Arquivo

Arquivo de outubro, 2010

Olá, eu quero entar na tua casa.

31, outubro, 2010 Sem comentários

Neste domingo dia do Senhor a igreja está meditando o evangelho de Lucas 19,1-10.  Este belo texto que conta a história de Zaqueu.

Um homem rico, que tinha tudo, mas era insatisfeito com sua vida, com seu trabalho e como eu e você tinha muitos limites, mesmo assim este homem procurava ver quem era Jesus que estava passando na cidade de Jericó. Além da multidão que cumprimia, Zaqueu era de baixa estatura, correndo a frente subiu numa árvore para vê-lo quando passasse.

Chegando aquele lugar, levantando o olhos Jesus vê Zaqueu e diz: desce depressa, porque é preciso que hoje eu fique na tua casa.

Jesus se adianta, olha Zaqueu e pede pousada em sua casa. Queridos irmãos nosso Deus vai sempre além e se adianta, vem ao nosso encontro. No ponto em que estamos, subindo numa árvore ou talvés caindo num abismo, neste momento o olhar de Jesus se cruza com o nosso olhar. É um encontro de um Deus apixonado. Deixe-se apaixonar, é o próprio Jesus que quer pousar em teu coração, Ele pede para entrar, se tu deixas nunca mais irás deixá-lo.

Olá, eu quero entar na tua casa.

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Jesus na mídia?

30, outubro, 2010 Sem comentários

 “O que vos digo é dito ao ouvido, publicai-o de cima dos telhados.” (Mt 10,27b)

Com o avanço das novas tecnologias, das mídias sociais, precisamos tambem estarmos conectados, levando mais longe Jesus e o anuncio do seu Reino.

Temos o conhecimento de toda a parte do mundo as pessoas sendo tocadas,conhecendo Jesus através destas mídias vivas que salvam almas.

Para nós a pessoa é o mais importante, assim como Deus vê e ama a cada um em particular. Estamos interessados em comunicar Jesus e ser comunicadores do seu Reino de Amor e Paz. A impresa é conciderada uma potencia capaz de mudar o mundo de tamanha influência ela tem na sociedade, portanto vamos por estes meios tãos eficazes, velozes, influentes, atraentes,chamativos,intertivos, inteligentes…anunciar o Reino de Deus, de paz, amor, esperança, união, fraternidade, igualdade.

A Canção Nova com o Projeto Dai-me almas é este instrumento que o Senhor usa para leva-lo ao mundo por estas mídias vivas, quando pedimos sua doção é porque a sua doaçao é uam forma de fazer parte da vida de cada pessoa que é alcançada por Jesus por estes meios.

Contamos mom você. http://blog.cancaonova.com/clube/

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Sábado da Vírgem Maria

30, outubro, 2010 Sem comentários

A igreja sabiamente dedica o sábado a Maria, sabe porque? no sábado Nossa Senhora ficou sem Jesus depois daquela sexta-feira santa quando ela o deixou no sepulcro e nós a consolamos com a oração esperando a vitória do domingo dia do Senhor.

Vamos aproveitar bem nosso sábado pedindo a intercessão de Nossa Senhora por todos nós.

A verdadeira devoção à Santíssima Virgem segundo São Luís Maria Grignon de Montfort, tem cinco características:

1. Ela é interior, ou seja, vem do espírito e do coração, fundamentando-se numa idéia adequada do enorme papel representado por Maria no plano da Redenção, e num amor coerente com essa idéia;

2. Ela é terna, gerando na alma uma grande confiança, que faz recorrer a Maria em todas as suas necessidades, como uma criança recorre a sua mãe;

3. Ela é santa, isto é, faz com que se evite todo o pecado e se imitem as virtudes da Santíssima Virgem;

4. Ela é constante, consolidando a alma no bem e fazendo com que não abandone facilmente o caminho iniciado.

5. Ela é desinteressada, inspirando a alma a buscar mais a glória de Deus que suas próprias vantagens.

Todas essas notas, São Luís as reúne na prática que chama de escravidão de amor à Santíssima Virgem, pela qual se entregam a Maria todos os bens interiores e exteriores, para que de tudo Ela disponha segundo o agrado de Deus.

Às vésperas da Revolução Francesa, que pregaria a total liberdade, São Luís ensina a escravidão àquela que se proclamou escrava de Deus.

Não tenha medo de entregar a sua vida a Nossa Senhora.

Imaculado Coração de Maria seja nossa companhia.

Há poder quando uma mulher reza

29, outubro, 2010 Sem comentários

Devido a necessidade de movimentarmos o céu com nossas orações, quero partilhar com vocês a inspiração que Deus colocou de uma grande mulher de oração.

Minha mãe. Ela é missionária da comunidade de Aliança da Canção Nova da Missão de Vitória da Conquista na Bahia, se chama Maria Santana e é intercessora há mais de 30 anos. exerce seu ministério com muita responsabilidade, compaixão e confiança, reza já louvando a Deus pelas benção que Ele está derramando. E o Senhor lhe inspirou uma vigília para que ela pudesse orar pelos pedidos de oração que chegam, pela igreja, pelos sacerdotes e pela Canção Nova. Você tambem é convidado a fazer a experiência.

VIGÍLIA DA CRUZ

  • Fazer uma pequeno altar com o Crucifixo e Nossa Senhora;
  • colocar as intenções;
  • Fazer a oração inicial;
  • Fazer as orações seguintes;
  • Fazer a leitura bíblica;
  • Orar com a palavra;
  • Escutar o que o Senhor fala na sua palavra;

Oração Inicial

Ó Glorioso Deus Altíssimo, aqui estou diante da Cruz do Vosso Divino Filho Jesus Cristo e vos peço, iluminai as trevas do meu coração, conceidei-me uma fé verdadeira, uma esperança firme, um amor perfeito. Dai-me Senhor um desejo sincero de sentir e conhecer a fim de que eu possa cumprir o sagrado encargo que na verdade acabai de dar-me. Amém.

Rezar o rosário

Rezar o ofício de Nossa Senhora

Rezar a Via Sacra

Fazer a Leitura Bíblica

Olha a baixinha ai, uma grande mulher de fé…mande seus pedidos de oração.

Sagrado coração de Jesus eu confio e espero em vós.

O zelo do pastor - carta do Papa Bento XVI

28, outubro, 2010 Sem comentários

 Discurso do Santo Padre

Amados Irmãos no Episcopado,

«Para vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo» (2 Cor 1, 2). Desejo antes de mais nada agradecer a Deus pelo vosso zelo e dedicação a Cristo e à sua Igreja que cresce no Regional Nordeste 5. Lendo os vossos relatórios, pude dar-me conta dos problemas de caráter religioso e pastoral, além de humano e social, com que deveis medir-vos diariamente. O quadro geral tem as suas sombras, mas tem também sinais de esperança, como Dom Xavier Gilles acaba de referir na saudação que me dirigiu, dando livre curso aos sentimentos de todos vós e do vosso povo.

Como sabeis, nos sucessivos encontros com os diversos Regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, tenho sublinhado diferentes âmbitos e respectivos agentes do multiforme serviço evangelizador e pastoral da Igreja na vossa grande Nação; hoje, gostaria de falar-vos de como a Igreja, na sua missão de fecundar e fermentar a sociedade humana com o Evangelho, ensina ao homem a sua dignidade de filho de Deus e a sua vocação à união com todos os homens, das quais decorrem as exigências da justiça e da paz social, conforme à sabedoria divina.

Entretanto, o dever imediato de trabalhar por uma ordem social justa é próprio dos fiéis leigos, que, como cidadãos livres e responsáveis, se empenham em contribuir para a reta configuração da vida social, no respeito da sua legítima autonomia e da ordem moral natural (cf. Deus caritas est, 29). O vosso dever como Bispos junto com o vosso clero é mediato, enquanto vos compete contribuir para a purificação da razão e o despertar das forças morais necessárias para a construção de uma sociedade justa e fraterna. Quando, porém, os direitos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas o exigirem, os pastores têm o grave dever de emitir um juízo moral, mesmo em matérias políticas (cf. GS, 76).

Ao formular esses juízos, os pastores devem levar em conta o valor absoluto daqueles preceitos morais negativos que declaram moralmente inaceitável a escolha de uma determinada ação intrinsecamente má e incompatível com a dignidade da pessoa; tal escolha não pode ser resgatada pela bondade de qualquer fim, intenção, conseqüência ou circunstância. Portanto, seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a enérgica defesa do direito à vida desde a concepção até à morte natural (cf. Christifideles laici, 38). Além disso no quadro do empenho pelos mais fracos e os mais indefesos, quem é mais inerme que um nascituro ou um doente em estado vegetativo ou terminal? Quando os projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia, o ideal democrático – que só é verdadeiramente tal quando reconhece e tutela a dignidade de toda a pessoa humana – é atraiçoado nas suas bases (cf. Evangelium vitæ, 74). Portanto, caros Irmãos no episcopado, ao defender a vida «não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso e ambigüidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo» (ibidem, 82).

Além disso, para melhor ajudar os leigos a viverem o seu empenho cristão e sócio-político de um modo unitário e coerente, é «necessária — como vos disse em Aparecida — uma catequese social e uma adequada formação na doutrina social da Igreja, sendo muito útil para isso o “Compêndio da Doutrina Social da Igreja”» (Discurso inaugural da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, 3). Isto significa também que em determinadas ocasiões, os pastores devem mesmo lembrar a todos os cidadãos o direito, que é também um dever, de usar livremente o próprio voto para a promoção do bem comum (cf. GS, 75).

Neste ponto, política e fé se tocam. A fé tem, sem dúvida, a sua natureza específica de encontro com o Deus vivo que abre novos horizontes muito para além do âmbito próprio da razão. «Com efeito, sem a correção oferecida pela religião até a razão pode tornar-se vítima de ambigüidades, como acontece quando ela é manipulada pela ideologia, ou então aplicada de uma maneira parcial, sem ter em consideração plenamente a dignidade da pessoa humana» (Viagem Apostólica ao Reino Unido, Encontro com as autoridades civis, 17-IX-2010).

Só respeitando, promovendo e ensinando incansavelmente a natureza transcendente da pessoa humana é que uma sociedade pode ser construída. Assim, Deus deve «encontrar lugar também na esfera pública, nomeadamente nas dimensões cultural, social, econômica e particularmente política» (Caritas in veritate, 56). Por isso, amados Irmãos, uno a minha voz à vossa num vivo apelo a favor da educação religiosa, e mais concretamente do ensino confessional e plural da religião, na escola pública do Estado.

Queria ainda recordar que a presença de símbolos religiosos na vida pública é ao mesmo tempo lembrança da transcendência do homem e garantia do seu respeito. Eles têm um valor particular, no caso do Brasil, em que a religião católica é parte integral da sua história. Como não pensar neste momento na imagem de Jesus Cristo com os braços estendidos sobre a baía da Guanabara que representa a hospitalidade e o amor com que o Brasil sempre soube abrir seus braços a homens e mulheres perseguidos e necessitados provenientes de todo o mundo? Foi nessa presença de Jesus na vida brasileira, que eles se integraram harmonicamente na sociedade, contribuindo ao enriquecimento da cultura, ao crescimento econômico e ao espírito de solidariedade e liberdade.

Amados Irmãos, confio à Mãe de Deus e nossa, invocada no Brasil sob o título de Nossa Senhora Aparecida, estes anseios da Igreja Católica na Terra de Santa Cruz e de todos os homens de boa vontade em defesa dos valores da vida humana e da sua transcendência, junto com as alegrias e esperanças, as tristezas e angústias dos homens e mulheres da província eclesiástica do Maranhão. A todos coloco sob a Sua materna proteção, e a vós e ao vosso povo concedo a minha Benção Apostólica.

Fonte: Vaticano

Estrela do Céu - Oração de libertação

28, outubro, 2010 118 comentários

Aprendi com minha mãe, que aprendeu com minha avó esta antiga oração de libertação.

Estrela do Céu

Estrela do Céu que a seu peito alimentou o Senhor, libertando os homens do pecado que começou já desde Adão e os primeiros homens. Digne-se agora a mesma Estrela dominar as forças do mal, que por suas disposições malígnas costumam ferir o povo com doenças e miséria. Atendei-nos, Senhora, porque o vosso Filho que vos honra, nada vos nega. E Vós, Senhor Jesus, salvai-nos, atendendo os pedidos de vossa Mãe Virgem. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Crsito.

