vida sexualAntes de tudo o casal cristão precisa conhecer bem o sentido do sexo no plano de Deus. Ele o quis. De todas as alternativas possíveis que Deus poderia ter empregado para gerar e manter a espécie humana, Ele escolheu a relação física e espiritual do amor conjugal. Deus quis que o casal humano fosse o arquétipo da humanidade, e que sua geração fosse por meio da via sexual.

Além disso, por meio deste ato, quis aprofundar o amor do casal. Então, a conclusão a que se chega, é que Deus não só inventou o sexo, mas o dotou de profunda dignidade e sentido, e por isso colocou normas para ser vivido de maneira correta, para que não causasse desajustamento e sofrimento.

Deus quis que o ser humano fosse material e espiritual, algo como uma síntese bela do animal que apenas tem corpo, com o anjo que apenas é espírito. More »

D. Estevão Bettencourt, osb, publicou em sua revista Pergunte e Responderemos (Edições Lúmen Christi, n. 547, janeiro de 2008) um interessante artigo intitulado “A Revolução Sexual” (pp. 21- 24) que completa bem o artigo que colocamos anteriormente, baseado no do Padre Paulo Ricardo.  D. Estevão mostra em sete itens as raízes desta revolução que aconteceu no século XX.

1 – O Pan-sexualismo de Freud –  Sigmund Freud, nasceu  em 1856 e morreu em Londres em  1939; foi um médico neurologista judeu-austríaco, fundador da Psicanálise. Interessou-se inicialmente pela histeria e, tendo como método a hipnose, estudou pessoas que apresentavam esse quadro. Freud afirmava que o sexo define a pessoa em todas as suas manifestações, mesmo no cultivo das artes. Continue lendo…

A maioria das pessoas pensa que toda essa “promoção da sexualidade”, desvirtuando radicalmente a beleza do sexo, seja apenas algo fortuito nascido espontaneamente nos corações dos jovens; não é bem assim.

Atrás de tudo esse sexismo atual (pornografia escrita, filmes pornôs, motéis, comerciais eróticos, músicas, homossexualismo, “gênero”, etc.) que inunda os meios de comunicação (rádio, tv, músicas, internet, cinema, jornais, revistas…) é movido por uma ideologia que foi transformada em “Revolução Sexual” a  partir dos anos 60. Continue lendo…

Um estudo realizado pelo Banco Interamericano do Desenvolvimento – BID, constatou que as novelas fazem aumentar o número de divórcios no Brasil. Alberto Chong é coordenador da pesquisa.

Os pesquisadores analisaram as três últimas décadas e verificaram que a taxa de divórcios no Brasil cresceu cinco vezes desde 1980.

Segundo o resultado das pesquisas do BID, a porcentagem de mulheres divorciadas é maior nas regiões onde se pode sintonizar a Rede Globo, em especial nas pequenas comunidades que recebem o sinal dessa emissora. Continue lendo…

“A castidade leva aquele que a pratica a tornar-se para o próximo uma testemunha de fidelidade e de ternura de Deus” CIC §2346

Em resposta a uma pergunta feita por muitos jovens, o Prof. Felipe Aquino irá explicar sobre este assunto de modo que todas as dúvidas sejam sanadas em relação ao que a Igreja ensina sobre este assunto. Veja o vídeo…