é o memorial admirável e estupendo, deleitável, suave… no qual goza todo deleite e toda suavidade de sabor e se experimenta a mesma doçura de Deus…”

E o Papa Leão XIII: “derrama nas (almas) gozos dulcíssimos, que execedem em muitos, quanto aos homens possam neste ponto entender e ponderar.”

Por isso: “Amigos, comei, bebei, inebriai-vos caríssimos” (Cant 5,1)

Que milagre!

Que Convite! E quem convida é um mistério de amor

Enfim, como nos diz na Adoração: “Do ceu nos deste o pão. Que contem todo o sabor”

E peçamos a Virgem Maria que ela soube saboreiar, deleitar e adorar seu Filho em seus braços.

“Quem não Adorar, não vai aguentar” (Pe. Jonas Abib)

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Categories: Quinta-feira de Adoração Tags: