oracao-da-crianca

 

 

Lucas 18,16. “Jesus, porém, chamou-as e disse: Deixai vir a mim as criancinhas e não as impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se parecem com elas.”

Todos sabemos muito bem o que é ser criança.

More »

Salmo para o domingo

A experiência de cantar o salmo, um canto especial na celebração liturgica que deve ser executado com simplicidade e beleza, levando todos a exclamação do refração.

Para esse domingo

“Que as nações vos glorifiquem ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem”

Estou interpretando a música Prisioneiro do amor, voz e violão.

Deus abençoe a todos.

André Florêncio

Com. Canção Nova

Ola, Deus abençõe você.

O assunto de hoje é muito importante então vamos lá:
Estamos prestes a entrar em um tempo rico na igreja, o ano litúrgico de 2011 se encerra para começar o ano de 2012.
Bom início de ano é sempre tempo de novidades, expectativas, etc. Todos nutrimos dentro de nós novamente a esperança, aquele “ vai dar certo” lá do fundo do coração .
A igreja é muito sábia por isso o ano litúrgico não obedece o calendário comum colocando como inicio de um novo ano a preparação para a chegada daquele que é a esperança, daquele que faz de verdade as coisas darem certo.
A chegada do ADVENTO marca o início do novo ano litúrgico.
O Advento é resumidamente é a preparação para o nascimento do Senhor Jesus no natal.
O Advento é um tempo litúrgico que tem a duração de 4 semanas que como disse acima prepara o natal, “o verbo se fez carne e habitou entre nós Jo 1,14”
Nas duas primeiras semanas  somos convidados pela liturgia a: vigiar e esperar a vinda do Senhor. “ Ele virá e não tardará”,  é promessa, o Senhor voltará em honra e gloria para julgar o céu e a  terra.
Nas outras duas semanas seguintes temos uma preparação mais acentuada para o natal, “E o verbo se fez carne e habitou entre nós” Jo 1,14, onde vamos vendo detalhes das profecias, as leituras  da Santa Missa vai nos introduzindo na alegria do nascimento de Jesus.
O tempo do advento é um tempo de piedosa e alegre expectativa. Nos convidada a revivermos alguns valores  essenciais como: a alegria com expectativa, a vigilância, a esperança, a pobreza e a  conversão.
Bom entendendo isso, entramos nos nosso específico.
Diz o diretório da liturgia que o tempo do advento deve ser celebrado com sobriedade e discreta alegria, não se canta o glória, para que no natal possamos nos unir aos anjos entoando esse hino para celebrar a chegada do Senhor, por isso também as flores e os instrumentos sejam usados com moderação.
O uso dos instrumentos com moderação não quer dizer que temos que retirar instrumentos da missa, mas usá-los com moderação e não preciso explicar o que é moderação não é mesmo?
Na bateria talvez usar “vassourinhas” ou baquetas acústicas ao invés de baquetas normais, diminuir a intensidade na hora de tocar, a guitarra seria interessante substituir por violão, arranjos mais simples, as vozes bem harmoniosas, a intensidade de som na igreja ser bem moderada, levando o povo a um tempo de esperança, alegria, mas também conversão.
Agora se vocês percebem que os músicos não estão preparados para tocar nesse tempo, pois ainda não consegue manter esse clima mais ameno, talvez por falta de conhecimento, estudo, etc. ( o que não é vergonha e não diminui ninguém), então é melhor retirar alguns instrumentos. Substituir a bateria pelo ”caron” ou “cajón”, se mesmo assim não der certo, então é melhor fazer um pequeno coro acompanhados pelo  violão e pelo teclado.
O importante é estar em comunhão com a igreja e levar o povo a viver bem o tempo do advento. É preciso caminhar com a liturgia e querer de fato levar o povo a experimentar o que foi dito acima.
Abaixo vou dar algumas sugestões de musicas para o advento que usaremos na Canção Nova.
Entrada:
Vigia esperando aurora / Que santidade de vida / Preparai o Caminho / Por entre aclamações, Princípio e Fim.
Ato penitencial:
Qualquer um que contenha a fórmula do Ato, Senhor tende piedade de nós, Cristo tende piedade de nós, Senhor tende piedade de nós. Combine com o celebrante. Pois existe algumas diferentes formulas litúrgicas.
Glória:
Se omite ( há não ser que haja festa litúrgica) converse com o celebrante, caso haja dúvida.

Salmo:
Melodia simples respeitando o salmo do dia.
Aclamação:
Alguém do povo exclama / Aleluia tradicional / Buscai Primeiro / Luz para o meu Caminho, Quero ouvir tua palavra (Amor e Adoração) ou algum que contenha a antífona do dia.
Canto das ofertas:
Sobe a Jerusalém / Sê bendito, Senhor / Sabes Senhor / Venho Senhor oferecer, Com este vinho e este pão, Pão e vinho (amor e adoração)
Santo:
Qualquer um que contenha a fórmula correta do Santo
Comunhão:
O pão da vida / Que bom te receber / Como és Lindo / Vem e eu mostrarei / Sem coração / Rumo ao Altar / Jóia Rara /És precioso para mim Senhor/Tu és minha Vida outro Deus não há. – Ou alguma ligada à liturgia do dia,
Canto pós-comunhão:
Estás assentado / Alma de Cristo – Ou alguma ligada à liturgia do dia.
Final:
Então se verá / Todo dia / O melhor tu tens pra mim/ Mas os que esperam no Senhor.
Desculpe-me pelo longo texto, mas ainda é pouco para explicar o advento.
Bom advento a todos, que sejamos pessoas que preparem o povo para a vindo do Senhor. Quevivamos um Santo advento e um Santo natal.
Deus abençoe a musicalidade de cada um. Qualquer dúvida é só me procurar.
André W.
Com. Canção Nova
Fonte de pesquisa:
Formação Canção Nova – prof. Felipe Aquino
Formação Com. Shalom – Litúrgia
Ministério de Música Canção Nova

Ola Deus abençõe você.

Bom depois de um tempo sem escrever devido as atividades do dia-a-dia, estou voltando, mas não vou parar de escrever , quero cada dia mais partilhar das coisas que vivi e o que Deus ja fez em mim através da música, pois acredito que o que escrevo tem eficácia.

Falando em eficácia, você acredita na eficácia do seu ministério, da música que você produz, do serviço que você presta a Deus e a igreja?

Veja bem, o ministério que exerço não é somente um momento onde vou “curtir” o que gosto de fazer, mas um serviço prestado a Deus, e a igreja. Serviço de extrema importância como já partilhamos outras vezes, então preciso acreditar que Deus pode me usar para falar com as pessoas que alí estão através da minha música.

Então que Deus nos de a graça nesse momento de que nossos olhos se abram para esse grande dom que temos e investindo nele possamos cada vez mais exerce-lo com eficácia.

Mas o que é eficácia?

Eficácia é a capacidade de produzir efeitos, de tornar algo real, se assim posso dizer.

Na missa, grupo de oração, louvor, show, a música precisa produzir o efeito de preparar os corações, de leva-los até Deus, de afugentar o demônio. Ela precisa tornar real a presença de Deus na vida daquelas pessoas. Não pela emoção mas pela unção. Se é assim então não conseguimos fazer isso sozinhos e é também uma conquista.

Tocar uma canção emociona quem escuta, as vezes quebra o coração pela emoção que a canção produz. Quantas vezes alguma música secular, que fala de família, de amor, de bondade, não tirou lágrimas dos nossos olhos?  Então mas foi pela emoção. Nós precisamos tocar não para fazer as pessoas chorarem, mas para que elas se encontrem com Deus, isso produz lágrimas, produz, alegria, etc, mas o objetivo foi promover o encontro com Deus.

Só promove o encontro com Deus, quem se encontrou com Ele.

Não tem como você dizer para alguem que algo é bom sem antes ter experimentado. Não ha como promover o encontro das pessoas com Deus se eu antes não me encontrei com ele.

Sem testemunho, não há eficácia.

Eu preciso ser alguém que luta, para ser santo, se luto é porque me encontrei com o Senhor pessoalmente e estou convencido de que Ele é o caminho certo, assim vou cantar e tocar aos outros para que eles também se encontrem com o Senhor. Percebam: Existe luta, testemunho e serviço.

Como disse acima não conseguimos fazer sozinhos, mas nossa parte é essa luta, testemunho, serviço e o Espírito Santo vem dando a eficácia do nosso ministério.

Veja é um trabalho em conjunto, a luta faz com que eu busque ser santo com tudo o que engloba o “ser santo” o testemunho vem com a luta e o serviço é o que fazemos após o sim ao nosso chamado, no nosso caso o ministério de música e a Eficácia ou seja a realização, o efeito, a mudança, é o Espírito Santo que faz.Existe

Mas eu preciso também acreditar no meu ministério e na eficácia dele, pois não há como fazer algo que eu mesmo não acredito, seria o mesmo que dizer: experimente isso ou aquilo, é bom, mas eu mesmo nunca o experimentei, e nem acredito que seja tão bom assim.

Por isso a importância da nossa experiência pessoal com o Senhor ser o norte da nossa busca de santidade e do nosso trabalho.

Lembre-se o nosso ministério não é o fim, o fim é o Senhor, ele é só um meio. Deus quis contar conosco, mas Ele nunca vai além da nossa liberdade.

Se quer ter um ministério eficaz, então busque ser santo e essa busca refletirá na sua música, e o Espírito Santo fará o restante.

Deus abençõe seu caminho e sua luta.

Grande abraço até a proxima.

Continuo lutando.

André w.

com. Canção Nova