Arquivo

Arquivo de setembro, 2011

"Quem como Deus"

29, setembro, 2011 Sem comentários

“Quem como Deus” este é o grito que ecoa quando invocamos São Miguel Arcanjo. Ele é a ação do próprio Deus que vem em auxilio de todos aqueles que o invoca.

Posso testemunhar a intervenção do Senhor em minha vida em tantos momentos de tribulações e horror quando o Arcanjo Miguel veio combater em meu favor. São Miguel Arcanjo como perfeito Adorador do Verbo Divino nos ensina a Adorar o Senhor, e na Adoração a Jesus Sacramentado os Anjos o adoram conosco, desta forma saímos fortalecidos para as batalhas diárias que enfrentamos constantemente.

Que no dia do Arcanjo Miguel possamos como ele Adorar a Jesus e em todas as situações clamarmos…“Quem Como Deus”.

“São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio.Ordene-lhe Deus, o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Vós, príncipe dos exércitos celestes, vencedor do dragão infernal, recebestes de Deus força e poder para aniquilar, pela humanidade, a soberba do príncipe das trevas. Insistentemente vos suplicamos que nos alcanceis de Deus a verdadeira humildade de coração, uma fidelidade inabalável no cumprimento contínuo da vontade de Deus e uma grande fortaleza no sofrimento e na penúria. Ao comparecermos perante o tribunal de Deus, socorrei-nos para que não desfaleçamos. São Miguel Arcanjo, defendei-nos e protejei-nos. Amém!”

Categories: Devocional Tags:

Padre Pio amigo de Jesus

23, setembro, 2011 1 comentário

Hoje é dia de São padre Pio de Pietrelcina.

Um homem que não teve medo de se doar a Jesus e testemunhar em sua vida Jesus vivo e vivido. Este é o segredo da vida dos santos para nós que o admiramos: seu testemunho no seguimento a Nosso Senhor Jesus Cristo.

Padre Pio não teve medo do sofrimento, amou tanto a Jesus e tinha plena convicção de que era amado pelo Senhor que trazia em sua vida as marcas do sofrimento mais exalava só alegria. Esta alegria que é fruto do Espírito Santo de Deus. Por isso que ele se entregava ao trabalho do Senhor na ajuda as almas sofredoras, sendo canal de misericordia a tantas que através dele encontrou-se com Jesus.

“As  almas pecadoras necessitam uma regeneração total. Jesus disse que haverá mais  alegria no Céu por um pecador arrependido do que por noventa e nove justos! Essa  afirmação é verdadeiramente reconfortante para os que desgraçadamente pecaram mas desejam se regenerar e voltar a Jesus.” (Pe. Pio)

São padre Pio. Rogai por nós!

Categories: Devocional Tags:

A parábola das ferramentas

16, setembro, 2011 Sem comentários

Cada um tem o seu valor e importancia

Há muito tempo atrás, em uma carpintaria, quando todo o trabalho havia acabado, as ferramentas começaram a conversar entre si. Elas discutiam para saber qual delas era a mais importante para o carpinteiro. – continue lendo>

Oração da Santa Cruz

14, setembro, 2011 1 comentário

Deus te salve, Santa Cruz, onde Cristo foi crucificado

e onde me penitencio da minha vida de pecados,

benzendo-me com o sinal da cruz (fazer o sinal da cruz).

Santa e Sagrada Cruz onde Cristo foi crucificado,

ampara-me e salva-me dos pecados mortais,

das presas dos bichos, das flechas dos índios,

dos naufrágios e das febres,

do poder do demônio, do inferno,

das chamas do purgatório

e do poder dos meus inimigos materiais e espirituais.

Livra-me Santa Cruz das guerras e da morte violenta,

das pestes, das dores e das humilhações,

dos acidentes e dos suplícios,

dos sofrimentos físicos e espirituais,

de todas as doenças e das aflições e tormentos,

em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo

(fazer de novo o sinal da cruz).

Guarda-me, Santa Cruz,

na hóstia santa e consagrada,

no cálice bento,

no manto da virgem e no sudário de Cristo

para que nenhum raio ou veneno me atinjam,

nenhum instrumento ou animal me ofendam,

nenhum olho me afete ou faça mal,

nenhum ferro ou aço, ou bala me corte as carnes.

Santa Cruz, onde Cristo foi crucificado

e onde escorreu seu santo sangue,

pela última lágrima de Seu corpo,

pelo último suspiro do seu corpo,

que todos os meus pecados e crimes

sejam perdoados e que nenhum braço me tolha,

nem laço me prenda, nem ferro me detenha.

Toda a chaga em meu corpo

será curada pelo poder do sangue de Cristo,

escorrido em ti, Santa Cruz.

Todo o mal que se aproximar de mim será crucificado em ti,

como Cristo o foi.

Toda maldade contra mim será enterrada a seus pés.

Encanta-me, Santa Cruz,

pelo poder de Jesus Cristo,

para que eu seja protegido

contra todo poder

e a força da justiça esteja do meu lado.

Para que eu seja salvo da morte e da desgraça,

para que prisões não me segurem

e para que a sorte seja minha companheira.

Contigo, em Cristo e na Glória do Pai

eu andarei e me salvarei,

serei procurado, mas não serei achado,

serei caçado, mas não serei ferido,

serei alvo, mas não serei caça.

Quando me procurarem na terra,

estarei no ar.

Quando me quiserem no ar,

me esconderei na água.

Quando me buscarem na água,

estarei me aquecendo ao fogo santo da Santa Cruz,

na Glória de Deus Pai Todo-poderoso,

do Filho e do Espírito Santo.

Amém.

A Parábola do Lápis

6, setembro, 2011 2 comentários

O fabricante de lápis falou com cada um de seus lápis: “Há cinco coisas que você precisa saber antes de eu lhe enviar para o mundo. Sempre se lembre delas e se tornará o melhor lápis que pode ser:

    1) você fará grandes coisas, mas só se estiver seguro na mão de alguém;

    2) você experimentará um doloroso processo de ser afiado de vez em quando, mas é necessário se quiser tornar-se um lápis melhor;

    3) você pode corrigir qualquer mal-entendido que ocasionar;

    4) a sua parte mais importante sempre estará do lado de dentro;

    5) não importa a condição, continue a escrever; sempre deixe uma marca clara e legível, mesmo nos dias difíceis”. Todos prometeram lembrar-se sempre disso e entraram na caixa.

    Compreendiam plenamente o propósito do fabricante. Cada um de nós é como um lápis.

    1) Deus é o nosso Criador e precisamos estar sempre seguros em suas mãos para cumprirmos o propósito da vida. Somente assim, poderemos fazer grandes coisas para Ele.

    2) Às, vezes, Deus nos corta, nos limita, nos prova, nos deixa passar por momentos duros. Assim, Ele nos afia para melhor escrevermos as coisas que Ele quer.

    3) Deus pode mudar qualquer coisa em sua criatura. Pertencemos a Ele e, assim, mesmo que erremos, Ele nos perdoa e nos ensina a recomeçar. Se quebrarmos, Ele nos faz de novo para sua honra e glória.

    4) Seu coração, sua mente, seus desejos, são mais importantes do que o exterior. Viva por ser e não apenas ter ou aparecer. Distribua amor e carinho àqueles que necessitam.

    5) Não importa o tamanho da angústia que vier, continue escrevendo. Não importa o valor do lápis, o importante é que ele escreva e o que está sendo escrito através dele. Está é a sua função: escreva a mensagem de amor de Deus onde Ele levá-lo.