Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Diversos’

Terço de Nossa Senhora da Piedade / Pietá

30, dezembro, 2015 1 comentário

“A piedosa mãe com o filho morto no colo”

is

Inicia a oração com:

Creio

Pai nosso

Três Ave Maria

Nas contas do Pai nosso rezar: Oh, Virgem da Piedade, Mãe do onipotente Deus, dai-me luz e claridade, seja pelo amor de Deus,vós aflita e consternada chegaste ao pé da cruz. Eu aflita e angustiada chego à vós mãe de Jesus. Aflita foste senhora, aflita ao pé da cruz, aflita me vejo agora, valei-me mãe de Jesus.

Nas contas da Ave Maria rezar: Valei-me mãe de Jesus.
Salve Rainha
Oferecimento: Maria Virgem da Piedade, eu vos ofereço este terço e vos peço pela dor que sofrestes quando recebestes em vossos sagrados braços, o corpo do Vosso Santíssimo Filho,sem terdes toalhas em que o envolvesse e um sepulcro em que o depositasse, que me atendais e alcanceis a graça (pedir a graça). Tenhais compaixão de mim, pois minha luz e meu protetor é Jesus. Portanto valei-me Jesus, Maria e José. Amém.

sepulcro

Onde teus amigos te leva?

14, abril, 2015 Sem comentários

“Jesus viu a fé de seus amigos”

o-paralitico-cafarnaum

O capitulo 2 do Evangelho de Marcos que narra a cura do paralítico é muito interessante porque foi a atitude de fé dos amigos do paralítico que fez a diferença. E vendo esta realidade fiquei pensando justamente na atitude dos amigos. Onde os amigos tem nos levado? qual a atitude dos meus amigos, são atitudes de fé, meus amigos tem uma visão profética das coisas e das situações para me levar a Jesus?

Os amigos do paralítico creram que Jesus podia fazer algo na vida do seu amigo e  com  fé e atitude subiram o telhado, abriram um buraco e por lá desceram com a maca onde o carregavam. A cura começou primeiramente no coração dos amigos que não viram dificuldades e lançaram-se ao extremo naquele momento para ajudar o amigo. “Jesus viu a fé dos amigos” e atinge de cheio a mais profunda necessidade daquele homem que era o perdão dos seus pecados. E  Jesus sabendo da real necessidade da nossa alma diz ao paralitico, filho teus pecados estão perdoados.

Jesus que sonda os corações sabe do questionamento dos escribas e tantos outros que ali estavam, e com tranquilidade diz: “o que é mais fácil dizer, teus pecados estão perdoados ou levante e anda? Ora pra que saibas o poder  concedido ao Filho do Homem, eu te ordeno: levanta-te toma a tua maca e vai para casa. E no mesmo instante o homem levantou, pegou a sua maca e foi para casa a vista de todos.

Os pecados que paralisava aquele homem já não tinha mais poder sobre ele, agora ele mesmo carrega a sua maca e seus amigos que deram o passo da fé, glorifica a Deus e voltam para casa felizes, com a vida transformada.

Muitas vezes precisamos da força e ajuda de amigos da fé e eles existem estão por ai, não podemos ficar no pessimismo achando que que não vale a pena ter amigos por causa de uma decepção, é preciso se abir a novas experiências porque seremos sempre surpreendidos.

Oremos

Senhor eu te agradeço por todas as pessoas que passaram na minha vida, das que foram em momentos rápidos mais intensos, assim como as velhas amizades que trago no coração.

Obrigada pela vida de cada um em particular, obrigada pelo momento em que cai e logo um Cirineu me acudiu, obrigada por aqueles que estão longe mais que nunca deixaram de ser amigos.

Amém

Ser misericordioso como o Pai é misericordioso

12, abril, 2015 Sem comentários

“O Pai perdoa toda a dívida também devo perdoar a todos”

Mt_18,21-35

Gosto muito da passagem bíblica de Mateus 18,23-35 que relata a parábola do servo cruel, onde nos mostra que o reino dos céus é feito de perdão e não de vingança, e Jesus nos conta: havia um reino onde o Rei quis ajustar as contas com seus servos, trouxeram-lhe um servo que devia uma fortuna incalculável, este servo porém lançando-se aos pés do Rei implorou pelo seu perdão, e o Rei tomado de compaixão pelo servo, perdoou-lhe a dívida. Apenas saiu dali este servo encontrou um companheiro que também lhe devia uma quantia bem pequena. Agarrou-o e disse ao companheiro: pague o que me deves! o companheiro caiu por terra e implorou para que ele desse um tempo para pagar a dívida, mas o servo não querendo saber, mandou lançar na prisão o companheiro que lhe devia.

A dívida que todos nós temos com Deus é incalculável, mas Deus na sua infinita misericórdia nos perdoa, perdoa por pura graça, Deus é infinitamente bom. Enquanto nós uns para com os outros  devemos quantidades mínimas e negamos muitas vezes o perdão.

Deus nos abre a graça do seu perdão de uma maneira jamais esperada, e quem experimenta da misericórdia do Pai não pode ir calculando os limites do perdão e a acolhida dos irmãos. As situações de relacionamentos feridos e machucados só serão aliviadas em nossas vidas pelo perdão. A lei da vingança aprisiona, o perdão liberta.

Neste Tempo da Misericórdia  experimentando o perdão e a misericórdia do Pai, também é preciso se lançar para ser misericordioso com os outros com o próximo.

130097614369

“O perdão é a manifestação da misericórdia de Deus agindo em nós.”

Jesus Misericordioso fazei o meu coração semelhante ao teu, que saiba perdoar.

É necessário vigiar na oração

15, novembro, 2014 Sem comentários

“Sede perseverantes, sede vigilantes na oração, acompanhada de ações de graças”. Cl 4,2

perseverai_em_oracao1

Um  combatente recebe um treinamento especial, e nós que somos chamados a combater pela oração precisamos está cientes que a perseverança e a vigilância são elementos essenciais no combate.

Quem é orante vigia, quem é orante persevera. A perseverança é o segredo dos fortes, é o que sustenta os joelhos dos combatentes que em ordem de batalha não tem medo de atacar o inimigo com esta arma tão poderosa que é a oração. Quado oramos nas batalhas é o Próprio Deus que luta por nós, por isso que a vitória é certa e acontece dentro do plano do grande estrategista de guerra que é o Espírito Santo.

batalla-espiritualNesta guerra a espada da verdade que é a Palavra de Deus precisa está em punho,  precisa transforma a nossa vida, ou melhor a nossa vida precisa falar desta arma “A Palavra de Deus”. A Palavra nos leva a perseverança e a oração.

Neste combate é preciso está com o cinturão da verdade, o pai da mentira é satanás e para desmascará-lo vamos ao encontro do sacramento da confissão que é a luz da verdade de Cristo sobre nós.

A couraça da justiça, deixar Deus governar nossos impulsos e buscar a sua paz.

Calçados de prontidão para anunciar o Evangelho de Cristo e colocar o capacete da salvação assumindo o Senhorio de Jesus em nossas vidas.

Se em Cristo somos tentados, em Cristo receberemos a Vitória!

Amém!

Rezar na hora das aflições

11, outubro, 2014 8 comentários

 Pois todo aquele que pede, recebe; aquele que procura, acha; e ao que bater, se lhe abrirá. (Lc 11,9)

oracao

Terço para rezar nas horas de aflições

Início: Sinal da Cruz

             Creio

             Três Ave Maria

Nas contas do Pai Nosso: Mãe quando tu perdeste o teu filho foi grande a tua aflição, vinde em meu auxílio e de mim tem compaixão.

Nas contas da Ave maria: Nossa Senhora mãe dos aflitos socorrei-me nesta situação.

No final: Reza a Salve Rainha

Este terço foi uma experiência que Maria Santana (minha mãe) do Ministério de Intercessão Santa Mãe de Deus e 2º elo da Frente de Missão da Comunidade Canção Nova em Vitória da Conquista fez num momento de dificuldade, e pela insistência na oração alcançou a graça e a benção pela intercessão da Virgem Maria Mãe dos aflitos.

Deixe seu pedido de oração

A intima alegria de Maria

23, abril, 2014 Sem comentários

“O testemunho da ressurreição traz a verdadeira alegria da alma” 

images

Alegrai-vos irmãos e irmãs é Páscoa!

Neste tempo de alegria pascal precisamos buscar no Espírito a mesma alegria que a Virgem Maria sentiu em sua alma na ressurreição de seu Filho Jesus. Ela o acompanhou até o calvário sustentada pelo Pai e não perdeu a esperança.

Quantas vezes caminhamos mas sem esperança se arrastando nas dificuldades e deixando que a alegria interior seja abafada? Quando perdemos a esperança a alegria já não existe mais no coração. A esperança é a chama acesa da alegria na alma. Maria ficou com os discípulos após a morte de Jesus mas no silencio do coração contemplava a Vitória de Cristo cumprindo a vontade do Pai e não perdeu a esperança.

Que a Virgem Maria nos ensine caminhar  neste vale de lágrimas, mas com passos firmes e na certeza de que a firme esperança no Cristo Ressuscitado nos anime e alegre a nossa alma.

Oremos

Rainha do céu alegrai-vos! Aleluia!

