Carta a Tito > Leitura #294

Qual é o fruto da nossa fé?

Qual é o fruto da nossa fé? Pois se a nossa fé não manifesta boas obras, é questionável. É necessário que a árvore de bons frutos, assim como a nossa fé.

Aprendam também os nossos a aplicar-se às boas obras, para poderem socorrer em casos de necessidade, e assim, não ficarem sem frutos.”

É, parece que é no inverno, e neste inverno que Paulo precisa e quer passar todas as instruções aos seus discípulos e Bispos. “apressa-te a vir ter comigo” também já foi usado para convocar Timóteo e, se possível, antes do inverno. Parece que há uma urgência no ar. A urgência de transmitir o a tradição da Igreja, a aprender mais.

Os frutos fé de Paulo são inquestionáveis e este apóstolo agora quer terminar a formação dos seus discípulos alimentando neles a necessidade de viver a fé com um testemunho vivo. Assim também nós somos chamados a dar frutos em nossa fé. Não basta rezar. Seja na igreja, em casa, no trabalho, na escola, onde estivermos somos cristãos. O nosso testemunho vivo, concreto de fé, ou seja, as boas obras, precisam nos acompanhar onde quer que estejamos.

Leia o trecho em Tt 3, 12-15

Na Bíblia cnbb página 1472

Título: Assuntos pessoais. Saudação e benção finais

Ordens

Tt 3, 12-14

Quando eu te enviar Artemas ou Tíquico, apressa-te a vir ter como em Nicópolis, pois resolvi passar lá o inverno. Provê diligentemente a viagem de Zenas, o legista e de Apolo, para que nada lhes falte. Aprendam também os nossos a aplicar-se às boas obras, para poderem socorrer em casos de necessidade, e assim, não ficarem sem frutos.”

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

Generosidade é a forma com que devemos tratar os irmãos que nos visitam.

Como posso pôr isso em prática?

Ainda que de maneira simples, minha recepção aos meus irmãos deve ser generosa, principalmente em diligência material.