A família é o nosso hábitat, é o ambiente natural, criado por Deus, para aprendermos a dar e receber amor. É no ambiente caloroso de um lar, no aconchego de uma família, por mais simples e pobre que seja, que aprendemos a amar e ser amados.

Deixe-se ser atingido por gestos de amor,

de bondade, de carinho, de compreensão, de perdão…

Precisamos de amor puro de pai, de mãe, de irmão…Precisamos de amor puro de nossa família. Sim, a família é e precisa ser um “oásis de amor”. É urgente preservar esses oásis de amor que ainda existesm.

continua…

Mons. Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova
(revista canção nova/julho2010)

deixe seu comentário…

Todos nós precisamos do amor puro uns dos outros. Precisamos do amor de nosso pai… e como é importante a presença, o carinho, a segurança, a firmeza, as correções, as ordens, e até mesmo as zangas e broncas do pai…

Tudo isso é amor e é essencial para nosso crescimento, nosso equilíbrio, nossa maturidade e formação.

Nem preciso dizer o quanto precisamos do amor de mãe, da presença, do carinho, da correção, do perdão que só a mãe sabe dar.

Todos nós precisamos do amor puro de nossos irmãos e irmãs, da convivência, das diferenças e até mesmo das dificuldades. Tudo isso faz parte de nosso crescimento e de nossa maturidade. Sem isso, ficamos afetivamente imaturos.

continua…

Mons. Jonas Abib

Fundador Comunidade Canção Nova

(revista canção nova/julho 2010)

Sempre é bom lembrar!
A novidade pra mim foi saber que as 3 peneiras começou
com Sócrates.

Um rapaz procurou Sócrates e lhe disse que precisava contar algo sobre alguém.

Sócrates, então, tirou os olhos de um livro que lia e perguntou:

-O que você vai me contar já passou pelas três peneiras?

-Três peneiras?

-Sim. A primeira é a VERDADE.

O que você quer contar dos outros é um fato?

Caso tenha ouvido falar, a coisa deve morrer por ai mesmo.

Suponhamos que seja verdade. Deve passar então pela segunda peneira: a BONDADE.

O que vai contar é coisa boa?

Ajuda construir ou destruir o caminho ou a fama do próximo?

Se o que você deseja contar é verdade, é coisa boa, deverá passar ainda pela terceira peneira:

a NECESSIDADE..

Convém contar?

Resolve alguma coisa?

Ajuda a comunidade? Pode ajudar o planeta?

E arremata Sócrates: Se passar pelas três peneiras, conte!

Tanto eu, você e seu irmão temos que nos beneficiar.

Caso contrário, esqueça e enterre tudo.

Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia

entre irmãos e colegas do planeta.

Devemos ser sempre a estação terminal de qualquer comentário infeliz.

(texto anônimo)

Sempre é bom,
“guardar tudo meditando em seu coração”
como fazia Maria.

“Vinde Espírito Santo!”

Nos dias atuais, precisamos clamar incansavelmente:
Precisamos ter o nosso coração fortalecido para não nos faltar a coragem, para sermos verdadeiros cristãos no mundo de hoje.

Coragem para assumir a nossa fé, sem medo do que possam pensar de nós, sem meias-palavras, sem ficar em cima do muro. Mas vivendo e testemunhando uma fé que acima de tudo é expressa pelo amor.

Amor a Deus e aos irmãos…
Amor a Igreja…
Deus é Amor e precisa ser manifestado!
Ame! Ame! Ame!

Sejamos presença de Deus!