“Todos os atletas se impõem a si muitas privações; e o fazem para alcançar uma coroa corruptível. Nós o fazemos por uma coroa incorruptível.”

I Cor 9,25

Ontem a noite fui à hidroginástica. Como de costume alongamos e começamos os exercícios dentro d’água. Puxa de um lado, desce de outro, mais uma vez, sem parar, pega os halteres, respira fundo, mais rápido…não demorou muito pra começar a sentir os músculos “queimando”  e a minha cabeça voltou neste versículo de Coríntios…como tenho lutado pela Coroa imperecível?

Hoje a hidroginástica pra mim é questão de saúde, por fazer parte do tratamento da tendinite. Se eu não levar a sério, depois vou sofrer no meu corpo as dores da inflamação.

A professora sempre diz: eu passo as séries, mas quem escolhe a intensidade dos exercícios é você. Se você intensificar terá resultados mais satisfatórios.

Assim também é o exercício da alma. Eu preciso todos os dias e com disciplina ir à Missa, pedir o batismo no Espírito Santo, adorar a Jesus Sacramentado, rezar o Terço, estudar a Palavra, confessar com regularidade, buscar meu diretor espiritual…e veja bem; mesmo se hoje eu busquei, eu rezei, eu toquei o Céu com minha oração, amanhã é outro dia! Eu vou precisar “arregaçar as mangas” e recomeçar.

Pode ser também que hoje eu tenha rezado, me esforçado, as não tenha alcançado visivelmente os resultados que esperava. Isso não é motivo pra não “malhar” amanhã de novo. Ou vou padecer na alma os prejuízos da minha falta de disciplina.

“É 90% de transpiração para 10% de inspiração.”

Mesmo que hoje eu não enxergue os resultados, preciso ser fiel. Meu objetivo é a Coroa imperecível da glória.

Deus abençoe sua “malhação espiritual”.

Aqui na Canção Nova estamos todos em clima de Acampamento Revolução Jesus. Ver a juventude lotando a Chácara de Sta. Cruz nos entusiasma mais ainda a viver o Evangelho e proclamar a santidade.

Hoje pela manhã ganhei uma camiseta que foi feita para o evento. É cor de rosa, com uma frase na frente e o rosto de uma jovem chamada Chiara Luce. Fiquei curiosa na hora pra saber quem era e o motivo da frase que dizia:  “Se é assim que queres Jesus, também eu quero”.

Fuçando na internet descobri uma menina italiana linda, alegre, que gostava de esportes, consagrada no Movimento Focolares e que em meio ao sofrimento de um câncer não desistiu de semear o Céu na Terra.

Chiara Badano conhecida como Beata Chiara Luce é beata da Igreja. Era bonita, gostava de fazer esportes e os seus amigos consideravam-na uma pessoa extraordinária. Aos 17 anos foi-lhe diagnosticado um tumor ósseo e começou a enfrentar a doença confiando tudo a Deus. Transmitia a todos serenidade, paz e alegria, e diante do sofrimento dizia: “Se é assim que queres Jesus, também eu quero”. A sua vida é um exemplo para todos nós. Poucos dias antes da sua partida para o céu dizia aos seus amigos: “Eu já não posso correr, mas gostaria de vos passar a chama, como nas Olimpíadas“.

Uma revolucionária com certeza e que a partir de hoje, de forma tão simples (através de uma camiseta), entrou na minha vida e espero que na sua também!

Beata Chiara Luce, rogai por nós!

Milhares de peregrinos passaram por aqui no último fim de semana para celebrar as vitórias alcançadas em 2011 e retomar a fé e a esperança para 2012.

Durante esses 3 dias fui me recordando das vitórias de Deus em minha vida nesse ano. É incrível a tendência que temos de esquecer as vitórias e recordar as derrotas. E assim o encardido vai minando nossa esperança, alegria…ao longo do ano.

Esse Hosana teve importância vital pra mim, poque me fez lembrar de vitórias que estavam esquecidas e recobrar a esperança diante dos objetivos que preciso alcançar.

