Arquivo

Textos com Etiquetas ‘calvário’

Terço de Nossa Senhora da Piedade / Pietá

30, dezembro, 2015 1 comentário

“A piedosa mãe com o filho morto no colo”

is

Inicia a oração com:

Creio

Pai nosso

Três Ave Maria

Nas contas do Pai nosso rezar: Oh, Virgem da Piedade, Mãe do onipotente Deus, dai-me luz e claridade, seja pelo amor de Deus,vós aflita e consternada chegaste ao pé da cruz. Eu aflita e angustiada chego à vós mãe de Jesus. Aflita foste senhora, aflita ao pé da cruz, aflita me vejo agora, valei-me mãe de Jesus.

Nas contas da Ave Maria rezar: Valei-me mãe de Jesus.
Salve Rainha
Oferecimento: Maria Virgem da Piedade, eu vos ofereço este terço e vos peço pela dor que sofrestes quando recebestes em vossos sagrados braços, o corpo do Vosso Santíssimo Filho,sem terdes toalhas em que o envolvesse e um sepulcro em que o depositasse, que me atendais e alcanceis a graça (pedir a graça). Tenhais compaixão de mim, pois minha luz e meu protetor é Jesus. Portanto valei-me Jesus, Maria e José. Amém.

sepulcro

A intima alegria de Maria

23, abril, 2014 Sem comentários

“O testemunho da ressurreição traz a verdadeira alegria da alma” 

images

Alegrai-vos irmãos e irmãs é Páscoa!

Neste tempo de alegria pascal precisamos buscar no Espírito a mesma alegria que a Virgem Maria sentiu em sua alma na ressurreição de seu Filho Jesus. Ela o acompanhou até o calvário sustentada pelo Pai e não perdeu a esperança.

Quantas vezes caminhamos mas sem esperança se arrastando nas dificuldades e deixando que a alegria interior seja abafada? Quando perdemos a esperança a alegria já não existe mais no coração. A esperança é a chama acesa da alegria na alma. Maria ficou com os discípulos após a morte de Jesus mas no silencio do coração contemplava a Vitória de Cristo cumprindo a vontade do Pai e não perdeu a esperança.

Que a Virgem Maria nos ensine caminhar  neste vale de lágrimas, mas com passos firmes e na certeza de que a firme esperança no Cristo Ressuscitado nos anime e alegre a nossa alma.

Oremos

Rainha do céu alegrai-vos! Aleluia!

Porque quem merecestes trazer em vosso seio, Aleluia!

Ressuscitou como disse, Aleluia!

Rogai a Deus por nós, Aleluia!

Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria! Aleluia!

Porque o Senhor Ressuscitou verdadeiramente! Aleluia!

 

Nossa Senhora e seu martírio de dor

15, setembro, 2013 Sem comentários

“E uma espada transpassará a tua alma.” (Lc 2,35)

Nossa Senhora ouve essa profecia a seu respeito: “…uma espada transpassará a sua alma” (Lc 2,35) e o seu martírio de dor ultrapassa a compreensão humana porque ela se dar por amor. Para entender a sua dor é preciso entender o seu amor, amor por Jesus o Filho de Deus e amor pela humanidade.

Nossa Senhora ver seu Filho sofrendo em seu corpo, e o doloroso caminho do calvário é como se ela tomasse a dor do seu Filho em seu coração.

Nossa Senhora olhava Jesus sofrer e sentia as mesmas dores em sua alma, aquela palavra de profecia se cumpre neste caminho e ao chegar ao calvário onde seu Filho a entrega para ser a mãe da humanidade ela assume também as nossas dores e sofrimentos, e como não dizer que em nosso caminho, este vale de lágrimas podemos caminhar na certeza que ela nos ensina a ir em frente sem temer.

Nossa Senhora ficou de pé aos pés da cruz.

Nossa Senhora está ligada ao seu Filho, e diante da cruz  quão tamanha foi a sua dor ao ouvir o seu Filho dizer “Meus Deus, Meu Deus, porque me abandonastes”.  Ela está lá vendo seu Filho Deus morrer na cruz. E assim nos ensina que em meio as dores e sofrimentos sejamos solidários uns com os outros.

Nos momentos de dores e sofrimentos lembro das dores de Nossa Senhora e sempre rezo este terço que deixo abaixo pra você.

Oremos

TERÇO DAS LÁGRIMAS DE SANGUE.

ORAÇÃO INICIAL
Jesus crucificado, ajoelhados aos Vossos Pés, nós VOS oferecemos as Lágrimas de SANGUE Daquela que VOS acompanhou no Vosso caminho sofredor da Cruz, com intenso AMOR participante.
Fazei, ó BOM Mestre, que apreciemos ‘as lições’ que nos dão as Lágrimas de SANGUE da Vossa Mãe Santíssima, a fim de que cumpramos a Vossa Santíssima Vontade, aqui na terra, de tal modo que sejamos dignos de louvar-VOS no Céu, por toda a eternidade… AMÉM.

NAS CONTAS GRANDES
Ó Jesus, olhai para as Lágrimas de SANGUE! Daquela que mais vos AMOU no mundo, e VOS AMA mais intensamente no Céu…

NAS 7 CONTAS PEQUENAS
Ó Jesus, atendei as nossas súplicas, em virtude das Lágrimas de SANGUE da Vossa Mãe Santíssima!

MISTÉRIOS
1) A ‘espada de DOR’ a transpassar a SUA Alma, conforme a Profecia do velho Simeão no Templo.
2) A fuga da Sagrada Família para o Egito.
3) Nossa Senhora perde SEU DIVINO Filho por três dias.
4) O encontro com Nosso Senhor todo flagelado, e carregando a SUA pesadíssima Cruz às costas.
5) A bárbara crucificação e morte do SEU DIVINO Filho.
6) Nossa Senhora recebe em SEUS Braços o Corpo do SEU Filho todo chagado, e transpassado pela lança.
7) Nossa Senhora acompanha o Corpo do SEU DIVINO Filho à sepultura.

NO FIM REPETIR 3 VEZES
Ó Jesus, olhai para as Lágrimas de SANGUE! Daquela que mais VOS AMOU no mundo, e VOS AMA mais intensamente no Céu…

ORAÇÃO FINAL
Ó Maria, Mãe de AMOR, das Dores e de Misericórdia, nós VOS suplicamos, uni as Vossas súplicas às nossas, a fim de que Jesus, Vosso DIVINO Filho, a quem nos dirigimos em Nome das Vossas Lágrimas Maternais de SANGUE, SE digne conceder-nos as Graças, pelas quais VOS suplicamos, a Coroa da Vida Eterna…

Amém

Que as Vossas Lágrimas de SANGUE, ó Mãe das Dores, destruam as ‘forças do inferno’! Pela Vossa Mansidão DIVINA, ó Jesus Crucificado, preservai o mundo da perda ameaçadora…

Oração da Santa Cruz

14, setembro, 2011 1 comentário

Deus te salve, Santa Cruz, onde Cristo foi crucificado

e onde me penitencio da minha vida de pecados,

benzendo-me com o sinal da cruz (fazer o sinal da cruz).

Santa e Sagrada Cruz onde Cristo foi crucificado,

ampara-me e salva-me dos pecados mortais,

das presas dos bichos, das flechas dos índios,

dos naufrágios e das febres,

do poder do demônio, do inferno,

das chamas do purgatório

e do poder dos meus inimigos materiais e espirituais.

Livra-me Santa Cruz das guerras e da morte violenta,

das pestes, das dores e das humilhações,

dos acidentes e dos suplícios,

dos sofrimentos físicos e espirituais,

de todas as doenças e das aflições e tormentos,

em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo

(fazer de novo o sinal da cruz).

Guarda-me, Santa Cruz,

na hóstia santa e consagrada,

no cálice bento,

no manto da virgem e no sudário de Cristo

para que nenhum raio ou veneno me atinjam,

nenhum instrumento ou animal me ofendam,

nenhum olho me afete ou faça mal,

nenhum ferro ou aço, ou bala me corte as carnes.

Santa Cruz, onde Cristo foi crucificado

e onde escorreu seu santo sangue,

pela última lágrima de Seu corpo,

pelo último suspiro do seu corpo,

que todos os meus pecados e crimes

sejam perdoados e que nenhum braço me tolha,

nem laço me prenda, nem ferro me detenha.

Toda a chaga em meu corpo

será curada pelo poder do sangue de Cristo,

escorrido em ti, Santa Cruz.

Todo o mal que se aproximar de mim será crucificado em ti,

como Cristo o foi.

Toda maldade contra mim será enterrada a seus pés.

Encanta-me, Santa Cruz,

pelo poder de Jesus Cristo,

para que eu seja protegido

contra todo poder

e a força da justiça esteja do meu lado.

Para que eu seja salvo da morte e da desgraça,

para que prisões não me segurem

e para que a sorte seja minha companheira.

Contigo, em Cristo e na Glória do Pai

eu andarei e me salvarei,

serei procurado, mas não serei achado,

serei caçado, mas não serei ferido,

serei alvo, mas não serei caça.

Quando me procurarem na terra,

estarei no ar.

Quando me quiserem no ar,

me esconderei na água.

Quando me buscarem na água,

estarei me aquecendo ao fogo santo da Santa Cruz,

na Glória de Deus Pai Todo-poderoso,

do Filho e do Espírito Santo.

Amém.