“O pedido mais importante que devemos fazer a Deus é a união da nossa vontade com a d’Ele”. São Francisco de Sales

São Francisco de Sales, em seus 56 anos de vida, não buscou a santidade somente para si, mas também, para os outros. Evangelizou e propagou a sã Doutrina com a ajuda da imprensa, através de suas pregações, mas principalmente, com seu testemunho. Conseguiu expressar com seu amor e sua vida, a mansidão do Senhor. More »

Desde os primórdios a Igreja, assistida pelo Espírito Santo (cf. Mt 28,20; Jo 14,15.25; 16,12-13), acredita na purificação das almas após a morte, e chama este estado, não lugar, de Purgatório.

Ao nos ensinar sobre esta matéria, diz o nosso Catecismo:

“Aqueles que morrem na graça e na amizade de Deus, mas imperfeitamente purificados, estão certos da sua salvação eterna, todavia sofrem uma purificação após a morte, afim de obter a santidade necessária para entrar na alegria do céu” (CIC, §1030). More »

D. Estevão Bettencourt, osb, monge beneditino falecido, respondeu essa pergunta em um dos seus artigos da Revista: “PERGUNTE E RESPONDEREMOS” (Nº 6, Ano 1958, Página 223). Aqui coloco um resumo do seu artigo.

Ele explica que o milagre propriamente dito “é um fenômeno estranho ao curso natural das coisas, fenômeno que Deus produz como sinal da sua presença e ação neste mundo. É sempre um testemunho que Deus dá em favor de uma verdade ou de uma pessoa. Em consequência, escapam à qualificação de “milagre” certos fatos que, embora sejam admiráveis, não têm significado religioso, não elevam a Deus, mas, ao contrário, só servem para satisfazer ao capricho ou à vaidade de alguém. Quando Deus efetua prodígios o faz sempre a fim de chamar a atenção do homem para algum dos atributos divinos”. More »

Ó, Redentor nosso amabilíssimo, que, vindo a iluminar o Mundo, com a vossa doutrina e exemplo, quisestes passar a maior parte de vossa vida mortal na humildade e obediência a Maria e a José, na pobre casa de Nazaré, santificando aquela família, que devia ser o modelo de todas as famílias cristãs, aceitai benigno a nossa que hoje a vós se dedica e consagra. Protegei-a, guardai-a e firmai nela vosso santo temor, a paz e concórdia da caridade cristã, para que, conformando-se ao divino modelo de vossa Família, possa conseguir toda a nossa família, sem exclusão de nenhum de seus membros, a felicidade eterna. More »

caridadeHá hoje uma forte tentação de se colocar a caridade sem viver a verdade; e isso a desvirtua. Algumas heresias trazem no seu bojo esse engano; privilegia-se a caridade, mas, em detrimento da verdade de Deus.

A verdade e a caridade são duas virtudes fundamentais para a nossa salvação. Uma não pode ser vivida sem a outra; pois uma perde o seu valor se não observar a outra. Sem verdade não há verdadeira caridade e não pode haver salvação. More »