Existem diversas formas de aumentar a nossa fé: pela palavra, pela oração… e também pela vida dos santos. Os santos existem não para serem adorados, mas para nos lembrar que eles também tiveram fé em Deus, e assim nos motivar a buscar a comunhão com o Senhor.

O Catecismo da Igreja Católica (CIC)* nos diz que os Santos são testemunhas que nos procederam no Reino de Deus, e aqueles que contemplam a Deus, louvam-no e velam pelos que deixaram na Terra.

Na minha vida sempre aprendi que os Santos são amigos do Céu que intercedem por nós e que são eles que nos escolhem.

Neste tempo de pré-discipulado** pude experimentar esta escolha e perceber que a intercessão dos santos nos ajudam na fidelidade a Deus.
Conto aqui a experiência que tenho feito com São Padre Pio que tem se tornado um grande amigo.

DSC02346
Tudo começou quando vivia um tempo difícil aqui na casa, onde não conseguia ouvir a Deus e compreender o que me acontecia. Em uma noite, tive um sonho onde Padre Pio estava com as mãos em minha direção me abençoando, mas não levei muito a sério. Foi então que em uma tarde de trabalho no jardim comentei com uma das minhas irmãs de Pré-Discipulado que estava pensando em fazer uma novena, e ela me sugeriu de fazer a do Padre Pio. Pensei comigo: “Novena do Padre Pio? Mas por quê?”. Me recordei do sonho, associei as coisas e disse a ela que faria a novena. Somente que eu não tinha a novena do santo e ela me indicou uma pessoa que poderia me emprestar. Assim que ela terminou de falar dessa pessoa, para surpresa nossa, ela veio ao nosso encontro. Para mim foi uma resposta de Padre Pio. Contudo, não satisfeito ainda, pedi um outro sinal, que o padre João Marcos (um dos padres que moram também na Missão Canção nova de Lavrinhas) abençoasse a vela para eu começar a novena. Logo em seguida, ele apareceu e abençoou a vela e, então, comecei a fazer a novena pedindo a Padre Pio uma resposta diante de algo que eu já estava pedindo há muito tempo.

Rezei pedindo a Deus que se fosse isso mesmo que Ele me desse uma imagem do Padre Pio. Pois bem, fiz a novena e quando a terminei recebi de presente de um casal amigo do Paraná uma imagem de Padre Pio. Desde então tenho procurado conhecer mais sobre ele, pedir sua intercessão para que como ele eu também percorra um caminho de Santidade.

A amizade com este santo tem me ajudado a buscar cada dia mais a Deus, entendendo que meus sofrimentos e limites podem se tornar degraus para alcançar o Céu. É olhando para ele que cresce em mim a certeza de que é possível lutar pela Santidade, pois sendo homem como nós, doou sua vida para maior Glória de Deus.

Contei aqui um pouco da minha experiência com São Padre Pio.
E você: o que conhece da vida dos santos? Será que não tem nenhum deles que também tem procurado ser seu amigo e possa te ajudar na busca da verdadeira felicidade?

Te convido a dar um passo e cultivar a amizade com os santos. Eles são amigos do Céu, nos levam para Deus e sempre estarão conosco!

Deus os abençoe!

Lucas Paulino
Pré- discípulo 2013
 
* CIC 2683
** Pré-Discipulado: umas das etapas da formação inicial para os jovens, que após trilharem um caminho de discernimento vocacional acompanhando por um missionário da Canção nova,  ingressam na comunidade em seu primeiro ano para uma experiência.
 
:: Saiba mais sobre a Vocação Canção Nova
 
 
                  Curta a página da Canção Nova de Lavrinhas no Facebook 
“Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16, 15). A missão que Jesus instituiu a seus discípulos continua a ser confiada a cada um de nós! Trazemos desde o nosso batismo a missão de evangelizar. Mas, onde somos chamados a ser missionários? Como temos realizado a nossa missão?
Cada um de nós tem uma vocação específica onde, como cristãos, somos chamados a realizar a nossa missão. Podemos ser missionários em nossa casa, em nossa paróquia, em nosso trabalho ou até mesmo em uma comunidade, contanto que a nossa missionariedade chegue no íntimo daqueles que evangelizamos e promova o encontro com o Cristo.
A Comunidade Canção Nova, como parte da Igreja, também tem a missão de evangelizar e traz em si uma forma específica de contribuir com este anúncio. Como pré-discípulos fomos descobrindo que somos chamados a comunicar o Cristo além das palavras, sendo rosto d’Ele onde quer que estejamos. Para isso, precisamos estar imbuídos da Vida Nova que Ele nos trouxe;  é preciso que o Evangelho aconteça em nós para que ele seja capaz de chegar até aqueles que Deus coloca em nosso caminho. Sendo assim, colocamo-nos como discípulos, nos deixando ser formados para que com a nossa vida possamos anunciar o Cristo.
Foi a partir desta compreensão que surgiu a música “Vou Cantar uma Canção Nova”. Confira no vídeo:

Percebemos que a cada dia precisamos despertar para a Vida Nova com a certeza de que não somos deste mundo, mas que é nele que somos chamados a lutar pela Santidade, e apressar com a nossa vida e missão a Vinda do Senhor Jesus.

Entendemos que atuamos como missionários em tudo que vivemos e fazemos, nos diversos trabalhos da casa, nas pastorais na paróquia de Lavrinhas, nas escalas dos eventos em Cachoeira Paulista e na própria convivência com os irmãos, quando somos capazes, de em nossos gestos, revelar a face de Cristo e ajudarmos aqueles que estão conosco a serem melhores para Deus.

Enfim, atuamos como missionários quando saímos de nós mesmos e vamos ao encontro daqueles que hoje o Senhor coloca ao nosso lado, pois, em qualquer lugar que estejamos somos missionários, chamados a testemunhar com a nossa vida aquilo que acreditamos: a Canção Nova que cantamos!
Não perca tempo você também de anunciar com a sua vida o Cristo e cantar conosco uma Canção Nova!
Nossa missão é evangelizar!
Deus os abençoe!