“Neste dom da Eucaristia,
Jesus quis derramar todas as riquezas do amor que reservava para os homens.”

(Concílio de Trento, Sess XIII,c2)

Jesus quis fazer esse presente a nós precisamente na noite em que os homens lhe preparavam a morte.

“Na noite em que foi entregue, o Senhor Jesus tomou o pão e depois de dar graças, partiu-o e disse: isto é o meu corpo que é entregue por vós”.
(ICor 11,23-24)

São Bernadino de Sena disse: “Jesus Cristo abrasado de amor por nós e não satisfeito de preparar-se para dar sua vida pela nossa salvação, foi constrangido pelo excesso de seu amor a fazer uma obra  maior:  dar-nos, como alimento, o seu próprio corpo.”

Vinde Espírito Santo e concedei-nos um coração abrasado de amor e gratidão por tão grande amor. Vinde Espírito Santo que no seio da Virgem Maria, concebeu o Filho de Deus – O Verbo Encarnado, que por nós veio ao mundo e por nós se entregou todo inteiro por amor.

Ó Virgem Maria concedei-nos a graça de sermos tomados pelo grande mistério de amor que Jesus nos amou e se entregou todo por nós.

Vinde Amor Infinito e Misericordioso, curar nossas feridas, nossa história, nosso amor tão finito e imperfeito.  Vinde curar nossa falta de amor e nossa forma de amar, muitas vezes falha, egoísta e interesseiro.

Como Maria, acolhemos o Amor que nos amou primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *