Ensinamentos de mãe!

Aprendi várias coisas com a minha mãe, Dona Mercedes. Com o passar dos anos, sempre me lembro de frases e exemplos dela. Presenciei, inúmeras vezes, ela rezando o terço, e acredito que Maria, a Mãe de Jesus, é quem a ajudava a continuar caminhando e lhe dava a sabedoria para cada dia.

Quando eu ainda era jovem e solteiro, recebi este ensinamento: “Os filhos só entenderão as preocupações e o amor que os pais têm por cada filho, quando estes tiverem os seus próprios”. É uma verdade!

Depois de tantos anos, chegou a minha vez. Hoje, sou casado com Carla Astuti, com quem tenho três filhos: Rebeca, Davi e Sofia.

O ensinamento que recebi, quando era jovem, tem ajudado-me a seguir em frente em meio às preocupações.

Hoje, o foco são os meus filhos. Agora, como pai, preciso colocar em prática os exemplos que mamãe exercitou comigo. Os verbos rezar, amar, confiar e direcionar são as ferramentas que utilizo com meus filhos, em vez de me preocupar com eles.

Na foto: Dona Zoé, Carla e Rebeca.

Amar e acreditar nos filhos tem de ser maior do que se preocupar com eles. Não podemos nos desesperar, mas direcioná-los para os “verdadeiros valores” com o passar do tempo.

Sei que não há como evitar a preocupação, porque ela é natural, mas quando ela aparecer, rapidamente é necessário confiar que Deus cuida!

Estamos diante de um lindo desafio: continuar acreditando que os valores ensinados aos filhos são para toda a vida. Os anos podem passar, mas as “lições de mãe” não passam; pelo contrário, elas permanecem para sempre e são passadas por várias gerações.

Tudo o que você, mãe, semeou no coração dos seus filhos, um dia, será utilizado para a construção da humanidade.

Quero parabenizar todas as mães pelas sábias palavras depositadas no coração dos filhos.

Cabeça e coração cheios de preocupação não têm espaço para a motivação. Rezar é o que nos anima e nos faz continuar.

A sua vida de oração precisa ser maior do que aquilo que o preocupa. Com Deus tem jeito!

Cleto Coelho
Membro da Comunidade Canção Nova


Família é nosso esteio, nosso porto seguro em meio a uma sociedade desmotivada de valores humanos e fraternais.
Pode reparar, quando em nosso lar há brigas, imbróglios e confusão; Em nossa “vida fora do lar” tudo parece não dar certo.
A vida fora do seio familiar deve refletir a realidade da chamada “igreja doméstica”, em que a caridade, cumplicidade e o amor prevalecem.


Lembre-se de buscar todo dia o carinho, afeto…
Ter regrinhas básicas (mas muito funcionais) como: comer sempre à mesa, ter um tempo para conversar, contar seu dia; E claro família que reza unida permenece unida!

Chame toda sua família para participar do JUNTOS SOMOS MAIS.
Rinaldo e Samuel, além de Muita alegria e evangelização com Maria Renata, Cleto e Margarida!

Participe através do SMS e TUÍTER “Declare seu amor por sua mãe” – e concorra a livros e cd’s para presentear!!

A Canção Nova promove entre os dias 30 de março e 1 de abril, um aprofundamento com o tema: “Como ser pai e mãe nos dias de hoje”.

E para te convidar para esse evento, nosso programa recebe a missionária e intrutora do Método Blillings: Fabiana Azambuja.
Casada há mais de 10 anos e mãe de 3 filhos, Fabiana nos contará sobre a importancia desse aprofundamento para as famílias.

Para saber mais sobre o Aprofundamento Famílias Novas, clique aqui!!

Então nós te esperamos, às 14H, na @tvcancaonova

06. maio 2011 · 1 comment · Categories: Sem categoria · Tags: ,

Mãe, muito obrigado por tudo!!!!



E que cada mamãe sinta o carinho, o olhar e o cuidado de Nossa Senhora, especialmente neste mês de maio.


Mês dedicado a Nossa Mãe do céu e da terra!

Feliz dia das mães!


É no colo da mãe que o homem de amanhã deve aprender o que é a retidão, o caráter, a honestidade, a bondade, a pureza de coração.”


Assim como Nossa Senhora que é Mãe e acolhe, abraça e traz para perto cada filho e filha, para que encontrem e permaneçam na Graça de viver segundo os mandamentos de amor de seu filho Jesus.


É no colo da mãe que a criança precisa aprender o que é a fé, aprender a rezar e a amar a Deus e as pessoas. É no colo da mãe que o homem de amanhã deve aprender o que é a retidão, o caráter, a honestidade, a bondade, a pureza de coração.

É no colo da mãe que a criança aprende a respeitar as pessoas, a ser gentil com os mais velhos, a ser humilde e simples e não desprezar ninguém.

É no colo da mãe que o filho aprende a caridade, a vida pura da castidade, o domínio de todas as paixões desordenadas e a rejeitar todos os vícios.

(…)

O livro do Eclesiástico, capítulo 30, versículo 1, ensina aos genitores: “Aquele que ama o seu filho, corrige-o com frequência, para que se alegre com isso mais tarde”.

A tarefa de educar, como dizia D. Bosco, “é obra do coração”, é obra do amor, por isso tem muito a ver com a mãe. Sem o carinho e a atenção dessa figura a criança certamente crescerá carente de afeto e desorientada para a vida.”


Trecho extraído do texto

‘’O papel da mãe na criação dos filhos’’

Felipe Aquino
felipeaquino@cancaonova.com

LEIA AQUI O TEXTO NA ÍNTEGRA

Como criança, estamos no colo da Mãe que é Maria, e queremos com ela aprender 
a amar o nosso Brasil... 


Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós que somos brasileiros!

08. maio 2010 · 4 comments · Categories: Sem categoria · Tags: , , , , , ,

e no silêncio Ela vai te confortar, te colocar no colo, te acolher, amar, interceder, aproximar, unir, educar, pois Ela é Mãe!
A Nossa Mãe!
Hoje convidamos você apenas a olhar para ela… apenas olhe e deixe que ela lhe olhe também….
Queira fazer a experiência de ser ‘visitado’ por Maria nesse mês dedicado à Nossa Senhora da Visitação.
07. maio 2010 · 2 comments · Categories: Sem categoria · Tags: , , , , ,

”Mãe essas flores são pra você” (Cletinho)

Mães vou contar um pouco de minha história para vocês perceberem
como Deus ouve suas orações (Cleto)

Mãe o que te causa aflição?

Mães, talvez a sua casa esteja assim: “O ninho desabou”. Alguns dos
filhotes que são os seus filhos e filhas estejam machucados pela
bebida, droga, por uma vida que tem os levado cada vez mais distante
do ninho. Talvez um dos seus filhos ou filhas esteja num ninho
chamado homossexualismo e agora já não é mais o ninho que desabou
e sim “o mundo desabou” sobre você. 

Sua casa, antes um ninho de alegria, tornara-se uma residência sem
esperança. Não deixe que essas situações seja um golpe fatal no
seu coração, causando uma parada cardíaca. Lute contra seus medos,
lute pelas pessoas que você ama, lute pelo seu filho e pelo seu
marido, lute por sua família, lute por você. 

Segue nas linhas abaixo um pouco da minha história, aos poucos neste blog
quero ir partilhando o resgate que Jesus realizou e continua
realizando na minha vida. 

Quantas madrugadas? Em todas elas fui recepcionado, acolhido por minha mãe.

Chegava em casa com minha moto Yamaha Teneré 600 cilindradas, totalmente
bêbado e drogado. Quando ela escutava o barulho do motor, se
levantava, abria a porta com um semblante de amor, e me acolhia. 

E numa dessas madrugadas, por volta das 4 horas da manhã, quando
passei da sala para o meu quarto, olhei para o quarto dos meus pais e
vi a imagem de Nossa Senhora Aparecida, ao lado uma vela acesa e o
terço nas mãos de minha mãe, aquela cena ficou marcada no meu
coração.

Dentro de mim, mesmo alcoolizado e drogado, escutei uma voz interior
dizendo, Cleto, você passa à noite inteira na gandaia e tua mãe a
noite inteira rezando por você.

Num outro momento, estava me preparando para ir para a noitada, já tinha
tomado banho, colocado à calça e quando colocava a camiseta, minha
mãe me disse Cleto, você precisa colocar Deus em sua vida! Minha
resposta foi imediata, bati no meu peito e falei mãe meu peito é
uma capela, eu nasci no dia de Nossa Senhora Aparecida, o meu peito é
um Santuário, mas falei isso brincando, gozando, caçoando, mas no
fundo, minha mãe me marcou mais uma vez com a fé dela. E continuei,
fui curtir a madrugada…

Um dia falei para minha mãe, a senhora reza, reza, mas a nossa casa
continua do mesmo jeito, papai no alcoolismo, a situação financeira
sempre apertada, parece que as coisas não mudam. Ela, mais uma vez
com toda a sabedoria respondeu, Cleto, até hoje nunca faltou nada em
casa. 

Fui sendo marcado no coração pela fé da minha mãe.

Jesus se retirava ao monte para orar, minha mãe se retirava dentro da
nossa simples casa, no quarto, em sua máquina de costurar, fazendo
comida, lavando louça, lavando e passando roupa, limpando a casa, em
todos os momentos eu percebia a mulher de oração que era a minha
mãe.

Mesmo estando distante de Deus, vivendo no “mundo das drogas” tinha a
certeza que ela rezava por toda a família, meu pai, minhas irmãs,
genros, netos, bisnetos, por todos os nossos familiares e por mim,
seu filho caçula. Mesmo sem ter todo o conhecimento de fé, eu
acreditava que minha mãe carregava nas costas através da oração a
nossa família inteira.

Acredite, da mesma maneira que um caminhão de mudança carrega toda mudança
da sua casa, da mesma forma a sua oração é responsável em
carregar todos os membros da sua família para Deus.

O Senhor disse: Eu vi, eu vi a aflição de meu povo que está no
Egito, e ouvi os seus clamores por causa de seus opressores. Sim, eu
conheço seus sofrimentos” Êxodo 3,7

Mães de todo este “planeta terra”, através da sua fé os corações
serão transformados. Desafio cada mãe a entrarmos numa grande
intercessão por todas as famílias que estão vivendo algum tipo de
aflição.

Deus lhe dará alegria e disposição para enfrentar a vida.

Tem Jeito!

Mãe, Deus ouve sua oração, tome posse disso e caminhe para ser feliz!

(Texto extraído Blog Tem Jeito)