erradoOla Deus abençoe você.

Acredito que vc ja pensou, ou até disse o tema do post, alguma vez na vida.

Mas é uma pergunta muito comum mesmo.

Porque nós temos a tendência a recebermos uma recompensa sempre que fazemos algo bom.

Não é verdade?

Lembra de quando vc era criança, ( na maioria das vezes), quando vc fazia algo bom você recebia algo bom em troca, quando fazia algo mau, recebia algo mau

em troca.

O mundo vive nesta relação de trocas, lhe dou dinheiro e você me da algo.

Lhe faço um favor e você fica me devendo um favor.

As vezes quando precisamos de alguém que ajudamos em um passado próximo ou distante, e essa pessoa nos diz não, é um pouco difícil aceitar a resposta

negativa, pois logo nos vem a mente: A pouco à ajudei e porque ela não me ajuda agora?

Em alguns casos, essa atitude da pessoa que negou a ajuda faz tão mal a quem pediu, que este acaba dizendo que nunca mais ajudará ninguém.

Tudo isso porque vivemos em um mundo de troca de favores.

Eu dou e você recebe, mas quando eu precisar também quero ser atendido.

Porque desses exemplos?

Porque em relação a Deus também agimos assim.

Sirvo a Deus e espero de Deus, paz, esperança, prosperidade, bençãos, graças, curas, milagres, etc.

Só esperamos coisas boas e grandes, claro porque Deus nos quer dar coisas assim.

Porém devemos ficar muito atentos a uma coisa.

Em nenhum lugar, Jesus ou o próprio Deus, prometeu que nos pouparia do sofrimento.

Pelo contrário, quando entramos para o serviço do Senhor, devemos nos preparar para a prova, diz o livro do Eclesiástico no Cap. 2, ver 1.

Ou seja precisamos observar como anda nossa relação com Deus. Com Deus não vivemos um relacionamento de troca, mas de entrega.

E mesmo nos entregando a Deus, continuamos vivendo no mundo.

No mundo a dor, violência, doenças, etc.

No evangelho de João, Jesus orando ao Pai pede que não nos tire do mundo, mas nos livre do mal e esse mal é o maligno, mas estamos no mundo, vivemos no mundo e estamos sujeitos as coisas do mundo.

Mas do Maligno estamos livres ao menos que não seja da nossa vontade estar.

Então não podemos nos iludir achando que quando servimos a Deus, ele vai nos proteger especialmente, diferente das outras pessoas.

Porque nós merecemos , pois somos os servos, somos da igreja, somos do grupo de canto, etc.

Precisamos como todos, rezarmos, confessarmos, buscarmos uma vida na graça de Deus, para que o Senhor tenha misericórdia de nós e nos livre de todos os males.

Não somos livres dos males, por nossos méritos ou serviços a Deus,

Mas somos livres por causa da misericórdia do Senhor que precisamos buscar dia após dia.

Então, acabe com essa frase: “sirvo a Deus e tudo da errado”, uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Não trocamos serviço por bem-estar. Servimos a Deus porque nos sentimos chamados a servi-lo e entregamos gratuitamente nossa vida, tempo, esforços, etc

O Senhor cuida de nós, e não nos deixará passar por provações maiores do que aquelas que possamos aguentar.

Mas infelizmente não estamos isentos do sofrimento, ou felizmente porque diz Pe. Pio que o sofrimento purifica a alma para o céu!

Então alegria e coragem, pois temos uma meta, e nisso consiste nossa luta, entrega, serviço, sofrimento: ganhar o céu!

André Florêncio

Com. Canção Nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *