Meu nome é Jakcelli, moro em Mongaguá (Litoral de SP), venho contar para vocês um pouco dessa graça que presenciei essa noite…
Estava em minha casa estudando, quando recebi uma ligação de meus vizinhos dizendo que estavam no meio daqueles 50 carros envolvido no acidente da Imigrantes! Levei um grande susto, pois a filha deles de 14 anos teve uma lesão muito perigosa na cabeça e saiu desacordada do local… Tomamos a decisão de ir para SP pra tentar ajudar, pois eles estavam muito nervosos; Antes de sair de casa, me ajoelhei e rezei o terço mariano pedindo para que o Senhor tomasse conta daquela família…Conseguimos chegar com muita dificuldade, pois além do desvio que tinha por causa do acidente, tinha muita neblina na pista. Fomos direto para o hospital…quando chegamos lá, a minha vizinha e amiga de fé Jaqueline, estava desesperada e me abraçou com muita força…A filha dela estava em observação e já havia feito uma tomografia pra verificar se havia tido algum problema interno, pois a batida fui muito forte…PELA GRAÇA DE DEUS, quando saiu o resultado, foi constatado que não houve seqüelas graves em sua cabeça, ficando assim somente alguns hematomas e a dor da pancada!O carro ficou destruído na frente! Enquanto minha amiga de fé ficou com sua filha no hospital, eu e meu esposo fomos com o pai da menina ver aonde os policiais haviam deixado o carro. Fomos até a Policia Rodoviária mais próxima do local do acidente e lá eles disseram assim: “_ Vai até o pátio da DER e verifica se está lá, se não estiver provavelmente irá estar no local do acidente”.
Novamente peguei o meu terço e começei a rezar o terço da misericórdia, entregando sempre nosso caminho a Deus. Mais uma vez fomos agraciados, pois quando chegamos no pátio da DER, lá estava o carro. Meu esposo e o nosso amigo, foram até o carro e junto com os policiais que lá estavam registraram o B.O. e isso demorou algum tempo. Como estava muito frio, meu esposo veio até o carro e comentou: “_ Agora só falta arrumar um guincho pois o carro não vai poder dormir aqui, a administração da DER não autoriza e aqui fora é muito perigoso. Novamente peguei o meu terço e começei a rezar o terço da misericórdia; Não demorou muito meu esposo veio até o carro novamente pra ficar um pouco comigo, pois eu tinha ficado sozinha e estava demorando muito para fazer o B.O. Resolvi entrar na administração do pátio com ele, pois lá estava muito frio e não queria mais ficar sozinha. Quando estávamos lá dentro, meu esposo foi tomar um café e de repente quando ele olhou para traz encontrou um velho amigo que ele não havia encontrado há muito tempo, trabalhando como policial rodoviário. Logo eles se cumprimentaram e assim conversando meu esposo explicou a situação. Esse rapaz, providenciou um guincho na mesma hora para assim pudéssemos retirar o carro do pátio e levar para um local seguro, naquele posto rodoviário (em que tínhamos passado) até o dia seguinte. Quando o guincho estava levando o carro, o rapaz que dirigia aquele caminhão veio conversando com o nosso amigo na cabine e se comoveu com a história, esse mesmo arrumou na mesma hora outro guincho para que o carro fosse levado naquela mesma noite para casa de sua mãe em Interlagos.
LOUVADO SEJA DEUS, POR MAIS ESSA GRAÇA! Um momento de forte emoção pois tem situações na vida que não há explicação maior que O AMOR MISERICORDIOSO DE DEUS!

Jakcelli

Ontem dia 14 de outubro celebramos o dia da Exaltação da Santa Cruz.

“Se não houvesse a cruz, a morte não teria sido vencida e não teria sido derrotado o inferno

Dos Sermões de Santo André de Creta, bispo.

Tivemos aqui na sede da Canção Nova em Cachoeira Paulista um grande presente, recebemos a visita das relíquias do Santo Madeiro. Pudemos contemplar , e com nossa fé crer que ali esta um grande sinal de nossa salvação,  a Santa Cruz.

Também no dia de ontem tivemos a graça de colocar a Cruz no alto do santuário do Pai das Misericóridas, o ponto mais alto da cidade. Uma etapa muito importante de toda esta construção.

O que Deus falou claramente comigo é que preciso assumir as cruzes em minha vida, não como sofrimento por sofrimento mas com a certeza de que cada uma me ferá amadurecer em minha fé. É a certeza de que na provação Deus se faz presente, não como carrasco mas sim como Cirineu que não nos livra do madeiro mas que ajuda a suportar o peso.

Ele esta conosco e  cuida de nós. Confiemos.

Estamos juntos

Lucas Abib

Me chamo Ana Raquel, tenho 26, sou natural de Fortaleza/CE

Falar de vocação, de forma particular sobre minha vocação e falar na manifestação da fidelidade de Deus. Sim, Ele é fiel!!

Sou de uma família cristã não tão praticante, mas desde criança, fui crescendo nesse meio, de educação e de formação religiosa.

Morava duas quadras da capela de São Francisco de Assis, no meu bairro, na periferia de Fortaleza e foi lá que encontrei e fui descobrindo os caminhos de Deus. Assim, fui vivendo e descobrindo que é impossível ser feliz sem Deus.

Mas lembro que um dia foi determinante para que essa descoberta pudesse fazer toda a diferença na minha vida, foi quando em 2002, aproximadamente, recebi de um grande amigo uma fita k7 com músicas da banda Vida Reluz. Nunca ouvi falar na minha vida dessa banda que, segundo o meu amigo era muito conhecida. Levei para casa com a seguinte recomendação: “Ouça cada musica, pois você vai se surpreender”! E fui com esse anseio.

E para a minha surpresa foi em uma músicas que lembro até qual era a número 04 – Maior Motivo. Quando ouvi aquela música foi como uma chave para o meu encontro pessoal o Senhor, sim um Deus próximo, íntimo, amigo. Cada palavra me fez encontrar com Ele. Foi ali na sala da minha casa, sentada no chão, sozinha que eu o encontrei, a música falava assim: ” A vida oferece tanta coisa, e sei que é tão fácil a gente se apegar, mas tudo tem um começo e um fim, tudo passa, tudo passará… Se ainda eu pensar em deixar o meu Senhor me lembrarei que ao fim de tudo só ele restará…”

Escrevi falando um pouco sobre o meu encontro pessoal, porque é impossível corresponder a uma vocação, à escolha de Deus ao nosso respeito sem um encontro pessoal com Ele, é nesse encontro, que ele se revela e apresenta diante do anseio do seu próprio coração o que ele também anseio no seu coração.

Vejo que foi a partir daí que o desejo por Deus, de estar em sua presença, de fazer as escolhas que eu precisava fazer, as coisas que eu precisava romper tive ânimo e o firme propósito de fazer.

Foi por causa do anseio de experimentar Deus, que em uma certa vez, chegando em minha casa, ligando a tv e com aquela mania que eu tinha de assistir e passar em vários canais, que eu me surpreendi um canal diferente dos que eu costumava assistir, um canal de TV que falava de Deus, de Jesus!

Quem era aquele senhor? Que lugar era aquele com tantos jovens? Por que ele estava falando da vinda de Jesus? (Nunca tinha ouvido até então algo daquela forma). Descobri que ali era a TV Canção Nova, que aquele senhor era o Padre Jonas Abib, lembro até da cor da blusa que ele estava era azul clara. Cada palavra que ele falava dentro de mim era como uma bomba que explodia, e assim foi no primeiro dia, segundo, terceiro… Até que me tornei sócia da Canção Nova.

Mas no mês de agosto de 2004, recebi a revista Canção Nova especial do mês das vocações.  A recebi com alegria e queria saber mais sobre aquela comunidade. Abri a revista e vi no verso da capa da revista uma divulgação do vocacional. Nossa! Meu coração acelerou e vi o rosto de cada um que estava ali, nem pensei demais já escrevi uma carta falando tudo o que aconteceu e o que estava acontecendo comigo e que eu precisava saber o que eu tinha que fazer. Mandei e recebi a resposta e o convite para o caminho vocacional.

Graças a Deus! Estou aqui! Sou da comunidade Canção Nova há 02 anos e 06 meses, pouco tempo? Porém, vividos com intensidade, hoje, trabalho na rádio Canção Nova FM, em Cachoeira Paulista/SP

Peço a você que está lendo esta minha partilha: não tenha medo de dar toda a sua vida, independente de qual o seu estado de vida ou onde você está, saiba o que faz a diferença na vocação e o passo, sim dar os passos, ele caminha com você! Hoje não consigo imaginar a minha vida sem o Senhor, sem este desejo de me consumir pelo Evangelho. E você qual o desejo do seu coração? O que procurais? Vinde e vede!

Deus abençoe e conte com as minhas orações!

Ana Raquel

Ana Raquel - Missionária Canção Nova

Estamos no mês das vocações!!! Neste tempo a Igreja nos leva a refletirmos a beleza do chamado de Cristo a cada pessoa. Vocação quer dizer chamado, só permanece em uma vocação quem é realmente chamado pelo Senhor, só com nossas forças humanas não consegui-mos, chamado exige renúncia, sacrifício, desapego, mas acima de tudo exige amor, pois só quem realmente ama poderá seguir a voz do seu Senhor. Cada pessoa nasce com uma missão, com uma vocação especifica, uns no casamento, outros no sacerdócio, outros na vida religiosa e outros nas novas comunidades “A Primavera da Igreja” todas as vocações são importantes pois cada uma revela o rosto de Jesus no mundo, a minha não é mais importante do que a sua, todas são importantes, pois onde você não consegui ir eu consigo, e onde eu não consigo ir você consegue. Deus quer despertar em seu coração a certeza que ele te escolheu antes de tudo, não te escolheu por causa das tuas qualidades, mas por causa do amor que ele tem para contigo, basta apenas corresponder á este chamado. O mundo tem sede de jovens, de homens e mulheres que levem o Cristo por onde passar com coragem e alegria. A coisa mais linda que alguém pode contemplar é a alegria de uma pessoa que é realmente feliz com a sua vocação, você só poderá ser feliz quando realizar aquilo para o qual Deus te fez. Você existe para Deus.
Vou partilhar um pouco com você sobre a minha vocação. Me chamo José Dimas sou Missionário da comunidade Canção Nova, tenho 21 anos, estou na comunidade a 2 anos e meio, sou natural de Gravatá-PE, conheci a comunidade no ano de 1995 quando começou a rádio canção nova em minha cidade, na época eu tinha 5 anos. Minhas tias e minha avó foram se aproximando da casa de missão, foram conhecendo o que era a Canção Nova e eu ia junto com elas. Desde criança eu sentia dentro de mim que Deus me chamava, que Ele tinha uma missão para mim, fui crescendo a sombra do carisma Canção Nova, comecei a participar dos eventos da comunidade era cerco de jericó, missas, acampamentos de oração e o cantinho da criança, com 9 anos anos já ia sozinho na Canção Nova. A comunidade foi se tornando mais do que uma amiga para mim foi se tornando a minha vida, quando eu ia na casa de missão e ficava lá na capela do Santíssimo em adoração eu descobria a razão da minha vida o sentido por eu estar ali, Deus foi tecendo como um fio de ouro a minha história, foi entrelaçando a minha vida com a da Canção Nova. Cada vez que eu me encontrava com os missionários sentia meu coração bater mais forte, o exemplo de vida deles me impulsionava a querer viver daquele jeito. Fui sendo educado do jeito Canção nova de ser, o Senhor na sua Divina Providencia foi me preservando de tantas e tantas coisas do mundo. Não tenho como separar a minha história da Canção Nova, estamos um entrelaçado no outro. Os livros do padre Jonas eram como um bussola para mim, lembro os primeiros livros que tive dele foi o “Combatentes na oração”, “Práticas de jejum” “Anjos companheiros no dia a dia” e “Vocação um desafio de amor”. Posso dizer sem medo Eu sou um fruto da Canção Nova!!! Com meus 8 e 9 anos participava toda semana do cantinho da criança que tinha na casa de missão eram todas as segundas feiras, lembro até hoje daquelas tardes animadas. Os caminhos de Deus é um mistério de verdade! Não imaginava um dia estar na comunidade, morar com aqueles missionários que moraram na missão de Gravatá, que me conheceram criança e hoje eles são meus irmãos de comunidade. Não sei qual é a sua história de amor com a Canção nova, acredito que vc um dia foi tocado por Deus através da Canção Nova, faça memoria desta experiência, vale a pena relembrar. Para o mundo é uma loucura um jovem come eu estar me entregando ao Senhor numa vocação, mas eu preciso dizer sou muito feliz realizando a vontade de Deus em minha vida. Se você sente a voz de Deus te chamando para segui-lo num determinado carisma siga em frente! Coragem! Se você vendo a Canção Nova sente que a sua vocação é aqui vá em frente não tenha medo de conhecer, comece conhecendo mais a nossa vida, e se abra a voz de Deus.
Obrigado Monsenhor Jonas pelo seu sim a Deus, pois por causa dele eu e meus irmãos de comunidade podemos dar o nosso a cada dia.

Reze comigo: Senhor a tua vontade é o meu paraíso, ensina-me a fazer em tudo a tua vontade, não quero estar preso aquilo que o mundo ensina, mas quero estar com o meu coração e os meus ouvidos atentos a tua voz, tira todo medo, toda insegurança do meu coração, mas dai-me a coragem e a fortaleza que vem do teu Espirito, que só de amor se encha todo o meu ser e me faça capaz de derramar este amor pelo mundo a fora. Obrigado meu Senhor por que a minha história é uma história de amor, sei que nelas existem marcas sofridas, mas estas marcas estão ai para que eu nunca esqueça que tu sempre estavas comigo a me chamar, sei que naqueles momentos em que as pessoas não acreditavam em mim, tu sempre acreditou, e não parastes nos meus erros, mas fostes além, lá dentro do meu coração. Obrigado meu mestre por que o Senhor nunca desistiu de mim. Amém

Mons. Jonas Abib, Fundador da comunidade Canção Nova e José Dimas, missionário


Carlinhos e Evandra casal consagrado a comunidade Canção Nova com seus filhos, (esquerda) Mariana , Manuela, Beatriz e João Gabriel.


A Semana Nacional da Família faz parte do calendário das paróquias do Brasil. Com início em 1992 como resposta à inquietação, ao descontentamento e desejo de se fazer alguma coisa em defesa e promoção da família, no mês de agosto, por ser o mês vocacional, é celebrada a Semana Nacional da Família.

O tema central de 2011 é: “Família, Pessoa e Sociedade”. O próprio Papa Bento XVI, na audiência geral do dia 31 de agosto de 2008, na praça de São Pedro, destacou a importância da família para a edificação da sociedade e seu bem-estar e exortou a todos os cristãos a confiar em Deus como aquele que concede todos os bens e sustenta as famílias no seu cotidiano.

O Papa Bento XVI, em sua oração no Discurso Inaugural da V Conferência em Aparecida (2007), rezou pedindo para que as nossas famílias “continuem a ser berços onde nasce a vida humana abundante e generosamente, onde se acolhe, se ama, se respeite a vida desde a sua concepção até ao seu fim natural”.

Peçamos a Deus para que as nossas famílias sejam reflexo da Sagrada Família de Nazaré, pois
o amor entre Jesus, Maria e José era tão sublime, que podemos dizer que já viviam o Céu na Terra.

Que todos os lares confiem em Deus como Aquele que provê todas as necessidades das famílias!

Deus nos abençoe.

Marina Adamo

Marina Adamo - Consagrada na comunidade Canção Nova

Nosso primeiro chamado: a santidade.
Desfrute deste vídeo!!!

Unidos no mesmo ideal: o céu!

Sou sócia evangelizadora há alguns anos, tudo começou através do meu marido Sergio Volpini de Oliveira, 48 anos, que me dizia você põe a televisão pra despertar na Canção Nova todos os dias então precisa ajudar. De tanto ele falar eu tomei a decisão de começar a pagar o boleto e até hoje ajudo pelo débito automático. Eu e ele Assistimos a maioria da programação da Canção Nova. Em Agosto de 2008 detectamos uma doença progressiva e degenerativa no meu marido chamada Esclerose Lateral Amiotrófica – ELA, que vai paralisando todos os músculos do corpo, inclusive língua, hoje ele já não anda, não fala, não come (se alimenta por sonda) e só se comunica pelo olhar. Eu e meus filhos soletramos o alfabeto e ele pisca na letra, assim montamos as palavras e até frases.

Todos os dias rezamos juntos com o Santo terço, com a Sonia e o Padre Paulino. A hora que vai chegando os programas que ele quer assistir ele soletra “Canção” já colocamos no programa.

Contei tudo isso, pra dizer que a Canção Nova é nossa fortaleza, nossa companheira nesses momentos de calvário que estamos passando. Temos uma filha Débora de 20 anos, cursando o 3º ano de direito e o Pedro de 15 anos, no 1º colegial. Eles são uma benção na nossa vida, nos ajudam em todos os momentos.

O meu testemunho é que cada dia que passa, aprendo mais e mais com a vivência de vocês. No meu trabalho Hospital Regional de Assis, levo um celular de TV com fone de ouvido e vou trabalhando e ouvindo o Sorrindo pra vida e depois as 11:00 hs o Amor Vencerá. Na quinta-feira de adoração não perco.
Amo todos vocês e rezo por todos vocês, para que Deus supra as necessidades e dê forças e coragem para enfrentar as lutas e provações diárias.

A cada missa, pregação eu me renovo e me sinto uma rocha. Sei que estamos atravessando o vale , mas atravessando com Deus Nosso Senhor e Maria conosco. Sinto fortemente que estamos amparados por Deus. Sou feliz de ter a minha cruz comigo, abraço ela com todo amor e sou grata a Deus por esses momentos difíceis, porque sei que a vitória é certa.

Peço oração também por mim pra Deus continuar me abençoando e ungindo, me dando força e coragem e que esta alegria em Deus nunca acabe.

Deus os Abençoe!

Marta Goulart Leme Volpini de Oliveira, filha muito amada de Deus.
Sócia Evangelizadora

Eu não tinha conta corrente para poder ser sócia pelo Débito Automático, depois de muito pedir a Deus consegui um emprego com carteira assinada e hoje sou sócia pelo Débito Automático.
Agradeço a Deus por tudo o que tenho em minha vida.

Mariana Carus
Bauru/SP

Deus cuida de nós nos detalhes. A partilha de vida faz com que a nossa fé seja alimentada e fortalecida.
Somos convidados a ser discípulos e missionários e com isso partilhar a vida. Ser sócio desta Obra de Deus que é a Canção Nova é permitir que mais e mais pessoas façam a esperiência com o Amor de Deus.

O que você pode fazer hoje para fazer Jesus conhecido e amado?
Como diz o Nosso Fundador Monsenhor Jonas Abib: “Vamos juntos evangelizar!”

Saiba como

Estamos juntos!!!

Hoje meditando sobre os desafios, percebo que Deus sempre nos fala e nos ampara .

Vivo essa experiência diariamente , os desafios de fato são grandes ,mas preciso avançar e olhar para o alto .

Baseado nesses grandes desafios inclusive o de me expressar segue o meu testemunho :

Tudo começou há 9 anos , quando descobri que estava grávida, muitos sonhos, planos , emoção, alegria, enfim uma mistura de sentimentos .

Quando fiz os exames iniciais da gravidez,preparando o pré natal veio o balde de água fria .Estava grávida , mas talvez a gravidez não prosseguiria devido a um vírus no sangue que estava em nível alto de IGM. No primeiro instante chorei muito , não entendi o que Deus queria? Porque eu ? Uma consagrada passando por isso ? Mas depois entendi e resolvi entregar nas mãos de Deus para que Ele fizesse o melhor . E assim foi, procurei uma infectologista que me indicou o aborto, dizendo que estava louca em continuar com a Gestação, pois teria um filho ou uma filha bem comprometida, com sequelas gravíssimas e que talvez nem chegasse ao fim , me recusei aceitar sua sugestão pois sempre acreditei que para Deus tudo é possível .

Cheguei aos 7 meses de gestação e já sabia que seria uma menina e que se chamaria Maria Eduarda .

O que me deu forças foi ser acompanhada por uma obstetra que me incentivou até o fim, que foi como uma mãe para mim, até por que estava longe da minha.

Quando entrei em trabalho de parto para ter a Duda a Dra Rosângela esteve o tempo todo do meu lado me dando força , e durante o parto que foi cesariana ela disse para a equipe que acompanhava: “Vamos ver agora um testemunho de fé, o milagre que eu acreditei e testemunhei através da fé dessa mãe.”

A Maria Eduarda Nasceu ( Duda que chamamos carinhosamente ) E de imediato precisei fazer todos os exames nela, o que constatou que ela também teve contato com o vírus que contraí na gravidez, e a partir daí começamos nossa luta com a Duda,pois com 10 dias constatamos que ela sofreu uma paralisia cerebral que provavelmente afetaria muitas de suas funções .Com apenas 20 dias de vida já fomos para um centro de estimulação para fazermos o que poderíamos para que a Eduarda tivesse uma vida mais próxima do normal, na sua independência  física .

Durante esses 9 anos eu e meu marido Edson ouvimos muitas coisas negativas de profissionais da área de Neurologia sobre a Eduarda, afirmando que ela não acompanharia a escola, não falaria com menos de 3 anos e nem andaria com menos dessa idade também , e mais uma vez Deus veio em nosso favor,ela falou tudo com 1 ano e seis meses, andou também com essa idade e sempre foi uma boa aluna na escola.

Foram e são muitos desafios, pois seu tratamento de estimulação motora é para a vida toda, ela já passou por duas cirurgias e 2 aplicações de botox na sua musculatura da perna , pois ela é Hemiplégica com seu lado esquerdo comprometido ( Mão e Perna esquerda ) .Esse ano foi o desafio maior , onde ela fez uma cirurgia grande ,com duração de 7 horas, precisou colocar uma placa emendando seu osso da perna esquerda com 7 pinos , quebrou a Fíbula , e alongou o tendão, tudo em uma única cirurgia.

Ficou quase 3 meses sem andar e hoje prova que tudo é possível para aqueles que crêem, ela dança ( faz balé na companhia de artes da Canção Nova ).

Posso afirmar como meu Pai Fundador, Monsenhor Jonas Abib, sempre me ensinou : eu acredito em milagres e tenho um diante dos meus olhos todos os dias.

Além da Duda tivemos a Mariana que é linda está com 1 ano e 11 meses.

Minhas filhas são meu tesouro.

Por isso iniciei dizendo que os desafios existem ,mas que em tudo precisamos superar e olhar para frente , hoje posso dizer mesmo diante da enfermidade que passo ( diabetes Melitus tipo 2) que muitas vezes quer me derrubar e me tirar as forças , preciso olhar sempre em frente e ter esperança ,pois nenhum sofrimento é maior do que podemos carregar e nem tem poder sobre nossas vidas , pois somos pertenças de Deus .

Essa é a minha história de superação e fé e qual é a sua ?

Deus os abençoe!

Conte com minhas orações

Solange Mendes Neves de Gusmão

Meus amados irmãos!!!

Meu nome é Katiussa Dorneles de Lima, sou casada, tenho 30 anos, 2 filhos( luciano junior e joão gabriel e também Maria Clara que já está junto ao pai e nossa manzinha no céu). Moro em Sapucaia do Sul/RS. Escrevo hoje para testemunhar a mudança na minha vida depois que comecei a rezar o terço todos os dias, não perco um dia. Glorifico a Deus no dia de hoje por ter colocado a Canção Nova em minha vida. Aqui no Rio Grande do Sul não pega canal aberto, então coloquei SKY, pois não conseguia viver sem vocês em minha casa. Com a intercessão de Maria em minha vida tenho recebido graças, curas e milagres diários em minha vida, como hoje por exemplo, estava com muita dor de cabeça quando iniciei a oração do terço e agora com a intercessão de Maria estou curada.

Obrigado Senhor!

Amém