Print Friendly

 

Tudo na nossa vida ganha cor e sentido quando descobrimos que somos amados por alguém. Alguém que se preocupa conosco, que se lembra da gente, que está conosco, enfim, alguém que nos ama.

Ser alvo do amor, do olhar de alguém nos coloca na condição de protagonista da nossa história. Eu posso verdadeiramente tudo quando sei que sou amada. Eu não tenho medo de entrar nos quartos escuros, mexer nas gavetas da minha vida, porque sei que mesmo que eu encontre algo muito feio, fantasmas do meu passado, o Amor vai me ajudar a vencer.

Alguns efeitos visíveis do Amor: nós, mulheres, ficamos com a pele mais sedosa, cabelos e olhos brilhantes e mesmo que tenhamos acabado de acordar, com os cabelos ainda desarrumados, nos sentimos lindas. Nada me detém quando sei que sou amada. Sinto-me livre, bonita, forte, necessária; sou mais produtiva no ambiente de trabalho, trago mais leveza para os relacionamentos e para aqueles que estão a minha volta.

Sentir-se amado é um remédio.

E nós poderíamos nos sentir assim todos os dias, se de fato, conhecêssemos o “Amor”.
Ele tem um nome, uma cor, um cheiro, um rosto: Jesus Cristo.

O seu amor desmistifica tudo. “O amor me explicou todas as coisas.” – disse São João Paulo II.

A experiência com o Amor nos torna exigentes, não nos contentamos com qualquer “eu te amo”, porque já O conhecemos e a Sua voz é inconfundível.

Hoje, fala-se de múltiplas formas de amor, porém só um é de fato, amor, o resto é plágio, é réplica, fictício é ilusório.

Enquanto não conhecermos o Amor e o valor que Ele agrega, vamos continuar nos expondo, buscando e muitas vezes, mendigando ser amados, e isso é tão sério, que  às vezes até esquecemos quem somos, comprometemos a nossa dignidade, nosso futuro em troca de um beijo, um abraço, uma mensagem no WhatsApp, uma “selfie”, um “like” no facebook, tudo para exibirmos um perfil onde diz que pertencemos a uma pessoa, um relacionamento sério com alguém.

É urgente um encontro com o Amor. É para ontem!  
Alguém, por favor, pode nos apresentar ao Amor?!

Desejo a você um encontro com o verdadeiro AMOR que te levará a uma maravilhosa aventura. Amar e ser amado (a).

 


Marly Pinheiro

Missionária da Comunidade Canção Nova em Belo Horizonte.
Instagram: @marlycn

1 comentário

  1. Me encontrei neste texto… Obrigada Marly pela docilidade, pela verdade nestas linhas simples e verdadeiras, por isso que edificam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *