Como vimos antes, Jesus fundou a Igreja, um novo povo de Deus. A base da Igreja é os apóstolos e edificada sobre Simão Pedro. Uma Igreja constituída sob a forma de uma comunidade sólida e comprometida.  Depois de três anos de gestação, isto é, nos três anos de pregação de Jesus nasce a Igreja.

Na última aparição de Jesus Ressuscitado, os apóstolos recebem a ordem de ir pelo mundo inteiro proclamando o Evangelho a toda a Criatura, fazendo discípulos em todos os povos, batizando-os em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Neste contexto, a Igreja nasceu no ano 30 d.C., na Festa de Pentecostes, isto é, 50 dias após a ressurreição do Senhor.

Depois da Ascensão de Jesus, os apóstolos, Maria e outros foram para a casa onde sempre se reuniam e se entregaram assiduamente à oração.

Após alguns dias, quando estavam todos reunidos cumpriu-se a promessa de Jesus de enviar o Espírito Santo:

ACT 2, 1-6 : Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.  De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.  E lhes apareceram umas línguas como que de fogo, que se distribuíam, e sobre cada um deles pousou uma.  E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem. Habitavam então em Jerusalém judeus, homens piedosos, de todas as nações que há debaixo do céu.  Ouvindo-se, pois, aquele ruído, ajuntou-se a multidão; e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.

Então em Meio do maravilhamento do que acontecera com o derramamento do Espírito Santo, Pedro levantasse e dirige-se ao exterior do Local e na Rua começa a pregar. Uma pregação eloquente, arrebatadora e com uma autoridade que penetra as almas dos ouvintes.

Leia: Act 2, 36

Aqui, vemos a Igreja que nasce do próprio Jesus e que é impulsionada pelo Espírito Santo. Neste dia, 3 mil pessoas se converteram e receberam o Batismo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

As pessoas perguntam:

De onde apareceram três mil pessoas em Jerusalém?

È bom entender que a Festa de Pentecostes já era uma festa também vivida pelos Judeus.

A origem desta festa perde-se nas sombras do passado. Antes de se chamar assim, tinha outros nomes, e era uma festa agrícola. Em Êxodo 23,14-17 é chamada de festa da Colheita, a festa dos primeiros feixes de trigo colhidos. Em Êxodo 34, 22 é chamada de festa das Semanas. Por que “festa das semanas”? A explicação é dada pelo Levítico (23,15-21): calculavam-se 7 semanas a partir do início da colheita do trigo. 7 semanas = 49 dias.

Com o tempo, ela perdeu a sua ligação com a vida dos agricultores, recebeu o nome grego de Pentecostes e tomou-se festa cívico-religiosa. No tempo de Jesus, celebrada 50 dias após a Páscoa, ela recordava a dia em que no Monte Sinai, Deus entregou as tábuas da Lei a Moisés. Os Actos dos Apóstolos fazem coincidir a vinda do Espírito Santo com a festa judaica de Pentecostes.

Neste dia, também por intervenção de Pedro que fez uma proposta de escolher um novo apóstolo para ficar em substituição de Judas, o Traidor, foi eleito Matias que foi anexo à lista dos Doze Apóstolos.

Assim nasce uma Igreja forte e impulsionada pelo Espírito Santo.

5 Comentários

  1. raimundo nonato brito

    Muito boa a explicação e creio que as semanas de Daniel ja me dão forças de crê que ja estamos proximo a vinda de jesus

  2. Pastor Nilton Gomes

    a observância das escrituras mostra claramente que o batismo foi realizado em nome de Jesus Cristo e não nos títulos pai filho e Espírito Santo no próprio pensamento do escritor desse texto vejo uma falha muito grosseira

  3. A igreja não está edificada sobre Pedro, e sim sobre a confissão dele, “tu és o Cristo, o filho do DEUS vivo ” logo a igreja está edificada sobre Cristo, a rocha, e não Pedro, pedra pequena

    • Mas quais sao as palavras de Jesus?
      Pedro, tu és pedra e sobre ti edificarei a minha igreja…

      Ele não disse, PEDRO DISSESTES BEM, SOBRE SUA CONFISSÃO EDIFICAREI A MINHA IGREJA EM MIM MESMO.

      Ele edificou uma unica igreja, “minha igreja” singular, não existe minhas igrejas… e de Pedro a Papa Francisco sao 266 papas, a verdadeira sucessão apostólica, 2022 anos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *