O nosso Grande Amigo

11 Comments

Até aqui fizemos um caminho sobre o que foi dito sobre a amizade antes do nascimento de Cristo. Agora chegamos à plenitude dos tempos[1], Jesus nasce, o Verbo se faz carne. Deus pessoalmente entra na história da humanidade, com essa entrada nós temos o grande exemplo do que é ser amigo.O nosso Grande Amigo

Ele disse que tem maior amor àquele que dá a vida por seus amigos, e Ele mesmo fez isso por cada um de nós. Ainda disse que não nos chama de servos, mas de amigos, porque o servo não sabe o que faz o seu Senhor.[2] O amigo sabe o que o outro faz, o amigo sabe o que o outro é.

Mais que uma mistura de reciprocidade na virtude, amizade é doação de si para o bem do amigo.

Se a amizade exige conhecimento um do outro, o Senhor é nosso Grande Amigo, Ele nos conhece mais que qualquer outra pessoa, quando buscamos conhecê-lo respondemos à sua amizade com reciprocidade. A nossa oração é amizade com Deus[3], é a resposta de amor e amizade que damos à amizade de Deus conosco. Senhor, nós queremos ser seus amigos, conceda-nos esta graça.

Deus abençoe você.

Notas


[1] Homilia do Papa João Paulo II na abertura da Porta Santa no dia 1º de Janeiro de 2000 – Nessa homiilia ele explica o que é a Plenitude dos Tempos.

[2] Jo 15, 13-15

[3] Homilia do Papa Bento XVI na Santa Missa do 60º aniversário de sua Ordenação Sacerdotal, 29 de Junho de 2011.

Seguir @Edisoncn

11 Comments (+add yours?)