Porque quem merecestes trazer em vosso seio, Aleluia!

Ressuscitou como disse, Aleluia!

Rogai a Deus por nós, Aleluia!

Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria! Aleluia!

Porque o Senhor Ressuscitou verdadeiramente! Aleluia!

 

Eu vi o sepulcro vazio

20, abril, 2014 Sem comentários

“Onde está, ó morte, a tua vitória?” (I Cor 15,55)

tumulo_da_ressurreicao-theresurrectionofthechr

Quando fui em peregrinação a Terra Santa fiquei na expectativa da visita ao Santo Sepulcro, foram longas três horas de espera. Quando me curvei e entrei no túmulo frio e escuro vi aquela pedra que fora testemunha da Ressurreição, beijei-a e fui tomada de uma enorme alegria, O Senhor não estava lá, Ele ressuscitou, está Vivo e é o Senhor.

Em pouco tempo lembrei-me de todas as situações de pecado e de morte que passei, em todos os sentimentos  de derrota que abateram meu coração ao longo de minha vida, inclusive a depressão. E ali coloquei todo o meu pecado, medos, inseguranças, sentimentos de morte, fracasso e depressão, e disse ao Senhor que Venceu tudo isso:

“Contigo sou vencedora Senhor, com a tua graça tenho força na luta contra o pecado. Não ficastes no sepulcro, venceu a morte, por isso o medo não pode me dominar. Tu és Senhor e Deus por isso as inseguranças de minha vida sede lugar a confiança em Ti. Vencestes a morte, ó morte onde está a tua vitória? contigo Senhor vivo, e vivo na certeza que não ficarei no tumulo ressuscitarei contigo no ultimo dia. A tua vitória está sob meus fracassos e depressão, a tua vitória não deixa que eu pare nas minhas limitações, a tua vitória é a motivação para eu levantar sempre. Que a força da tua ressurreição me fortaleça e seja o motivo da minha alegria. Amém” 

JESUS ESTA VIVO

No caminho da paixão

18, abril, 2014 Sem comentários

“e”

IMAGEM FORTE.1

Quero começar lembrando aquela mulher que entrou na casa de Simão o leproso. Estando Jesus a mesa, ela leva um vaso de alabastro e derrama na cabeça e nos pés de Jesus, ungindo-o com perfume. E fico pensando no despojamento daquela mulher que sabendo que Jesus estava ali, sem respeito humano com um gesto de profunda humildade unge Jesus com o melhor perfume da época. Este exemplo é para nos ensinar a sermos mulheres humildes e desprendidas, que dê o melhor do que tem e de si a Jesus, sem medo e sem reservas.

Oremos: Senhor ensina-se a ser humilde, a te buscar e dá a ti o meu melhor, aquilo que tenho de melhor no meu coração na minha vida eu entregue a ti Senhor, para que tu possas realizar a transformação que eu preciso meu Senhor e meu Deus. Amém

E neste mesmo capítulo quatorze do Evangelho de Marcos, relata a orientação de Jesus que envia os seus discípulos a uma casa onde Jesus vai passar a festa do pão ázimo. Os discípulos vão e encontra a casa como Jesus falou, e lá preparam as coisas para a ceia. Fico pensando nas tarefas que são próprias das mulheres e que o evangelho não cita e nem precisaria citar. Pois eram as mulheres que limparam a sala, arrumaram a mesa, colocaram os pratos, copos, levaram a jarra de vinho e fizeram o pão ázimo. As mãos que amassaram a farinha colocou o pão no fogo para assar e levou a mesa. As mulheres do altar que preparam tudo para que o Senhor venha a nós e se dê como alimento. Não podemos deixar de cuidar dos pequenos detalhes que fazem parte de nossa vida e que é essencial. Naquela ceia o simples pão, feito pela mão de uma mulher que ninguém nem sabe o nome, foi transubstanciado em Corpo de Jesus. As mãos daquela mulher ou daquelas mulheres fizeram aquele pão e aquele pão tornou-se alimento que nos sustenta para a vida eterna.

Oremos: Senhor dai-me a graça de ser discreta, que realize as coisas com simplicidade, que eu saiba cuidar dos pequenos detalhes. Que eu saiba viver no anonimato, que eu seja uma mulher do Altar. Do Altar de Deus onde Jesus se dá no Pão e no Vinho em seu Corpo e Sangue.

paixao-de-cristo04

O encontro dos encontros, Jesus encontra-se com sua Mãe que sentido o coração traspassado pela lança ao ver seu Filho Deus redimindo a humanidade carregando a sal cruz em meio a chicotadas, gritos, blasfêmia, e algazarras sofre ainda mais por ver seu coração de mãe doido pelos pobres filhos que são cada um de nós pecadores. Tudo isso porque Jesus partilha a sua dor com sua mãe que guarda tudo no coração.

