3º dia da Novena do Preciosíssimo Sangue de Jesus

Sangue de Cristo, recebido pelos fieis na Eucaristia.

Oração inicial para todos os dias da Novena

Pai de misericórdia, vos suplicamos, pelo Sangue derramado por vosso Filho, que perdoeis os nossos pecados e nos concedeis, se for de vossa vontade a graça que necessitamos (pede-se a graça que deseja receber).

Senhor Jesus Cristo que descestes de junto do pai à terra, e derramastes vosso Sangue precioso em remissão dos nossos pecados, humildemente vos suplicamos que no dia do juízo mereçamos à vossa direita, ouvir: “vinde benditos de meu Pai”. Vós que viveis e reinais para sempre. Amém

Rezar o Pai Nosso.

Leitura bíblica

Evangelho segundo João (6,53-57): Jesus disse: “Em verdade, em verdade, vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Quem consome a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois minha carne é verdadeira comida e meu sangue é verdadeira bebida. Quem consome a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim, e eu nele. Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por meio do Pai, assim aquele que me consome viverá por meio de mim”.

Leitura Espiritual:

“Cristo deu sua vida por nós. Portanto, também nós devemos dar a vida pelos irmãos” (1Jo 3,16). É certamente a mesma coisa que se lê nos Provérbios de Salomão: “Quando te sentares à mesa de um poderoso, observa com atenção o que te é oferecido; e estende a tua mão, sabendo que também deves preparar coisas semelhantes”. (Pr 23,1-2: Vulg.). Ora, a mesa do poderoso é a mesa que se recebe o Corpo e o Sangue daquele que deu a sua vida por nós. Sentar-se à mesa significa aproximar-se com humildade. Olhar com atenção o que é oferecido, é tomar consciência da grandeza desta graça. E estender a mão, sabendo que também se devem preparar coisas semelhantes, significa o que já se disse antes: assim como Cristo deu a sua vida por nós, também nós devemos dar a vida pelos irmãos. É o que diz o apóstolo Pedro: Cristo sofreu por nós, deixando-nos um exemplo, a fim de que sigamos os seus passos (cf. 1Pd 2,21). Isto significa preparar coisas semelhantes. Foi o que fizeram, com ardente amor, os santos mártires. Se não quisermos celebrar inutilmente as suas memórias e nos sentarmos sem proveito à mesa do Senhor, no banquete onde eles se saciaram, é preciso que, como eles, preparemos coisas semelhantes. Amemo-nos também nós uns aos outros, como Cristo nos amou e se entregou por nós (Tratado de S. Agostinho sobre o Evangelho de São João 84,1-2; Legionário Monástico II, edições Lúmem Christi, Rio de Janeiro, 1999, p. 476).

Oração Final para todos os dias da Novena

O Sangue do Cordeiro servirá de sinal para vós, diz o Senhor. Ao ver o sangue, passarei adiante, e não vos atingirá a praga exterminadora.

         V. Portanto, vos pedimos: salvai os vossos servos,

         R. Que vós, Senhor, remistes com sangue precioso.

 OraçãoLembrai-vos, Senhor Deus, de vossa aliança, consagrada pelo Sangue do Cordeiro imaculado, para que o vosso povo obtenha o perdão dos pecados e avance continuamente no caminho da salvação. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém. (Oração de Laudes, 4ª Feira, IV semana, Tempo Comum.)

Rezemos a Consagração ao Preciosíssimo Sangue de Jesus 

 

Fonte: Devocionário ao Preciosíssimo Sangue de Jesus

 

Clique em Comentários e deixe seus pedidos de oração e os seus testemunhos