Os dois momentos do amor ‘Eros’

6 Comments

Se Eros não for educado por Ágape ele se converte em erotismo.

O amor Eros inicialmente é ambicioso, fascinado pelo desejo de felicidade. Mas Os dois momentos do amor Erosnum segundo momento ele passa a se preocupar com o bem do outro, é o momento em que ele passa a ser educado por Ágape, o amor oblativo.

Eros é uma dimensão amor humano e deveria ajudar-nos a experimentar o fascínio do outro sexo não como coisa turva, a ser vivida às costas de Deus, mas como um dom a ser vivido na ordem querida por Ele.1

Eros tem sido identificado exclusivamente com a dimensão erótica, como algo que se limita ao sensual, ao querer para si numa busca exclusiva de satisfação. Como um meteoro avassalador, uma atração difícil de resistir. Eros também é isso, mas não só, sua dimensão é mais ampla, ele é mais que isso. More

A finalidade do prazer

1 Comment

Qual é a finalidade do prazer?Qual a finalidade do prazer?

Podemos mencionar duas específicas para o casal cristão: unitiva e procriativa. A quem diga que Deus colocou o prazer no homem e na mulher para que eles não perdessem a vontade de dá continuidade à criação.

Enquanto a finalidade do nosso amor for o prazer egoísta, seremos desonestos conosco e com aqueles que pretendemos amar. Iremos procurar não o seu bem, mas o nosso interesse em obter prazer.

O amor gera atitudes de superação do egoísmo, inclusive na dimensão do prazer. O prazer é bom à medida que é entendido como uma dimensão desejada por Deus. Ele deu-nos a dimensão do prazer não para ser vivido no egoísmo. More

Newer Entries