Oremos: Deus de misericórdia, Deus de piedade e amor, Deus de perdão, que sempre vos compadeceis da aflição de vosso povo, dissestes ao anjo castigador: “suspende tua mão.” Por amor daqulea Estrela Gloriosa, Mãe puríssima de Jesus, nosso irmão, grande salvador e libertador do mundo inteiro, que nos livra de todo mal, concedei-nos o auxílio da vossa graça para sermos, com certeza, livres e misericordiosamente salvos de toda peste, miséria, morte tepentina e de todo perigo de condenação eterna, por Jesus Crsito, Rei da Glória, que vive ressuscitado e reina por todo sempre. Amém. Ó doce Mãe, terna Maria, dai-nos de Jesus doce companhia.

Jesus nos atrai

28, outubro, 2010 Sem comentários

Quando o coração se abre, somos atraidos a Jesus por uma força que a cada dia aumenta e quanto mais buscamos, mas vontade de está com Ele temos.

Foi assim que aconteceu comigo na minha cidade Jequié na Bahia a muitos anos. Por causa desta sede de Deus, eu e mais uns amigos jovens iamos na hora do almoço na quinta-feira fazer adoração na capela da Paróquia, porque no nosso coração o desejo era tão grande de está com Jesus que o horário que tíamos era este, uns saiam da escola, outros do trabalho, de casa e assim iamos correndo aos pés de Jesus. Até que para a nossa surpresa a capela não cabia mais de jovens adoradores, já estavam muitos espalhados pelo pórtico da igreja. Um dia o padre foi ver o que estava acontecendo e disse: isso não pode ficar assim, vamos abrir as portas da igreja para que muitos mais jovens vem adorar. E vimos ali a força que Jesus Eucarístico tem, pois o bairro do Jequiezinho nas quintas-feira ás 12h estavam jovens, adultos, adolescentes aos pés daquele que é o doador de todas as graças e bençãos

Por isso como dizia aos seus filhos, quero repetir pra não esquecermos.

Quereis que o Senhor vos dê muitas graças? Visitai-o muitas vezes no Sacrário.

Quereis que Ele vos dê poucas graças? Visitai-o raramente.

Quereis que o demônio fuja de vós? Visitai a Jesus muitas vezes.”

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Você conhece o rosário eucarístico?

28, outubro, 2010 4 comentários

“A Igreja vive de Jesus Eucarístico, por ele é nutrida, por ele é alimentada. A Eucaristia é mistério de fé e, ao mesmo tempo, mistério de luz. Este “mysterium fidei” que se realiza na Eucaristia: o mundo saído das mãos de Deus criador volta a ele, redimido por Cristo. João Paulo II, Ecclesia de Eucharistia (6 e 8)”

Vinde ó Deus, em meu auxílio.

Senhor, socorrei-me sem demora.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio agora e sempre. Amém.

I Mistério Eucarístico

Contemplamos Jesus Cristo que instituiu o Santíssimo Sacramento para nos recordar a sua paixão e morte. “O pão que eu vos darei é a minha carne, para a vida do mundo. “ (Jo, 6, 51)

Pai nosso…

Graças e louvares se dêem a cada momento, a Jesus no Santíssimo Sacramento. (10 vezes).

II Mistério Eucarístico

Contemplamos Jesus Cristo que Instituiu o Santíssimo Sacramento para permanecer conosco todos os dias da nossa vida.“Eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo.” (Mt 28,20)

Pai nosso…

Graças e louvares se dêem a cada momento, a Jesus no Santíssimo Sacramento. (10 vezes).

III Mistério Eucarístico

Contemplamos Jesus Cristo que instituiu o Santíssimo Sacramento para perpetuar o seu sacrifício por nós, até o fim do mundo. “Fica conosco, Senhor, porque já é tarde e o dia declina.” (Lc 24,29)

Pai nosso…

Graças e louvores se dêem a cada momento, a Jesus no Santíssimo Sacramento. (10 vezes)

IV Mistério Eucarístico

Contemplamos Jesus Cristo que instituiu o Santíssimo Sacramento para fazer-se alimento e bebida da nossa alma.

Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim Jamais terd fome e aquele que crê em mim jamais terá sede.” (Jo 6,35)

Pai nosso…

Graças e louvores se dêem a cada momento, a Jesus no Santíssimo Sacramento. (10 vezes)

V Mistério Eucarístico

Contemplamos Jesus Cristo que instituiu o Santíssimo Sacramento para visitar-nos no momento da nossa morte, para levar-nos ao paraíso. “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna.” (Jo 6,54)

Pai nosso…

Graças e louvores se dêem a cada momento, a Jesus no Santíssimo Sacramento. (10 vezes).

Hoje é quinta-feira de adoração, vamos reservar uns minutos para adorar o nosso Senhor.

SAgrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Você pode voar como a águia

27, outubro, 2010 Sem comentários

 Isaías 40,31

Mas aqueles que contam com o Senhor renovam suas forças; ele dá-lhes asas de águia. Correm sem se cansar, vão para a frente sem se fatigar.”

Você sabe porque asas de águia? as asas da águia são em sua extensão de envergadura muito maior do que o seu próprio corpo. Ela tem em suas asas uma extensão maior que a sua necessidade.

Quando esperamos no Senhor Ele próprio redobra as nossas forças, quem espera no Senhor alcança.

E porque voar tambem como a águia? a águia nunca faz o mesmo vôo, ela sempre supera o vôo anterior. Sempre quando se lança em vôo, este vôo é superado. Se no dia anterior ela voou a 100 metros de altura, hoje ela voará 101 metros. Ela sempre vai além do seu vôo.

Como Deus é o doador de toda graça e bençãos Ele vai além sempre de nós e das nossas espectativas.

E ter olhos de águia? a águia tem a capacidade de ver a 360º, ela tem uma visão tridimensional. E não somente o campo de visão da águia é maior, como também é melhor, ela da altura que está consegue ver o menor alvo no chão. Embora a águia tenha esta capacidade de visão tão grande, ela não tem as suas vistas ofuscadas pelo brilho do sol.

Deus nos dá discernimento, nos ensina ver além da montanha, saber ver os sinais da sua presença nos fatos e acontecimentos.

E porque os pés? Mesmo que a águia esteja voando o mais alto que for, seus pés estão firmes no chão. São apenas quatro dedos, mas devido a sua força e agilidade, conseguem agarrar firme as suas presas e levar o alimento para o seu ninho.

Deus nos sustenta, nos dá agilidade, firmeza. Por isso precismaos sermos firmes no Senhor.

A águia é fiel ? A águia como pouquíssimos animais que existem, mantêm um único parceiro em toda a sua existência.

Deus nos quer fiéis a ele, e contamos com seu Espírito que nos ajuda e nos impulsiona a voar, ver, correr,e ser fiel como a águia.

Essa vai para todos do Coral Canção Nova

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.

Categories: Diversos Tags: , , , , , , , , ,

É hora da Misericórdia

27, outubro, 2010 20 comentários

Em 1933, Deus ofereceu a Irmã Faustina uma impressionante visão de Sua Misericórdia. A Irmã nos conta: “Vi uma grande luz, e nela Deus Pai. Entre esta luz e a Terra vi Jesus pregado na Cruz de tal maneira que Deus, querendo olhar para a Terra, tinha que olhar através das chagas de Jesus. E compreendi que somente por causa de Jesus Deus está abençoando a Terra.”

Jesus disse à Santa Irmã Faustina:

Às três horas da tarde implora à Minha Misericórdia, especialmente pelos pecadores, e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora de grande Misericórdia para o mundo inteiro…
Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir em nome da Minha Paixão.”(Diário no. 1320)

Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires o bater do relógio, às três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-a e glorificando-a. Invoca a sua onipotência em favor do mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento ela está largamente aberta para cada alma. Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros. Naquela hora, o mundo inteiro recebeu uma grande graça: a Misericórdia venceu a Justiça.
Procura rezar nessa hora a Via-Sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e se não puderes rezar a Via-Sacra, entra ao menos por um momento na capela, e adora a meu Coração, que está cheio de Misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento.” (Diário, no. 1572)

Com dos desafios do desenfreado corre corre que ninguem tem tempo para nada, devemos nos aletar para a hora e o tempo de Deus em nossas vidas.

Sagrado Coração de Jesus eu confio e espero em vós.