17. dezembro 2015 · Comentários desativados em Natal feliz é Natal com Cristo! · Categories: Casa de Missão · Tags: ,

cartão-de-natal

Informamos que os Grupos de Oração e as celebrações da Santa Missa estão em recesso, voltaremos às atividades normais da nossa Casa de Missão dia 11 de janeiro de 2016.

Desde de já agradecemos a sua compreensão e aguardamos a sua visita no ano de 2016!

Cartao Natal_amigos_web

IMG_4746   Chegou o Natal. Um observador atento ao fluxo de pessoas nas ruas e nos centros comerciais chega a seguinte constatação:

Estamos no final do Ano! Muitos querem comprar algo, para dar a alguém. Tudo parece correr tão veloz, que quase não há tempo para escutar o outro. Afinal, é importante que o pacote do presente seja bonito e chame à atenção. Muitos esforçam-se em gestos de gentileza e até controlam-se no trânsito, seguindo a atmosfera do Natal. Alguns gritam, buzinam seguem em um ritmo frenético, pois devem encomendar o suculento peru da ceia, ou pagar as contas para não entrar o novo ano com dívidas. Outros não tem a possibilidade de um jantar natalino, ou de um lar para ir e embalar-se em meio a luzinhas e boas companhias.

Todos esperam ansiosos a chegada do Papai Noel e ensinam as crianças que é o bom velhinho, aquele que deixou o presento debaixo ou ao lado da cama. A figura do Noel parece ser tão importante, que ao perguntarmos a um grupo de crianças: – Qual o personagem principal do Natal? Elas quase em coro sonoro respondem: – É o Papai Noel.

O observador com semblante alegre, cheio de esperança e ousado no agir faz ecoar em meio ao corre-corre da cidade:

– No Natal nasceu para nós o Salvador. Um Menino, ‘pequeno grande’, príncipe da Paz. Nasceu para nós ‘ Jesus Cristo Filho de Deus – o Emanuel’. Ele é o principal protagonista do Natal: o começo e o fim. É dele e para ele que as nossas energias devem-se somar para anunciarmos a sua mensagem de paz, de união e de um mundo melhor.

A gruta de Belém não é mais um espaço geográfico no Oriente Médio, mas é o coração humano. Nossas crianças, nossas famílias, nossos idosos e aqueles sem voz e sem vez devem conhecer este Menino Jesus, muitas vezes ofuscado pelas ilusões do consumismo e a preocupação com a imagem externa do ser e não com a paz interior.

As verdadeiras motivações natalinas de reconciliação e de amor devem envolver a família, aquela que temos e nela deve-se experimentar a ternura do acolhimento, da aceitação do outro e da superação das mágoas. Será verdadeiramente Natal, quando nós no silêncio de nossos corações e na serenidade de nossas consciências prepararmos para Jesus um lugar em nossas vidas e entender que aquele pequeno Menino tornou-se grande, porque amou-nos até o fim.

Um bom Natal com a simplicidade da oração e na constância no anúncio do Evangelho que é a própria vida do pequeno Salvador.

pesostenes

 

 

Natal blog 04

“O Natal está às portas e você… está às portas do Natal?”
Estamos perto do Natal, é necessário entrar na escuta, limpar os ouvidos do coração para ouvir a voz dos profetas que vem nos recordar o caminho que é necessário fazer para chegar ao Natal, para acolher Jesus. Creio que nesta preparação, quatro pessoas podem nos ajudar:

Isaias, o profeta: é ele quem na maioria das leituras nos recorda que devemos sonhar com tempos melhores, quando mesmo os animais nos precedem na harmonia, na paz, o lobo e o cordeiro, inimigos históricos, são capazes de sentar-se a mesma mesa e dialogar e se amarem.

João Batista, o profeta que grita no deserto e nos dá um recado muito simples: “Convertei vos e fazei penitencia.” Ele também fala de mudanças na nossa vida, não podemos continuar a escutar Deus, sua Palavra e seguirmos iguais. Deus quer que nós sejamos “outros”, atentos à pobreza e ao sofrimento.

Maria, mãe de Jesus que nos ensina como esperar Jesus, como se acolhe mesmo na pobreza. Ela não ofereceu a Jesus nem uma conta corrente, nem uma caderneta de poupança antes de nascer, mas ofereceu o seu amor. O que hoje as crianças necessitam é do amor dos pais.

São José, o homem atento a tudo e o protetor da família. Uma mãe e um filho necessitam sempre da proteção o de um pai bom, silencioso, atento que fale pouco e faça muito como José.

Mas atenção! Não esqueçamos com tudo isso, que ele, Jesus, vem!
Preocupados com tantas coisas, com tantos presentes nos esquecemos do centro da festa que é CRISTO.”

FELIZ TEMPO DO ADVENTO!

‘Igreja internetiana de Santa Teresinha’

frei patrício

14618_451240038271734_1086507546_n

Estamos no Tempo do Advento, quer dizer “o grande acontecimento do Advento”. É tempo de espera, não de coisas mas sim de uma pessoa e na Igreja se espera o nascimento de Jesus. Não há maior evento do que este. O nosso coração exulta! Vivemos em tempo de trevas e necessitamos de alguém que nos ilumine e nos indique o caminho a seguir em um dos momentos mais fortes de pecado e “TREVAS”. Vivemos na treva do egoísmo, do comunismo do mal, mas dentro de nós há uma esperança por isso a segunda palavra do Advento é “ESPERA”. Esperamos que esta situação desapareça e seja superada por outras situações diferentes das trevas e igual a “LUZ”.

Cristo é luz do mundo, que ilumina todos os “escuros” que nascem em nós. Cristo vem nos visitar para nos dar uma nova esperança. A Palavra de Deus, especialmente a leitura da Carta de Paulo aos Romanos 13,11-14a ,nos convida a despir os “vestidos das trevas” que são o pecado e o mal e revestir-nos das vestes de Luz que é Cristo.

Preparemos o nosso coração e veja então durante o Advento de voltar sempre a essas três palavras:
TREVAS que devem ser abandonadas,
ESPERA que nos coloca numa atitude de abertura e esperança,
LUZ, o Natal é todo luz, mesmo no sentido humano: ruas e árvores iluminadas, todas as janelas abertas, tudo é luz!
Mas não é esta luz que buscamos, é a LUZ de Cristo.


Que Santa Teresinha nos envie do céu uma chuva de rosas e bençãos.

frei patrício

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com