Oratório de Dom Bosco

No próximo Domingo, dia 10 de Abril, nossa casa reabre suas portas para o oratório.

Mas você sabe o que é o Oratório e qual foi a inspiração de Dom Bosco para realizá-lo?

Quando foi ordenado sacerdote, Dom Bosco foi estudar em Turim, na Itália. Mas como conta o padre Cafasso, um sacerdote da têmpera de Dom Bosco não podia ser perdido pela diocese nem simplesmente integrado nas estruturas paroquiais, pois Dom Bosco era feito para uma missão interna, urgente e atual. Só que nem o seu campo de trabalho estava definido. Somente os desejos eram alimentados por uma abertura de alma ao plano de Deus, na nova etapa de sua vida que assim se iniciava.

”Os jovens não só devem ser amados, mas devem saber que são amados. A primeira felicidade de um menino é saber-se amado” - Dom Bosco

Dom Bosco trazia uma marca muito forte que era o amor pelos jovens da cidade onde se encontrava e perceber a situação dos jovens que viviam nas periferias foi o grande estímulo ou ponto referencial concreto para que, dentro de pouco tempo, Dom Bosco realizasse um discernimento sobre o seu futuro apostolado ou campo de trabalho.

O padre Cafasso tinha iniciado uma catequese para jovens, na igreja de São Francisco de Assis. Mas depois, por motivo de suas múltiplas ocupações, tinha abandonado esse trabalho. Viu em Dom Bosco quem pudesse continuá-lo. Encaminhou-o também para os cárceres, onde Dom Bosco começou a pensar em oratório: “Quem sabe – dizia de mim para mim -, se tivessem lá fora um amigo que tomasse conta deles, os assistisse e instruísse na religião nos dias festivos, quem sabe não se poderiam manter afastados da ruína ou pelo menos não diminuiria o número dos que retornam ao cárcere” (Memórias do Oratório, Editora Salesiana, p. 121). Falou com padre Cafasso e padre Guala, que o encaminharam para o arcebispo. Este aprovou o plano de Dom Bosco.

Após um período de peregrinação por diversas sedes provisórias, o oratório vai estabelecer-se na casa Pinardi em Valdocco. Mas a obra dos oratórios festivos, de modo especial, será reconhecida juridicamente como estrutura intra-eclesial pelo ordinário diocesano somente em 31 de março de 1852. Os oratórios de Dom Bosco nessa ocasião já eram três: além do Oratório de Valdocco tinha sido fundado o Oratório de São Luis Gonzaga e aceito o Oratório do Anjo da Guarda, que fora aberto pelo padre Cocchi.

Qual a diferença entre a catequese e o trabalho oratoriano de Dom Bosco?

O oratório insistia sobre a responsabilidade de fazer progredir o jovem no que tinha de bom. A atividade oratoriana, para Dom Bosco, ultrapassava qualquer limitação em suas relações educativas com os jovens.

Essa metodologia era fortemente marcada pela descoberta de relações educativas de proximidade, de amizade, de afeto e de compromissos com o bem dos jovens. O ambiente deveria ter como alicerces a bondade, a caridade e um espírito de jovialidade entre todos.
Trabalho incansável, profundidade de vida e de oração, capacidade de acolher e orientar, de viver a fé e de estar ao lado dos jovens a exemplo do Bom Pastor, com mansidão e doçura, com ternura e bondade são algumas afirmações que podem resumir o conjunto de valores que estão contidos na espiritualidade de quem ia trabalhar nos oratórios de Dom Bosco.

Ao mesmo tempo, em um ambiente alegre, procurava-se suprir a falta de um lar. Em suma que fossem pais, amigos e irmãos, numa atmosfera permeada de razão, religião e cordialidade, onde a religião, coroada pelas compatíveis alegrias humanas, era fonte de felicidade e de harmonia para quem entrasse nessa família.

A presença de Dom Bosco ao lado dos jovens somente poderia ser de estímulo para um aprimoramento pessoal, tanto em aprender a perceber os próprios dons, como em capacitar-se pelo exercício da vontade. Antes de tudo ensinava a ver, mediante exortações e encontros pessoais e gerais dos jovens ali presentes. Apontava a autoconscientização sobre a própria vida pela avaliação e individualização dos próprios dons, ajudando os jovens a acreditar em si e tomar iniciativas diante da vida.

(fonte: http://www.boletimsalesiano.org.br)

Então, temos um encontro marcado com todos aqueles que desejam fazer esta experiência maravilhosa de encontro com o Cristo por meio das dinâmicas próprias do Oratório de Dom Bosco.

Domingo, dia 10/04 das 14h30 às 17h00.

Seja bem-vindo (a) desde já!

oratorio2015