O “Canção Nova Hits” é uma hora totalmente musical que reúne as músicas mais tocadas da semana.

CN HITS

O programa que era conhecido como “América Hits” é apresentado pela missionária da Comunidade Canção Nova, Amanda Martins. Todo domingo às 13h você confere as músicas que foram mais pedidas na sua Rádio América.

Conheça outros programas clicando aqui!

Rádio América, uma Canção Nova em sua vida!

Julho, mês do Preciosissimo Sangue de Jesus

O mês de julho é dedicado à devoção ao Preciosíssimo Sangue de Cristo, derramado pelo perdão dos nossos pecados. São João Batista apresentou Jesus ao mundo dizendo: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1,29). Sem o Sangue desse Cordeiro não há salvação.

Preciosissimo Sangue de Jesus

São Pedro ensina que fomos resgatados pelo Sangue do Cordeiro de Deus mediante “a aspersão do seu sangue” (1Pe 1, 2). “Porque vós sabeis que não é por bens perecíveis, como a prata e o ouro, que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver, recebida por tradição de vossos pais, mas pelo precioso Sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum, aquele que foi predestinado antes da criação do mundo.” (1Pe 1,19).

Valor infinito

O Sangue de Cristo representa a Sua vida humana e divina, de valor infinito, oferecida à Justiça Divina para o perdão dos pecados de todos os homens de todos os tempos e lugares. “Isto é meu sangue, o sangue da Nova Aliança, derramado por muitos homens em remissão dos pecados” (Mt 26, 28).

Em cada Santa Missa, a Igreja renova, presentifica, atualiza e eterniza esse sacrifício expiatório pela redenção da humanidade. Em média, quatro vezes por segundo essa oferta divina sobe ao céu em todo o mundo, nas Missas. O Sangue do Senhor nos libertou do pecado, da morte eterna e da escravidão do demônio. São Paulo diz: “Portanto, muito mais agora, que estamos justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5,9). Por Seu Sangue, Cristo nos reconciliou com Deus: “Por seu intermédio, reconciliou consigo todas as criaturas, por intermédio daquele que, ao preço do próprio sangue na cruz, restabeleceu a paz a tudo quanto existe na terra e nos céus” (Cl 1,20).

Reze com sua família

Senhor Jesus Cristo, em Vosso nome e com o poder de Vosso Sangue Precioso, selamos cada pessoa, fato ou acontecimento por meio dos quais o inimigo nos queira prejudicar. Com o poder do Sangue de Jesus, selamos toda potência destruidora no ar, na terra, na água, no fogo, abaixo da terra, nos abismos do inferno e no mundo do qual hoje nos movemos. Com o poder do Sangue de Jesus, rompemos toda interferência e ação do maligno. Nós Vos pedimos, Senhor, que envieis ao nosso lar e local de trabalho a Santíssima Virgem Maria acompanhada de São Miguel, São Gabriel, São Rafael e toda sua corte de santos anjos. Com o poder do Sangue de Jesus, lacramos nossa casa, todos os que nela habitam (nomear cada um), as pessoas que o Senhor a ela enviará, assim como todos os alimentos e os bens que generosamente nos concede para nosso sustento. Com o poder do Sangue de Jesus, lacramos terras, portas, janelas, objetos, paredes e pisos, o ar que respiramos, e na fé colocamos um círculo de Seu Sangue ao redor de toda nossa família. Com o poder do Sangue de Jesus, lacramos os lugares onde vamos estar, neste dia, e as pessoas, empresas e instituições com quem vamos tratar. Com o poder do Sangue de Jesus, lacramos nosso trabalho material e espiritual, os negócios de nossa família, os veículos, estradas, ares, ruas e qualquer meio de transporte que haveremos de utilizar. Com Vosso Preciosíssimo Sangue, lacramos atos, mentes e corações de nossa Pátria, a fim de que Vossa paz e Vosso Coração nela reinem. Nós Vos agradecemos, Senhor, pelo Vosso Preciosíssimo Sangue, pelo qual nós fomos salvos e preservados de todo mal. Amém.

Prof. Felipe Aquino

Fonte: formacao.cancaonova.com

Já programou o que você fará nas férias?

A Rádio América traz para você dicas de filmes que podem contribuir com a sua formação e entretenimento nas férias:

1ª Dica: Quarto de Guerra

Tony (T.C. Stallings) e Elizabeth (Priscilla Evans Shirer) formam um casal em crise de relacionamento. A filha pequena percebe que ambos estão à beira do divórcio, mas eles não conseguem chegar a um acordo. Tony e Elizabeth vivem um duelo interminável, até que a senhora Clara, uma nova cliente de Elizabeth, a desafia a guerrear pela sua família. Por meio da oração, ela permite que Deus batalhe por seu lar. Enquanto ela inicia seu quarto de guerra, Tony vivencia lutas internas, confirmando o que diz a senhora Clara, que as vitórias não se conquistam ao acaso.

Dicas de Filme

2ª Dica: Madre Teresa

Um filme belíssimo! Uma garota que aos 21 anos, respondendo ao chamado de Deus na sua vida, entra para um convento Calcutá. Onze anos mais tarde deixou este convento e começou a trabalhar nos bairros mais pobres da cidade, vindo a fundar em 1946, a Congregação das Missionárias da Caridade. Seu papel em favor dos mais necessitados rendeu a Madre Teresa o Prêmio Nobel da Paz e o reconhecimento de seu trabalho no mundo. E ganhou a maior das coroas: a SANTIDADE! Hoje é conhecida como a santa dos pobres mais pobres.

3ª Dica: Antes de Partir

Encontre a alegria de viver! Carter Chambers (Morgan Freeman) é um homem casado, que há 46 anos trabalha como mecânico. Submetido a um tratamento experimental para combater o câncer, ele se sente mal no trabalho e com isso é internado em um hospital.  Edward também está com câncer e, após ser operado, descobre que tem poucos meses de vida. O mesmo acontece com Carter, que decide escrever uma “lista“, algo que seu professor de filosofia na faculdade passou como trabalho muitas décadas atrás. A lista consiste em desejos que Carter deseja realizar antes de morrer. Ao tomar conhecimento dela Edward propõe que eles a realizem, o que faz com que ambos viagem pelo mundo para aproveitar seus últimos meses de vida. Durante todo o filme, várias frases chamam a atenção e nos fazem refletir sobre o nosso ponto de vista quanto a diversos assuntos. A duração da vida, o que as pessoas fazem com ela, o que faz valer a pena estar aqui, qual o sentido que damos para a nossa vida… são assuntos que vale a pena serem refletidos!

4ª Dica: Milagres do Céu

O filme Milagres do Céu se baseia na história real de Annabel Beam (interpretada por Kylie Rogers) e sua mãe Christie (Jennifer Garner). Annabel sofre intensas dores e é diagnosticada com uma doença rara que a torna incapaz de comer e totalmente dependente de tubos de alimentação. A dura jornada de médicos, hospitais e oração se inicia na luta para estabilizar a doença. Um dia, enquanto brincava subindo em árvores com as irmãs, Anna cai de cabeça dentro de uma árvore oca. O acidente aumenta ainda mais a angústia dos pais em relação à vida de Anna, e a dificuldade de socorrer a filha, presa dentro da árvore, faz com que a família acione os bombeiros. É surpreendente o desfecho, pois se trata de uma mistura de fé, emoção e amor.

5ª Dica: Deus NÃO está morto 2

Grace Wesley (Melissa Joan Hart) é uma professora cristã que, ao responder uma pergunta feita por uma de suas alunas, Brooke (Hayley Orrantia), acaba falando sobre Jesus Cristo em plena sala de aula. Tal situação lhe rende um processo administrativo impulsionado pela diretora Kinney (Robin Givens), que não quer que assuntos religiosos sejam tratados dentro da escola. Após se recusar a pedir desculpas pelo ocorrido, Grace é processada pelos pais de Brooke, que acreditam que a polêmica em torno do julgamento possa facilitar a entrada da garota em uma universidade de prestígio.

Boas férias!

Rádio América, uma Canção Nova em sua vida!

Hora da Misericórdia na América

A Rádio América seguindo o apelo de Jesus a Santa Faustina deseja levar você a uma experiência profunda com a Misericórdia do Senhor através do Programa Encontro com a Misericórdia: “Às três horas da tarde implora à Minha Misericórdia, especialmente pelos pecadores, e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora de grande Misericórdia para o mundo inteiro. Permitirei que penetres na Minha tristeza mortal. Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir em nome da Minha Paixão.” (Diário no. 1320)

Encontro com a Misericordia

Você confere o programa de terça a sexta-feira às três horas da tarde com a missionária da Comunidade Canção Nova, Ingrid Karinne e participações especiais de Padres. Reflexão com Diário de Santa Faustina, Oração do Terço da Misericórdia e súplica pelas nossas intenções. Ligue e reze ao vivo pelo telefone o Terço da Misericórdia ou mande suas intenções pelas nossas redes sociais.

Telefo19ne: (11) 2039-1410
Facebook: /radioamericacn
Instagran: /radioamericacn
Twitter: @americacn

Rádio América, uma Canção Nova em sua vida!

A Igreja celebra a Festa de Corpus Christi solenemente a instituição do Santíssimo Sacramento da Eucaristia

Podemos encontrar vários testemunhos da crença da real presença de Jesus no Pão e no Vinho consagrados na Santa Missa desde os primórdios da Igreja.

CORPUS CHRISTI

Mas, certa vez, no século VIII, na freguesia de Lanciano (Itália), um dos monges de São Basílio foi tomado de grande descrença e duvidou da presença de Cristo na Eucaristia. Para seu espanto, e para benefício de toda a humanidade, na mesma hora a Hóstia consagrada transformou-se em Carne e o Vinho consagrado transformou-se em Sangue. Esse milagre tornou-se objeto de muitas pesquisas e estudos nos séculos seguintes, mas o estudo mais sério foi feito em nossa era, entre 1970/71, e revelou ao mundo resultados impressionantes:

A Carne e o Sangue continuam frescos e incorruptos, como se tivessem sido recolhidos no presente dia, apesar dos doze séculos transcorridos. O Sangue encontra-se coagulado externamente em cinco partes; internamente ele continua líquido. Cada porção coagulada de sangue possui tamanhos diferentes, mas todas possuem exatamente o mesmo peso, não importando se pesadas juntas, combinadas ou separadas. São Carne e Sangue humanos, ambos do grupo sanguíneo AB, raro na população do mundo, mas característico de 95% dos judeus. Todas as células e glóbulos continuam vivos. A Carne pertence ao miocárdio, que se encontra no coração (e este órgão sempre foi símbolo de amor!).

Mesmo com esse milagre, entre os séculos IX e XIII surgiram grandes controvérsias sobre a presença real de Cristo na Eucaristia. Alguns afirmavam que a ceia se tratava apenas de um memorial que simbolizava a presença de Cristo. Foi somente em junho de 1246 que a festa de Corpus Christi foi instituída, após vários apelos de Santa Juliana, cujas visões solicitavam a instituição de uma festa em honra ao Santíssimo Sacramento. Em outubro de 1264 o Papa Urbano IV estendeu a solenidade para toda a Igreja. Nessa celebração religiosa, o maior dos sacramentos deixados à Igreja mostra a sua realidade: a Redenção.

[Saiba +] participe do Corpus Christi na Canção Nova. Mais informações clique AQUI!