Estar com você, te encontrar aqui na Canção Nova é a melhor parte. Já vamos deixar o encontro marcado para o Acampamento de Ano Novo. Vem virar o Ano aqui na Canção Nova!

O que preciso fazer para cantar bem?


Cantar é um dom magnífico, vindo de Deus. Com alegria é preciso retribuir rendendo o louvor a Ele devido! Louvar com a voz, com a vida…cantar uma Canção Nova!

Muitos pedem dicas para cantar bem. O que fazer para cuidar da saúde vocal e como aprimorar esse dom. O primeiro passo é reaprender a respirar. Quando nascemos respiramos direitinho, depois vamos “desaprendendo”.

Quando Deus nos fez pensou em tudo, por isso nos deu o diafragma. Músculo que forma uma parede fina que impulsiona o ar produzindo a fonação ou o canto. O movimento é fácil! Quando inspiramos a barriga infla, como um balão. E quando expiramos a barriga murcha. Diferente de quando usamos de forma errada a musculatura do pescoço, o que com o passar do tempo pode acarretar danos graves à sua saúde vocal.

Um exercício simples: deitado no chão de barriga para cima e com um livro sobre a barriga, inspire e expire, observe o movimento. Ao inspirar a barriga infla, levantando o livro. Ao expirar a barriga murcha fazendo o movimento contrário.

Bom exercício pra você! Que Deus abençoe seu canto!

Ana Lucia Teixeira

Missionária da Comunidade Canção Nova e Licenciada em Música

Comparo cada música que componho como um filho, em escala diferente é claro. Você se dedica, dá o que tem de melhor, deposita amor, investe a vida, mas não tem a imagem adulta dele, só o tempo a revelará.
Esses dias num show do Amor e Adoração em Avaré/SP, depois de 1h30 de um repertório bem agitado, dançando, pulando e louvando com um ginásio cheio de jovens e adolescentes, ouvimos eles pedindo a música Morada Santa que está no nosso segundo cd. Ao cantá-la como a última música daquela tarde tão agitada, vi o Espírito Santo agir no coração daqueles jovens e no meu de uma forma totalmente nova, o Espírito Santo me surpreendeu através da música que eu minitrava com meus irmãos. Nas lágrimas que brotavam dos olhos daqueles jovens e dos meus o Espírito Santo me mostrou que quando nos colocamos em suas mãos, seja pra compôr uma música ou nas tarefas simples do dia a dia,  Ele nos leva sempre além…até a Vontade de Deus.

Me lembrei do dia em que nos reunimos pra compôr essa música. A proposta era fazer uma música sobre Espírito Santo que está dentro de nós. Não pra clamar “Vem Espírito de Deus”, não que isso seja ruim, mas pra que o Espírito Santo que está dentro de mim desde o meu batismo, conduza minha vida e frutifique para o mundo.

Hoje ela é a minha música preferida do nosso cd e cada vez que a cantamos o Espírito Santo continua me surpreendendo.

“Farol a me guiar na imensidão do mar do meu viver.”

A história que partilho hoje é verídica, é uma história da minha família que me ensinou que tenho uma arma poderosa contra o mau: a oração.

Uma mulher que vivia “encomendando trabalhos” para o mau da minha família foi procurar minha avó. Ela confessou ter gasto muito dinheiro nesses “trabalhos” contra a minha avó e sua família por ciúmes, mas que sempre o encardido lhe respondia a mesma coisa: Todo o mau que você deseja para a Dona Oscarina bate na madeira e volta.

Depois de esta resposta se repetir algumas vezes ela ficou intrigada a ponto de ir lá, confessar seu ciúme e mau querer pra perguntar que madeira era essa.

Minha avó, mulher simples, legionária, muito carinhosa e dedicada à família, estampou um sorriso misericordioso no rosto e puxou do bolso do vestido a tal madeira, um terço já surrado de tanto ser desfiado dia a dia.

Você quer ser forte contra o Encardido? Teme o mau que seu vizinho lhe deseja? Tem medo de mau olhado, encruzinhada…reze o terço, adore ao Senhor, vá à Missa…

Quem tem Deus não precisa ter medo de nada!