Oremos: Senhor misericórdia, tende piedade de nós pecadores que não sabemos compartilhar, que reclamamos de tudo e de todos. Ensina-nos, hó mãe a ser silenciosa como tu, com o coração centrado unicamente no Senhor.

Maria Dolorosa2

Naquele caminho doloroso sem medo dos soldados uma mulher chega perto de Jesus e enxuga seu rosto. Rosto desfigurado, marcado pelo sofrimento e pela dor, era uma ferida só o rosto do Salvador. O significado do nome “Verônica” é “sua marca no mundo”, ai entendemos o porquê que aquela mulher rompeu como o medo, consigo mesma e toca com um pano o rosto de Jesus, e ali fica a marca do Rosto que salvou o mundo.

Oremos: Senhor dai-me a graça para que eu rompa com o pecado, e que eu possa ser expressão de tua face no mundo. Por isso vem curar o me semblante marcado pelo sofrimento, pela angustia, pela dor e que precisa do teu toque, cura o meu semblante Senhor e que o meu semblante possa está configurado com o Teu.

?????????????????????

 Levando a sua cruz a caminho do calvário, Jesus encontra-se com mulheres que choram ao ver o seu suplício. E Jesus que é consolo, as conforta com o olhar de dor e diz: “não chores por mim, chorai antes por vós e vossos filhos.”

Oremos: Senhor ensinai-me a ter um coração humilde e compassivo, que eu possa Senhor reconhecer os meus pecados e os horrores do mal que pratico. Que eu chore os meus pecados e tenho um sincero arrependimento e busque ir ao teu encontro todos os dias de minha vida.

Nossa-Senhora-da-Piedade

Venha o Teu Reino

25, novembro, 2013 Sem comentários

“O Reino de Jesus não é deste mundo”

venha_teu_reino_Senhor

Festa de Cristo Rei do Universo.

Jesus é a imagem de Deus, Ele é Nosso Rei e Senhor e veio neste mundo para instaurar o seu Reinado em nossas vidas. Um reino tem suas leis e a lei que rege o Reino de Deus é o “Amor”.

Por isso na oração do Pai Nosso Ele nos ensina pedir a Deus “Venha a nós o Vosso Reino”. Jesus veio e mostrou que os valores do Reino de Deus é a justiça, a paz, a reconciliação e o amor entre os homens, mas o mundo não reconheceu o Reino que Jesus revelou. Vivemos numa constante luta entre o Reino de Deus que Jesus revelou e o reino deste mundo com a discórdia, divisão e a vingança. O Reino de Deus começa em nossa casa, em nossa rua, no trabalho e assim por diante. O Reino de Deus começa no coração e perpassa as nossas atitudes. “Venha a nós Senhor o Teu Reino e seja feita a Tua Vontade.”  O Reino veio e se revelou agora é preciso fazer a sua vontade sendo  instrumentos de justiça, paz e amor.

Oremos:

Pai nosso que estais no céu, santificado seja o Vosso Nome. Venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixai cair em tentação mais livrai-nos do ma. Amém.

Creio Senhor

23, novembro, 2013 Sem comentários

“Creio Senhor mais aumentai a minha fé”

imagesCAOL5KVN

Termina o ano da fé  mas não pode terminar a busca diária de  Jesus Cristo em nossas vidas. O evangelho de Marcos 9,14-25 nos mostra a história de um pai que vem atrás de Jesus e traz o seu filho que  é atormentado pelo demônio. Este homem diz a Jesus: “…se tu podes alguma coisa, compadece-te de nós.”

E a resposta de Jesus é clara: “Tudo é possível ao que crê.” 

Creio! exclamou aquele homem  diante de Jesus mas afirmando “vem em socorro a minha falta de fé” 

A fé não é sentimento é crê no que não se vê. Por isso é necessário buscar a Jesus e pedir ao Espírito Santo que mantenha Jesus Vivo dentro do coração, e o fruto da ação de Jesus em nós é a fé.

Fazer como aquele homem que reconheceu que precisava de Jesus para vim socorrer sua pouca fé. A  falta de fé que muitas vezes temos mas não pedimos socorro àquele que socorre “Jesus”.

Jesus é o socorro certo, aquele que dá a mão a nós na hora em que precisamos ser socorridos na fé.

Oremos:

Jesus eu creio em Ti, mas vem em socorro a minha falta de fé. Quantas vezes vacilo Senhor, quantas vezes me comporto com frieza diante das dificuldades e esqueço que só Tu és o Socorro.

Vem Senhor em socorro a minha falta de fé, e aumenta a minha fé e minha esperança. Amém