A Eucaristia é o memorial sempre novo e sempre vivo dos sofrimentos de Nosso Senhor Jesus Cristo por nós. Mesmo separando Seu Corpo e Seu Sangue, Jesus se conserva por inteiro em cada uma das espécies. É pela Eucaristia, especialmente pelo Pão, sinal do alimento que fortifica a alma, que tomamos parte na vida divina, nos unindo a Cristo e, por Ele, ao Pai, no amor do Espírito Santo. Essa antecipação da vida divina aqui, na Terra, mostra-nos claramente a vida que receberemos no Céu, quando nos for apresentado, sem véus, o banquete da eternidade.

O centro da Celebração Eucarística será sempre a Eucaristia e, por ela, o melhor e o mais eficaz meio de participação no divino ofício. Aumentando a nossa devoção ao Corpo e Sangue de Jesus, como Ele próprio estabeleceu, alcançaremos mais facilmente os frutos da Redenção!

Professor Felipe Aquino

Fonte: formacao.cancaonova.com

Conexão Canção Nova é um programa musical e interativo, destacando os principais fatos que acontecem na Canção Nova e na Igreja com participações especiais. Você participa com seu pedido musical, escolhendo a “Melhor de Três”, vivendo momentos de oração e concorrendo a sorteio de prêmios.

PGM Conexao CN

Todas as segundas, terças, quartas e sextas-feiras, das 13h às 15h, o Programa Conexão Canção Nova é apresentado pela missionária da Comunidade Canção Nova, Dijanira Silva. Acompanhe pela Rádio América AM 1410 de São Paulo, pelo america.cancaonova.com ou pelo nosso aplicativo Rádio América para Iphone e Android.

Participe!
Telefone: (11) 2039-1410
Facebook: /radioamericacn
Instagran: /radioamericacn
Twitter: @americacn

Rádio América uma Canção Nova em sua vida!

Comunicadores de Jesus!

Com 86 anos de fundação, a Rádio América faz parte da história da cidade de São Paulo. Ao longo desse tempo, a emissora sempre foi uma das principais na transmissão de eventos e programas esportivos e de auditório, além da prestação de serviços à sociedade paulistana. Há 11 anos, a Rádio América integra a Rede Canção Nova de Rádio, e leva a você, diariamente, informação, oração e formação humana e espiritual. Tudo isso porque nosso desejo é ser: uma Canção Nova em sua vida!

Conheça a equipe da Rádio América:

Amanda Martins – Produtora

André Araujo – Técnico de gravação

Hosana Maria – Telefonista

Ingrid Karinne – Locutora

Lucas Vinicius – Jornalista

Dijanira Silva – Locutora e diretora da Rádio

Maycon

Maycon Viana – Operador de áudio

Natanna Lima – Locutora

Paulo Cesar – Administrador

Rafael Romano – Operador de áudio

Ramona Gonzales – Recepcionista

Sérgio Ricardo – Programador

Vera Lúcia – Telefonista

Rádio América, uma Canção Nova em sua vida!

Canção Nova realiza Vigília para celebrar a Festa de Pentecostes

Dia 03 de junho de 2017 acontece na Basílica Nossa Senhora da Penha, (bairro Penha), São Paulo-SP,  a Vigília Canção Nova com o tema “Pentecostes. Receba o Espírito Santo” (cf At 1,8). A Festa de Pentecostes é celebrada pela Igreja 50 dias após a Páscoa. Para essa madrugada de oração são esperadas milhares de pessoas de todas as regiões da capital paulista.

vigiliapentecostes

A Vigília tem início no sábado (03), com animação, pregação da Palavra e Missa presidida pelo Pe Adriano Zandoná. Além de cânticos e pregações, haverá Adoração ao Santíssimo Sacramento, oração do Terço da Misericórdia, momentos de cura e libertação e a participação de Pe. Serginho e do pregador Evandro Nunes.  

A proposta é que todos os participantes vivam uma profunda experiência com o Espírito Santo.

O Senhor quer que a chama do Seu Espírito seja reavivada dentro de cada um de nós para que utilizemos dos dons d’Ele. Jesus nos disse: “João batizou com água; vós, porém, dentro de poucos dias sereis batizados com o Espírito Santo” (At 1,5). Em outras palavras: “Vós sereis mergulhados, encharcados no Espírito Santo”.

Transmissão ao vivo pela Rádio América

Mais informações: (11) 3382-9800

Cada parte da oração da Ave-Maria tem um significado baseado nas Sagradas Escrituras e na Tradição

Ave, cheia de graça”

Na Anunciação, o Anjo a saudou: “Ave, cheia de graça”. Maria foi a única que achou graça diante de Deus, porque foi a única “concebida sem o pecado original”. Nas aparições a Santa Catarina Labouré, na França, em 1830, ela pediu que fosse cunhada o que ficou sendo chamada de “Medalha milagrosa”. Em letras de ouro, Catarina viu escrita a bela frase: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!”.

anunciaçao

O Senhor é convosco

O Senhor é convosco”, disse-lhe o Arcanjo Gabriel. Maria tem uma intimidade profunda com Deus. Diz o nosso Catecismo que “desde toda eternidade, Deus escolheu, para ser a Mãe de Seu Filho, uma filha de Israel, uma jovem judia de Nazaré na Galileia, ‘uma virgem desposada com um varão chamado José, da casa de Davi, e o nome da virgem era Maria’ (Lc 1,26-27)”. Ela é Filha do Pai, é a Mãe do Filho, e é a Esposa do Espírito Santo. Está em plena unidade com a Santíssima Trindade. Numa única mulher Deus tem Mãe, Filha e Esposa.

Bendita entre todas as mulheres

Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre” (Lc 1,42). Foi assim que Santa Isabel saudou a Virgem, “em alta voz” e “cheia do Espírito Santo”. E o menino João Batista estremeceu em seu seio. Isabel deixou claro por que Maria é “bendita entre todas as mulheres”: “Donde me vem a honra de vir a mim a Mãe do meu Senhor?” (v.43). E Isabel completa: “Bem-aventurada és tu que creste…” (v.44).

O bendito fruto do seu ventre é o próprio Deus, Filho de Deus, encarnado em seu seio virginal: Jesus. Ela é a Mãe de Deus. Quando o herege Nestório, patriarca de Constantinopla, quis negar essa verdade, o povo se revoltou, e o Concílio de Niceia, em 431, confirmou a maternidade divina de Maria: (Theotókos). “Todas as gerações me chamarão bem-aventurada” (Lc 1,48), por isso a piedade da Igreja para com a Santíssima Virgem é intrínseca ao culto cristão.

Depois de saudar a Virgem Maria, Mãe de Deus, com essas palavras que desceram do céu, a oração da Ave-Maria nos leva a implorar as graças do Senhor pela intercessão daquela a quem Deus nada pode negar.

Santa Maria, Mãe de Deus

O que não consegue a Mãe do Altíssimo? O que não pode conseguir, diante do trono da graça, aquela que é Sua Mãe, Esposa e Filha? O milagre das Bodas de Caná (João 2) diz tudo, mostra o grande poder intercessor da Mãe diante do Filho. Por isso, a Igreja sempre nos ensinou: “Peça à Mãe que o Filho atende!”. O bom filho nada nega à sua mãe, por isso São Bernardo de Claraval, doutor da Igreja, a chamava de “Onipotência suplicante”. Consegue tudo, por graça, o que Deus pode por natureza.

Rogai por nós pecadores agora e na hora de nossa morte

E nós pecadores lhe imploramos: “Rogai por nós pecadores agora e na hora de nossa morte”. Consegue do Rei os grandes benefícios aqueles que estão perto d’Ele, aqueles que têm intimidade com Ele. Quem mais do que Maria tem intimidade com Deus? Quantas pessoas me pedem para mediar um pedido junto ao fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, porque sabem que tenho intimidade com ele! O mesmo acontece com Deus. Esse é o poder da intercessão.

A nossa Mãe roga por nós a cada momento, mesmo que não tenhamos consciência disso; especialmente protege aqueles que lhe são consagrados fervorosamente. De modo especial, defende-nos na hora da morte. Quantas almas a Virgem Maria salva na hora da morte! Especialmente aqueles que lhe são consagrados. São Bernardo dizia que não é possível que se perca um bom filho de Maria. Por isso, pedimos insistentemente que ela rogue por nós, sobretudo na hora decisiva de nossa morte. Quando rezamos o Santo Rosário, a ela oferecemos rosas espirituais, que ela leva a Deus por nós. Ela não as retém para si, pois o rosário é a meditação de toda a vida de Jesus Cristo, nosso Senhor.

Prof. Felipe Aquino

Fonte: formacao.cancaonova.com

Estamos no mês de maio especialmente dedicado a Nossa Sra. E por vezes nos deparamos com os vários títulos ou nomes referidos a Ela. Vamos conhecer a origem de tudo isso.

A devoção a Nossa Senhora se manifesta, na Igreja Católica, sob os mais diversos títulos. É praticamente incontável o número de títulos atribuídos a Santíssima Virgem Maria. Em cada país, ela é invocada das mais diversas formas, com nomes diferentes, conforme a fé e a devoção do povo. Em muitos países, houve aparições de Nossa Senhora e, a partir destas, surgiram muitos outros títulos marianos. Para completar a lista, há também os títulos que derivam de um dos dogmas relativos a Virgem Maria.

Titulos de Nossa Senhora

A grande maioria dos títulos atribuídos a Virgem Maria tem sua origem na devoção popular. Na maioria das vezes, a devoção surge a partir de uma imagem de Nossa Senhora. A veneração de ícones de Maria remonta a era apostólica. Alguns ícones da Virgem são até mesmo atribuídos a São Lucas, considerado o pintor de Nossa Senhora. Dentre eles, alguns são muito conhecidos, como “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”, a “Theotokos de Vladimir” e “Nossa Senhora de Czenstochowa”. Cada um desses ícones ressalta uma particularidade da Santíssima Virgem, que nos ajuda a conhecer melhor a sua presença materna na Igreja e em nossas vidas.

Para exemplificar como nasce a devoção popular, trazemos um caso mais recente: a devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Essa devoção surgiu, em 1700, na cidade de Ausburgo, na Alemanha. Um artista desconhecido pintou uma imagem da Virgem Maria, inspirado na célebre frase de Santo Irineu de Lião: “O nó da desobediência de Eva foi desatado pela obediência de Maria; e aquilo que a virgem Eva atou, com a sua incredulidade, desatou-o a Virgem Maria com a sua fé”. Esse quadro foi então exposto para veneração na pequena Igreja de Saint Peter am Perlach, em Ausburgo. Nessa Igreja começou a devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, que se espalhou pelo mundo todo, por causa de devoção popular.

Há muitos títulos que nasceram de aparições ou manifestações da Santíssima Virgem. Como exemplo, Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora Aparecida.

E ainda há quatro títulos de Nossa Senhora, que tem sua origem nos dogmas marianos: Mãe de Deus,  Virgem Maria, Imaculada Conceição e Assunção de Maria.

Mais do que em outros tempos, precisamos invocar a Santíssima Virgem, sob seus mais diversos títulos, para que a nossa fé não desfaleça. Sobre a importância da devoção a Nossa Senhora, o então Cardeal Joseph Ratzinger já dizia: “Hoje, neste confuso período, em que todo tipo de desvio herético parece se amontoar às portas da fé católica, compreendo que não se trata de exageros de almas devotas, mas de uma verdade hoje mais forte do que nunca”.

Nossa Senhora, vencedora de todas as heresias, rogai por nós!

Natalino Ueda

Fonte: formacao.cancaonova.com

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com