Outra crise que a Igreja passou nos primeiros séculos foi a Apostasia.

Sabemos que nos primeiros séculos, a Igreja foi perseguida e em muitas perseguições os Cristãos que fossem presos precisavam de renunciar, blasfemar o nome de Jesus para não serem martirizados e mortos. Isto fez com que muitos Cristãos negassem a fé. Houve casos de perseguições tão grandes que até o próprio Bispo abriu mão da fé.

Mas precisamos entender melhor o que é apostasia ?

Apostasia em grego antigo significa “estar longe de”  Este termo não se refere a um mero desvio ou um afastamento em relação à sua fé e à prática religiosa. Tem o sentido de um afastamento definitivo e deliberado de alguma coisa, uma renúncia de sua anterior fé ou doutrinação. Pode manifestar-se abertamente ou de modo oculto.

Segundo o Código de Direito Canônico de 1983 e atualizado em 2009, apostasia é o repúdio total à fé cristã, que difere do cisma que é a recusa em submeter-se à autoridade do Papa ou à comunhão com os membros da Igreja a ele sujeitos (cânon 751)

Saiba mais sobre Apostasia Com Professor Felipe Aquino:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *