adventoMúsicos! Advento chegou e ai?

Mais um ano litúrgico se foi, 2015 para igreja começa no advento.  1 mês antes do natal, praticamente 1 mês antes do ano novo no calendário cívil.

Bom iniciamos o ano litúrgico nos preparando para a grande festa do nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

Como disse iniciamos nos preparando, e essa preparação faz com que possamos celebrar o natal com toda a grandeza que ele comporta.

Para isso toda a liturgia, por isso toda a igreja se coloca em posição de ALEGRE EXPECTATIVA, dividida de duas formas.

More »

A segunda Leitura desse último domingo dia 20 de outubro de 2013, traz algo extremamente importante. A palavra de Deus!

Palavra que é “útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça, por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra”.

Deus nos uniu para evangelizarmos através da música!
Uniu pessoas para trabalhar!
Não fez o trabalho  para unir pessoas! More »

Música = Arma  sutil e eficaz para a evangelização.

Para aqueles que creem, é fato que a segunda vinda de Jesus esta próxima, segunda e derradeira vinda, e continuamos aclamando: “Que a santidade da minha vida, apresse o Senhor e ele logo virá”!
Diante de tantos fatos, algo tem me preocupado: As pessoas cada dia mais se mostram independente de Deus, se tornam cada dia mais egocêntricas, querem cada dia mais viver o seu  “carpen dien”.

More »

Começo hoje uma formação em 3 post sobre dificuldades de relacionamento com os sacerdotes. Quando melhor for nosso relacionamento com nosso padre, melhor é nossa evangelização.

Quero entrar em um assunto importantíssimo e delicado.

Trabalhamos diretamente com os nossos sacerdotes, não ha como ser diferente, precisamos servir a igreja de Cristo que é guiada por eles e pelo clero em geral.

Durante meu tempo de caminhada ja enfrentei muitas dificuldades com padres e quero partilhar, pois talvez você possa viver algo parecido.

Bom desde muito novo estive muito engajado na paróquia, tocando nas missas e por isso inevitavelmente trabalhando com o padre. Conforme fui crescendo, também foram crescendo as minhas responsabilidades na paróquia e consequentemente minha proximidade com o padre aumentou. More »