Saiba quem foi Santa Margarida Alacoque e quais foram as doze grandes promessas que Jesus revelou a ela

Santa Margarida nasceu em 22 de julho de 1647 na Borgonha, França. Seu pai era juiz e notário real, homem de pequenas posses. Quando tinha 8 anos de idade, seu pai faleceu, e a família a enviou para a escola das Clarissas de Charolles. Ali, ela adquiriu uma estranha doença que a deixou tão fraca que sua mãe a levou de volta para casa. “Passei quatro anos sem poder caminhar”, disse ela depois. Vendo que nada a curava, ela voltou-se para Nossa Senhora e fez-lhe o voto de castidade e de entrar para a vida religiosa, se ficasse curada. Foi atendida com rapidez. More »

StMargaretMaryAlacoqueSaiba quem foi Santa Margarida Alacoque e quais foram as doze grandes promessas que Jesus revelou a ela

Santa Margarida nasceu em 22 de julho de 1647 na Borgonha, França. Seu pai era juiz e notário real, homem de pequenas posses. Quando tinha 8 anos de idade, seu pai faleceu, e a família a enviou para a escola das Clarissas de Charolles. Ali, ela adquiriu uma estranha doença que a deixou tão fraca que sua mãe a levou de volta para casa. “Passei quatro anos sem poder caminhar”, disse ela depois. Vendo que nada a curava, ela voltou-se para Nossa Senhora e fez-lhe o voto de castidade e de entrar para a vida religiosa, se ficasse curada. Foi atendida com rapidez. More »

013A maior santa dos tempos modernos, no dizer de Pio XI, que a canonizou em 17 de Maio de 1925. Peçamos o seu valimento junto a Deus e experimentaremos o seu pronto socorro em todos os momentos; nas enfermidades do corpo e da alma, nas crises da vocação sacerdotal e religiosa; na dúvida, na tristeza e no desatento; na perda da Fé dos nossos entes queridos, no encaminhar para a verdadeira fé, os que vivem o erro e na heresia. Graças e milagres de toda a ordem, obtém de Deus esta nossa irmãzinha celeste que prometeu que “ninguém se valeria dela que não fosse atendido”. O seu socorro é rápido, mas se, por exceção, parecer demorar em nos atender, persistamos em pedir e acabaremos por mais e melhor receber.

More »

As promessas não obrigam Deus a nos dar o que Ele não quer

As pessoas perguntam: O que a Igreja diz sobre as promessas? A Igreja as aprova quando realizadas adequadamente. Os santos faziam promessas. O Catecismo da Igreja Católica (CIC) diz que: “Em várias circunstâncias o cristão é convidado a fazer promessas a Deus… Por devoção pessoal o cristão pode também prometer a Deus este ou aquele ato, oração, esmola, peregrinação, etc. A fidelidade às promessas feitas a Deus é uma manifestação do respeito devido à majestade divina e do amor para com o Deus fiel” (CIC § 2101).

Há passagens bíblicas que contêm promessas. Jacó faz uma promessa a Deus: “Jacó fez então este voto: “Se Deus for comigo, se ele me guardar durante esta viagem que empreendi, e me der pão para comer e roupa para vestir, e me fizer voltar em paz casa paterna, então o Senhor será o meu Deus. Esta pedra da qual fiz uma estela será uma casa de Deus, e pagarei o dízimo de tudo o que me derdes” (Gn 28,20-22). Continue lendo…