Oração à Nossa Senhora de Pentecostes

Ó Maria, Filha predileta do Pai, Mãe Santíssima do nosso Senhor Jesus Salvador, Esposa mística do Espírito Santo, Nossa Senhora de Pentecostes, nós nos consagramos ao vosso maternal amor e vos tomamos como modelo perfeito de louvor a Deus, de santidade, de espírito missionário e evangelizador. Vós que no dia de Pentecostes, junto com os apóstolos, ficastes repleta do inefável dom do Espírito Santo, ajudai-nos, na efusão do mesmo Espírito que recebemos no dia do Batismo, sermos constantemente fiéis ao Senhor.
Amém.

V. Nossa Senhora de Pentecostes,
R. Rogai por nós que recorremos a Vós

“Só Maria achou graça diante de Deus (Lc 1,30) sem o auxílio de qualquer criatura. E todos, depois dela que acharam graça diante de Deus, acharam-na por intermédio dela e é só por ela que acharão graça os que ainda virão.”

Mãe recorrendo ao seu auxílio, hoje lhes pedimos: Ensina-nos a fazer em tudo a vontade de Deus.

Vem, guardai – nos em seu Imaculado Coração!

Como Maria, em tudo e sempre!


“Disse Maria: ‘Eu sou a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra’” (Lc 1,38). Estamos celebrando, hoje, a Festa da Anunciação do Senhor, dia em que veneramos o começo da vida de Jesus Cristo, Verbo encarnado no seio de Maria. Começa, exatamente aqui, um novo período da história. Deus está conosco!

Dom Bosco, aprendeu com a Virgem Maria, a ver em cada menino, que se comportava como “lobos ferozes“, um “cordeiro, uma ovelha” do Rebanho de Jesus, do qual ele o queria fazer pastor.

Escreveu Dom Bosco:
“Foi ela (Maria Auxiliadora) quem tudo fez”

A festa de Maria Auxiliadora deve ser antecipação da festa eterna que deveremos celebrar todos juntos um dia no Paraíso”.

“Quem confia em Maria jamais será iludido”.

“Amai esta vossa mãe celeste, recorrei a ela de coração”.

“Em todo perigo, invocai Maria; eu vos asseguro que sereis ouvidos”.

“Um sustentáculo grande para vós, uma arma poderosa contra as insídias do demônio tende, caros jovens, na devoção a Maria santíssima”.

“Maria foi verdadeiramente constituída por Deus auxílio dos cristãos”.

“Maria protege todos os seus devotos, em todas as necessidades, mas os protege especialmente na hora da morte”.

“Eu recomendo que diga todas as noites, antes de se deitar, três vezes a seguinte oração: querida mãe, virgem Maria, fazei que eu salve a minha alma”.

“Amai, honrai e servi a Maria”.

Dom Bosco, neste dia de graças, concedeu ao meu coração, ao coração da minha família, da Canção Nova, a graça de caminhar sempre na certeza e na experiência de que “Maria nos mantem firmes e nos guia pelo caminho do Céu.”

Que esta oração e a graça de Deus lhe alcançe!

Como Maria, sempre confiante na misericórdia de Deus!

Fátima


“Maria, nasce hoje no meu coração, e no coração da minha família.”

Esta tem sido a minha oração e o da minha família nestes tempos. Tempos onde experimentamos a urgência de ser uma família de Deus.  Mas como fazer isso acontecer?

Quero partilhar com vocês o que tenho vivido com meu esposo e os meus três filhos: João Victor (12), Pedro Lucas (10) e Thiago Gabriel (6).

A experiência que temos feito em família é de rezar o santo terço juntos, diariamente. E tem sido uma experiência muito rica.

Tudo começou, quando sentindo a necessidade de reunir a família para rezarmos juntos. E o que Deus me inspirou foi de começarmos rezando o terço da Divina Misericórdia em preparação para esta grande festa, da 1º de maio. E assim continuamos rezando, agora o santo terço.

E muito ajudou o livro: O Rosário para crianças – pois meu filho caçula estava começando a ler, e impolgado lia toda todas as orações, contemplava os mistérios… e não demorou para que cada um fosse “disputando” quem contemplaria os mistérios… e eles mesmos foram se organizando.

Hoje, nos reunir diariamente para rezar o terço já é algo que faz parte da nossa vida. Já fazia de nós pais, mas agora também dos nossos filhos.

Mas, isso não significa que o santo terço aconteça sem distrações. Rezamos em família, e em uma família com crianças que se comportam como crianças. As vezes rezam atentamente, as vezes dormem e antes de terminar, crianças que entre um mistério ou ave maria lembram um acontecimento do dia, fazem perguntas … Mas, o mais importante é que este é o momento em que nos reunimos com a Mãe do Céu, a Mãe de Jesus (que também foi criança) que contemplamos os minstérios da nossa salvação…

Muito nos ajudou o livro ” O Rosario para crianças”, pois hoje todos já sabem contemplar os mistérios do terço, e um dos momentos mais lindos é quando eles fazem o oferecimento, que é expontâneo de seus coraçõeszinhos de criança. Lembram das pessoas que sofrem no mundo, dos governantes, dos familiares, dos colegas da escola, das familias deles, dos times de futebol… neinguem fica sem ser lembrado…e Tenho a certeza que o Coração de Maria fica muito feliz, em estar conosco neste momento!

Se essa graça já acontece na sua família, seja perseverante… partilhe com outros…Mas, se você ainda não, comece. E você verá que muitas graças vai acontecer!!

Na história da Canção Nova e na nossa vida de consagrados podemos alegres e confiantes dizer: “… foi Ela quem tudo fez” e pode fazer na sua vida, e da sua família também!

Com carinho,

Fátima Nogueira
Com. Canção Nova.