Portal Novo:Mudança de planos: isso faz parte no trabalho em equipe!

Olá, internautas!

Enfim, vamos começar a postar o conteúdo das reuniões no departamento de Tecnologia da Informação referentes a reformulação do Portal Canção Nova. Como hoje houve uma reviravolta nos planos, vamos explicar por partes para você entender melhor.

No começo somente os programadores estavam envolvidos no projeto e eles criaram uma metodologia de trabalho e começaram as pesquisas. Acontece que, em dado momento, percebeu-se que era preciso estar nesta equipe também os designers e os produtores de conteúdo para que o produto final fosse mais completo.

Então, todos nós nos reunimos e começamos a discussão a partir do que os programadores já tinham feito. Mas vocês sabem como é, né? Muitas cabeças pensando, departamentos diferentes, inevitavelmente houve conflito de ideias – o que é comum em todo grupo. Como a metodologia usada pelos programadores não estava atendendo as necessidades dos designers, decidimos começar de novo.

Antes de ver como será o portal, vai ser decidido qual será a maneira de trabalhar (existem vários nomes difíceis e complicados de metodologia, então, é importante você saber apenas que, neste momento, serão estudados metodologias que atendam os programadores e os designers). Simultaneamente a essa pesquisa, será feito uma reunião com todos os produtores de conteúdo para ver a real necessidade de cada um, além de poder prever as possíveis mudanças na nova plataforma.

Para você entender melhor, é como se fosse a pesquisa para a produção de um filme. Antes do diretor e os produtores colocarem a mão na massa, eles precisam conhecer bem sobre o que vão narrar – eles buscam todas as informações possíveis sobre o tema. A mesma coisa acontece com a gente. Vamos estudar as particularidades do Portal Canção Nova para poder saber exatamente o que precisa ser feito.

Recapitulando o que vai ser feito:

  1. Os programadores e os designers vão se reunir para definir uma metodologia de trabalho que atenda a necessidade de ambos;
  2. No mesmo período, a equipe vai vivenciar o cotidiano dos produtores de conteúdo para saber a real necessidade deles e poder prever o que precisa ser feito.

Como na construção de um casa, vamos começar pelo alicerce, não pelo telhado. Bom, é isso pessoal.

Até a próxima!

Autora: Ariane Fonseca

↑ topo