Pais que perdem os filhos…

“Sei que há muitos pais que perderam filhos ou filhas e não os esqueço, como o “Pai nosso” não os esquece. Trata-se algo muito sério, pois relembro muitos homens aos quais me foi dada a graça de ajudar em momentos dolorosos. Quantas lágrimas correm de rostos enrijecidos pelas lutas da vida, quando o sofrimento bate à porta. Se palavras muitas vezes são insuficientes para consolá-los e às suas esposas e famílias, aceitem a presença da Igreja, que quer, mesmo no silêncio, dizer-lhes que não estão sós. Desfrutem a companhia da Comunidade católica, com a qual vocês, pais da terra, podem rezar o “Pai nosso”.”

Reflexões espirituais de Dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo de Belém do Pará

Rezo hoje por você pai que vive esse dia dos pais com o coração sofrido pela ausência de seu filho. Que este coração que o Pai do Céu tão bem conhece possa ser consolado, pela certeza do Céu, lugar onde não haverá nem choro,nem lágrimas, onde o riso será eterno.

Como Maria, quero me  unir ao seu coração e juntos experimentar que com Deus tudo é possível!

Fátima Nogueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *