Aborto NãoAs pessoas, ao invpes de ficarem preocupadas em melhorar a saúde, pro exemplo, ou em defender um ensino público de mais qualidade, continua preocupada em liberar o aborto, mesmo sabendo de todas as consequências ruins para a mulher que advém dessa atitude.

A comissão de reforma do Código Penal do Senado apresentou, em audiência pública, uma proposta que descriminaliza o aborto realizado até a 12ª semana de gravidez quando, a partir de um pedido da gestante, o “médico constatar que a mulher não apresenta condições psicológicas de arcar com a maternidade”.

Imagine uma mulher que deseja fazer isso, abortar, com certeza está desestabilizada e como um médico pode tentar avaliar a condição psicológica dela? More »