Imagem da aparição de Nossa Senhora a Maximino e Mélanie

A 19 de setembro de 1846, a Santíssima Virgem apareceu sobre uma montanha de La Salette, na França, a duas crianças: Maximino e Mélanie.

Várias congregações foram fundadas pela inspiração de La Salette, entre as quais os Missionários e as Irmãos de Nossa Senhora de La Salette, que se dedicam a propagar a mensagem de reconciliação.

Disse João Paulo II, sobre La Salette:

“Neste lugar, Maria, a mãe sempre amorosa, mostrou sua dor pelo mal moral causado pela humanidade. Suas lágrimas nos ajudam a entender a gravidade do pecado e a rejeição a Deus, enquanto manifestam ao mesmo tempo a apaixonada fidelidade que Seu Filho mantém com relação a cada pessoa, embora Seu amor redentor esteja marcado com as feridas da traição e do abandono dos homens.”

Oração

Lembrai-Vos, ó Nossa Senhora da Salette, das lágrimas que derramastes por nós, no Calvário. Lembra-Vos também dos cuidados que, sem cessar, tendes por vosso povo, a fim de que, em nome de Cristo, se deixe reconciliar com Deus. E vede se, depois de tanto terdes feito por Vossos filhos, podeis agora abandoná-los. Reconfortados por Vossa ternura, ó Mãe, eis-nos aqui, suplicantes, apesar de nossa infidelidade e ingratidão. Não rejeiteis nossa oração, ó Virgem Reconciliadora, mas volvei nosso coração para Vosso Filho. Alcançai-nos a graça de amar Jesus acima de tudo, e de vos consolar por uma vida de doação, para a glória de Deus e o amor de nossos irmãos. Amém.

Meu nome é Jakcelli, moro em Mongaguá (Litoral de SP), venho contar para vocês um pouco dessa graça que presenciei essa noite…
Estava em minha casa estudando, quando recebi uma ligação de meus vizinhos dizendo que estavam no meio daqueles 50 carros envolvido no acidente da Imigrantes! Levei um grande susto, pois a filha deles de 14 anos teve uma lesão muito perigosa na cabeça e saiu desacordada do local… Tomamos a decisão de ir para SP pra tentar ajudar, pois eles estavam muito nervosos; Antes de sair de casa, me ajoelhei e rezei o terço mariano pedindo para que o Senhor tomasse conta daquela família…Conseguimos chegar com muita dificuldade, pois além do desvio que tinha por causa do acidente, tinha muita neblina na pista. Fomos direto para o hospital…quando chegamos lá, a minha vizinha e amiga de fé Jaqueline, estava desesperada e me abraçou com muita força…A filha dela estava em observação e já havia feito uma tomografia pra verificar se havia tido algum problema interno, pois a batida fui muito forte…PELA GRAÇA DE DEUS, quando saiu o resultado, foi constatado que não houve seqüelas graves em sua cabeça, ficando assim somente alguns hematomas e a dor da pancada!O carro ficou destruído na frente! Enquanto minha amiga de fé ficou com sua filha no hospital, eu e meu esposo fomos com o pai da menina ver aonde os policiais haviam deixado o carro. Fomos até a Policia Rodoviária mais próxima do local do acidente e lá eles disseram assim: “_ Vai até o pátio da DER e verifica se está lá, se não estiver provavelmente irá estar no local do acidente”.
Novamente peguei o meu terço e começei a rezar o terço da misericórdia, entregando sempre nosso caminho a Deus. Mais uma vez fomos agraciados, pois quando chegamos no pátio da DER, lá estava o carro. Meu esposo e o nosso amigo, foram até o carro e junto com os policiais que lá estavam registraram o B.O. e isso demorou algum tempo. Como estava muito frio, meu esposo veio até o carro e comentou: “_ Agora só falta arrumar um guincho pois o carro não vai poder dormir aqui, a administração da DER não autoriza e aqui fora é muito perigoso. Novamente peguei o meu terço e começei a rezar o terço da misericórdia; Não demorou muito meu esposo veio até o carro novamente pra ficar um pouco comigo, pois eu tinha ficado sozinha e estava demorando muito para fazer o B.O. Resolvi entrar na administração do pátio com ele, pois lá estava muito frio e não queria mais ficar sozinha. Quando estávamos lá dentro, meu esposo foi tomar um café e de repente quando ele olhou para traz encontrou um velho amigo que ele não havia encontrado há muito tempo, trabalhando como policial rodoviário. Logo eles se cumprimentaram e assim conversando meu esposo explicou a situação. Esse rapaz, providenciou um guincho na mesma hora para assim pudéssemos retirar o carro do pátio e levar para um local seguro, naquele posto rodoviário (em que tínhamos passado) até o dia seguinte. Quando o guincho estava levando o carro, o rapaz que dirigia aquele caminhão veio conversando com o nosso amigo na cabine e se comoveu com a história, esse mesmo arrumou na mesma hora outro guincho para que o carro fosse levado naquela mesma noite para casa de sua mãe em Interlagos.
LOUVADO SEJA DEUS, POR MAIS ESSA GRAÇA! Um momento de forte emoção pois tem situações na vida que não há explicação maior que O AMOR MISERICORDIOSO DE DEUS!

Jakcelli

Ontem dia 14 de outubro celebramos o dia da Exaltação da Santa Cruz.

“Se não houvesse a cruz, a morte não teria sido vencida e não teria sido derrotado o inferno

Dos Sermões de Santo André de Creta, bispo.

Tivemos aqui na sede da Canção Nova em Cachoeira Paulista um grande presente, recebemos a visita das relíquias do Santo Madeiro. Pudemos contemplar , e com nossa fé crer que ali esta um grande sinal de nossa salvação,  a Santa Cruz.

Também no dia de ontem tivemos a graça de colocar a Cruz no alto do santuário do Pai das Misericóridas, o ponto mais alto da cidade. Uma etapa muito importante de toda esta construção.

O que Deus falou claramente comigo é que preciso assumir as cruzes em minha vida, não como sofrimento por sofrimento mas com a certeza de que cada uma me ferá amadurecer em minha fé. É a certeza de que na provação Deus se faz presente, não como carrasco mas sim como Cirineu que não nos livra do madeiro mas que ajuda a suportar o peso.

Ele esta conosco e  cuida de nós. Confiemos.

Estamos juntos

Lucas Abib