Pare um instante e reflita no que dizem essas poucas linhas…

Realmente hoje temos muita ciência, mas pouca sabedoria. O primado da técnica sobre a ética e da ciência sobre a moral não garantem a felicidade do homem moderno. Isto faz com que ele tenha medo daquilo mesmo que construiu com suas mãos e sua inteligência. Há um caminho mais suave para se viver e ser feliz. Que caminho é esse? More »

caridadeHá hoje uma forte tentação de se colocar a caridade sem viver a verdade; e isso a desvirtua. Algumas heresias trazem no seu bojo esse engano; privilegia-se a caridade, mas, em detrimento da verdade de Deus.

A verdade e a caridade são duas virtudes fundamentais para a nossa salvação. Uma não pode ser vivida sem a outra; pois uma perde o seu valor se não observar a outra. Sem verdade não há verdadeira caridade e não pode haver salvação. More »

passosPare um instante e reflita no que dizem essas poucas linhas…

Realmente hoje temos muita ciência, mas pouca sabedoria. O primado da técnica sobre a ética e da ciência sobre a moral não garantem a felicidade do homem moderno. Isto faz com que ele tenha medo daquilo mesmo que construiu com suas mãos e sua inteligência. Há um caminho mais suave para se viver e ser feliz. Que caminho é esse?

É por onde se observa coisas simples e naturais, medita e equilibra: ciência e fé. Por exemplo: More »

Aqui estou, Senhor, cheio de juventude e esperança. Sinto em meu corpo e em meu íntimo as forças da vida que me impulsionam para o crescimento e para a plenitude da idade adulta.

Só Vós, ó Pai, que me chamastes à existência e me dais uma missão a cumprir neste mundo.

Só Vós que me concedeis a graça da fé e alimentais em mim a esperança da salvação.

Só Vós que me ofereceis o Vosso amor e pedis que eu Vos ame, amando a meus irmãos deste mundo. Continue lendo…

Sofrer, com paciência, é sabedoria, pois assim se vive com paz

As provações nos fortalecem para o combate espiritual; por isso, os Apóstolos sempre estimularam os fiéis a enfrentá-las com coragem. São Pedro diz: “Caríssimos, não vos perturbeis no fogo da provação, como se vos acontecesse alguma coisa extraordinária. Pelo contrário, alegrai-vos em ser participantes dos sofrimentos de Cristo…” (1 Pe 4,12). Ensinando-nos que essas dificuldades nos levarão à perfeição: “O Deus de toda graça, que vos chamou em Cristo à sua eterna glória, depois que tiverdes padecido um pouco, vos aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis, vós fortificará” (1 Pe 5,10). Continue lendo…