«

»

nov
20

Minha mãe não curte minhas roupas!

Há alguns meses atras recebi um email de uma adolescente falando que estava enfrentando problemas em casa por causa do seu modo de vestir. O questionamento não vinha tanto pelo lado de seus pais, mas dos tios e avós, que sempre que chegavam em sua casa diziam: “você não é mais a mesma!”. A menina estava sofrendo porque sentia que era rotulada a partir das roupas e maquiagem que usava. Ela me dizia: “Eu sei que meu estilo mudou, mas eu continuo a mesma, amo muito minha família e ouvir esses comentários da parte deles me machuca muito!”
Na minha adolescência não vivi muito esses conflitos primeiro porque não tínhamos dinheiro, então eu usava o que tinha, e segundo porque minha mãe não ligava para isso. Mas eu me lembro muito bem dos “quebra-paus” que minha prima tinha com a mãe dela, porque a mãe era uma mulher super chique, gostava de se arrumar e minha prima tinha um estilo mais despojado, meio grunge, largadão. Elas nunca se entendiam na hora de vestir.
Se isso também acontece com você é hora de tentar compreender seus pais: eles estão aprendendo aos poucos que a filhinha cresceu e está a procura do seu próprio estilo, não é fácil para aquela mãe que sempre comprava as roupinhas pra filha entender que de repente sua cria tem gosto e opiniões diferentes do seu. Para eles é um choque. Lembre-se: você nunca foi filho antes não é? Da mesma forma seus pais também estão aprendendo a ser pais de um filho (a) que não é mais criança. Na adolescência buscamos muito a identificação com o outro, procuramos nossa turma, nossa tribo e a roupa é uma das formas de mostrar a qual grupo eu pertenço, porém é bom também tomar cuidado com alguns estilos que farão você parecer algo que não tem nada a ver com sua personalidade. É errado julgar as pessoas pelo seu exterior, mas também é inegável que a roupa diz muito do que somos ou estamos vivendo e precisamos ensinar nossa roupa a falar bem da gente pois não podemos esquecer que somos Filhos de Deus e templos do Espírito!
Em casa, o melhor a se fazer é buscar a partilha, o diálogo, conversar com seus pais e dizer o que você está sentindo, porque gostaria de usar aquele determinado tipo de roupa, ouvir também a opinião deles a respeito, isso poderá ajudar muito o bom entendimento entre vocês e diminuirá os conflitos.
Deus abençoe você e seus pais nessa maravilhosa aventura de ser família e que o amor e o diálogo sempre vençam em sua casa.

Andréa Taisa- Bem da Hora-CN

59 comentários

2 menções

  1. Stephanie disse:

    Déia essa matéria está demais me manda uma mensagem pelo twitter lá

  2. carolina santos-marica-rj disse:

    oi Deia
    td bm?
    eu achei esse , post super fera
    e realmente qndo nossos pais falam de alguma coisa q esta errado ,é verdade e algumas vezes eu passei por isso , pensando q aquele estilo era bom, mas na verdade era ruim.
    hoje eu entendo sobre essas paradas .
    fica com Deus
    bjs!

  3. Lysandra Pupim-Cornélio Procópio/Paraná disse:

    Lindo!Amei,aqui em casa sempre procuramos buscar o diálogo e se entender da maior maneira possível partilhando e respeitando cada um!
    Déinha,td bem??
    A apresentação foi ótima,graças à Deus td certo.Teve bastante gente,e eu e a Jéssica damos conta das músicas rsrs.
    Dá um abração na Marly por mim tá bom?
    Minha linda,Fica com Deus e um abraçãao pra vc tbm!
    Vcs são d+
    Amo vc
    Deus te abençoe
    Ly-BDH

  4. Juliana disse:

    Olha, aconteceu a mesma coisa com a minha família, mas meus pais diferentes, nem se preocupou comigo, claro conversamos e eles entedem o meu lado do mesmo modo que entendo eles…
    Na verdade o conselho certo já foi dado, devemos conversar, bater aquele papo e um enteder o outro….
    Lembrando eu mudei pouco, mas lembrando do templo vivo que sou… e adorar a Senhor é muito mais importante do que tudo nesse mundo!

  5. Victor disse:

    O grande problema da sociedade é que não se quer mais vestir como a Virgem Maria quer. Não importa se é “largadão” ou mais requintado, o que importa é que com o passar dos anos a mulher quer se vestir igual ao homem (um exemplo disso é o corriqueiro uso de calças) ao ponto de aquelas que usam saias são taxadas de carolas ou protestantes. Minha irmã vive este problema e isto foi devido aos meus conselhos. Hoje ela se veste como uma mocinha e isto é difícil. Não importa qual a “tribo” pertença, se sou católico e quero o ser devo viver a minha fé na Mãe de Deus também no modo de vestir. Reflita naquilo que você veste e pense, será que a pureza de Nossa Senhora usaria esta roupa ou para o caso dos homens, será que a pureza de Nosso Senhor usaria esta roupa? A Igreja não precisa de pessoas a mais, a Igreja precisa de santos. Não é se adaptando aos modismos diversos que encontraremos o outro e sim afirmando a nossa identidade Católica seja no nosso modo de falar, vestir, andar, de viver. Isto o mundo precisa, enquato estivermos dispostos a buscar nos outros o belo iremos perder tempo de ver o que há de belo em nós!

  6. Lisa disse:

    Bom, Dia. Esse assunto um pouco complicado pra mim, porque s
    vezes minha me ou minha irm querem que eu vista alguma coisa e
    eu quero outra. Nem sempre fao a minha vontade mas sempre me
    conveno que minha famlia s quer meu bem. S que tem gente que
    se veste de uma forma inadequada a alguns ambientes, e alm do
    mais, so roupas que no tapam muita coisa. O mundo de hoje
    precisa aprender que sms templo do Senhor e no podemos fazer o
    que bem entendermos com nosso corpo. ?Deus te abenoe!
    Luisa- Bragana/Par

  7. Aimá Grécia disse:

    Olá, Paz de Jesus,
    Quando eu era mocinha, me vestia diferente do que mamãe sugeria e gostava porque eu era muito magra, (pense 40 kg)ai só gostava de roupas folgadas para parecer mais gorda. Comecei a trabalhar com 18 anos, ai comprava minhas roupas…papai reclamava mais, disia que eu parecia o Judas, e minhas irmãs me chamavam de “ripie”… o tempo passou… casei…meu filho mais velho me entristece com o estilo dele, calsa lá em baixo, o fundo quase chega no joelho…etc…ele já tem 21 anos, já estou me acostumando, minha filha de 17 anos, gosta muito de havaiana e quer sair com essa sandália para todos os lugares…Ah! eu sei que é fase…mais de vez em quanto temos atritos.
    mais tudo passa, nè?
    Beijos,
    Aimá

  8. FATIMA B.CASALENOVO disse:

    SOU MAE DE UMA ADOLESCENTE DE 18 ANOS É NAO É FACIL MESMO NA
    HORA DE SAIR HA DIVERGENCIA NA MANEIRA QUE ELA SE VESTE, SABE
    ELA GOSTA MUITO DE ROUPAS CURTAS AS VEZES QUER IR A IGREJA COM
    ROUPA CURTA AÍ DA DISCUSÃO PORQUE EU DIGO Q. NA CASA DE DEUS É LUGAR DE RESPEITO ,MAIS AGRADEÇO A DEUS PELA MINHA FILHA ELA É UMA JOIA PRECIOSA; SE TODOS OS DEFEITOS FOSSE ESSE NÃO É MESMO.

  9. eu disse:

    Não sou mais adolescente,mas minha mãe ainda pega no meu pé por causa das minhas roupas. Cansei de ir pelas opiniões dos outros e vou me vestir do jeito que eu me sinto melhor, pois sou templo do Espírito Santo e quero viver a castidade.

    bj

  10. ROSEMARY disse:

    ÓTIMO COMENTÁRIO,PRINCIPALMENTE PARA QUEM ESTÁ VIVENDO ESTA
    HISTÓRIA DENTRO DE CASA. MUITO EDIFICANTE,TANTO PARA O JOVEM E QUANTO PARA OS PAIS,OU MELHOR PARA A FAMILIA.
    É VIVENDO E APRENDENDO,QUE SE FAZ O CAMINHO. DEPENDE,TAMBÉM DE
    NOSSAS ESCOLHAS. MAS,QUANDO ESTAMOS CAMINHANDO COM BOAS COMPANHIAS,O RESULTADO SEMPRE É O MELHOR PARA NÓS E PARA TODOS.

    SAÚDE E PAZ

  11. Léa rodrigues disse:

    Foi feliz na sua colocação, menos quando você diz “sua cria tem gosto”. gíria até pode ser usada se vc gosta, mas quanto a filho não pode ser cria. Pois animal é que tem cria. Somos imagem e semelhança de Deus. para evangelizar vc não precisa descer de nível para se fazer entender. Gosto do que vc faz, mas … vc não foi feliz nestas palavras… o conteúdo sim…

    R: Léa, quero e pedir perdão se o termo que usei soou de forma pejorativa, não foi essa minha intenção. Na verdade usei o termo “cria” como um sinônimo, pq já tinha usado a palavra “filho(a)” muitas vezes na mesma frase e tbm usei como sinônimo de criatura, pessoa, o que inclusive consta no Aurélio, não quiz ofender e nem baixar o nível, me perdoe se te causou essa inpressão, vou tomar mais cudiado da próxima vez.
    Andrea Taisa- BDH

  12. André Rosário de Souza disse:

    EU PUDE PERCEBER NESTE COMETÁRIO A RESPEITO DO TIPO DE ROUPAS QUE DEVEMOS VESTIR EU FIQUEI PENSANDO O TANTO QUE NESTE MUNDO DESCULPA EU DIZER TÃO DEPRAVADO QUE ESTAMOS VIVENDO QUE PARA FALAR A VERDADE ESTÁ TÃO DIFÍCIL ATÉ MESMO DE VIVER A CASTIDADE DEVIDO ALGUNS TRAJES QUE NOSSAS FILHAS DE DEUS ESTÁ VESTINDO.

  13. André Rosário de Souza disse:

    “DESCULPA EU DISSE FILHAS DE DEUS PORQUE TODOS(AS)SÃO FILHAS(OS)DE DEUS.”

  14. Isabele disse:

    Tratar sobre isso é muito importante, pois às vezes não entendemos muito o porque de nossos pais não aprovarem certas coisas, a única rivalidade que teno com minha mãe é essa: eu gosto de calça jeans colada e por isso sou muito exigente nas lojas e ás vezes uma calça que ela acha colada parwa mim não é e por aí vai… só que nada que faça a gente brigar, porém é bom saber que nem todas as roupas são bem da hora, por exemplo, aqueles vestidos decotados bem curtinhos, acho bem vulgar, nisso é bom sempre prestarmos muita atenção

    Deus abençoe…

  15. Maria Paula de Castro Midões disse:

    oi Déia, tudo bom?
    Meu nome é Maria Paula tenho 12 anos e a minha mãe nunca criticou o meu modo de vestir, pois somos uma família simples de só nós duas(meus pais são separados). E por isso nós nos damos muito bem e sem critícas ou brigas no sentido de modo de cada uma se vestir.
    Um grande beijo e um abraço forte,
    Maria Paula de Lorena-SP

  16. letícia Lima Cruz -Juazeiro do Norte -Ceará disse:

    na hora de me vestir nunca fui de ter problemas com a minha mae ..sempre pesso a opniao dela na hora de comprar minhas roupaas ..a gente sempre chega a um acordo ..
    bju .. fiquem cm Deus ! Amocêis !

  17. Terezinha disse:

    Concordo plenamente com você Andréa, quando diz que para os pais é um choque a mudança de estilo dos filhos.
    Sou mãe de três jovens. Quando minha segunda filha tinha catorze anos, mudou completamente o estilo de se vestir. No início fiquei muito preocupada, mas com o passar do tempo fui entendendo que era apenas uma forma de manifestar que estava mudando e procurando sua própria identidade. O tempo passou. Hoje minha garota tem vinte e um anos tem muito bom gosto ao escolher suas roupas, abandonou o estilo rebelde de se vestir e sabe que para cada ocasião devemos nos vestir da maneira apropriada.
    Realmente nós pais devemos compreender as mudanças de nossos filhos e ter paciência, pois a fase da adolescencia é mesmo conflituosa para todos. Com amor e diálogo tudo se resolve bem.

  18. Eduardo Carvalho. disse:

    AHHH’ tipoo eu uso umas ROUPAS tipo’ estilo ROCK tals {EMO}, mas não uso calça muito apertada’ ect.. nem pircing ect..
    Um Dia meu PAI me disse: FILHO, que roupa é essa? nem pareçe que voçê vai no grupo de oração.
    aí eu disse: HAA Pai, DEUS não está preocupado com minhas roupas mas sim com meu CORAÇÃO.
    aí passou um tempo tals. ele refletiu foi conversa com o PADRE tals..
    aí agora ta tudo certinho ele intende. :D
    { Obs: Meus Pais não vai na missa,gru. de oração ELES JULGAM muito pela roupas exterior ect.. D: }

    R: Oi Eduardo, obrigada pelo seu comentário em nosso blog. Realmente Deus não olha para o exterior mas para o nosso coração, mas não esqueça outra parte do post que eu escrevi: “precisamos ensinar nossas roupas a falarem bem da gente”. Respeito sua decisão de ser “emo”, mas tome muito cuidado para que o estilo que vc aderiu não tire sua dignidade de Filho de Deus, de homem segundo a imagem de Jesus Cristo, pois antes de ser emo, vc é filho amado de Deus.
    Continue firme na Igreja, um dia Deus vai tocar o coração dos seus pais e eles se voltarão para Deus tbm.
    Um abraço
    Deia- BDH

  19. Carla Jacsandra disse:

    gostei muito dessa materia pois mim indentifiquei muito com ela ,sofro com isso ate hoje pois a minha familia não entende como posso gosta de blusas de santos.de evangelização ,eles costumam mim dizer que a maioria das minhas roupas nem parece sert de mulher,e que devo volta usar decote …. ñ concordo com eles porq hoje eu sei a importancia das roupas .

  20. Elizangela disse:

    Sou mãe e entendo um pouco o que essa mãe sentiu.Sei que as vezes também erramos como mãe, esquecemos as vezes que os nossos filhos tem sua própria opinião.E infelizmente a sociedade nos julga pela nossa forma de vestir.As vezes erramos mas é por amor, é medo de nossos filhos receberem discriminação pelas outras pessoas.

  21. Ronald disse:

    Muio bom esse conselho pq muitos enfrentam esses problemas.
    Principalmente as meninas nesse seculo que roupas curtas é o q conta. É um bom jeito deaprendermos até mesmo para nós homens q as roupas nos condena muito.
    Vlws Galera Paz de Cristo a todos

  22. gabriela janauba mg disse:

    oiii deia td bem???gracas a deus eu nao passo por isso pois como vc disse, eu tambem uso o q eu tenho!abracos e fiquem com Deus!!!valeeeuu!at+.

  23. Daan disse:

    aee minha mãee tbm nãoo gosta muito da roupas que eu uso mais eu acho super normaal . me vistoo do jeito que me sintoo beem ,pois não estou prejudicando ngm .
    Nuncaa brigueei com elaa por causa da minhas roupas ,poiis digoo a ela que eh normaal e ela me entendii depoois de um tempoo.
    NOOSA PRIMEIRA VEEZ QUE EU ENTREII NO SITEE E TO AMANDOO
    SEM DEUS NÃO SEI O QUEE SERIIA DE MIIM

  24. Thais Vinhedo SP disse:

    Esse post me fez relembrar meus tempos de adolescente rebelde…
    Eu era rapper, então imagine só meu estilo…
    Era blusinha apertada e clalça jenas larga caindo como diziam meus pais lá no joelho…
    Hoje, quem me não me conhecia antes e eu digo que era assim não acredita…
    Graças a Deus eu mudei muito.
    Mudei minha forma de pensar, de agir, de me vestir…
    Mesmo depois de mudar esse estilo, continuei a ter conflitos em casa por causa de roupa.
    Minha mãe gosta muito de se vestir com roupas elegantes e eu sempre fui mais simples, nunca dei muita importância para isso.
    Ela vivia pegando no meu pé, dizendo que sonhava com uma filha que se arrumasse como ela e me comparava com minhas amigas e primas.
    Isso me feria muito porque me parecia que ela gostava menos de mim por causa do meu jeito de me vestir.
    Hoje, por causa da faculdade e do trabalho tenho que me vestir adequada ao ambiente.
    Meu jeito de me vestir mudou um pouco, mas eu mesma não mudei.
    Continuo procurando ser simples e humilde e para completar estou agradando mais minha mãe.

    Deus abençoe a todos…

  25. edivaldo mella Janasco disse:

    Gostei muito da materi comigo tbm é assim, meu pai e alguns familiares não gostam do meu estilo, sou muito ligado a religião, pois participo sempre na minha comunidade e alem disso sou catequista de crisma, mas o meu estilo é bem maluquinho sou uma pessoa q gosta de sempre mudar sempre estou mudando, gosto de inovar, e meu pai naum gosta muito ela é mais do estilo antigão naum gosta dos estilos de hoje em dia mas eli naum ve as coisas direito só ele esta certo, ele tem q ver q eli ja foi jovem e ja seguiu moda, pois quando tinha aquela moda de homem de cabelo comprido eli seguia essa moda mas agora mudou sem tem novos estilos varios penteados, gosto de inovar, e quando mudo alguma coisa la vem recramação, mas naum ligo, alias naum é só eli o poblema eli leva mas para q os outros dizem, moro em uma cidade pequena todos se conhecem e as pessoas sempre fofocam, naum sabem cuidar só de suas vidas, e semprem falam coisas pro meu pai sobre mim, alias naum ligo e sempre falo naum to nem ai para oq vão pensar, é como diz a musica pra tudo ha um tempo, pos essa musica tem muito a ver comigo.
    Gosto muito do meu estilo louco, mas oq emporta é q sou de DEUS todos tem q respeitar os gostos dos outros mas uma coisa oq importa é nossa felicidade e com Deus, é muito melhor eu estar com meu estilo doido seguindo a Deus, do que com um estilo normal ou doido seguimdo o mal.
    Espero q todos sejem felizes com seus estilos pois Deus nos ama como somos seja maluco, normal, despojado, Deus ama a todos.
    vlw galera paz do nosso senhor
    Amém

  26. Hadênia-Natal,RN disse:

    Oii Deia
    legal esse tema, as vezes acontece alguns conflitos entre mim e minha mãe sobre roupas, + graças a Deus, dialogamos e sempre no final da tudo certo.
    Deia como eu já tinha dito a vc, eu nao estou podendo assisti o bdh, pq aki no nordeste nao tem horario de verão, Deia o bem da hora ta me fazendo uma falta, nossa Senhora.
    obg por td
    abração
    e fik com Deus
    Deniha-Natal,RN

  27. Giovana disse:

    Olá, Andréa!
    Achei muito interessante esta reflexão, além de ótimas colocações.
    Lamento pela situação da menina do exemplo dado no texto, uma vez que grande parte dos pais e das famílias em geral não conseguem compreender o momento de seus filhos adolescentes, a busca da identidade, o processo das descobertas, as escolhas e experiências. É claro que a intenção dos pais é normalmente proteger e poupar seus filhos do sofrimento, no entanto a superproteção e imposição forçosa de valores é por demais nociva e pode prejudicar inclusive a formação da personalidade do futuro adulto.
    Concordo plenamente quando diz que a roupa diz muito sobre quem somos e até dita o comportamento e as atitudes das pessoas em redor com relação a nós. Um grande e recente exemplo foi o de Geisy Arruda, um caso extremo de violência e hipocrisia que infelizmente tanto assola a sociedade brasileira.
    Obrigada :-)

  28. Rafaela de Sertãozinho-SP disse:

    Graças a Deus ñ tenho esse problema com meus pais minhas roupas são bem comportadinhas rsrsrsrs…verdade!!!

    Bjos fica com deus!

  29. Isabella disse:

    Gostei muito dessa matéria. E concordo com tudo que está escrito nela.

    :D

  30. gabriela janauba mg disse:

    oooiiii deia!!!td bem???ameeei esse post,gracas a Deus eu ñ passo por esse problema pois eu visto o q eu tenho!!!abracos fique com Deus!!!valeeuu!!!!!!!!!!!!!!

  31. gabriela janauba mg disse:

    ooiii Deia,amei o post,gracas a Deus eu ñ passo por isso,pois eu visto o q tenho!fique com deus!!!valeeuu!!!!!!!!!!!!!!.

  32. Paulo dos Santos Brito disse:

    Deia curto muito você e seu programa
    beijosssssssssssssss!!!

  33. Vanessa Freire da Silva disse:

    Deia aqui na minha casa tambem acontece esse tipo de coisas mais agora vou tentar conversar Vanessa Freire da Silva Maringá Paraná.

  34. Anderson santos disse:

    Bem, apenas uma frase penso eu que nestas horas dizer muitas coisas não irá resolver a situação, tipo, acredite se quiser, se eu peço para uma pessoa mudar, eu estou pedindo para que ela deixe de ser ela mesma e isso e desfigurar a essência de uma pessoa.

    Obrigado a todos.

  35. franciele disse:

    oi Deia tudo bem olha esse assunto é complicado de se falar porque cada pessoa deve se vestir da maneira que achar melhor mais,tudo na vida tem que ter o seu limite para se viver em paz.

  36. Franciele Maria - Ubatuba - SP disse:

    Oiii Déia!!!!!!!!Eu vou ganhar de presente de natal sabe o quê???O ALMANMAQUE E A AGENDA 2010 DO BEM DA HORA!!!!!!!!!!!Amo muito Você!Beijos no seu caração e que Deus te abençõe!

  37. Camila disse:

    eu sei como é passar por isso eu já fui vitima disso a mamãe disse que ela não curte as minhas !mas vamos lhe dar com diferenças alias ela e´a minha mãe vamos respeitar….
    bjs

  38. Claudia Souza disse:

    Querida Deia!Sou mãe de uma adolescente(14anos)e tô passando por esse momento tão difícil que é a adolescencia, eu e minha filha entramos sempre em conflitos devido aas roupas, maquiagem, jeito de se comportar etc…No quarto dela é uma bagunça tudo é jogado e por mais que eu fale, explique converse e até brigue com ela para que ela arrume o quarto, não consigo é briga na certa!!Ela participa de um grupo de jovens aqui em SJCampos, mas é só sair com outros que a personalidade muda!Que conflito!Gostaria muito me dar bem com minha filha mas as vezes acho que ela não gosta de min!E sofro muito com isso!Que idade difícil!beijos querida,e espero que agente se comunique!Bye!

  39. Débora Christine - Divinópolis MG disse:

    Oi Déia!!!
    Tudo bem da hora?

    Muito interessante esse post! Eu não passo por este tipo de problema. No início da minha adolescência minha mãe começou me mostrando os tipos de roupa que eu podia e não podia usar e, com o tempo, eu fui aprendendo sozinha a escolher minhas próprias roupas. Mas o diálogo nunca faltou em minha casa!

    Déia, vi no twitter que terá um colônia de férias aí na Canção Nova em janeiro, fala mais um pouquinho dela pra gente!

    Beijos! Adoro você :D

  40. Débora Christine - Divinópolis MG disse:

    Déia, tenha uma ótima semana e que Deus te abençoe!
    Um grande abraço!

  41. Gabriel disse:

    Muito legal esse artigo!
    Parabéns Deia!

  42. José Inácio de Andrade Neto, Armação dos Búzios - RJ disse:

    Olá Déia!
    Tudo bem da hora com você?
    a paz de jesus e o amor de maria!

    Formação interessante!
    Bom eu não tenho esse problema, eu gosto de um tipo de de roupa religiosa, aquela que tem maria, jesus na estampa sabe!
    Minha mae sempre ajuda a escolher minhas roupas!se eu gosto da roupa eu falo,se nao gosto falo tbm!
    e assim anda a vida!

    Abração
    Bjos amada!
    Deus lhe abençoe querida!
    Hoje é meu niver, uhuuul!!!jesus obrigado pelo dom da vida!

  43. Ana Angelica disse:

    Déia,todos os dias rezo o terço pela cancao Nova,mais sepre ligo a tv antes pois meus filhos um dia viram o Bem da Hora e se apaixonaram.Eles se divertem com as equipes laranja e azul e gostam bastante de imitar os passos do Passo a Passo.Por favor manda um beijos pra eles,os nomes deles são Levi e Lívia,eles 3 e 5 anos.todo dia eles ficam esperando vc mandar pois eu disse q ia escrever pro programa e pedir pra vc fazer isso.Q Deus te abençoe.Bjs Ana de Mutuípe – Bahia

  44. MYLENA:DA BAHIA VARZEA DA ROCA CAMPO DE SAO JOAO disse:

    ola deia como vai o bem da hora ta muito agitado

  45. camila neeris disse:

    Eu acho que minha mãe curte sim minhas
    roupas , por que ellas são adequadas pra minha idade
    de 12 anos !
    Eu tbm acho que um mode de se vestir muda pessoua como ela é !

  46. Jéssica disse:

    Adorei o artigo
    Parabens Deia!!!

    Beijos e que DEUS te abençoe

    *_*
    adoro vc assim
    \____________________o____________________/

  47. Julie Maria disse:

    Gostei muito do que o Victor de 24 disse. A moda e o modismo não devem ser critérios para uma jovem ou jovem católico na hora de escolher a roupa. Ser filho de Deus é a mais alta dignidade que podemos receber Dele e como somos uma unidade de corpo e alma importa sim o que vestimos. A nossa veste deve refletir o que somos. A Igreja já ensinou várias vezes sobre isso mas parece que muitos desconhecem tais ensinamentos. Para divulgar estes ensinos fizemos uma página que convido a todos a estudarem!

    http://modaemodestia.wordpress.com/estudo/

    Sem saber o que a Igreja, nossa Mãe, fala sobre isso facilmente seremos levados para dar contra-testemunho pela forma que vestimos.

    Paz

    Julie Maria

  48. maria ranyelle disse:

    ola adoro vcs…………gostei muito…….muito……..me manda um abraço no programa…………amo vcs!!!!!!!!!!
    nucleo 2,paraiba

  49. adilson dias xavier disse:

    oi déia tudo bom com vc adoro
    seu progama assisto todos os dias e acho muito fera.
    beijosssssssssssss!!!!!!!!!!!
    ninheira MG

  50. Jaqueline Nunes disse:

    Déia isso as vezes tambem acontece comigo,minha mãe diz que eu ainda sou criança pra passar maquiagem,lapis de olho,rimel e muito mais.
    Eu sei que ainda sou um pouco criança e que não posso passar muita coisa,mas gosto de me arrumar e ficar bonita !

    Muito Obrigado por colocar o Bem da Hora na minha vida atraves da sua alegria de evangelizar e … Te Amo !!!!

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

  51. lorrany disse:

    adorei essa materia o bem da hora me ensinou muito, muito obrigado deia e sua promocao parabens pelo seu programa minha
    mae curte muito minhas roupas thauuuuuuuuuuuu

  52. Isaiany silva disse:

    DEIA QUERIDA TD BEM?EU PENSO ASSIM SER ADOLECENTE E UM PERIODO COMPLICADO OS PAIS TEM DE ACEITAR ISSO,ENFIM TODA A FAMILIA,A ROUPA MUITAS VEZES MOSTRA UMA FORMA DE COMO AQUELE JOVEM SE COMPORTA;MAS A ROUPA Ñ DIZ NADA O QUE VALE E O CORAÇÃO.EU FAÇO PARTE DA PASTORAL DA JUVENTUDE E NÓS FALAMOS BASTANTE SOBRE ISSO,CADA JOVEM LA TEM SUA FORMA DE SE VESTIR,MAS APREDEMOS A ACEITAR AS PESSOAS COMO ELAS SÃO,EU ACHO MUITO CHATO JUGAR UMA PESSOA POR MINIMA APARENÇA QUE POSSUA.MAS TAMBEM DEVEMOS TER LIMITAÇÕES ROUPAS ESCANDALOSAS Ñ E BEM APROPRIADA PARA UMA JOVEN DE DEUS.UM BEIJO.CHÃ GRANDE/PERNAMBUCO

  53. mariane jequié ba disse:

    Olá Deia
    Graças a Deus que lá em casa nao acontece esse tipo de coisa pois eu sempre converso com os meus pais sobre isso.
    FIQUE COM DEUS!

  54. Mariana disse:

    Gostei muito da matéria,ela me ensinou muito. Ainda bem que isso não acontece aqui em casa!
    beijoss!! fica com Deus!
    E muitos abraços apertados!!

  55. sibelle disse:

    olá déia aqui em casa procuramos o diálogo

  56. Alice disse:

    Primeira vez que passo aqui nesse blog, e simplismente adooorei, tudo que você comenta, fala, e dá dicas tá suuper ligado comigo . Com o que eu to passando e com o que eu já passei . Sinceramente essa matéria foi simplismente a meelhor pra mim, até porque a minha família em geral me julga muito pelo o meu estilo, de se vestir, falar, ouvir determinados tipos de musica, da minha máquiagem, enfim, do meu jeito, dos meus gostos . Tento dialogar, mas logo me julgam . Mas com certeza Deus irá me ajudar, e vamos superar isso . Adoooooooorei o blog, e sempre vou visitar, beeijão e Parabéns :)

  57. lara disse:

    tb acho que deve aver uma dica para que nos muhleres possam se vestir com estilo,sem nos preocupar com nada……
    mas é assim olha meninas ñ presica se esbaudar para compra tanta roupa se vcs ñ tem condiçãoes é so ver um jeito pq para tudo tem um jeito…

  58. Darliane Fontana da Silva disse:

    Oi linda!

    Td bem? Amei seu comentário e agora sei que vou conseguir respeitar o estilo da minha mãe para mim.
    É que eu tenho um estilo muito diferente da minha mãe.Ela tem um estilo mais simples mas eu gosto de um estilo mais diferente.

    Muito obrigado agora uma vai respeitar o estilo da outra

    Que Deus te abençoe e te ilimune por todos os dias da sua vida!!!!!!!!!

    Bjo!

  59. geovanna disse:

    oi deia..!
    bom, aqui em casa eu sofro com isso, pq minha mãe quer que eu use vestidos, saltos e outras coisas, essas coisas eu não me sinto bem, tipo salto, com salto eu me sinto super desconfortavel, gosto mesmo de usar uma calça jeans, um tenis e uma blusa basica, mas minha mae nao entende isso.

    bjo

  1. Augusto César disse:

    Minha mãe não curte minhas roupas http://blog.cancaonova.com/bemdahora/2009/11/20/minha-mae-nao-curte-minhas-roupas/

Comentários foram desabilitados.